Chuvas comprometem 80% da safra de frutas do Vale do São Francisco do 1º semestre de 2022

Os produtores de frutas do Vale do São Francisco, anunciaram nesta terça-feira (1º), que a safra de manga e uva do 1º semestre de 2022 já está comprometida em 80% devido às fortes chuvas que caíram em Petrolina – PE e região desde o mês de dezembro do ano passado até o último sábado (29).

Ainda atualizando o total dos prejuízos, a categoria, que hoje reúne mais de 2 mil produtores somente em Petrolina, adiantou que o volume maior das perdas ocorre nas áreas onde os pomares estão no período de floração. O excesso de água compromete o desenvolvimento vegetativo da planta, dificulta a fecundação, causa o aborto das flores e, no final da maturação, provoca a ruptura e a podridão das bagas. Para se ter uma ideia das perdas atuais, somente para o mercado externo o Vale do São Francisco comercializou, na safra do ano passado, 75.127 toneladas de uvas e 245.737 toneladas de mangas, segundo dados do Comex Stat do Ministério das Relações Exteriores.

De acordo com o gerente executivo do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR), Flávio Diniz, é no período chuvoso que também aumenta a incidência de doenças a exemplo de Míldio, bactérias e antracnose, outro fungo agressivo que em poucos dias de umidade danifica a casca e causa a queda do fruto. “As chuvas também provocam a diminuição da produtividade, da qualidade dos frutos além da elevação dos custos de produção, principalmente da mão de obra, dos defensivos agrícolas e reparos nas máquinas e equipamentos que quebram ou são encharcados durante as chuvas”, ressaltou.

As chuvas vêm tirando o sono dos produtores do Vale desde o início de dezembro do ano passado. Somente em um dia, no Natal, as precipitações superaram a média de todo o mês com mais de 300 mm em algumas localidades do interior do município. O resultado foram prejuízos da ordem de R$45 milhões com a perda de mais de 15 mil toneladas das frutas. Com a continuidade do período chuvoso, a situação se agravou elevando os prejuízos de R$45 para R$60 milhões. Até o dia 13 de janeiro desse ano, segundo estimativas do SPR, os prejuízos com a uva já passavam de R$33 milhões com a perda de 20 mil toneladas da fruta. Na cultura da manga, os produtores contabilizaram prejuízos da ordem de R$ 27 milhões com a perda de 10 mil toneladas.

O Vale do São Francisco produz anualmente mais de um milhão de toneladas de frutas, das quais 80% são uvas de mesa e mangas que geram 100 mil empregos diretos e movimentam cerca de U$ 420 milhões nos mercados internos e externos.

Class Comunicação

Guilherme Coelho pede recursos para projeto executivo do Canal do Sertão ao Ministro Rogério Marinho

O projeto do Canal do Sertão, idealizado por Osvaldo Coelho, voltou a ser pautado junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional. Durante a visita do ministro Rogério Marinho a Petrolina, nesta terça-feira (19), Guilherme Coelho, presidente da Associação Brasileira de Produtores  Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), solicitou a inclusão de recursos para desenvolvimento de um projeto executivo do canal no orçamento do próximo ano. Se executado, o projeto pode beneficiar mais de 16 municípios da região do Araripe.

De acordo com o presidente da Abrafrutas, já existe um estudo básico do Canal do Sertão. “É necessário voltar a discutir sobre esse canal que pode levar irrigação para o Araripe. Conversei com o ministro, pedi atenção ao projeto e solicitei que ele destine no orçamento cerca de R$ 50 milhões, para realização do projeto executivo”, afirmou Guilherme Coelho.

LEIA MAIS

Mercado do Produtor de Juazeiro é o quarto maior entreposto do Brasil e movimenta, em média, cerca de R$ 10 milhões por dia

Reconhecida como uma das principais cidades do agronegócio na Bahia, Juazeiro também sedia o quarto maior entreposto do país, o Mercado do Produtor.  Trata-se de um importante equipamento que movimenta a economia de toda a região e incrementa os negócios do campo. Uma equipe da SEAGRI, chefiada pelo secretário da Agricultura, João Carlos Oliveira, realizou visita técnica ao mercado hoje (05), seguida de reunião com a administração do conjunto comercial.

Depois de ajustes, o mercado é, atualmente, muito movimentado. Com cerca de 1.350 permissionários que negociam uma grande variedade de produtos e serviços no local, o equipamento é visitado, em média, por 10 mil pessoas/dia.
LEIA MAIS

Agricultores familiares da Bahia já podem aderir ao Garantia-Safra 2021/2022

Agricultores e agricultoras familiares de municípios do Semiárido Baiano podem aderir ao programa Garantia-Safra, na safra 2021/2022. As adesões estão sendo feitas em duas etapas: primeira etapa na safra Verão, que acontece até o dia 21 de setembro e a segunda etapa, na safra Inverno, até o dia 20 de fevereiro de 2022.

