Prefeitura de Petrolina alerta pais e responsáveis para uso de máscaras em crianças e pessoas que apresentam dificuldades motoras

(Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio)

Desde quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou o uso de máscaras como uma das medidas preventivas ao contágio do novo coronavírus, elas têm se tornado um acessório essencial e agora obrigatório em Petrolina. No entanto, não são pessoas de todas as idades ou em situação de saúde que podem utilizá-las.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alerta que crianças de até dois anos de idade e pessoas que têm alguma limitação motora, problemas respiratórios ou ainda aquelas que estão inconscientes, não devem usar máscaras e explicam o motivo: nessa última situação, a pessoa pode apresentar dificuldade em manusear o material de proteção individual sem uma possível contaminação ou ainda ficarem sufocadas.

LEIA MAIS

WhatsApp: Deputado Fernando Filho alerta para tentativa de golpe usando seu nome

Mais um deputado se tornou vítima de tentativa de golpe pelo aplicativo WhatsApp. Nessa quanta-feira (27), Fernando Filho alertou amigos e seguidores sobre pessoas usando seu nome para conseguir cometer crimes pelo app.

“É um golpe para poder roubar o Whatsapp e a gente sabe que é para cometer todo tipo aí de ato criminoso”, alertou.

Segundo o parlamentar, são vários números com DDD de São Paulo ligando e enviando mensagens para seus contatos e seguidores das redes sociais.

“Isso já está acontecendo com outros parlamentares na Câmara e infelizmente desde ontem também alguns dos nossos seguidores têm recebido essa ligação e essa mensagem, isso por conta das lives que estamos fazendo todos os dias com as lideranças dos mais diversos  municípios”, disse.

Números de São Paulo têm ligado para várias pessoas seguidoras do parlamentar nas redes sociais pedindo para poder confirmar um número através de um link enviado por SMS. Fernando Filho pede para que  desconsiderem e avisem também aos demais contatos para evitar esta tentativa de golpe.

Veja vídeo:

Instituto de meteorologia alerta para chuva em Petrolina nesta terça-feira (26)

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) divulgou alerta com previsão de chuva pra Petrolina nesta terça-feira (26). Segundo o instituto, pode chover entre 20 e 30 milímetros com ventos que podem chegar a 60 km por hora. Ainda segundo o INMET há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Ações recomendadas é que  em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Em caso de emergência ligue para o corpo de bombeiros no telefone 193.

Pernambuco: Nível de água da barragem Senador Nilo Coelho aumenta e deixa população de Terra Nova em alerta

(Foto: Reprodução / TV Grande Rio)

Centro e oitenta e seis milímetros. É o volume cumulado de chuva registrado nos últimos dias no município de Terra Nova, no sertão de Pernambuco, pela a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). A quantidade de água acumulada fez o nível da barragem Senador Nilo Coelho subir significativamente e deixou a população em alerta.

Como a previsão é de continuar chovendo na região, deve haver aumento do nível de água na barragem nos próximos dias. Atualmente, o reservatório está com 65,92% de sua capacidade (a capacidade máxima é de 22,7 milhões de metros cúbicos de água).

LEIA MAIS

Esposa de secretário de Fazenda alerta:‘arrecadação despencou, sem dinheiro hospitais vão fechar, remédios não chegarão aos doentes’

Entre os 18 hospitais fiscalizados pelo Coren-PE, o Agamenon Magalhães foi o que apresentou o maior déficit de profissionais

Esposa do secretário de Fazenda de Pernambuco, Décio Padilha, a promotora de Justiça e escritora Andrea Padilha fez um grave alerta em sua rede social sobre uma brutal queda de arrecadação do Estado de Pernambuco.

A principal questão, segundo a esposa do secretário, é a queda do ICMS, que é cobrado na circulação de mercadorias e serviços. A promotora fala sobre a falta de dinheiro para o Estado: “hospitais vão fechar também” e “remédios não chegarão aos doentes”.

“Os médicos, enfermeiros e profissionais de saúde deixarão de receber salários dos Estados porque a folha não será paga. Os doentes morrerão de infecção hospitalar porque os faxineiros terceirizados não terão sido pagos, e os desinfetantes não terão sido comprados”, diz a esposa do secretário de Fazenda de Pernambuco.

A promotora termina seu relato com um apelo ao presidente Bolsonaro para liberar dinheiro para os governos estaduais. “Se Bolsonaro suspender pagamentos de juros e amortizações da dívidas com bancos, pode salvar o país”, diz a promotora.

Andrea Padilha é também coordenadora de Patrimônio Público do Ministério Público do Estado de Pernambuco (MPPE).

