Sport enfrenta Grêmio buscando primeira vitória em Porto Alegre

sport

Com 40 pontos, o Sport é o 15º colocado, apenas dois a mais do que o Internacional, que abre a zona de rebaixamento da Série A. (Foto: Jc Online)

No fechamento da 34ª rodada da Série A, o Sport mede forças com o Grêmio, nesta segunda (07/10), às 19h (horário do Recife), buscando quebrar o tabu de jamais ter conquistado os três pontos atuando longe da Ilha do Retiro ante o rival. Em 22 jogos – 19 no Estádio Olímpico, um no Orlando Scarpelli (SC), e dois na Arena Grêmio –, foram 18 derrotas rubro-negras e quatro empates, sofrendo 37 gols e marcando 12.

Com 40 pontos, o Sport é o 15º colocado, apenas dois a mais do que o Internacional, que abre a zona de rebaixamento da Série A. Já os gremistas, com 49 pontos, aparecem em oitavo na tabela e buscam uma posição entre os seis melhores do certame. No entanto, analista da Copa do Brasil (que dá vaga direta à Libertadores ao campeão), o time treinado por Renato Gaúcho deve deixar o Brasileirão em segundo plano. Após vencer a Ponte Preta por 1×0, no último dia 27, na Ilha do Retiro, o Leão teve um período de descanso de onze dias. Porém, nesse tempo, perdeu quatro jogadores considerados titulares.

Samuel Xavier e Rithely, suspensos, Paulo Roberto, lesionado, e Rodney Wallace, convocado pela Seleção da Costa Rica, sequer viajaram com o restante do elenco para Porto Alegre. Apodi, na lateral, Ronaldo e Neto Moura no meio, e Ruiz, no ataque, serão os substitutos. Com isso, Daniel Paulista será obrigado a mexer no time pela primeira vez desde que foi efetivado no cargo. Repetiu a escalação em todos os três jogos no comando. Mesmo assim, o técnico, ao indagado sobre a postura do time, afirmou que o rubro-negro vai à Arena Grêmio para tentar a vitória. “Os desfalques, certamente, farão falta. São jogadores de qualidade e que mostraram que podem nos ajudar. Mesmo assim, a expectativa é ir lá e fazer um grande jogo, pois temos um elenco de qualidade”, frisou o técnico.

Ontem, no CT do Internacional, os rubro-negros fizeram o último treino antes da partida. Já Renê, que retornou á titularidade após a efetivação de Daniel Paulista, engrossou o coro de confiança da equipe. Segundo o camisa seis, o grupo está preparado para superar as adversidades, fazer uma boa apresentação, e quebrar o jejum de resultados positivos na capital gaúcha. “Será um jogo difícil. O Grêmio tem um time forte, com jogadores que podem decidir. Nunca vencemos eles lá, mas sabemos do nosso potencial. Mostramos um bom futebol contra o Palmeiras, que é o líder, e a gente vai em busca da vitória independente de quem seja o adversário”, declarou o lateral-esquerdo, que fará seu jogo de número 195 com a camisa do Sport.

Deixe uma resposta