Aero Cruz solicita barco para escoamento da produção da Ilha do Massangano

Vereador Aero Cruz. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Aero Cruz solicitou à prefeitura de Petrolina, durante a sessão ordinária dessa terça-feira (05), na Câmara Municipal, através da indicação n. 1372/19, um barco para facilitar o escoamento da produção da Ilha do Massangano.

Segundo o parlamentar, a Ilha produz alimentos que abastecem a cidade e precisa de um barco para que o processo de transporte seja mais ágil. A solicitação foi feita para a Secretaria de Governo e Agricultura.

“Sabemos o quanto produz a Ilha do Massangano, produz verdura para abastecer as feiras, restaurantes. Sabemos que aquela população depende da infraestrutura da Ilha e precisamos colocar um barco para fazer o transporte e escoar toda a produção da localidade”, afirmou.

Gabriel Menezes volta a denunciar problemas no Posto de Saúde do Maria Tereza; Governistas reagem

Saúde no interior de Petrolina voltou a ser tema de discussão (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Os problemas no Posto de Saúde do Projeto Maria Tereza, no interior de Petrolina voltaram a Câmara de Vereadores na sessão de terça-feira (29). Gabriel Menezes (PSL) que já havia divulgado um vídeo em suas redes sociais voltou a denunciar a falta de médicos e número insuficiente de fichas disponibilizadas.

“Nós sempre denunciamos a falta de médico, a falta de profissional seja ele de qualquer especialidade, sempre denunciamos que as fichas são insuficientes. As pessoas por necessidade e não como a secretária falou, as pessoas vão dormir [na fila] pra arriscar pegar uma ficha. Quando foi ontem colocaram um vigia 16h da tarde pra evitar que a ficha se formasse. Os babões remunerados foram lá fazer uma farra de ficha e para tentar maquiar a situação, enviaram duas unidades odontológicas, inclusive a TV foi lá”, afirmou o edil da Oposição.

Bancada governista reage

Durante a fala de Gabriel, o líder da Situação, Aero Cruz (PSB) tentou evitar a fala afirmando que o tempo cedido era para justificativa das Indicações e Requerimentos. Contudo, conforme o presidente da Câmara lembrou, o momento já era direcionado ao Pedido de Ordem dos edis.

LEIA MAIS

Vereadores de Petrolina rebatem nota de Lucinha Mota

Tema foi destaque na Câmara de ontem (Foto: Blog Waldiney Passos)

A nota dos pais da garota Beatriz Angélica Mota causou um mal-estar entre os vereadores de Petrolina, os quais comentaram o texto e demonstraram apoio aos colegas Cristina Costa (PT) e Ronaldo Cancão (PTB) citados por Lucinha Mota e Sandro Romilton.

Para Ruy Wanderley (PSC), a nota deixa os vereadores tristes tendo em vista que a “Casa em dois momentos atendeu Sandro e Lucinha”. O edil lembrou que, apesar da dor compreensiva do casal, eles não têm direito de criticar a Casa Plínio Amorim por ceder espaço a Wank Medrado, advogado de Allinson Henrique de Carvalho. “Nós nunca nos furtamos de estar com Lucinha nos momentos mais difíceis, essa Casa foi solidária a ela. Os pares, todos foram solidários a ela no passado, no presente e vai ser no futuro“, afirmou.

LEIA TAMBÉM:

Ronaldo Cancão responde pais de Beatriz: “Não queiram encontrar mais um culpado”

Caso Beatriz: família emite nota contra Câmara de Vereadores; Osório afirma que Legislativo está de portas abertas ao povo

José Batista da Gama (PSB) lembrou que os membros da Casa compõem o Poder Legislativo e cabe à Justiça julgar e apontar erros em investigações. “Nós não podemos ser acusados aqui de nada. A Comissão de Direitos Humanos foi criticada ontem, ela não pode medir os vereadores com a régua dela. Nós temos que ter respeito“, destacou.

LEIA MAIS

Vereadores estariam articulando CPI do São João do Vale, mas sem aval do líder da Situação

Há denúncias no MPF contra o São João do Vale de 2013

A notícia nos bastidores da Câmara de Vereadores de Petrolina nessa quinta-feira (26) foi a movimentação da Bancada de Situação para instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), cujo alvo é o São João do Vale, na gestão do ex-prefeito Julio Lóssio. Essa movimentação seria uma retaliação aos pedidos da Oposição apresentados nas duas sessões dessa semana.

