Saques do FGTS: Caixa Econômica Federal informa que deixará de abrir agências aos sábados

(Foto: Ilustração)

Nesta quarta-feira (30), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou que o banco deixará de abrir parte das agências aos sábados para saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Segundo Guimarães, a abertura das agências aos sábados se mostrou “matematicamente e empiricamente” desnecessária. Alegou que esteve em Vitória (ES) e viu as agências “muito vazias”. A decisão de abrir parte das agências para quem não tem conta no banco foi anunciada no último dia 16.

LEIA MAIS

Saque do FGTS: Caixa Econômica Federal estende horário de atendimento amanhã e abre no sábado

(Foto: Internet)

A Caixa Econômica Federal vai trabalhar com horário estendido por duas horas, amanhã (13), início do saque de até R$ 500 em contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com a presidência da Caixa, as agências também vão abrir neste sábado (14), para liberação do saque do (FGTS).

As agências, que normalmente abrem às 11h, vão iniciar o atendimento às 9h. Aquelas que abrem às 10h, iniciarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h, atenderão a partir das 8h e terão uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do horário de atendimento.

Em Petrolina, as agências da Caixa abrirão amanhã (13) às 8h, e funcionarão até às 15h. No sábado (14), As agências funcionarão das 9h às 15h.

Petrolina: Prodecon fiscaliza agências bancárias para verificar irregularidades nos atendimentos

O cliente que se sentir prejudicado pelo atendimento bancário na cidade deve fazer reclamação junto ao Prodecon.

Nesta quarta-feira (21), o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) realizou uma operação para fiscalizar as agências bancárias de Petrolina. Essa é a primeira vez que a ação acontece no município.

A fiscalização teve como objetivo identificar irregularidades em relação ao tempo de espera nas filas, existência de exemplar do Código de Defesa do Consumidor em local de fácil acesso, além do funcionamento dos caixas eletrônicos e “venda casada” de serviços.

As equipes percorreram mais de cinco agências no centro da cidade e constataram irregularidades como: desrespeito ao tempo de espera em fila; ausência de banheiros para clientes, mau funcionamento de caixas eletrônicos e ausência de funcionários nos guichês dos caixas.

O diretor-presidente do Prodecon de Petrolina, Dhiego Serra, lembra que a ação é pioneira e faz parte de uma preocupação do órgão municipal em prezar pelos direitos do consumidor.

“Essa ação é muito importante para a população, principalmente, porque estamos trabalhando para, de fato, chegar perto do consumidor e identificar quaisquer falhas na prestação de serviços. O Prodecon faz um trabalho diário em defesa do consumidor e todas essas atividades têm o único objetivo de fazer com que o Código de Defesa seja cumprido”, disse.

LEIA MAIS

Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco

A partir de sábado, boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco ou correspondente e não apenas na instituição financeira em que foram emitidos/Imagem ilustrativa

A partir deste sábado (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco ou correspondente e não apenas na instituição financeira em que foram emitidos.

Isso será possível com a conclusão da implementação da Nova Plataforma de Cobrança (NPC), sistema desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com os bancos.

Na última fase do processo, passa a ser obrigatório o cadastramento de títulos referentes a faturas de cartão de crédito e doações no novo sistema.

Segundo a Febraban, além da praticidade, a implementação da NPC torna o processo de pagamento via boleto mais seguro, sem risco de fraudes.

Outra mudança diz respeito ao comprovante de pagamento, que será mais completo, apresentando todos os detalhes do boleto, (juros, multa, desconto, etc) e as informações do beneficiário e pagador.

O projeto da Nova Plataforma de Cobrança começou há quatro anos.

LEIA MAIS

Correios fecham 41 agências de 15 estados do Brasil

(Foto: Arquivo)

Nesta terça-feira (16), os Correios encerraram as atividades em 41 agências de 15 estados do país. De acordo com a estatal, as unidades que serão desativadas estão em imóveis alugados, localizadas muito próximas a outras agências (menos de dois quilômetros) e não geram lucros. A empresa informou que os funcionários que trabalham nesses locais serão realocados.

