13 temas de redação que podem cair no Enem 2019

Redação é uma das maiores dificuldades dos estudantes. (Foto: Ilustração)

Para fazer uma boa redação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), professores recomendam treinar durante o ano. O aluno pode aprender a administrar o tempo que leva para escrever, a estruturar corretamente seus argumentos e a construir produções coesas.

Para ajudar os estudantes, o G1 fez uma lista de 13 temas sugeridos por coordenadores e docentes de cursinhos pré-vestibulares e colégios. São apostas do que pode ser abordado no Enem 2019.

Apostas de tema

Meio ambiente

  • preservação ambiental
  • exploração de recursos naturais
  • tragédias ambientais, como as de Mariana e Brumadinho
  • avanço da pecuária sobre áreas verdes
  • aquecimento global
  • queimadas e desmatamentos

São João de Petrolina acontece entre 14 e 23 de junho

Aviões do Forró em apresentação do São João de Petrolina 2018. (Foto: ASCOM)

O São João de Petrolina 2019 já tem data para acontecer. Consolidada na região como uma das melhores do país, a festividade junina na capital do sertão acontecerá nos dias 14 a 16 e 18 a 23 de junho. A informação foi publicada na página oficial do São João da cidade.

Em outra publicação, exite um questionamento sobre quem deveria se apresentar na festa. Nos comentários, vários artistas são solicitados, como Joelma, Wesley Safadão, Gusttavo Lima – um dos mais pedidos -, Desejo de Menina, Aviões do Forró, Alceu Valença, dentre outros.

Aprovada por 98% do público no ano passado, a festa – que atraiu mais de 700 mil pessoas em 2018 – movimenta fortemente a economia da cidade, principalmente o setor turístico, principalmente a rede hoteleira, que costuma ficar 100 % lotada. Em 2018, o evento fez girar o montante de R$ 210 milhões na economia, gerando mais de 10 mil empregos.

Local da festa

Em março do ano passado, após reuniões com a prefeitura, o Ministério Público Federal sinalizou que os eventos deveriam acontecer em outro local a partir de 2019. Até o ano passado a festa acontecia no Pátio Ana das Carrancas, no entanto, ainda não se sabe onde deve ser realizada este ano.

Entramos em contato com a prefeitura e aguardamos resposta.

OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019

Obesidade infantil preocupa OMS (Foto: Agência Brasil)

Surtos de doenças preveníveis por vacinação, altas taxas de obesidade infantil e sedentarismo, além de impactos à saúde causados pela poluição, pelas mudanças climáticas e pelas crises humanitárias. Estes são alguns dos itens que integram a lista das 10 principais ameaças à saúde global em 2019, divulgada nesta semana pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A entidade pretende colocar em prática um novo plano estratégico, com duração de cinco anos, com o objetivo de garantir que 1 bilhão de pessoas a mais se beneficiem do acesso à saúde e da cobertura universal de saúde; e estejam protegidas de emergências de saúde.

De acordo com a OMS, essas são as questões que vão demandar mais atenção da organização e de seus parceiros neste ano:

Poluição do ar e mudanças climáticas

A estimativa da Organização Mundial da Saúde é que nove em cada 10 pessoas respiram ar poluído todos os dias. Poluentes microscópicos podem penetrar nos sistemas respiratório e circulatório, danificando pulmões, coração e cérebro, o que resulta na morte prematura de 7 milhões de pessoas todos os anos por enfermidades como câncer, acidente vascular cerebral e doenças cardiovasculares e pulmonares.

Doenças crônicas não transmissíveis

Dados da entidade mostram que doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, câncer e doenças cardiovasculares, são responsáveis por mais de 70% de todas as mortes no mundo – o equivalente a 41 milhões de pessoas. Isso inclui 15 milhões de pessoas que morrem prematuramente (entre 30 e 69 anos), sendo que mais de 85% dessas mortes prematuras ocorrem em países de baixa e média renda.

Miguel Coelho promete 2019 com melhorias no abastecimento de água, saneamento e transporte público

(Foto: ASCOM)

Durante encontro com a imprensa de Petrolina (PE), realizado no último sábado (22), o prefeito Miguel Coelho fez um balanço da gestão em 2018. Acompanhado pelo senador Fernando Bezerra (MDB-PE) e os deputados Antonio Coelho (DEM) e Fernando Filho (DEM), o chefe do executivo municipal apontou também as prioridades para o próximo ano. Miguel garantiu que a cidade terá avanços marcantes, principalmente, no transporte público e nos serviços de água e esgoto.

O prefeito listou um conjunto de investimentos realizados em Petrolina no ano de 2018. Para ele, os mutirões de cirurgias, exames e a abertura de novos postos e serviços médico/odontológicos foram sentidos pela população como um avanço notório. O gestor também citou a pavimentação como um carro-chefe do balanço deste ano. “Nosso compromisso de campanha era pavimentar 200 ruas e, com esse grande investimento atual, vamos superar facilmente esse volume. Também entregamos a duplicação da Sete de Setembro, dando uma prova de que o tempo das grandes obras voltou a Petrolina”, informou.

Preparativos para Carnaval de Juazeiro 2019 já foram iniciados

Os interessados em colocar bloco a desfilar na avenida devem procurar a SECULTE. (Foto: Arquivo)

Nessa terça-feira (11), os preparativos para o Carnaval de Juazeiro 2019 tiveram início com uma reunião entre a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes e representantes de blocos carnavalescos e escolas de samba.

Marcado para acontecer entre os dias 15 e 17 de fevereiro de 2019, o carnaval já tem seu primeiro bloco confirmado. “As Fofoqueiras” desfilará pela terceira vez e terá o Bailão do Robissão como atração.

