Equipe do Serviço Social reforça campanha ‘Dezembro Vermelho’ na UPAE Petrolina

(Foto: Ascom)

A equipe do Serviço Social da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) está trabalhando este mês o ‘Dezembro Vermelho’ – uma campanha criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para lembrar a luta contra a AIDS e fortalecer a compreensão, solidariedade e apoio aos portadores do vírus.

A escolha dessa data seguiu critérios próprios das Nações Unidas. No Brasil, a data passou a ser adotada a partir de 1988, por meio de uma portaria assinada pelo Ministério da Saúde. O laço vermelho (utilizado na campanha) é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a AIDS.

As ações do Dezembro Vermelho buscam sensibilizar a população quanto à importância do acesso à informação adequada sobre o HIV, sobre a evolução dos métodos de prevenção e de tratamento.

LEIA MAIS

Petrolina terá Dia ‘D’ de luta contra Aids nesta sexta-feira

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Petrolina vem intensificando as ações de prevenção contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DTSs) e promoverá, nesta sexta-feira (29), o Dia ‘D’ de conscientização. A ação é alusiva ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, comemorado no dia 1º de dezembro.

Das 7h às 17h, a população terá acesso a testes de HIV, hepatite B, hepatite C, sífilis, distribuição de preservativos, além de informações sobre prevenção e tratamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e outras ações de saúde.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina realiza ações em comemoração ao ‘Dia Mundial de Luta Contra Aids’

A doença não tem cura, mas tem tratamento de controle.

A partir deste sábado (23), a prefeitura de Petrolina deve dar início à comemoração do ‘Dia Mundial de Luta Contra a Aids’, comemorado no dia 1º de dezembro. Equipes estarão na feira livre Cohab Massangano das 8h às 12h realizando panfletagem, distribuição de preservativos e orientações sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

O objetivo é conscientizar a população e divulgar estratégias de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, como o uso da camisinha, realização de testes rápidos de HIV e trabalho educativo com a população nas feiras livres e praças.

A programação segue no domingo (24), na feira livre do bairro João de Deus, das 8h às 12h. Os profissionais envolvidos na ação vão distribuir preservativos e panfletos e orientar os frequentadores da feira.

LEIA MAIS

Campanha contra aids tem foco na ampliação de testes para diagnóstico

(Foto: Internet)

No Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado hoje (01), o programa das Nações Unidas de Combate à Aids (Unaids), promove campanha com foco na ampliação do teste para diagnosticar a infecção pelo vírus HIV. Em todo o mundo, mais de 9,4 milhões de pessoas não sabem que estão infectadas pelo vírus e necessitam de acesso urgente ao teste e serviços de tratamento, segundo levantamento feito pela organização na última semana.

O documento “Conhecimento é Poder” revela que 37 milhões de pessoas vivem com HIV no mundo, o maior número registrado na história. O relatório apontou ainda que, em 2017, 75% das pessoas que vivem o HIV sabiam da carga viral e 58,6% delas (21,7 milhões) tiveram acesso à terapia antirretroviral.

Há três anos, o percentual de pessoas que sabiam da sua condição viral era de 67% e mais da metade (59%) dos diagnosticados estavam se tratando da doença. A agência da ONU ressalta que saber do status de infecção traz muitas vantagens, como o acesso aos serviços de tratamento, prevenção, cuidado e apoio.

Brasil

LEIA MAIS

Sesau realiza 150 atendimentos dentro das ações do “Dezembro Vermelho” no Mercado do Produtor de Juazeiro

Durante a ação, foram realizados 150 testes, com um caso confirmado de HIV, um de hepatite C e quatro casos de Sífilis. (Foto: ASCOM)

Foi com muita movimentação no Mercado do Produtor que nesta sexta-feira (30) a Secretaria da Saúde iniciou suas atividades em alusão ao “Dezembro Vermelho”, mês de combate e prevenção ao vírus HIV e as infecções sexualmente transmissíveis (IST’s).

