Policiais Militares entregam cestas básicas em Petrolina

(Foto: Polícia Militar)

Moradores da Vila da Paz e da Vila da Fé, em Petrolina, foram surpreendidos neste fim de semana. Policiais Militares do 5º Batalhão da Polícia Militar de Petrolina foram até as duas comunidades levar um pouco de esperança e solidariedades aos moradores destes bairros.

Os militares distribuíram 100 cestas básicas que haviam arrecadados no período de  04 a 22 de maio, durante uma campanha solidária, na qual fizeram com comerciantes, farmacêuticos e outras pessoas da sociedade civil. Uma dádiva para a maioria das famílias dos dois bairros.

Projeto de comerciantes, através do SESC, já distribuiu mais de 5,4 mil toneladas de alimentos no país durante o isolamento social

Desde o início das medidas de isolamento social em março, o Mesa Brasil Sesc – rede nacional de banco de alimentos – distribuiu em todo país mais de 5,4 mil toneladas de alimentos. Esses donativos beneficiaram cerca de 1,4 milhão de famílias por mês, em 500 municípios do país.

O Mesa Brasil usou sua rede de solidariedade e os 91 pontos de coletas e distribuição de donativos, espalhados em todos os estados brasileiros, para beneficiar mais de 6 mil entidades assistenciais cadastradas, que atendem diretamente à população que passou a precisar de doações por causa dos efeitos econômicos da pandemia.

LEIA MAIS

Famílias de baixa renda recebem cestas básicas do Rotary Club Petrolina

Um fim de semana de amor, carinho e solidariedade para muitas famílias de baixa renda de Petrolina. O Rotary Club da cidade foi até os bairros mais distantes do centro e doou 55 cestas básicas à famílias em situação de vulnerabilidade social.

Um momento de gratificação para quem não tinha nada para partilhar com a família naquele dia. Crianças, jovens e adultos puderam levar pra casa um pouco de comida para espantar a fome naquele final de semana.

Programa Transforma Petrolina recebe 400 cestas básicas da FIEPE; alimentos serão doados à famílias de baixa renda

Pelos 400 famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, em Petrolina, devem receber uma cesta básica de 13 kg com alimentos e material de limpeza. A doação foi feita nesta sexta-feira (8) ao Programa Transforma Petrolina por representantes da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE).

A ação faz parte do projeto de apoio voluntário da entidade na luta contra o novo Coronavírus, será destinada ao atendimento imediato às famílias em situação de vulnerabilidade social.

LEIA MAIS

Empresas doam alimentos e equipamentos para auxiliar no combate a Covid-19 em Juazeiro

(Foto: Ascom/PMJ)

A Prefeitura de Juazeiro através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) está distribuindo cerca de 1.700 cestas básicas às famílias em vulnerabilidade, bem como 2 mil máscaras destinadas aos pacientes atendidos pelos serviços de saúde do município.

O material foi doado pelas empresas Atacadão e Revalle alocadas em Juazeiro e tem como objetivo suprir emergencialmente as necessidades básicas da população carente neste período de pandemia.

LEIA MAIS

Policiais do 2°BIEsp realizam entrega de alimentos em invasões de Petrolina

Na manhã dessa segunda-feira (19), Policiais Militares do 2°BIEsp realizaram a entrega de alimentos oriundos de doações de evento do Batalhão em comunidades carentes de Petrolina (PE).

Os locais escolhidos foram as invasões dos bairros Ouro Preto, em frente ao canal de esgoto, e Portal da Cidade, estrada para o aeroporto. Foram entregues alimentos às famílias que moram em casas de barro ou taipa e que vivem, infelizmente, em condições insalubres, sem ter alimentação suficiente, às vezes, para o dia.

A ação trouxe alegria aos moradores das localidades. Além disso, é uma oportunidade para os populares perceberem que a Polícia é um órgão confiável e composto de seres humanos como qualquer outra profissão.

Organizadores do Moto Chico convidam comunidade a doar alimentos durante evento

(Foto: Divulgação)

Durante quatro dias Petrolina se tornará a capital do motociclismo com a 19ª edição do Moto Chico. Como já é tradição, o evento que é sem fins lucrativos tem como foco reunir amigos de estrada no Parque Josepha Coelho e fazer o bem ao próximo.

A abertura será já na quinta-feira (12), com recepção dos motoqueiros. Dentro da programação, além das apresentações musicais esse ano tem uma novidade: a apresentação de manobras.

Vai contar com motoculto, a gente tem uma comunidade de evangélicos, teremos shows e teremos uma exposição de manobras radicais, comercialização de produtos e mais uma vez o Moto Chico se prepara para quem quer saber como é ser motociclista”, destaca o assessor de comunicação do evento, Hesler Caffé.

LEIA MAIS

Preços dos produtos comercializados no Mercado do produtor oscilam nesta quinta

(Foto: Divulgação)

Quem pretende fazer as compras nesta quinta-feira (28) no Mercado do Produtor, em Juazeiro (BA), vai encontrar o quilo da abóbora comum por R$ 0,90; o quilo do abacate essa semana está com preço menor custando R$ 2,80; a caixa do morango sai por R$15; o quilo do coco verde é vendido por R$ 0,40; o quilo da maçã nacional custa R$ 3,61 e o quilo da melancia R$ 0,45.

A cotação completa dos produtos comercializados no Mercado do Produtor pode ser conferida no site da Prefeitura de Juazeiro. Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto municipal.