Atualmente, os Correios têm pouco mais de 6,3 mil agências próprias em todo o país, além de 4,3 mil comunitárias, 1 mil franqueadas e 127 permissionárias. Segundo a empresa, o encerramento das atividades dessas agências faz parte do processo de remodelagem da rede de atendimento, que prevê a substituição gradativa de unidades convencionais “por soluções diferenciadas e mais adequadas às necessidades dos clientes”.

“O processo de remodelagem prevê a ampliação dos pontos de atendimento, dos atuais 12 mil para 15 mil, em todo o país, até 2021, melhorando os serviços para a população”, informou a estatal, em nota.

LEIA MAIS

Feriado: saiba o que abre e fecha nesta terça em Petrolina

Comércio vai fechar as portas neste feriado. (Foto: Ilustrativa)

As atividades de Pernambuco serão interrompidas para celebração do novo feriado do estado nesta terça-feira, 6 de março, dedicado à Magna do estado, que marca o início da Revolução Pernambucana de 1817, considerado o primeiro movimento pela Independência do Brasil.

Em Petrolina, a Prefeitura Municipal, o comércio e as agências bancárias vão suspender suas atividades, que voltam ao normal na quarta-feira (7).  Nos bancos, serviços como caixas eletrônicos e atendimento online ou pelo celular permanecem ativos.

O shopping abrirá em horário especial durante o feriado. A praça de alimentação vai funcionar das 12h às 22h, enquanto as lojas do centro de compras vão abrir das 14h às 20h. O expresso cidadão não vai funcionar e o cinema segue sua programação de acordo com o site.

Prazo para sacar abono salarial termina nesta quinta-feira (28)

 

(Foto: Ilustração)

Termina nesta quinta-feira (28) o prazo para que trabalhadores contemplados com o abono salarial PIS/Pasep saquem o benefício nas agência bancárias. O abono é pago para os inscritos no Pis ou no Pasep há cinco anos ou mais e que trabalharam com carteira assinada pelo menos 30 dias em 2015, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Além disso, para ter direito ao benefício, é preciso que os dados do trabalhador tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais. O valor que cada beneficiário tem para receber é pago proporcionalmente à quantidade de meses trabalhados formalmente em 2015. Os pagamentos variam de R$ 79 a R$ 937.

Os trabalhadores da iniciativa privada, cadastrados no PIS, sacam o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal ou nas lotéricas. Já os servidores públicos, inscritos no Pasep, recebem o benefício no Banco do Brasil.

No site do Ministério do Trabalho é possível conferir o direito ao benefício e o valor a ser sacado. Para mais informações acesse: www.trabalho.gov.br.

Caixa Econômica poderá fechar até 120 agências em 2017

(Foto: Internet)

A Caixa Econômica Federal informou nesta terça-feira (28) que cerca de 100 a 120 unidades deficitárias passarão por uma “intervenção” neste ano. As alternativas são fechamento, fusão, diminuição de estrutura ou remanejamento para outro local.

O anuncio foi feito durante entrevista coletiva em São Paulo, com o presidente da instituição, Gilberto Occhi, afirmou que a intervenção vai acontecer “tão logo tenhamos a finalização do processo de demissão voluntária (PDV)”, disse Occhi.

Além disso, a Caixa está recorrendo na Justiça sobre a convocação de 2 mil aprovados em concursos públicos, segundo Jacinto. Haverá ainda a reestruturação das áreas da Caixa, com a participação das vice-presidências no processo.

De acordo com o presidente do banco, não faz parte dos planos da Caixa qualquer venda de ativos. “O foco do banco é melhorar a eficiência reduzindo as despesas”, ressalta Occhi.

Com informações do G1

Pernambuco: agências da previdência social fechadas contra a reforma da previdência nesta quarta

(Imagem ilustrativa)

As Agências da Previdência Social (APS) de Pernambuco estarão fechadas nesta quarta-feira em adesão ao Dia Nacional de Paralisação contra a Reforma da Previdência, 15 de março. No estado, os servidores do INSS farão protestos e passeata para pressionar o governo e sensibilizar a população sobre os danos da aprovação da PEC 287.

