Aero Cruz e Zenildo Nunes se filiam ao MDB

Líder seguiu passos de Miguel e foi para o MDB

Aero Cruz e Zenildo Nunes, o Zenildo do Alto do Cocar, deixaram o PSB e se filiaram ao MDB, mesmo partido do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho. Aero concretiza o que já havia antecipado ao Blog Waldiney Passos no começo do ano: seguiria os passos que o líder local lhe recomendasse.

LEIA TAMBÉM

Homem de grupo, Aero Cruz afirma que irá ao partido que Miguel Coelho sugerir

A dupla utilizou as redes sociais para confirmar a novidade. Aero é líder do Governo na Casa Plínio Amorim e já havia dito ao Blog, em fevereiro, que iria para onde Miguel solicitasse.

“Meu partido é o partido do grupo de Fernando Bezerra e o partido que Miguel Coelho disser. Estou no PSB, mas aonde o prefeito Miguel Coelho dizer ‘Aqui é onde nós vamos marchar e andar’, é para esse partido que eu vou“, afirmou.

Apesar de Elias negar desistência, Aero Cruz confirma: “Ele já nos comunicou”

Líder afirmou que Elias já comunicou decisão (Foto: Blog Waldiney Passos)

Líder da Bancada de Situação na Câmara de Vereadores de Petrolina, Aero Cruz (PSB) confirmou o que Elias Jardim (PHS) tentou negar na sessão de terça-feira (10). De acordo com Aero, o colega não apenas anunciou a desistência das eleições, como também avisou que indicaria um nome em seu lugar.

LEIA TAMBÉM

Elias Jardim afirma que suposto apoio a Pedro Caldas é “fake news”

“É um vereador muito preocupado com a questão evangélica e a área irrigada, mas tomou essa decisão [de não ser mais candidato], disse que vai apresentar um candidato, mas não é mais candidato. Reconheço e agradeço o trabalho que a gente vem fazendo com a bancada, sempre acompanhando a votação junto”, afirmou.

LEIA MAIS

Vereadores pedem melhorias nas estradas da zona rural de Petrolina

Pedidos para interior foram destaques hoje (Foto: Ascom)

A sessão dessa terça-feira (10) na Câmara de Vereadores de Petrolina é marcada por várias Indicações e Requerimentos destinados à zona rural da cidade. A maior parte das cobranças dos edis é a pavimentação e melhorias nas estradas.

Aliado antigo do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), Ronaldo Cancão (PTB) apresentou dois pedidos: um Requerimento solicitando a aplicação de uma emenda parlamentar para asfaltar a estrada que liga PE-428 a Muquem. “Para que possa ter uma qualidade melhor, fica aqui minha solicitação ao senador”, afirmou Cancão.

O edil também solicitou o patrolamento das estradas da Serra da Santa, Muquem, Poço da Cruz que liga a Pedrinhas a Nova Descoberta. Outro vereador da Situação a pedir melhorias no interior foi Gaturiano Cigano (PRB).

Ele cobra a alocação de recursos construção de uma passagem molhada no Riacho da Fazenda Cruz do Valério (Uruás a Baixa Alegre). Líder na Câmara, Aero Cruz (PSB) reivindicou o tapa buraco na estrada que liga Bebedouro a Nova Descoberta. Todos os pedidos foram aprovados por 19×0.

Com janela partidária aberta, líderes das bancadas em Petrolina seguirão seus líderes políticos

Eleições de outubro já movimentam bastidores nos partidos de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

A janela partidária começou na quinta-feira (5) e os vereadores de Petrolina já se articulam para mudar de sigla e disputar as eleições de outubro. Durante a sessão de ontem na Casa Plínio Amorim o Blog Waldiney Passos conversou com os dois líderes de bancadas.

LEIA TAMBÉM

Janela partidária para quem vai disputar eleições começa nesta quinta-feira

Aero Cruz (PSB) é aliado de Miguel Coelho, hoje no MDB, partido no qual também está o líder da Oposição, Paulo Valgueiro. O cenário político atual provocará uma “dança das cadeiras”, com Valgueiro deixando claro: não ficará mais na sigla.

LEIA MAIS

Sindsemp questiona pontos da nova previdência; líder da Situação afirma que município está dialogando com inativos

Servidores inativos de Petrolina querem mudanças na contribuição (Foto: Blog Waldiney Passos)

O líder da Situação na Câmara de Vereadores de Petrolina falou com a imprensa sobre a manifestação dos servidores municipais inativos, contrários ao novo regime previdenciário aprovado no final de 2019 e que começará a ser posto em prática em abril.