Os interessados em colocar bloco a desfilar na avenida, deve procurar a Secretaria de Cultura (SECULTE), localizada na Praça da Bandeira, n° 20, Centro de Juazeiro, das 08h às 12h e de 14h às 18h, para fazer inscrição, que começa agora e segue durante o mês de janeiro.

“A ideia é adiantar algumas coisas da organização operacional mesmo. Saber sobre carros de apoio, licenças, saber a média das pessoas em cada bloco, qual tipo de bloco e a quantidade dos mesmos na avenida. Essa reunião foi para identificar isso. Nesse primeiro momento também é necessário ouvir os representantes dos blocos e escolas de samba, para esclarecer algumas dúvidas”, explica Naldinho.

Comissão de finanças e orçamento do Legislativo de Petrolina aprova emendas à LDO 2019

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Petrolina emitiu parecer pela aprovação das 72 emendas apresentadas pelos vereadores à Lei de Diretrizes Orçamentária 2019 (LDO). Ao todo, foram 71 emendas aditivas, distribuídas em 313 atividades, e uma emenda modificativa. Os vereadores devem apreciar a matéria na manhã desta terça-feira (02), durante sessão ordinária na Câmara Municipal, às 9h.

Em julho deste ano foi dado entrada no projeto da LDO, podendo os parlamentares apresentarem emendas até o dia 20 de agosto. De acordo com o parecer, “o relator analisou as 71 emendas aditivas apresentadas, não encontrando nenhuma irregularidade que rejeitasse ou que fossem corrigidas, se pronunciando pela aprovação das mesmas”.

A Comissão de Finanças e Orçamento é formada pelos vereadores Ronaldo Silva, presidente, Aerolande Cruz, que é o relator, e Osinaldo Souza, secretário.

Salário mínimo deve ser de R$ 1.002 em 2019

Salário mínimo deve ultrapassar os R$ 1.000,00 pela primeira vez. (Foto: Internet)

Segundo o Ministério do Planejamento, que se pronunciou nesta quinta-feira (12), durante apresentação do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias do ano que vem, o governo propôs salário mínimo de R$ 1.002 em 2019. O valor significaria um aumento de R$ 48 em relação ao salário mínimo atual, de R$ 954, passando, pela primeira vez, de R$ 1.000.

O ministério também projetou salário mínimo de R$ 1.076 para 2020 e de R$ 1.153 em 2021. Os valores são estimativas e ainda precisam ser aprovados.

O salário mínimo é reajustado com base na inflação do ano anterior, levando em conta o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), mais o aumento do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes (no caso, 2017).

Caso aprovado, o valor de R$ 1.002 para o mínimo de 2019 representará um aumento de 5,03%. Em 2018, a correção foi de 1,81% – o salário passou de R$ 937 em 2017 para R$ 954.

Em março, o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) calculou que o salário mínimo ideal para sustentar uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 3.706,44. O valor é 3,89 vezes o salário atualmente em vigor.

Michel Temer sansiona lei do novo Ensino Médio que deve ser implementado a partir de 2019

(Foto: Internet)

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse hoje (16) que o novo ensino médio estará implementado em todo o país a partir de 2019. A reforma do ensino médio foi sancionada na manhã de hoje pelo presidente Michel Temer.

Entre as principais mudanças estão a flexibilização curricular, a ampliação da carga horária e a formação técnica dentro da grade do ensino médio. O próximo passo a ser dado é implantar a Base Nacional Comum Curricular que, atualmente, está sendo elaborada por um comitê presidido pelo Ministério da Educação.

Segundo o ministro, o ensino médio é diferenciado em cada unidade da federação e, por isso, a implementação da reforma será discutida com os conselhos e secretarias estaduais, para que cada um faça as adequações necessárias.

“A lógica é preservar as peculiaridades e valorizar o protagonismo dos sistemas estaduais”, disse Mendonça ao falar sobre a distribuição dos conteúdos da base durante os três anos do ensino médio.

Mendonça Filho esclareceu ainda que os estados terão suporte técnico e financeiro para a implementação do novo currículo e do tempo integral. Segundo o ministro, R$ 1,5 bilhão já foram disponibilizados para este ano e o próximo para aumentar as matrículas no ensino integral. Hoje, 6% das matrículas do ensino médio são para o ensino integral e a meta é dobrar esse número em três anos.

Com informações do EBC

Com um investimento de R$ 97,2 milhões o Brasil poderá ter vacina contra a dengue em 2019

(Foto: Ilustração)

O governo de São Paulo assinou hoje (3) com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) acordo para liberação de R$ 97,2 milhões para construção da fábrica de vacinas contra a dengue. O valor cobre 31% do custo total do projeto do Instituto Butantã, orçado em R$ 305,5 milhões. A vacina poderá ser usada em larga escala em 2019. O produto passa agora por testes.

Foram instalados centros em 13 cidades de cinco regiões do país visando imunizar voluntários e avaliar a eficácia do produto. Até o momento, já foram aplicadas doses em 4 mil pessoas, das 17 mil que deverão participar dos testes. Essa é a última fase antes da vacina ser submetida à aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Segundo o diretor Instituto Butantã, Jorge Kalil, é possível que a vacina chegue à população em 2019.

“Eu acho difícil que ela esteja disponível já no ano que vem. Mas nós vamos trabalhar para que esteja. Mas talvez no outro verão possa estar disponível. Agora, depende de muitas coisas”, ressaltou.

Os recursos vão permitir a conclusão do novo prédio que terá capacidade de produzir até 30 milhões de doses por ano. O dinheiro, investido sem necessidade de retorno, possibilitará ainda a instalação de equipamentos, mobiliário e capacitação das equipes.

Com informações do EBC