Porém, o líder do Governo na Casa Plínio Amorim, Aero Cruz (PSB) não concorda com essa movimentação. “Isso foi levantado por alguns vereadores da Situação, como líder coloquei a eles que se a gente fizer isso, estamos entrando no jogo pequeno que eles estão entrando. Sou contra a gente agir dessa forma. Não é dessa forma que se faz a política. O São João está em uma esfera superior, da mesma forma que nós estamos tendo uma”, justificou.

Municiar Oposição

Para Aero, dar esse passo é igualar o nível de debate com a Oposição. “Seria se igualar a política pequena que eles estão fazendo. Não acharia correto CPI do São João, contas [de ex-prefeito]. Na hora que for hábil votar e entrar em uma discussão, se coloca. Se colocar só por ferro e fogo, acredito que não seja dessa forma“, afirmou.

LEIA MAIS

Petrolina: Bancada de Situação estuda derrubar todos Requerimentos da Oposição se “politicagem” continuar

Situação derrubará pedidos da Oposição, na Câmara de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Se a Oposição não mudar sua forma de fazer a política, de debater o bom debate, se isso não mudar nós vamos todo e qualquer Requerimento da Oposição, seja qual for”. O recado à Bancada de Oposição de Petrolina foi dado na sessão dessa quinta-feira (26) pelo líder da Situação, Aero Cruz (PSB).

Aero está insatisfeito com a postura da Oposição de, segundo ele, fazer politicagem com pedidos. Hoje ele pediu que os governistas mais uma vez derrubassem um Requerimento dos adversários sobre informações a investigação da Operação Lava-Jato que poderia envolver a Prefeitura.

LEIA TAMBÉM:

Sem muita discussão, Situação volta a derrubar Requerimento da Oposição

“É a continuação do palanque político que a Oposição quer montar aqui na Câmara. Isso é inconstitucional, são poderes diferentes. Como é que o vereador quer convocar o prefeito aqui. Mais uma vez como líder do governo, coloquei para a Bancada que nós não vamos entrar nessa discussão”, afirmou Aero.

Para o vereador, a Oposição quer antecipar a disputa de 2020.  “É isso que eles estão tentando fazer. Vamos ter uma reunião da Bancada e vou passar para a Bancada: se a Oposição não mudar sua forma de fazer a política, de debater o bom debate, se isso não mudar nós vamos todo e qualquer Requerimento da Oposição, seja qual for”, pontuou.

LEIA MAIS

Após ter irmã citada por líder da Situação, Valgueiro afirma: “A vida pessoal dos meus familiares não tem nada a ver com minha atuação aqui na Câmara”

Clima quente pendeu para lado pessoal na sessão de ontem (24)  (Foto: Blog Waldiney Passos)

A terça-feira (24) na Casa Plínio Amorim foi quente, com o líder da Situação partindo para o lado pessoal contra o da Oposição. Aero Cruz (PSB) desqualificou os Requerimentos dos adversários e criticou Paulo Valgueiro (MDB) que comanda os opositores de fazer politicagem e até tentar fraudar um dos pedidos.

Aero reconheceu a importância da investigação da Lava-Jato, mas ironizou o pedido do colega. “Esse processo da Lava-Jato deve ser feito, nosso grupo também está sendo investigado e foi alvo de algumas ações em Petrolina e Recife. Estamos esclarecendo, a Justiça e a verdade sempre prevalece. O vereador que é autor do Requerimento sabe quantos processos o ex-prefeito Julio Lóssio tem, quem bem sabe é ele que é advogado. Ele e a irmã dele“, disse à imprensa.