LEIA TAMBÉM

Servidores inativos de Petrolina lotam Câmara de Vereadores contra nova previdência municipal

De acordo com Aero Cruz (PSB), o Poder Legislativo não pode vender mentira. “Tive uma reunião com Walber [Lins] do Sindicato e ele colocou para mim foi de fazer um levantamento para ver se há viabilidade de rever a questão dos aposentados. Se não tiver viabilidade, nós não podemos fazer porque o prefeito vai entrar com improbidade administrativa”, disse o líder.

Alíquota dos inativos

Questionado pelo Blog sobre a contribuição de 14% já em abril, Aero afirmou que as duas partes – sindicato e município – estão dialogando e farão uma possível correção. “O procurador está analisando, se tiver tempo hábil de fazer isso, vamos fazer. Vamos corrigir, foi um ponto questionado e estamos vendo com o procurador, que vai dar o parecer para que a gente possa fazer o melhor possível”, destacou.

LEIA MAIS

Aero Cruz afirma que Situação derrubou Requerimento de Valgueiro para não dar “palanque político”

Bancada de Situação derrubou mais um Requerimento do líder opositor (Foto: Blog Waldiney Passos)

Foi apenas a quarta sessão do ano e novamente o debate entre Oposição e Situação esquentou na Câmara de Petrolina. Na quinta-feira (13), o Requerimento n° 31/2020, de Paulo Valgueiro (MDB) foi derrubado por 15×5. Valgueiro, líder dos opositores reivindicava mais uma vez informações acerca dos contratos de locação dos veículos utilizados pela Prefeitura.

LEIA TAMBÉM

Após longa discussão, Situação derruba Requerimento apresentado pela líder da Oposição

Apenas a bancada de Oposição votou a favor do pedido de Valgueiro: Cristina Costa (PT), Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT), Elismar Gonçalves (MDB) e o próprio Valgueiro. A Situação atendeu ao pedido do seu líder, Aero Cruz (PSB), de rejeitar a cobrança.

Nós não temos uma bancada de 16 votos para derrubar Requerimento. A não ser que ele venha com cunho político, de fazer palanque político com o Requerimento. Todo e qualquer pedido que vier aqui com cunho político nós vamos derrubar. Todas as informações estão no Portal da Transparência”, justificou Aero.

Sem fim político

Valgueiro rebateu, alegando que é dever dos vereadores serem fiscais dos Poderes. “Não tem nenhum cunho político. Até 15 de agosto a gente faz é legislar, a partir de 15 de agosto que se inicia a campanha é que a gente vai a palanque, mas não aqui“, disse em relação às colocações de Aero.

O líder da Oposição ironizou o Portal da Transparência. “O Portal da Transparência é portal da obscuridade e não apresenta as informações, a gente solicita informações referentes de todos os contratos de contratação de veículos, para suprir a necessidade das secretarias e autarquias de Petrolina“, destacou.

Homem de grupo, Aero Cruz afirma que irá ao partido que Miguel Coelho sugerir

Em seu primeiro mandato, líder avaliou seu trabalho (Foto: Jean Brito/ASCOM)

O vereador Aero Cruz, hoje no PSB, é um homem de grupo e nunca escondeu isso. Aliado do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), o líder da Bancada de Situação deve mudar de sigla para a eleição de outubro e já deixou claro: vai para onde seus chefes pedirem.

LEIA TAMBÉM

Líderes afirmam que bancadas de Oposição e Situação não vão mudar postura em 2020

“Meu partido é o partido do grupo de Fernando Bezerra e o partido que Miguel Coelho disser. Estou no PSB, mas aonde o prefeito Miguel Coelho dizer ‘Aqui é onde nós vamos marchar e andar’, é para esse partido que eu vou“, disse ao Blog.

Em seu primeiro mandato, Aero foi escolhido pelo Governo Municipal como Líder, substituindo o experiente Ruy Wanderley (PSC). Mesmo sem muita experiência na Câmara, mas carregando o sobrenome Cruz, recebeu elogios dos colegas de bancada e da Oposição por sua atuação.

Produzi muito durante esses três anos, agradeço muito a confiança do prefeito em me colocar [nesse posto]. A gente vê vereadores de três, quatro e até cinco mandatos aqui, agradeço também aos vereadores pelo respeito e por aceitarem a minha liderança“, conclui.

