Serra Talhada: empresário e policial federal são detidos por porte ilegal de armas

Os dois foram liberados (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Um empresário e um policial federal foram presos na última sexta-feira (20), em Serra Talhada, Sertão de Pernambuco por porte ilegal de armas. Segundo a Polícia Militar, os dois homens estavam em um veículo na BR-232 em atitude suspeita.

Dentro do veículo equipes do 14º BPM encontraram dois revólveres calibre 38, uma pistola 9mm, uma carabina calibre 38, munição e R$ 9 mil em dinheiro, além de talões de cheque. Apenas a arma do policial federal tinha registro.

O empresário foi autuado em flagrante e liberado após pagar fiança de R$ 5 mil. Apesar de o fato ter acontecido na sexta, o caso só veio a público nesse domingo após publicação do Farol de Notícias.

Serra Talhada: homem invade residência, espanca ex e ainda rouba dinheiro da vítima

Ele ainda roubou a vítima (Foto: Ilustração)

No mês da mulher, um caso de violência doméstica em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, teve destaque no noticiário policial. A ocorrência foi registrada na quarta-feira (4), no bairro do Mutirão, durante a madrugada. Um homem invadiu a residência de sua ex-mulher, espancou a vítima e ainda levou dinheiro dela.

De acordo com a Polícia Militar, R$ 150,00 foram levados pelo agressor. Uma equipe do 14º BPM iniciou as buscas e conseguiu prender o homem. Ele estava no bairro do Bom Jesus, levando consigo bebidas alcoólicas e R$ 130,00 do dinheiro roubado.

Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. O agressor será enquadrado na Lei Maria da Penha e responderá por violência doméstica. (Com informações do Farol de Notícias).

Serra Talhada: três pessoas são presas por tráfico de drogas e corrupção de menor

(Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Duas mulheres e um homem foram presos no sábado (18) no município de Serra Talhada (PE) acusados de envolvimento com o tráfico de drogas. Eles foram detidos no bairro Tancredo Neves e também responderão pelo crime de corrupção de menor.

Segundo a Polícia Militar, Daniel Rodrigues Alves, de 25 anos foi abordado durante uma ronda ostensiva da ROCAM do 14ª BPM e com ele foi encontrado um pacote com 38 pedras de crack. Adriana Maria da Silva Ângelo, de 46 anos, que é esposa de Daniel e Adriana Maria da Silva, de 40, também estavam no local e foram presas.

A esposa de Daniel guardava uma quantia de R$ 160,00 em espécie, oriunda da comercialização do entorpecente. Na residência do acusado a PM encontrou um menor usando a droga. Em depoimento aos policiais o jovem relatou que ia ao local para utilizar o entorpecente, com autorização dos adultos.