Adolescente esfaqueia menino de 12 anos em Santa Maria da Boa Vista

O fato ocorreu nesta quinta-feira (22), na rua 10, do bairro Santa Luzia, em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão de Pernambuco. Polícias da 7ª Companhia Independente da Policia Militar (7ª CIPM) receberam um chamado dando conta de que um menino de 12 anos de idade tinha dado entrada no Hospital Municipal com um corte no braço.

Ao chegar na unidade hospitalar, os policiais foram informados pela vítima que havia sido agredido com uma faca por um adolescente de 13 anos. A guarnição foi a residência do menor infrator, que alegou legítima defesa, uma vez, que segundo ele, a vítima estava lhe arremessando pedras.

A vitima e o infrator, juntamente com seus pais, foram conduzidos a Delegacia da Polícia Civil de Santa Maria da Boa vista, para que fossem tomadas as medidas cabíveis. Arma foi apreendida e também apresentada aos agentes de plantão.

PM prende agressor de sua companheira em Juazeiro e o mesmo é enquadrado na lei Maria da Penha

(Imagem ilustrativa)

Um homem de 32 anos foi preso na noite desta segunda-feira (7) após agredir a esposa durante uma discussão, a arrastando pelos cabelos e agredindo com socos e pontapés, causando lesões nas pernas e nos braços. O fato ocorreu na Rua Pero Vaz de Caminha, Bairro Alto da Aliança, em Juazeiro (BA).

Já era mais de 11 horas da noite do feriado de 7 de setembro quando policiais da 76ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) foram acionado pelo o Centro Integrado de Comunicação (CICOM), o qual informou que uma mulher estava pedindo socorro no endereço citado anteriormente.

LEIA TAMBÉM

Lagoa Grande: homem é detido por agredir a própria mãe

Leitora denuncia maus tratos a animais no Centro de Zoonoses de Petrolina; prefeitura responde

Ao chegarem ao local, os policiais foram informados pela vítima que foi ameaçada e agredida com socos e pontapés pelo seu companheiro e em seguida arrastada pelos cabelos, e que o mesmo ainda estava no local. Autorizados a entrarem no imóvel, os PM´s encontraram o agressor em um dos cômodos da casa. Segundo a polícia, o mesmo confessou a agressão e disse que havia discutido com a esposa após ingerir bebida alcoólica.

Em cumprimento a Lei Maria da Penha, o homem foi preso em flagrante e levado para a delegacia da Polícia Civil, juntamente com sua esposa, para adoção das medidas cabíveis.

Lagoa Grande: homem é detido por agredir a própria mãe

(Foto: Ilustração)

Um homem de 36 anos de iniciais R.P.S., foi detido por policiais militares após agredir a própria mãe. O fato teria ocorrido no fim de semana no local identificado como Casas da Invasão, no Distrito de Vermelhos, município de Lagoa Grande, Sertão de Pernambuco.

De acordo com informações da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), por volta das 22 horas de domingo (6), o homem teria chegado em casa com sinais de embriaguez alcoólica e iniciado um discussão com um sobrinho. A mãe do agressor foi intervir e acabou sendo espancada com três socos na testa.

Os policiais foram chamados e o agressor foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Cabrobó para medidas legais.

Piauí: Fotógrafo acusa o jornalista André Pessoa de tê-lo agredido com um soco no rosto

(Foto: Reprodução)

A agressão teria acontecido na manhã desta terça-feira (7) no aeroporto da cidade de São Raimundo Nonato, no Piauí, distante 519 km da capital Teresina. De acordo com a vítima, o fotógrafo Joaquim Tomaz Neto, o mesmo estava trabalhando no aeroporto, fazendo fotos da comitiva do presidente Jair Bolsonaro, que cumpriria agenda em São Raimundo quando foi atacado.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, Joaquim aparece com os lábios inchados e máscara com manchas de sangue. “Fui agredido. Estava trabalhando no aeroporto. André Pessoa chegou aqui e deu um murro na minha cara”, afirma o fotógrafo.

LEIA MAIS

Em resposta, 2º BIEsp afirma que policiais foram agredidos durante abordagem na Vila Eulália

Polícia Militar apresentou sua versão dos fatos. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Após uma vendedora de acarajé denunciar ao nosso blog uma ação truculenta de policiais do 2° BIEsp, a Polícia Militar apontou sua versão do fato, que aconteceu no início desta semana, na segunda-feira (06).