PP tem novos filiados e ratifica apoio a Miguel Coelho em 2020

Miguel celebra apoio para 2020 (Foto: Alexandre Justino/Ascom)

O prefeito Miguel Coelho (MDB) já respira eleições em 2020. Na noite de sábado (18) ele acompanhou a filiação dos novos militantes do Partido Progressista (PP) e celebrou a aliança com a sigla, a primeira a anunciar publicamente que estará ao seu lado em outubro.

Um dos principais nomes do PP em Pernambuco e natural de Floresta, o deputado estadual Fabrizio Ferraz marcou presença em Petrolina. Cícero Freire, vereador de Petrolina e membro do partido também esteve na filiação, acompanhado do líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB).

É o primeiro partido a publicamente assumir compromisso com uma futura candidatura que ainda nem estamos tratando. Isso nos encoraja muito a seguir defendendo o que esse partido tem inclusive no nome, o progresso. Com a força política, o compromisso de melhorar nosso Sertão, vamos com as lideranças do PP remar juntos para continuar fazendo Petrolina avançar“, destacou Miguel.

“Ou a gente decide fazer no Ceape ou decide não fazer o São João”, afirma Aero Cruz

Líder do Governo comentou mobilização dos moradores do KM-2 (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Nesse momento o único local que nós temos para realizar o São João é o pátio do antigo Ceape“. Essa é a opinião do vereador Aero Cruz (PSB), líder do Governo na Câmara de Petrolina. Na quinta-feira (19) ele viu a mobilização dos moradores do bairro KM-2 na Casa e disse entender a queixa da comunidade, porém, o município não pode ficar a mercê de terceiros.

LEIA TAMBÉM:

Moradores do KM-2 vão à Câmara pedir apoio dos vereadores de Petrolina

São João de Petrolina 2020 já tem local definido; terreno do antigo Ceape será o novo Pátio de Eventos

“Entendo a colocação do pessoal do bairro KM-2, mas a gente tem que ver a situação nós estamos passando aqui em Petrolina. A gente faz um dos maiores São João do Brasil, o prefeito Miguel Coelho procurou duas áreas para que pudesse ser feito o São João, uma na saída para Recife e outra na Transnordestina“, destacou.

LEIA MAIS

Líderes avaliam 2019 como ano positivo na Câmara de Petrolina

2019 termina de forma satisfatória para as lideranças (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano legislativo de 2019 chegou ao fim hoje (19) na Câmara de Petrolina em clima de paz e harmonia. Logo mais às 13h Oposição e Situação se reúnem para a confraternização de final de ano, mas o tom de tranquilidade já pôde ser sentido nas entrevistas dos dois líderes.

Paulo Valgueiro (MDB) elogiou a atuação da Oposição e disse que em 2020, último ano do mandato dos atuais vereadores, nada mudará. “É uma avaliação positiva, apesar dos embates muitas vezes acalorados, apesar de sermos minoria na Casa Plínio Amorim. A gente buscou cumprir nosso papel enquanto vereador e a Bancada de Oposição tem feito esse papel. Apesar das perdas que tivemos em 2019, consideramos o ano positivo”, afirmou ao Blog.

Na visão do edil, a Oposição faz de fato um trabalho de legislador. “A gente considera que assim como em 2017 e 2018 a gente conseguiu cumprir esse papel [de ser legislador]. Essa União da Oposição começou em 2017 e permaneceu até agora. Embora temos partidos diferentes, o objetivo maior nosso é fazer de Petrolina uma cidade cada vez melhor“, concluiu.

LEIA MAIS

Petrolina: líderes divergem sobre projeto que altera regime previdenciário dos servidores municipais

Líderes dão opinião sobre regime previdenciário (Foto: Blog Waldiney Passos)

Às vésperas de encerrar o ano, a Câmara de Vereadores de Petrolina analisa nessa manhã diversos projetos de Lei do Poder Executivo. Entre eles, o de número 025/2019, cuja proposta é reestruturar o Regime Próprio de Previdência dos servidores municipais, ativos e inativos.

LEIA TAMBÉM:

Assim como Alepe, Câmara de Petrolina discutirá projeto do novo regime previdenciário em Petrolina

Antes da votação o Blog Waldiney Passos ouviu os dois líderes que divergem sobre a proposta. Paulo Valgueiro (MDB) vê a matéria como um “presente de grego” aos petrolinenses. Já Aero Cruz (PSB) afirma que o município segue o que o Governo Federal já fez.