Na Bahia, poderão aderir ao programa um total de 345 mil agricultores familiares. Os agricultores e agricultoras, que já possuíam inscrições nas safras 2019/2020 ou 2020/2021 e estão com a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) ativa, tiveram, automaticamente, as inscrições migradas para a safra 2021/2022. Para conferir se a inscrição foi migrada, os interessados podem acessar link: https://bit.ly/3jyvOuu.

LEIA MAIS

Prefeita Suzana Ramos e secretário de Agricultura da Bahia debatem desenvolvimento do agronegócio para Juazeiro

A prefeita Suzana Ramos recebeu nesta terça-feira (03), o secretário de Agricultura da Bahia, João Carlos Oliveira da Silva, e o diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), Oziel Oliveira. A visita técnica é para identificar as necessidades da região para buscar melhorias para o agronegócio.

“A orientação do governador Rui Costa é que todos os secretários possam dialogar com as lideranças políticas municipais e nós estamos aqui visitando a prefeita Suzana Ramos, dialogando sobre uma pauta positiva na agricultura e, sobretudo construir parcerias. Vamos buscar um diagnóstico e verificar a curto e médio prazo o que é a que Secretaria de Agricultura pode somar junto à gestão deste município” explicou João Carlos Oliveira da Silva.

LEIA MAIS

1º trimestre de 2021 termina com alta na exportação de frutas, segundo Abrafrutas

(Foto: Ascom)

O primeiro trimestre de 2021 terminou com saldo positivo ao setor da fruticultura do Brasil. De acordo com a Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), houve elevação de 14% em dólares, o que representa 7% a mais no volume das mercadorias em relação ao mesmo período do ano passado.

Uva e maçã são destaques

Uva e maçã foram as principais responsáveis pelo crescimento, com 105% e 89%, respectivamente. “Os números são animadores. Se as exportações continuarem nesse ritmo, conseguiremos, pela primeira vez, alcançar a meta de US$ 1 bilhão em frutas exportadas até o fim do ano”, disse o presidente da Abrafrutas, Guilherme Coelho.

2020 com bons números

Os bons números já haviam sido observados também em 2020, o primeiro da pandemia no país. A fruticultura cresceu 6% em relação a 2019, o que reforça a importância da agricultura para a economia nacional. “São mais de 2,5 milhões de hectares de frutas no Brasil, que geram cerca de 5 milhões de empregos. É uma atividade econômica com potencial e, por isto, a Abrafrutas luta pela abertura de mercado para que a fruticultura tenha condições de continuar crescendo“, conclui.

Prefeitura orienta agricultores que ainda não receberam parcela única do Garantia-Safra 2020

(Foto: Ascom)

A Prefeitura de Petrolina informa que dos 1.492 agricultores familiares do município cadastrados no programa Garantia-Safra, 160 ainda não receberam a parcela única do seguro referente ao período 2019//2020, pois apresentaram alguma irregularidade cadastral junto à Caixa Econômica Federal.

O pagamento começou a ser pago em meados de fevereiro. É importante que o agricultor ou agricultora entre em contato com a Secretaria de Agricultura do município para realizar as devidas correções e agilizar o processo junto a Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

LEIA MAIS

Decreto Municipal: Prefeitura altera atendimento na Secretaria de Agricultura

Devido às recomendações que visam reduzir a propagação do novo coronavírus divulgadas pela Prefeitura de Petrolina em Decreto Municipal nº 027/2021, a Secretaria de Agricultura terá seu expediente realizado de maneira ainda presencial, no entanto, adotando medidas como a ocupação em 50% de capacidade total do local, com revezamento de seus servidores.

Além disso, ressalta-se que estão sendo adotadas, desde o ano de 2020, as regras de distanciamento e uso obrigatório de máscaras e álcool 70%. Até o dia 17 deste mês, o horário de atendimento ao público se dá das 8h às 12h na sede da Secretaria que está localizada na Rua das Laranjeiras, n° 265, Centro. Outras informações podem ser acessadas pelo telefone (87) 3864-0747.

Codevasf convoca agricultores para assumir novos lotes do Projeto Pontal

(Foto: Divulgação)

Se você é agricultor e se inscreveu no editais de concorrência para adquirir um lote do Projeto Pontal, em Petrolina (PE), fique atento aos chamados. A Codevasf está convocando mais 17 agricultores que venceram o edital de concorrência nº 35/2017, parra os mesmos assinem o contrato de promessa de compra e venda e ocupação de unidades parcelares familiares no setor 4 do Projeto Público de Irrigação Pontal Sul.

Os convocados devem comparecer à 3ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Petrolina, na rua Presidente Dutra, nº 160, Centro, até 8 de abril deste ano, das 8h às 12h ou das 13h30 às 17h, e procurar a Unidade Regional de Administração Fundiária, com os documentos pessoais e um comprovante de residência atualizado.

