Sesc Petrolina recebe o projeto Arte da Palavra

(Foto: Reprodução)

Petrolina recebe nesta sexta-feira (7), às 20h, no Jardim da Galeria de Artes Ana das Carrancas, no Sesc, o projeto Arte da Palavra, com a performance “O sono de Cronos na minha barriga”.

O projeto é desenvolvido pelo Departamento Nacional do Sesc e visa divulgar a literatura no Brasil, facilitando o acesso da população à obra literária, por meio de ações que atuem em toda a cadeia da literatura, incluindo a formação e a divulgação de novos autores, a valorização das novas formas de produção e fruição literária.

A performance da artista e professora Telma Scherer apresenta a leitura como uma forma de mastigação, fruição, e dança. A potência do corpo como matriz que possibilita o enfrentamento da violência discursiva e também como propulsor da linguagem poética. Ela teve diversas experiências na área de poesia e da performance e, como poeta, publicou três livros: “Depois da água”, “Rumor da casa” e “Desconjunto”.

Em Petrolina, a performance que será apresentada é o primeiro de três eixos que compõem o projeto: Circuito de Autores – circuito nacional de escritores, voltado para a valorização e divulgação nas diferentes comunidades literárias; Circuito de Oralidades – circuito nacional de apresentações em que a oralidade é privilegiada, voltado para contadores de histórias, saraus e cantadores; e o Circuito de Criação Literária – composto por oficinas de diferentes temáticas, que objetivam exercitar a prática da escrita literária nas suas diferentes categorias.

“Os três circuitos irão passar por Petrolina. Após a performance, a segunda etapa do projeto será uma oficina com o escritor e jornalista Luís Henrique Pellanda, e a terceira será uma conversa no dia 17 de agosto com os escritores Henrique de Medeiros e Antonio Moura”, explica a professora de Artes do Sesc, Ariane Samila Rosa.

Petrolina é um dos 48 municípios, de 13 estados, que irão receber o Arte da Palavra em 2017. Cerca de 100 autores renomados, além dos já citados, foram convidados para integrar o projeto, entre eles Bráulio Tavares, ganhador do Prêmio Jabuti de Literatura Infantil em 2009; Cintia Moscovich, vencedora do concurso de Contos Guimarães Rosa; e Rafael Gallo, vencedor do Prêmio São Paulo 2016.

Deixe uma resposta