LEIA MAIS

Aero afirma que Situação está unida e manda recado a Cícero Freire

Líder da Oposição comentou celeuma na Mesa Diretora (Foto: Wanderley Alves/Cortesia)

Cícero Freire (PR) está na Mesa Diretora da Câmara de Petrolina, na função de 2º vice-presidente. Ele foi alçado ao posto na última terça-feira (3) e estreou ontem (5) ao lado de Ronaldo Cancão (PTB), que havia ameaçado renunciar ao seu cargo, caso o colega fosse eleito.

LEIA TAMBÉM:

Após falar em renúncia, Ronaldo Cancão muda de ideia e diz que permanece na Mesa Diretora

Cícero Freire é eleito segundo vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Petrolina

Líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB) afirmou que a rusga entre os edis é passado e que Cancão falou de cabeça quente. “Ele se exaltou naquele momento, ele achou que estavam fazendo uma situação [nova] e era um acordo antigo que os líderes [dos partidos] tinham. Eu como líder procurei me abster da votação, para que não desse conotação do Executivo, porque o líder fala pelo prefeito“, explicou.

LEIA MAIS

“Não tenho conhecimento”, diz Aero Cruz sobre possível ida de Raimunda Sol Posto ao grupo de Miguel Coelho

Vereador negou ter conhecimento da aliança entre Raimunda e Miguel (Foto: Jean Brito/ASCOM)

Nos bastidores da política petrolinense não se fala em outra coisa: a possível ida de Raimunda Sol Posto para o grupo do prefeito Miguel Coelho (MDB). A notícia foi ventilada na sessão de terça-feira (3) e ainda hoje (5) o assunto repercute entre os aliados do gestor.

Líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB) negou ter conhecimento de qualquer aliança entre Raimunda – uma das mais fiéis escudeiras do ex-prefeito Julio Lóssio – a Miguel. Confira no vídeo:

“O vereador precisa fazer uma análise dessa situação”, diz Aero sobre declarações de Elias Jardim

Vereador reafirmou que bancada nunca esteve contra o 2º BIEsp.

O vereador e líder da bancada da situação na Câmara Municipal de Petrolina, Aero Cruz, decidiu se manifestar, durante a sessão desta quinta-feira (28), sobre as declarações do vereador Elias Jardim a respeito do caso envolvendo policiais do 2º BIEsp e o vereador Gilmar Santos.

Segundo Aero, Elias é reconhecido por ter uma linha de atuação mais centrada, mas, “em algumas situações, tem entrado em divergências que não levam a nada”. Ainda de acordo com o líder da situação na Casa, ele respeita a decisão, mas não apoia.

LEIA TAMBÉM

“Não retiro nenhuma palavra que falei no áudio”, afirma Elias Jardim sobre caso envolvendo Gilmar Santos e 2º BIEsp

“O vereador precisa sentar, precisa fazer uma análise dessa situação toda que passou. Eu vou fazer essa pergunta a ele: isso somou em quê para a Casa? Eu tenho certeza, como conheço o vereador Elias Jardim, que essa não é a linha dele. (…) Essa questão de vereador estar com diferença pessoal com outro vereador, a gente não pode entrar nessa discussão”, afirmou.

LEIA MAIS

Vereadores aprovam Moção de Solidariedade a Gilmar Santos, mas Elias Jardim se abstém

Vereadores se solidarizaram com vereador Gilmar (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Como era de se esperar, a Câmara de Vereadores de Petrolina deu destaque à ocorrência do último domingo (24), quando o edil Gilmar Santos (PT) foi algemado e levado para a delegacia. Membros da bancada da Oposição e Situação se uniram para apoiar o colega, pela forma que ele foi tratado.

Companheira de partido, Cristina Costa apresentou uma Moção de Solidariedade a Gilmar e a Companhia Biruta. Na justificativa, Costa alegou que a ação do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) foi “desnecessária, gratuita e repugnante ação”. Maria Elena de Alencar (PRTB) lembrou que o vereador é uma autoridade que sabe dialogar com todos os poderes, mas foi vítima do abuso da Polícia Militar de Pernambuco.

LEIA TAMBÉM:

Tenente do 2º BIEsp explica ação da PM no Rio Corrente e nega abuso dos policiais

Gilmar Santos critica truculência de policiais; PM rebate e diz que agentes foram agredidos

Alvoerlande Cruz (PSL) cobrou uma investigação da PM sobre a ação dos policiais da ROCAM. Seu irmão, o líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB) foi categórico: a solidariedade a Gilmar não diz se a polícia está certa ou errado.

LEIA MAIS
123