A programação contou com a realização de teste de glicose, aferição de pressão arterial, atendimento médico, exames, testes rápidos de IST’s e HIV, além de distribuições de panfleto explicando a respeito das IST’s e sobre o uso dos preservativos, feminino e masculino. Ao todo foram realizados 150 testes, com um caso confirmado de HIV, um de hepatite C e quatro casos de Sífilis, todos foram orientados pela equipe e vão iniciar o tratamento gratuito pela rede SUS.

LEIA MAIS

SESAU realiza abertura do “Dezembro Vermelho” no Mercado do Produtor de Juazeiro 

(Imagem: Divulgação/ASCOM)

Nesta sexta-feira (30), a Secretaria Municipal de Saúde de Juazeiro (BA) iniciará as atividades em alusão ao mês de luta contra a AIDS. Com isso, uma equipe do Centro de Informações em IST/HIV/AIDS (CIDHA) estará realizando testes rápidos para rastreamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) gratuitamente no Mercado do Produtor de Juazeiro.  A ação abre a programação do “Dezembro Vermelho”, campanha nacional que visa intensificar as ações de prevenção à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS).

De acordo com a Superintendente de Vigilância em Saúde Tatiane Malta, serão realizados testes para HIV, Sífilis e Hepatites. “Realizaremos também atividades de orientação com panfletagem e distribuição de preservativos, com o objetivo de estimular a prevenção dessas doenças. O Mercado do Produtor é um importante centro de distribuição de frutas da cidade, tendo uma intensa movimentação de pessoas de vários Estados e quanto mais divulgarmos os meios de prevenção mais informados o público ficará sobre os riscos ocasionados pelas IST’s”, explicou.  

LEIA MAIS

Prefeitura intensifica combate à aids através de testes rápidos em Petrolina

Os testes serão realizados no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Petrolina, das 7h às 17h (Foto: Divulgação/Ascom)

Em alusão ao “Dia Mundial de Combate à Aids “, celebrado no dia 1º de dezembro, a Prefeitura de Petrolina  (PE) promove uma ação na próxima sexta-feira (30) com foco em orientações preventivas e na realização gratuita de testes rápidos para diagnóstico de HIV, sífilis e hepatites B e C.

Os testes, que serão realizados no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Petrolina, acontecerão das 7h às 17h e serão feitos de forma rápida, gratuita e com total sigilo e discrição.  O resultado sai em cerca de 30 minutos.

Entre janeiro e novembro de 2018 o CTA registrou 142 casos de HIV em Petrolina. Quando há a confirmação da doença, o paciente inicia o tratamento com antivirais de forma gratuita no Serviço de Assistência Especializada (SAE), num local anexo ao CTA.

LEIA MAIS

Tem dúvidas sobre HIV, AIDS e DSTs? O “Especialista Responde”, acesse e leia

Dr. Juvenilson Andrade, infectologista. (Foto: ASCOM)

Neste mês de dezembro, também conhecido como Dezembro Vermelho por conta da campanha nacional de prevenção ao HIV/AIDS e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina traz uma entrevista especial com o infectologista Juvenilson Andrade, que atende no ambulatório da UPAE.

A iniciativa faz parte do projeto “O Especialista Responde”, que a cada mês apresentará um tema diferente, referente às 17 especialidades ofertadas no serviço. O material interativo conta com a participação dos internautas que deixam as perguntas nas redes sociais da Unidade. Segue entrevista:

De maneira geral, o que são as DSTs?

São doenças de transmissão sexual, causadas por vírus, bactérias ou parasitas.

Quais são as DSTs mais importantes ou comuns?

Fora o HIV/AIDS, nós temos tido uma grande preocupação com a sífilis, principalmente com a forma de transmissão vertical (de mãe para filho na gestação). Mas, também entram nessa lista a gonorreia, o HPV, linfogranuloma venéreo e as hepatites virais.

Quais os principais sintomas das DSTs?

LEIA MAIS

No Dezembro Vermelho, secretaria leva testes rápidos de Hepatites B e C, sífilis e HIV ao público nesta sexta em Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Quem for ao Juá Garden nesta sexta-feira (15) vai encontrar à disposição profissionais da saúde que estarão orientando e realizando testes rápidos gratuitos para toda a comunidade, a fim de detectar a presença ou não de doenças como as Hepatites B e C, sífilis e HIV.