De acordo com a denúncia, os policiais teriam dado ordem de parada à mulher, que seguia com seu marido e um colega. Eles teriam parado em frente sua residência, quando teria começado uma série de ações truculentas dos policiais, que, segundo a mulher, teriam espancado seu marido.

LEIA TAMBÉM

Vendedora de acarajé relata ação truculenta do 2º BIEsp: “Aqui a gente tem medo é da polícia”

No entanto, em nota, segundo a Polícia Militar, o que aconteceu foi que os policiais estavam em rondas para captura de suspeito de assaltos, quando solicitaram que o veículo suspeito parasse, sendo a ordem desobedecida pelo casal e o amigo.

LEIA MAIS

Homem é preso após agredir irmã na Vila Esperança, em Petrolina

(Foto: Ilustração)

Na tarde deste domingo (5), por volta das 15h, Policiais Militares foram acionados para atendimento de uma chamada da Central de Operações do 5º BPM.

A guarnição fez deslocamento até o bairro Vila Esperança, em Petrolina (PE), onde um indivíduo, após discutir com sua irmã, a agrediu com socos e pontapés.

Ao chegarem no local indicado, os Policiais localizaram e prenderam o agressor. O indivíduo foi conduzido, juntamente com a vítima, à Delegacia de Polícia Civil para adoção das medidas legais cabíveis.

Depois de roubar e agredir outro preso em Araripina, trio é transferido para Penitenciária de Petrolina

Trio está em Petrolina (Foto: Reprodução/Internet)

Três detentos, suspeitos de agredir e roubar um preso que estava na Cadeia Pública de Araripina, na segunda-feira (2) foram transferidos para Petrolina depois de uma audiência de custódia. O trio, que não teve seus nomes revelados, está na Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes.

No começo da semana eles atacaram um outro preso. A vítima foi esfaqueada na cabeça e na perna, tudo isso dentro de uma cela. Além das agressões, ele teve R$ 6 mil roubados pelos homens

De acordo com o Blog Roberto Araripina, a informação foi repassada pela Secretaria de Executiva de Ressocialização de Pernambuco (Seres). A Polícia Civil investiga como o dinheiro foi parar dentro da unidade.

Suspeito de agredir companheira com faca é preso no Centro de Petrolina

(Foto: Divulgação/5º BPM)

Um homem suspeito de agredir a companheira com uma faca tipo peixeira, foi preso no final da manhã da última sexta-feira (21), no Centro de Petrolina (PE).

Policiais Militares do 5º BPM foram informados por populares que um homem teria esfaqueado sua companheira, e com ciúmes, teria também corrido atrás de um indivíduo para matá-lo.

Após realizar rondas pelas ruas do Centro da cidade, os policiais localizaram e prenderam o acusado com a faca. Todos os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil, para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

Casos de violência contra idosos crescem em Pernambucano

Negligência está no topo das agressões (Foto: Ray Evllyn/ SJDH)

O quadro geral da violência em Pernambucano no ano de 2019 foi positivo, mas o balanço da Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH) trouxe uma notícia negativa. Nos últimos 12 meses houve um aumento de 147% nas ocorrências contra idosos.

De janeiro a dezembro do ano passado foram quantificadas 2.845 casos de agressão a esse público. A negligência está no topo das ocorrências, com 1.013 casos, seguida da violência financeira, com 694, e em terceiro lugar, a psicológica com 580.

Apesar do número preocupante, o secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Pedro Eurico observa o ponto positivo de 2019: a população tem prestado atenção e denunciado. “O Governo de Pernambuco vem trabalhando com afinco na perspectiva de sensibilizar as pessoas a denunciarem, além de estarmos também esclarecendo a vítima de que é possível se livrar de qualquer tipo de violação“, disse.

Agentes de trânsito são agredidos por grupo de homens na Bahia, após notificação por estacionamento irregular

Em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, três agentes de trânsito foram agredidos por um grupo de homens, após um deles receber uma notificação por estacionar o carro em local proibido. A ação dos agressores foi tão violenta, que um dos oficiais teve o braço quebrado. O caso aconteceu na última terça-feira (21), na Avenida Presidente Vargas, no bairro Alto Maron.

A briga teve início durante a ocorrência de trânsito. Um vídeo registrou o momento em que um dos homens empurra um agente e ele revida. Com isso, os homens partem para cima dos oficiais e um deles cai no chão. Depois disso, as agressões param, mas eles continuam discutindo.