LEIA MAIS

Agricultores de Dormentes serão beneficiados com divisão de cerca de 16 toneladas de sementes de milho e sorgo

Aproximadamente 16 toneladas de sementes de milho e sorgo chegaram a Dormentes (PE) para garantir o fortalecimento da agricultura local. As sementes foram entregues ao município, pela Gerência Regional do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Sustentável realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Dormentes.

Ao todo, Dormentes recebeu quase 4 toneladas de sorgo forrageiro e cerca de 12 toneladas de milho, resultado da parceria entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado de Pernambuco. “São sementes selecionadas e de muita qualidade, que estão sendo entregues no tempo correto, garantindo assim que o agricultor dormentense aproveite o período das chuvas e com isso garanta a sua produção“, destacou o gerente do IPA, João Batista Carvalho.

LEIA MAIS

Casa de farinha móvel deve aumentar em até 300% a produção de famílias agricultoras de Sento Sé

Agricultores e agricultoras familiares das comunidades de Campo Largo, Riacho de Santo Antonio e Salgado, no município de Sento Sé (BA), território de identidade Sertão do São Francisco, receberam, nesta terça-feira (26), uma casa de farinha móvel. Essa é a primeira unidade móvel entregue pelo projeto Pró-Semiárido, do Governo do Estado.

Com um custo bem menor do que a construção de casa de farinha fixa, ela tem o objetivo de garantir que as famílias possam fomentar a produção e, consequentemente, a renda, com um equipamento que pode percorrer as propriedades das famílias que residem nas três comunidades.

LEIA MAIS

Agricultores familiares podem vender alimentos para a prefeitura de Petrolina

(Foto: Jonas Santos/PMP)

Quem mora em Petrolina e produz acerola, goiaba, carne, macaxeira, mel, polpas de frutas e legumes pode vender seus produtos para a prefeitura de Petrolina (PE). Os agricultores rurais interessados devem fazer suas inscrições entre os dias 11 e 15 de janeiro, das 7h30 às 13h, no térreo do Centro de Convenções.

Após as inscrições, eles irão concorrer ao edital de credenciamento para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) que vai investir mais de R$ 1 milhão para fomentar o setor ao longo de 2021.

LEIA MAIS

Acompanhe o preço dos produtos comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro

(Foto: ASCOM/PMJ)

Nesta quarta-feira, 26 de Agosto, o produto destaque da cotação é o Tamarindo,  uma fruta tropical de sabor azedo e muito calórica. Sua polpa rica em vitamina A, fibras e minerais e serve para fazer doces, sucos e outras bebidas, como licores e, em muitas regiões é utilizado também para temperar carne ou peixe, por exemplo.

No Mercado do Produtor de Juazeiro, o saco com 10kg do Tamarindo está sendo vendido por R$20,00 e o quilo  sai por R$2,00. Acesse aqui a cotação completa.

Coronavírus: Secretaria de Governo e Agricultura altera horário de atendimento

Devido às recomendações que visam evitar ou retardar a propagação do novo coronavírus, divulgadas pela Prefeitura de Petrolina, a Secretaria de Governo e Agricultura (Segoa) terá seu expediente realizado por meios exclusivamente virtuais como telefone, WhatsApp e e-mail.

Até o final deste mês, os servidores da pasta desenvolverão suas atividades de casa, mediante demandas recebidas, das 8h às 17h. Segundo a secretaria, os serviços de entrega de currículos, ofícios, demandas internas e solicitações administrativas serão realizados através do e-mail [email protected]

LEIA MAIS

Banco do Brasil anuncia R$ 15 bilhões em crédito para pré-custeio de safra

(Foto: Jonas Santos)

O Banco do Brasil anunciou hoje (19) o valor de R$ 15 bilhões para pré-custeio da safra agrícola 2020/2021. O valor é 47% maior do que os cerca de R$ 10 bilhões contratados na safra anterior. Os recursos estão disponíveis para todas as culturas, mas o objetivo principal é financiar de modo precoce as lavouras de soja, milho, algodão, café, arroz e cana-de-açucar.

O crédito de pré-custeio permite aos produtores rurais fazer compras antecipadas de insumos, como sementes, fertilizantes e defensivos, possibilitando a negociação de preços mais baixos junto a fornecedores. “Isso permite aumentar a rentabilidade dos negócios. Permite também começar a movimentar mais a economia, principalmente a economia do campo”, disse o presidente do BB, Rubens Novaes, durante o anúncio na sede do banco, em Brasília.

Novaes frisou também a capilaridade do banco, cujo financiamento ao setor rural alcança 97% dos municípios brasileiros. É possível, por exemplo, fazer empréstimos inteiramente pela internet. Para isso, foi feita uma análise de risco prévia relativa a 750 mil clientes, cujo crédito encontra-se pré-aprovado, segundo o banco.

LEIA MAIS
123