Trabalhadores do Ministério da Saúde também farão um ato público contra o desmonte previsto pela reforma em frente à Geap Autogestão em Saúde, na Praça Chora Menino, na Ilha do Leite, região central do Recife.

A mobilização foi aprovada em assembleia da categoria na última sexta-feira, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social de Pernambuco (Sindsprev-PE).

As manifestações denunciam a retirada de direitos que tem sido feita pelo Governo Temer e o fim da aposentadoria com enriquecimento de bancos e incentivo à previdência privada.

LEIA MAIS

Correios anunciam o fechamento de 250 agências

(Foto: Breno Fortes)

Para reduzir gastos da empresa, os Correios anunciaram o fechamento de 250 agências em todo o país. A empresa enfrenta dificuldades financeiras.

A iniciativa vai atingir agências em cidades com mais de 50 mil habitantes de todas as regiões. “O projeto é uma das ações que os Correios vêm implementando para reverter o cenário financeiro da empresa, visando garantir a manutenção e a qualidade dos serviços à sociedade”, informa a empresa em nota.

De acordo com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), a medida pretende tornar rede de atendimento mais eficiente e melhorar a prestação de serviços à população. Atualmente, são mais de 6.500 agências dos Correios pelo país, além de 1 mil franqueadas.

Com informações do G1

Agências bancárias têm seu último dia útil de 2016 nesta quinta

Nesta quinta as agências bancárias irão abrir normalmente para atendimento ao público

As agências bancárias de todo país terão seu último dia útil de 2016 nesta quinta-feira (29). A partir de sexta-feira (30), elas estarão fechadas ao público, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O atendimento volta ao normal no dia 2 de janeiro de 2017.

Segundo a Febraban, nesta quinta as agências bancárias irão abrir normalmente para atendimento ao público, possibilitando a realização de todas as operações bancárias solicitadas pelos clientes.

A Federação ressalta que as contas de consumo, como água, luz, telefone e TV a cabo, assim como os carnês que estiverem com vencimento nas datas em que as agências estiverem fechadas, poderão ser pagos no primeiro dia útil seguinte ao feriado (2 de janeiro de 2017), sem multa por atraso. A Febraban lembra ainda que os tributos já vêm com data ajustada em relação ao calendário de feriados.

Sem ajuste, BB teria que pedir aporte ao governo em 2017, diz presidente

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

Paulo Rogério Caffarelli, presidente do Banco do Brasil, diz que, sem o corte de gastos na instituição, ele teria de pedir socorro ao governo federal em julho de 2017 para atender as exigências de capital de Basileia 3.

O banco anunciou no dia 20 de novembro a extinção de 9.300 cargos, o fechamento de 402 agências e a transformação de 379 delas em postos avançados.

“Não posso achar que chegarei a ter o custo de Bradesco e Itaú porque temos capilaridade muito maior, mas tentaremos reduzir ao máximo esse valor.”

LEIA MAIS

Novo comando da Caixa estuda fechamento de agências deficitárias

Desde 2010, a Caixa abriu 1.329 agências. A análise da direção do banco é que não se faz mais necessária toda essa estrutura/Foto:internet

Desde 2010, a Caixa abriu 1.329 agências. A análise da direção do banco é que não se faz mais necessária toda essa estrutura/Foto:internet

O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, encontrará um diagnóstico que mostra como o banco estatal precisa melhorar a eficiência operacional. Uma centena de agências estão deficitárias, ou seja, fecham no vermelho, mas, mesmo assim, a vice-presidência que cuida da rede do banco recomendou o fechamento de apenas 15 delas que estão totalmente inoperantes.

A Caixa foi usada nos últimos anos pelo governo do PT como locomotiva do crédito no País, estratégia para impulsionar a atividade econômica. Dessa forma, a instituição conseguiu aumentar sua participação no mercado, mas essa expansão do crédito também provocou efeitos colaterais, como o aumento do nível de calotes do banco.

O alto número de agências deficitárias também é consequência dessa política. Desde 2010, a Caixa abriu 1.329 agências. A análise da direção do banco é que não se faz mais necessária toda essa estrutura, ainda mais com a mudança dos hábitos dos clientes, que cada vez mais optam pelos serviços pelo computador ou pelo smartphone.

LEIA MAIS