LEIA MAIS

Equipe do SAMU de Petrolina é agredida por populares e caso vai parar na delegacia

(Foto: Ascom)

Por volta das 15h da última sexta-feira (17), uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) viveu uma situação de risco durante um atendimento no bairro Jardim São Paulo, em Petrolina (PE). O caso foi divulgado pela prefeitura municipal, que pede a conscientização da população petrolinense sobre acionamento do serviço.

De acordo com a prefeitura, populares ligaram para o número 192, já em tom agressivo solicitando o serviço. Ao serem questionados pela equipe do SAMU sobre a real situação do paciente, os familiares da pessoa que aguardava atendimento destrataram os profissionais e não repassaram os detalhes solicitados. Contudo, uma Unidade de Suporte Avançado (USA) foi encaminhada ao local, no bairro Jardim São Paulo.

LEIA MAIS

Homem agride e tenta matar companheira na zona rural de Juazeiro

Arma foi apreendida (Foto: Ascom/Polícia Militar da Bahia)

Um homem foi preso no final de semana, na zona rural de Juazeiro (BA) após agredir e tentar matar sua companheira. Segundo ao 74ª CIPM, a vítima teria acionado ajuda da Polícia Militar, que conseguiu prender o agressor em flagrante.

A ocorrência foi registrada em Lagoa da Pedra, zona rural da cidade. O homem havia chegado alcoolizado em casa. Ele agrediu e arrastou a vítima até o matagal, dizendo que ia matá-la. A mulher conseguiu escapar, juntamente com sua filha de quatro anos, mas foi perseguida pelo agressor.

Os policiais militares chegaram até o endereço e encontraram o homem na residência do casal. Ele tentou fugir, sem sucesso. Com o homem a PM apreendeu uma espingarda e uma motocicleta Honda NXR 150 Bros, com a documentação atrasada. O homem foi preso em flagrante e todo material recolhido à Delegacia de Polícia Civil.

Petrolina: Imagens mostram hematomas de agressões sofridas por policiais em ação no Rio Corrente

Um assunto dominou os noticiários em Petrolina na manhã desta segunda-feira (25): a ação de policiais militares no bairro Rio Corrente, em Petrolina (PE), que terminou com o vereador petista, Gilmar Santos, detido, junto a outras duas pessoas.

O grupo realizava uma atividade da Cia Biruta de Teatro, dentro da programação do Novembro Negro, em uma quadra do bairro, quando policiais do 2º BIEsp receberam uma denúncia para verificar a ocorrência de um homem andando armado na localidade.

Segundo a Polícia Militar (PM), os policiais identificaram o suspeito no evento e agiram conforme exige a técnica policial. No entanto, ainda de acordo com a PM, os presentes começaram a dar uma conotação de discriminação racial à abordagem.

LEIA MAIS

Vereador Gilmar Santos diz ter sido detido por reagir a violência policial

Ação chamou a atenção de pessoas que estavam no evento. (Foto: ASCOM/Vereador Gilmar Santos)

O vereador Gilmar Santos (PT) afirmou que o encerramento da Mostra de Artes Novembro Negro, realizado no bairro Rio Corrente, na noite desse domingo (24), foi alvo de uma ação truculenta promovida pela Polícia Militar.

De acordo com o parlamentar, o fato aconteceu por volta das 20h, quando a polícia chegou no evento, organizado pela Cia Biruta de Teatro, e “abordou um rapaz que eles diziam ser suspeito de estar portando uma arma, porém, segundo os organizadores, a Polícia fez uma abordagem violenta e totalmente desrespeitosa”.

LEIA MAIS

Polícia Militar de Pernambuco instaura procedimento administrativo disciplinar para averiguar agressões contra estudante

Camila levou soco no olho. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, a estudante secundarista e diretora da União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE), Camila Rabelo relatou que foi agredida por um policial com um soco no rosto, no último sábado (16).

LEIA TAMBÉM

Violência: estudante universitária afirma ter sido agredida por PMs em Petrolina

Ainda segundo a estudante, que estava na companhia de duas colegas, a abordagem foi feita por quatro policiais militares, na Rua das Laranjeiras, Centro. Ela conta que durante a ação policial, os PMs esconderam suas identificações.

Após o Blog publicar matéria sobre o caso, a Polícia Militar de Pernambuco informou que instaurou um procedimento administrativo disciplinar, para averiguar as “supostas agressões”. Confira a íntegra da nota:

“A Polícia Militar, através do comando do 5 BPM, esclarece que diante da denúncia, instaurou um procedimento administrativo disciplinar, paralelo ao inquérito da polícia civil, para averiguar as supostas agressões e os  possíveis envolvidos.”

123