Organizado pela Secretaria de Saúde de Juazeiro com o apoio do Rotary Clube São Francisco e do Shopping, a ação integra a programação do Dezembro Vermelho no município – mês marcado pela mobilização nacional para a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), como HIV e Aids e tem o intuito de chamar atenção para as medidas de prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas com HIV.

“Durante todo esse mês nosso trabalho é de fortalecimento e de convencimento da nossa população sobre a importância do uso do preservativo. A Aids tem tratamento, mas não tem cura e isso precisa ser muito bem explicado para a sociedade. O teste é rápido, não dói, então não devemos ter vergonha ou medo. O importante é prevenir”, observou a Superintendente de Vigilância em Saúde, Tatiane Malta.

Segundo a Superintendência de Vigilância em Saúde este ano foram notificados 77 novos casos de HIV no município. Já os casos de sífilis chegam a 62. “No caso da sífilis o número de casos vem crescendo em todo o país, e no nosso município não é diferente. Temos intensificado a realização de testes rápidos em todas as nossas unidades de saúde para que o diagnóstico e o tratamento sejam feitos de imediato e não tragam mais riscos à saúde das pessoas”, explica Tatiane Malta.

Dezembro Vermelho: Secretaria de Saúde intensifica ações de combate a HIV e Sífilis em Petrolina

Em Petrolina, de 2015 a outubro de 2017, foram registrados 297 casos de HIV em adultos, 33 em gestantes e dois em crianças. (Foto: Divulgação)

No mês de dezembro, a campanha “Dezembro Vermelho” visa conscientizar a população sobre o HIV e AIDS, além da orientação sobre as medidas preventivas, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com o vírus. Em Petrolina, a primeira ação aconteceu na última sexta-feira (01), no Centro de Testagem e Aconselhamento e o Serviço de Atendimento Especializado (CTA/SAE).

Durante o evento foram realizados testes rápidos, distribuição de camisinhas e lubrificantes, além de rodas de conversas e orientações. De acordo com a Secretaria de Saúde, foram feitos cerca de 70 testes. Destes, dois deram reagentes para HIV e três para a sífilis.

Ao longo do mês de dezembro, a Secretaria estará realizando ações em combate ao vírus. O CTA/SAE funciona de segunda a sexta-feira, das 07h às 18h, e fica localizado na Av. Joaquim Nabuco S/N (em frente ao Dom Malan).

Petrolina: Centro POP leva orientações sobre prevenção e tratamento da Aids a moradores de rua

De acordo com psicóloga, o mais importante é levar a informação para prevenir a doença. (Foto: ASCOM)

Os moradores de rua de Petrolina (PE) foram conscientizados, na manhã desta sexta-feira (1), pela equipe do Centro POP sobre a prevenção da AIDS. O Dia Mundial de Combate à Aids é comemorado neste 1º de dezembro.

Durante boa parte da manhã, a equipe reuniu os usuários do equipamento em uma roda de conversa com o objetivo de esclarecer sobre as formas de transmissão e também o preconceito em torno das pessoas contaminadas.

A psicóloga e gerente do Centro Pop, Laise Macedo, lembra que a informação é sempre o melhor caminho para prevenir a contaminação e também romper as barreiras do preconceito.

“Não bastasse o sofrimento da doença, as pessoas que vivem com o HIV, infelizmente, ainda precisam lidar com o preconceito e nós temos que combater isso também.  O nosso maior objetivo aqui mesmo é falar da importância da prevenção e lembrar que eles tem o poder de resguardar a própria saúde”, disse.

Centro POP

O Centro Pop funciona na Rua Padre Fraga, nº 395, centro de Petrolina. No local, as pessoas em situação de rua tomam café da manhã e também recebem fichas diárias para almoço e jantar no Restaurante Popular.

O equipamento, que funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, também disponibiliza local para banho e lavagem de roupas, doação de roupas e serviços  como cadastramento para o programa Bolsa Família além de orientação para a recuperação de dependentes químicos, caso seja necessário.