LEIA TAMBÉM:

Aero acusa Oposição de fraudar Requerimento; Valgueiro rebate colega: “Consciência tranquila”

O líder governista foi além e citou irregularidades do governo Lóssio para enfraquecer a reivindicação apresentada por Valgueiro. “Nós estamos vendo a investigação que passa de R$ 20 milhões da Nova Semente. É o Ministério Público Federal que tá investigando. Por que ele não falou da fraude do IGEPREV, da fraude do São João, por que ele não falou da fraude de quando ele era presidente da EPTTC? Nosso grupo foi alvo de busca e apreensão. Quando eu coloco que o vereador Paulo Valgueiro é porque fui processado na época da eleição, provei a verdade e não fui condenando e as as minhas ações foram feitas pela irmã [que é advogada] do vereador. Digo com conhecimento de causa”, destacou.

LEIA MAIS

Aero acusa Oposição de fraudar Requerimento; Valgueiro rebate colega: “Consciência tranquila”

Situação derrubou pedido alegando fraude, Oposição afirma não ter descumprido lei (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão dessa terça-feira (24) foi marcada por uma longa discussão na Câmara de Vereadores de Petrolina e rendeu até acusação de fraude. O motivo? O Requerimento n° 297/2019, apresentada por Paulo Valgueiro, Gabriel Menezes e Elismar Gonçalves, que segundo Aero Cruz, líder da Situação, é fraudulenta.

LEIA TAMBÉM:

Após longo debate, Câmara derruba Requerimentos da Oposição

De acordo com Aero, a ausência de Elismar Gonçalves hoje demonstrou que a Oposição fraudou um pedido ao colocar o vereador como um dos autores. “Ele [Valgueiro] usou de má fé e colocou o nome de um vereador que nem assinou o documento. Pergunte ao vereador Paulo Valgueiro se o vereador Elismar assinou. São cinco da Oposição e só dois assinaram, o vereador do PT [Gilmar Santos] veio assinar agora. Essa é a forma que eles sempre fizeram, nós não vamos aceitar“, afirmou.

LEIA MAIS

“Por que nossa categoria vai ser penalizada?”, questiona mototaxista de Petrolina sobre aumento no ISS

Categoria não gostou de aumento no imposto (Foto: Blog Waldiney Passos)

Tema de uma longa discussão entre os vereadores de Petrolina na sessão de quinta-feira (19), na Casa Plínio Amorim, o projeto de Lei Complementar n° 002/2019 que institui o Novo Código Tributário de Petrolina, atualizando o de 2013 foi alvo de críticas dos mototaxistas.

Representante do grupo que esteve presente na Câmara de Vereadores ontem, Jojó Mototáxi, afirma que o aumento no Imposto Sobre Serviço (ISS) da classe teve aumento de quase 80%. “O valor vai passar de R$ 95 reais para R$ 158, é um aumento exorbitante porque quando a gente tem reajuste salarial, esse reajuste geralmente não passa de R$ 10,00. Por que nossa categoria vai ser penalizada? Estamos desde 2014 com a mesma tarifação de tabela, combustível aumenta a cada mês”, disse o mototaxista.

Crítica a Aero Cruz

Ele também rebateu a fala do líder governista, Aero Cruz (PSB) de que o ISS somente seria ajustado para quem estaria com uma maior arrecadação. “Acho que o argumento dele é falho. Nossos custos foram reajustados, o vereador é suplente, não foi eleito e está aqui para representar o povo, mas representa o Governo. É uma legislatura para defender o Governo e não o povo. A gente não aceita esse tipo de abuso contra a nossa categoria”, afirmou.

LEIA MAIS

Alteração no Código Tributário será analisado pelos vereadores de Petrolina nessa quinta-feira

Projeto será analisado hoje (Foto: Blog Waldiney Passos)

O tão aguardado projeto de Lei que prevê aumento no Imposto Sobre Serviço (ISS) em Petrolina está na pauta da sessão dessa quinta-feira (19) na Câmara de Vereadores de Petrolina. Nas últimas semanas o Blog vem acompanhando a movimentação nos bastidores e o líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB) já descarta novas altas em outros impostos municipais.

“De forma nenhuma, o que está se fazendo é uma readequação do imposto e não há [mais] nenhuma prevista. Isso não é feito de goela abaixo. Foi feito uma análise pelos auditores que estão fazendo isso”, afirmou ao Blog.

