Acerola produzida em Sobradinho começa a ser exportada para mercados internacionais

Desde novembro do ano passado, produtores de acerola do interior de Sobradinho (BA), apoiados pela Cooperativa Agroindustrial Vale do Paraíso (Cooperparaíso), estão comercializando sua produção junto à exportadora Sono Brazil, que comercializa as frutas principalmente nos mercados europeu e norte americano.

As acerolas que começaram a ser exportadas com o apoio da Cooperparaíso são produzidas basicamente em regime familiar em diversas comunidades de todo o município de Sobradinho. O destaque principal são as acerolas verdes, em que são extraídos concentrados de vitamina C e vendidos para o mercado internacional, sendo utilizada nas indústrias farmacêuticas, de cosméticos, alimentícias e de conservantes.

LEIA MAIS

Alta dos custos fixos afeta produção de acerola no Vale do São Francisco

(Foto: Divulgação)

O produtor de acerola do interior de Pernambuco gastou em média R$ 5 mil por hectare para implantar a fruta na última safra 2018/2019. O levantamento foi realizado pelo Sindicato dos Agricultores Familiares de Petrolina (Sintraf). Em termos mais usuais, o agricultor teve que produzir pelo menos 250 caixas por hectare em média, para cobrir os custos com o fruto.

Levando em consideração o preço médio de R$ 20 por caixa, a mão-de-obra de R$ 9 por cada colheita, o custo da irrigação e os tratos culturais (adubação, capinação e fertilização), a entidade calcula que o produtor tirou uma rentabilidade de 4,00 caixas, por hectare.

“Anos atrás, o cultivo de acerola em Petrolina trazia um retorno [comercial] mais satisfatório porque tinha um baixo custo de produção. Porém, de uns tempos para cá houve uma alta da mão-de-obra, uma baixa procura pela fruta, uma redução de preços e, consequentemente, a diminuição dos lucros para o agricultor”, avalia o levantamento.

Efeito dominó

Segundo a presidente do Sintraf, Isália Damacena, a entidade prevê uma melhora com relação aos preços das próximas safras, no entanto, pelo motivo errado: recentemente muitos produtores erradicaram suas áreas de acerola, o que também reduzirá em breve a disponibilidade da fruta.

LEIA MAIS

Acerola é destaque na cotação dos produtos comercializados no Mercado do Produtor nesta quinta-feira 

A acerola é uma fruta com inúmeros benefícios para o organismo por possuir mais vitamina C do que a laranja, por exemplo. A fruta possui nutrientes como flavonoides, vitaminas A, B1 e B6, minerais como: fósforo, ferro, potássio, magnésio e cálcio.

No Mercado do Produtor de Juazeiro (BA) o consumidor vai encontrar o cento da acerola por R$ 40,00 e quem quiser comprar a quilo o preço é R$2,00. A acerola também é considerada antioxidante, que auxilia na prevenção do envelhecimento precoce das células.

Clique aqui e confira a cotação completa dos produtos. Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto município. O Mercado do Produtor funciona de segunda a sexta a partir das 2h da manhã e fecha às 22h e aos sábados fecha às 17h.