Pernambuco contabiliza 25,2 mil casos de Aids e mais de dez mil mortes

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids é lembrado nesta sexta-feira e terá uma série de atividades gratuitas focadas na prevenção. Em Pernambuco, já foram registrados, oficialmente, 25.218 casos de Aids e mais de dez mil mortes de pacientes com a doença pela Secretaria Estadual de Saúde. As notificações começaram em 1983. Ao passado, foram 1.104 novos casos. Este ano, até o dia 24 de outubro, foram 396, sendo 259 em homens e 137 em mulheres, e 421 mortes.

A maior parte dos casos acomete a população masculina, foram 16.344 casos registrados no período. No público feminino, foram 8.874. A maioria dos pacientes tem entre 30 e 39 anos, foram 9.280 casos (36,7%), seguida do público entre 20 e 29 anos, com 6.565 casos (26%). Nos casos acima de 13 anos (24.599), quando analisada a categoria de exposição, a maior parte dos casos envolve a transmissão via sexual, de acordo com a declaração do paciente.

No público masculino, são 4.944 casos em relações sexuais entre heterossexuais (30,82%) e 3.945 em relações homossexuais (24,60%). Ainda há 4.792 (29,88%) casos ignorados, ou seja, que não foi possível identificar o tipo de exposição. No público feminino, são 7.253 casos entre heterossexuais (84,73%) e 1.078 ignorados (12,59%).

No quesito cor, a maioria dos casos de Aids é na população autodeclarada parda, são 11.361 casos (45,05%), seguida da ignorada, 7.882 casos (31,26%), e branca, com 4.252 casos (16,86%). 

ÓBITOS – AIDS

Entre 1983 e o dia 24 de outubro deste ano, aconteceram 10.772 mortes de pacientes com Aids, sendo 7.510 homens e 3.262 mulheres. Em 2016, foram 405 homens e 220 mulheres, totalizando 625. Em 2017, 283 homens e 138 mulheres morreram.

NOTIFICAÇÃO DO HIV

Desde junho de 2014, o Ministério da Saúde instituiu a notificação das pessoas apenas infectadas com HIV, que são aquelas que possuem o vírus, mas não desenvolveram a doença (Aids). Desde 2014, em Pernambuco, foram registrados 6.688 casos de HIV (4.393 no público masculino e 2.295 no feminino). A maior faixa etária é entre o público de 20 aos 29 (2.348 casos – 35,11%), seguida dos 30 aos 39 (1.998 casos – 29,87%).

Dia Mundial de Combate à Aids tem ações gratuitas de saúde em Petrolina

(Foto: Internet/Ilustração)

O Dia Mundial de Luta contra a AIDS é celebrado no dia 1º de Dezembro e, no Brasil, durante todo o mês, o movimento intitulado “Dezembro Vermelho” será voltado à prevenção, assistência e promoção dos direitos humanos às pessoas que vivem com HIV/AIDS.

Em Petrolina, o Centro de Testagem e Aconselhamento e o Serviço de Atendimento Especializado (CTA/SAE) promoverá, na próxima sexta-feira (01), atividades de enfrentamento à doença, com realização de testes rápidos e rodas de conversa para desmistificar o tabu sobre a síndrome.

De acordo com a psicóloga do SAE, Sâmara Paes, a informação é o melhor caminho para a desconstrução do preconceito as pessoas que vivem com o HIV. “Falar sobre o vírus é a melhor forma de combatê-lo, pois passamos a conhecê-lo. Aqui no serviço nos deparamos ainda com usuários que não têm coragem de se identificar, de compartilhar vivências, porque tem vergonha do julgamento da sociedade. Então, o trabalho de acompanhamento a este público-alvo é contínuo, diário, e tão importante quanto à prevenção”, defende a psicóloga.

Números

O Dia Mundial de Luta Contra a AIDS completa 30 anos de existência em 2017. No Brasil, foi aprovada, no último dia 7 de Novembro, a Lei 13.504/2017 que institui a Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/AIDS (Dezembro Vermelho).

Segundo a UNAIDS, órgão das Nações Unidas, criado para lidar com a doença, em 2016, 48 mil pessoas foram confirmadas com o vírus HIV no Brasil. Em Petrolina, de 2015 a Outubro de 2017, foram registrados 297 casos de HIV em adultos, 33 em gestantes e dois em crianças.