Inmet alerta para chuvas intensas de até 50 milímetros em Petrolina e Juazeiro

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Um novo Alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitido na manhã desta terça-feira (10), aponta ocorrência de chuvas intensas nas regiões do Sertão Pernambucano, incluindo o Sertão do São Francisco. Dentre os municípios que podem ser afetados estão Petrolina (PE) e Juazeiro (BA).

O aviso do Inmet alerta para chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, com ventos intensos  de 40 a 60 km/h. A advertência é válida até às 10h de amanhã (11).

“Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada”, diz o Inmet ressalta que em casos de urgência a população deve acionar a defesa civil.

Apac emite novo alerta de chuva forte para o Sertão do São Francisco

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu novo alerta indicando a possibilidade de chuvas com intensidade moderada a forte nas regiões do Sertão de Pernambuco e Sertão do São Francisco.

LEIA TAMBÉM

Final de semana deve ser de chuva em Petrolina

O aviso hidrometeorológico nº 11/2020 foi emitido às 9h de hoje (7) e é válido até amanhã (8). De acordo com a Apac, em casos de emergência, a população deve procurar a Defesa Civil.

Médico orienta sobre cuidados com a saúde durante o Carnaval de Petrolina

(Foto: Jonas Santos)

O clima de Carnaval em Petrolina já tomou conta das ruas de Petrolina, a festa começa hoje e só termina na próxima terça-feira (25). Mas, para aguentar a maratona de festejos e aproveitar todos os polos do Carnaval, o folião deve ficar atento aos cuidados com a saúde. Para isso, o diretor médico da Secretaria de Saúde de Petrolina, Diego Dourado, dá algumas dicas para quem vai curtir.

De acordo com o profissional, os foliões que pretendem curtir o Carnaval devem levar a sério algumas medidas preventivas, para que os excessos não interfiram no estado de saúde e leve a festa a acabar mais cedo. Estimular a ingestão de líquidos não alcoólicos e ter uma alimentação balanceada é essencial para estar bem durante o período festivo. E, é claro, bebida alcoólica sempre em moderação.

LEIA MAIS

Carnaval: Infectologista da prefeitura de Petrolina alerta sobre ‘doença do beijo’

(Foto: Jonas Santos)

Mesmo no período do carnaval, a saúde não pode ser deixada de lado. Durante os festejos, os foliões devem estar atentos para não serem infectados por doenças como a mononucleose, conhecida como a ‘doença do beijo’, cujo risco de infecção cresce nessa época.

A “doença do beijo” é uma doença infectocontagiosa, causada por um vírus, de características clínicas brandas, que provoca um quadro de febre, mal-estar com adenomegalias, isto é, gânglios principalmente ao redor do pescoço e dor de garganta.

O Dr. Washington Luís Gomes, infectologista do Serviço de Infectologia de Petrolina (Seinpe), explica que a mononucleose é uma infecção muitas vezes confundida com uma virose inespecífica. “Muitas pessoas podem ter poucos ou nenhum sintoma, mas quando eles ocorrem geralmente se manifestam com febre alta, dor na garganta, dores pelo corpo, indisposição e surgimento de gânglios no pescoço, podendo progredir para outras áreas do corpo. Pode ocorrer ainda dor abdominal com aumento do baço e do fígado”, explica.

LEIA MAIS

Chuvas fortes em Pernambuco devem seguir até sexta, alerta Inmet

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas fortes para todo o Estado de Pernambuco nesta quinta-feira (20). O aviso é válido até as 10h desta sexta-feira (21). São esperadas chuvas de até 50 milímetros por dia e ventos intensos de 40 a 60 km/h. A população devem fica atenta, e em caso de emergência, acionar a Defesa Civil da sua cidade.

As chuvas estão sendo provocadas pelo fenômeno vórtices ciclônicos de altos níveis – de origem tropical e, em geral persistentes no Nordeste. “O sistema é formado no continente e se desloca pela região. A parte que estava no oceano atingiu o litoral de Pernambuco nas últimas horas”, detalhou o meteorologista da Apac, Thiago do Vale.

Para a região do Sertão do São Francisco, a previsão é de dias parcialmente nublados a nublados, com pancadas de chuva de forma isolada no período da tarde e noite com intensidade moderada a forte.

Especialistas alertam para riscos da brincadeira da “rasteira”, que viralizou na internet recentemente

(Foto: Reprodução/G1)

Vídeos de adolescentes brincando de derrubar uns aos outros no chão dentro de escolas estão circulando novamente nas redes sociais, desde a última terça-feira (11). A brincadeira conhecida como “roleta humana” ou “rasteirinha”, tem preocupado pais e mãe neste início de ano letivo.