LEIA TAMBÉM:

Aumento no ISS é a bola da vez na Câmara e bancadas já se dividem

O ISS já vinha sendo motivo de debate na Câmara, antes mesmo de ir ao Plenário. Nos bastidores o líder da Oposição, Paulo Valgueiro (MDB) afirmou que o projeto era incoerente e buscava penalizar o petrolinense com “presente de grego” no mês de aniversário da cidade.

Aero, por outro lado, rebateu a fala do colega e mais uma vez disse que somente médicos e contadores serão atingidos com o aumento no ISS. “Não é justo com uma empresa que aumentou seu faturamento pagar igual a uma empresa que não aumentou seu faturamento”, destacou o vereador.

Vereadores cobram saneamento e pavimentação asfáltica do Dom Avelar e Santa Luzia

Saneamento do Santa Luzia é uma das cobranças de hoje

Os principais pedidos apresentados pelos vereadores na sessão dessa terça-feira (17) na Câmara de Vereadores de Petrolina foram destinados a infraestrutura e saneamento. Elias Jardim (PHS) chamou a atenção do prefeito Miguel Coelho para que olhe o Dom Avelar, já que a comunidade necessita de serviços urgentes.

“O bairro Dom Avelar é um bairro bastante sofrido. Nós pedimos ao prefeito mais atenção, para olhar para aquele bairro. É um sofrimento dos moradores. Esse problema não é desse prefeito, é dos problemas passados e nós pedimos atenção para aquela população tão sofrida“, disse o edil.

Já Gilmar Santos (PT) reivindicou o saneamento e pavimentação do Santa Luzia, outra comunidade que sofre diariamente com esgotos entupidos. Líder da Situação, Aero Cruz (PSB) solicitou a manutenção da iluminação pública no bairro Antônio Cassimiro I. Todos os pedidos foram aprovados por unanimidade e seguem para análise da Prefeitura e Compesa.

Aumento no ISS é a bola da vez na Câmara e bancadas já se dividem

Líderes comentam projeto da LDO, que deve ser votado nos próximos dias (Foto: Blog Waldiney Passos)

O projeto de Lei que aumenta o Imposto Sobre Serviço (ISS) de Petrolina deve entrar na pauta da próxima sessão, no dia 17 de setembro. Mesmo antes de chegar ao Plenário, a matéria proposta pelo Poder Executivo já divide as bancadas de Oposição e Situação.

LEIA TAMBÉM:

Paulo Valgueiro critica projeto que aumenta ISS em Petrolina; Aero afirma que vereador transmite mensagem “inverídica” sobre PL

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, Paulo Valgueiro afirma ser incoerente o município aumentar impostos, mas aos auditores fiscais, propor um reajuste. “Inclusive esse projeto está voltado ao incremento de receitas que poderia vir sem o aumento dos impostos. Que a fiscalização possa ir atrás de outras receitas, sem aumento do que já existe hoje. Fica uma incoerência: você oferece um aumento num projeto hoje, mas na próxima semana tem uma aumentando imposto”, disse.

Servidor público, o edil reconhece a importância do funcionário. Contudo, o trabalhador comum não pode pagar mais para benefício de outras classes. “Você ajustar salários de uma categoria é sempre bem-vindo, todo e qualquer servidor luta por aumentos. Mas fica uma incoerência você oferecer um aumento hoje e já pedir aumento de tributos e sacrificar ainda mais o povo de Petrolina”, destacou.

LEIA MAIS

Paulo Valgueiro critica projeto que aumenta ISS em Petrolina; Aero afirma que vereador transmite mensagem “inverídica” sobre PL

(Foto: Jonas Santos)

Depois de aprovar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a Câmara de Vereadores de Petrolina deve analisar na sessão desta quinta-feira (12) o aumento no Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS). Mesmo antes de a matéria entrar em discussão, os líderes Aero Cruz (PSB) e Paulo Valgueiro (MDB) já travam um batalha nos bastidores.

“Reorganização”

Para a Oposição, o aumento é um “presente de grego” no mês do aniversário de Petrolina. Segundo Valgueiro, a justificativa dada pelo Poder Executivo é a “reorganização da máquina”. “Se você quer reajustar a máquina você faz economia, demite comissionados, limita gastos. Mas não, ela vai e aumenta impostos. Tem categorias que vão ter uma mordida maior em torno de 70%: táxi e mototáxis, que já estão cambaleando”, afirmou.