Para Karelly Oliveira, Coordenadora do CTA, o número pode ser ainda maior, pois há muitas pessoas que não fazem os testes ou não fazem acompanhamento.”Como em grande parte dos casos, o HIV é silencioso, muitos indivíduos nem sabem que possuem o vírus, e, para além disso, ainda há muita gente que recusa o tratamento por diversos motivos, não gerando o número exato para o nosso banco de dados”, esclarece.

Vivência

“Há um ano, em um teste de rotina, eu descobri que tinha o vírus HIV. A primeira coisa que a gente pensa é na sentença de morte, por tudo que fomos habituados a escutar sobre a doença. Sempre me preveni em minhas relações sexuais, mas em algumas, decidi não usar camisinha, porque a gente pensa que nunca vai acontecer com a gente. Após o resultado, decidi contar aos meus pais, que me deram total apoio, e eu busquei ajuda no SAE. Tomo os medicamentos, faço acompanhamento com a psicóloga, rodas de conversa e, com isso, percebemos que eu não sou o vírus. Ele faz parte de mim, mas eu posso levar uma vida normal”, diz um paciente de 25 anos que prefere, ainda, não se identificar.

Tratamento

O tratamento da AIDS é feito com medicamentos antirretrovirais que são fornecidos gratuitamente pelo SUS. Estes medicamentos combatem o vírus e fortalecem o sistema imune, mas não curam a doença porque ainda não há uma cura. Apesar disso, é importante seguir o tratamento da AIDS para diminuir a carga viral, aumentando o tempo de vida, e também para diminuir o risco de desenvolver doenças relacionadas à síndrome.

“Os casos de AIDS em casais heterossexuais e em jovens tem aumentado muito, pela falsa sensação de que o vírus não mata mais como antigamente. Sim, é perceptível que, com o tratamento, conviver com o HIV é menos doloroso, mas não pode haver descuido, tem que haver sempre a preocupação com a prevenção”, alerta a psicóloga do SAE.

Serviço

O CTA/SAE funciona de funciona de segunda a sexta-feira, das 07h às 18h, e fica localizado na Av. Joaquim Nabuco S/N (em frente ao Dom Malan). No dia 1° de dezembro (Sexta-feira), o serviço será voltado especificamente ao combate do HIV/AIDS, com realização de testes rápidos, palestras e distribuição de preservativos, das 08h às 14h.

Cerca de 600 casos de Aids são registrados em Juazeiro num período de nove anos

aidsSegundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), nos últimos nove anos, a cidade de Juazeiro (BA) registrou cerca de 600 casos de Aids. A secretaria realizou, nesta quinta-feira (1º), dia mundial de luta contra a doença, várias atividades para alertar a população sobre os riscos que envolvem a Aids.

A rede SUS de Juazeiro realiza os testes do vírus HIV. O exame identifica se o indivíduo é ou não portador da doença. O teste é indicado para aqueles que passaram por comportamentos de riscos, como uso de drogas injetáveis ou relações sexuais sem preservativos.

Aids

A aids é o estágio mais avançado da doença que ataca o sistema imunológico. A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, como também é chamada, é causada pelo HIV. Como esse vírus ataca as células de defesa do nosso corpo, o organismo fica mais vulnerável a diversas doenças, de um simples resfriado a infecções mais graves como tuberculose ou câncer. O próprio tratamento dessas doenças fica prejudicado.

LEIA MAIS

Dia D de Combate a Aids será celebrado em Juazeiro

(Imagem ilustrativa)

Em Juazeiro, desde 2007 já foram confirmados pela Secretaria de Saúde cerca de 600 casos/Imagem ilustrativa

A Secretaria de Saúde de Juazeiro (BA) promove nesta quinta-feira (01º), no Calçadão próximo ao Paço Municipal, diversas atividades em alusão ao Dia Mundial de Luta Contra Aids. Durante as atividades serão oferecidos materiais educativos e preservativos, orientação e medidas de prevenção da doença, além de teste rápido para HIV, sífilis, HTLV e hepatites virais.

O objetivo da campanha é conscientizar a população sobre os riscos da doença, e tem a importância do diagnóstico precoce para o desenvolvimento do tratamento e para a saúde coletiva.  

LEIA MAIS
12