Em um desses registros, duas adolescentes aparecem dando uma rasteira em uma terceira. Em outros vídeos, a brincadeira envolve três pessoas – uma delas é girada para trás pelos outros colegas. Em novembro do ano passado, uma adolescente de 16 anos morreu em Mossoró, Oeste potiguar, depois de bater a cabeça enquanto participava da brincadeira.

LEIA MAIS

Compesa alerta população de Petrolina sobre a correta utilização da rede de esgoto

(Foto: Ascom/Compesa)

Diariamente, os técnicos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) travam verdadeiras batalhas contra o descarte irregular de lixo. Durante as manutenções nos poços de visita distribuídos pela cidade de Petrolina, são encontrados garrafas, latas, pneus, louças sanitárias, gorduras, colchões e até troncos de árvores.

De acordo com a Compesa, a utilização de forma indevida do sistema de esgotamento sanitário provoca danos, além de obstruções nas redes, e, consequentemente, aumento dos extravasamentos, dificultando o trabalho das equipes de manutenção e causando transtornos desnecessários à própria população.

LEIA MAIS

Profissionais de saúde alertam para riscos de doenças durante o carnaval

(Foto: Arquivo)

A aglomeração e maior contato entre pessoas durante o carnaval vêm preocupando a população e autoridades com relação à transmissão de doenças que costumam aumentar nesse período, além do coronavírus, que surgiu na China e está alcançando outros países.

O Brasil tem 9 casos suspeitos de coronavírus, de acordo com o Ministério da Saúde. O levantamento anterior trazia 11 casos suspeitos, mas três foram descartados e outro foi acrescentado à lista. Os casos que ainda estão sob investigação são dos estados do Rio Grande do Sul (3), São Paulo (3), Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1) e Santa Catarina (1). Ao todo, 24 suspeitas foram descartadas no país até agora.

Apesar do alerta e da apreensão com a chegada do carnaval, o médico da família e preceptor do curso de Medicina da Estácio, Salvador Carvalho, não acredita que o vírus esteja circulando na região do Vale do São Francisco. “É um risco muito pequeno ou quase nenhum. Primeiro nós não temos caso nenhum na Bahia nem no Brasil, então seria quase impossível que nós tivéssemos circulação de algum vírus nessa região”, esclarece.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina alerta para cuidados com o lixo durante período chuvoso 

(Foto: Ascom/PMP)

A ocorrência de chuvas que é motivo de alegria para o sertanejo, em alguns casos pode trazer danos para a área urbana das cidades. Muitas vezes, os transtornos são provocados principalmente quando há o descarte inadequado de lixo, que pode vir a obstruir canais e bueiros, causando inundações e represamento de água em vias de maior fluxo.

Por isso, o secretário executivo de serviços públicos, Alisson Oliveira, alerta para a necessidade da conscientização da população. “É necessário ter um sentimento de responsabilidade para com sua própria comunidade. O descarte inadequado de lixo pode trazer problemas para toda uma cidade. Fazemos a coleta três vezes por semana em todos os bairros, além de semanalmente seguirmos um cronograma de limpeza e manutenção de canais. Sem a colaboração da sociedade há danos e esse trabalho triplica. É preciso ter consciência”, afirma o gestor.

Nas últimas semanas, as equipes da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra) flagraram diversos pontos da cidade em que o lixo tomava conta do lugar. Comportamentos como jogar lixo no chão, em terrenos baldios e em canais de água pluvial podem parecer pequenos, mas são capazes de gerar grandes transtornos para a mobilidade urbana.

Cheia: municípios baianos banhados pelo Velho Chico já estão em alerta

Os municípios baianos, banhados pelo Rio São Francisco, já começaram a monitorar as águas do Velho Chico devido a cheia de 2020, choveu de forma assustadora no estado de Minas Gerais, onde o nível algumas cidade ultrapassa a marca dos 7 metros.

Na região Oeste da Bahia, o São Francisco desde semana passada já estava com cerca de 4 metros, o sistema de baixa pressão que agiu no estado fez com que grandes acumulados de chuva fossem registrados.

O primeiro município da Bahia, banhado pelo rio é Malhada, na manhã da última terça-feira (28), o nível atingiu 4,12 metros, comunidades ribeirinhas já foram alerdadas que as águas seguirão subindo.

Na cidade mineira de São Francisco, no norte do estado, as medições atestaram 7,95 metros, nos últimos sete dias, a vazão de afluentes do São Francisco subiu 10x.

123