Sintcope denuncia atraso no atendimento do Restaurante Popular; SEDESDH afirma que problema já foi solucionado

De acordo com titular da pasta, atraso foi causado por problema em equipamento (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope) enviou ao Blog uma nota relatando um problema no Restaurante Popular na última segunda-feira (1°). De acordo com o Sintcope, o almoço que deveria ter sido servido às 11h atrasou e prejudicou os trabalhadores do comércio.

Segundo os usuários relataram à Diretoria do Sindicato, a refeição só foi servido a partir de 11h40. “O atraso pode parecer pouco, mas foi crucial para que muitos trabalhadores ficassem sem fazer a refeição diária ou tivessem que recorrer a outros estabelecimentos onde o almoço tem um preço bem acima“, destaca o Sintcope.

Problema técnico

Secretário de Desenvolvimento  Social e Direitos Humanos (SEDESDH), Jorge Assunção afirmou, em entrevista  à Grande Rio FM dessa terça-feira (2), que o atraso ocorreu devido a um problema em um equipamento da cozinha industrial.

Houve um atraso de 30 minutos, o que ocorreu foi um problema técnico em uma válvula que precisou ser substituída. É um atraso que ocorreu uma vez na vida, a gente pede desculpas pelo transtorno. Infelizmente ocorreu e é passivo de ocorrer em qualquer estabelecimento que tenha uma cozinha industrial“, disse.

Missa do Vaqueiro interferiu em expediente

Outro fator, segundo a SEDESDH informou ao Sintcope via nota, foi a Missa do Vaqueiro no domingo (30), já que a equipe trabalhou sem folga no final de semana. “Excepcionalmente nesta segunda-feira (01), houve atraso no atendimento, pois, devido à organização do café da manhã e jantar dos vaqueiros que participaram da Missa do Vaqueiro no domingo (30), todos os funcionários tiveram que  trabalhar durante o final de semana, não sendo possível reorganizar em tempo de servir o almoço”, afirma a nota.

A situação já foi normalizada e ontem o jantar foi servido sem problemas. O Restaurante Popular é um equipamento público, mantido pela Prefeitura de Petrolina e serve refeições de segunda à sexta-feira a preços acessíveis: almoço a R$ 1,50 e jantar a R$ 0,50.

Deixe uma resposta