O vereador afirmou ainda que o bolso também pesará na saúde, já que as clínicas médicas também estão listadas no aumento do ISS. “O município já não cumpre a sua parte em relação à saúde, nós precisamos correr atrás do médico particular e ele vem e aumenta o ISS desse médico, para que amanhã o médico vai cobrar de quem? De nós que vamos procurá-los“, destacou.

“Não leu o projeto”

Já o líder da Situação, Aero Cruz rebateu as colocações de Valgueiro. O edil garante que “0 mototaxista não é afetado, essa colocação que o vereador fez é inverídica”, pontuou. Representante do governo na Câmara, o vereador assegura que o reajuste afeta apenas os contadores e médicos.

“Acredito que o vereador não leu o conteúdo total do projeto. Em momento algum o projeto direcionada ao mototaxista, ele é microempreendedor individual. Nós temos 13 mil empresas registradas e apenas 20 serão alterado o valor: a classe médica e contadores porque essas duas classe avançaram no seu faturamento“, disse Aero.

Valgueiro afirma que Situação quer fugir de debate; Aero acusa vereador de querer partidarizar Educação

Líderes (Foto: Blog Waldiney Passos)

A bancada de Oposição sofreu mais uma derrota na sessão dessa terça-feira (3), na Câmara de Vereadores de Petrolina. O líder Paulo Valgueiro (MDB) havia solicitado a realização de uma audiência pública para debater as demissões dos professores contratados pela secretaria de Educação.

Em coletiva realizada na Casa Plínio Amorim, Valgueiro afirmou que seu pedido buscava atender demandas populares. “A gente quer discutir abertamente com os gestores, o porquê dessa demissão no meio do semestre letivo. Alguns foram retirados de fora de aula para ser demitidos, nós queremos um debate transparente”, destacou.

Durante a votação o líder da Situação, Aero Cruz (PSB) havia pedido destaque e orientou os edis governistas a derrubarem o Requerimento. Algo que Valgueiro viu como estratégia para fugir da discussão. “Querer discutir de forma aberta e transparente é o nosso papel, de nós que somos políticos. Se eles têm medo, estão agindo de forma errada. Estou aberto a qualquer discussão e ficam se escondendo, tentando barrar a discussão” alfinetou.

LEIA MAIS

Com debate acalorado, Situação derruba Requerimento apresentado por Paulo Valgueiro

Situação derrubou Requerimento por 14×4 (Foto: Blog Waldiney Passos)

Mais uma vez as bancadas da Oposição e Situação se dividiram para votar um Requerimento. Dessa vez a proposta era Paulo Valgueiro (MDB), pedindo uma audiência pública para tratar da demissão dos professores da rede municipal.

LEIA TAMBÉM:

Câmara de Petrolina analisará pedido de audiência sobre reorganização do quadro de professores

O Requerimento número 272/2019 foi derrubado por 14×4 votos, a pedido do líder da Situação, Aero Cruz (PSB) o qual classificou a solicitação de “politicagem”. Durante as justificativas para derrubar o pedido, os vereadores governistas alegaram que a Comissão de Educação da Câmara já havia se reunido com a secretária Margareth Zapponi.

LEIA MAIS

Após ouvir usuários das barquinhas, Aero Cruz pede reparo na iluminação do local

Aero Cruz pediu ações de iluminação próximo as barquinhas (Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de algumas queixas dos usuários das barquinhas sobre o acesso ao transporte, o vereador Aero Cruz (PSB) pediu à Prefeitura de Petrolina ações imediatas no sentido de melhorar a iluminação no local, através da Indicação nº 912/2019.

“Essa atividade está dentro do Programa Mais Luz e é de grande importância. A gente sabe da utilidade dessas barquinhas, é utilizada pelas pessoas que moram aqui e trabalham em Juazeiro ou que trabalham aqui e moram em Juazeiro”, destacou o edil que pediu o reparo em toda a iluminação no acesso das barquinhas.

No entendimento do vereador, a secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) executará o reparo já que há destinação de recursos para tal. “É de grande importância que a gente faça isso no mais rápido possível, já recebi muitas reclamações dos usuários das barquinhas”, concluiu.

123