Quilo da abóbora é comercializado a R$ 0,90 no Mercado do Produtor de Juazeiro; confira mais preços

(Foto: ASCOM)

Nesta quarta-feira (27), o quilo da abóbora comum está sendo cotada a R$ 0,90 no Mercado do Produtor de Juazeiro. Já o quilo da batata doce está R$1,49; o quilo da acelga o consumidor pode encontrar com preço baixo essa semana no Ceasa por R$1,50; já o aipim/macaxeira está cotado por R$0,90 o quilo.

A cotação completa dos produtos comercializados no Mercado do Produtor pode ser conferida no site da Prefeitura de Juazeiro.

Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto municipal. O Mercado do Produtor de Juazeiro funciona de segunda a sexta-feira (das 2h ás 22h e aos sábados até as 17h).

Petrolina: Vigilância Sanitária orienta sobre cuidados com a alimentação no período junino

Em 2017, além das orientações, os fiscais recolheram produtos sem registro.

A Agência Municipal de Vigilância Sanitária, após diversas capacitações com os ambulantes que devem atuar no São João de Petrolina, elaborou orientações para garantir a segurança alimentar dos consumidores durantes as festividades juninas.

A vigilância alertou para os aspectos a serem observados nos estabelecimentos que estarão comercializando comidas e bebidas durante os festejos que começam na próxima sexta-feira (15).

De acordo com a fiscal sanitária, Islanne Soares, é importante que a população fique atenta para as condições higiênico-sanitárias na hora de escolher um local para se alimentar.

“As pessoas devem dar preferência a comidas leves e saudáveis. Verificar se o local escolhido é limpo, se o manuseio dos alimentos é feito com luvas e se está com o fardamento completo. Lembrar que é proibida a utilização de colheres de pau e coadores de pano. Com relação a bebidas, não aceitar gelo-escama durante o fornecimento. Caso perceba que esses itens estão sendo descumpridos, procurar outro local e denunciar aos fiscais presentes”, ressaltou.

LEIA MAIS

Juazeiro: Mercado do Produtor está com abastecimento normalizado

A cotação também foi normalizada e não foi registrado grande aumento nos preços dos produtos. (Foto: Ascom/PMJ)

O Mercado do Produtor de Juazeiro (BA) já está com sendo abastecido normalmente. Nessa segunda-feira (04), foi possível registrar mais oferta do que procura na comercialização dos produtos. Segundo o setor de estatísticas do entreposto, o Ceasa de Juazeiro já voltou a receber em torno de 200 caminhões por dia.

É possível encontrar 90% dos alimentos que estavam em falta durante a greve dos caminhoneiros como: cenoura, beterraba, batata, batata doce, cebola, alho, abóbora, quiabo, laranja, tangerina, morango, limão, banana, uva, melancia e de folhagens em geral.

O diretor executivo da AMA Mitonho Vargas destacou que o entreposto está preparado para receber os caminhoneiros desde a semana passada e falou sobre a situação do mercado.

“Hoje a situação está mais estabilizada. Alguma mercadoria ainda está um pouco mais cara do que no começo da greve, mas isso é natural. Tivemos um prejuízo de R$ 50 milhões nesse período de greve. Ficamos satisfeitos de ver a normalização das vendas e já se pode encontrar todos os produtos em nosso entreposto”, disse Mitonho.

Mercado do Produtor

O Mercado do Produtor de Juazeiro é o quarto do país em comercialização de frutas e verduras.  A produção agrícola da região decorre de vários projetos de irrigação de pequenas e médias empresas, e da agricultura familiar do município de Juazeiro.

O Ceasa tem em media 1.360 boxes e 250 ambulantes atuando no entreposto. O Mercado do Produtor de Juazeiro funciona de segunda a sexta-feira (das 2h às 22h e aos sábados até às 17h).

Grupo se mobiliza para arrecadar alimentos a caminhoneiros em protesto na BR-428, em Petrolina

Se o momento é de luta para os caminhoneiros, uma corrente também se iniciou nas redes sociais para fortalecer o movimento. Moradores do Residencial Vivendas II, em Petrolina iniciaram nessa quarta-feira (23) a coleta de alimentos e água para alimentar os manifestantes na BR-428, na saída para Recife.

“Todo alimento que já estiver pronto é bem vindo, mas [pedimos] cereais que eles possam cozinhar e também água. O essencial é água e alimentos, mas quem quiser contribuir com alguma quantia, de repente os caminhoneiros podem precisar de remédio”, explica Hítalo Silva, um dos organizadores dessa ação.

Ele é motorista e está contribuindo com a coleta, que se iniciou às 18h30 de hoje. Nesta quinta-feira (24) um grupo sairá das proximidades do Motel Chateu, no bairro João de Deus, para levar o café da manhã aos caminhoneiros. Hítalo também estará no local para recolher as doações.

Segundo Hítalo, a arrecadação dos alimentos não tem prazo para terminar e vai durar enquanto os manifestantes estiveram no local protestando contra o preço do combustível. “Isso vai durar enquanto eles estiverem lá, toda ajuda que chegar será bem vinda e vai encorajar. Enquanto outros se deitam, eles tão lá enfrentando aquilo por nós”, finalizou.

Quem tiver condições, pode entregar as doações pessoalmente na Rua H1, Bloco Rio Caraíba, Apto 10, no Vivendas II ou entrar em contato com o próprio Hítalo via WhatsApp: (87) 98826-1566.

Vigilância Sanitária de Campo Formoso recolhe alimentos vencidos em estabelecimentos comerciais

Equipes da Vigilância Sanitária de Campo Formoso (BA) visitaram estabelecimentos comerciais da cidade, para recolher alimentos com data de validade vencida e armazenados de maneira incorreta. Durante a fiscalização os fiscais recolheram diversos alimentos, desde laticínios a bebidas alcoólicas e notificaram os estabelecimentos.

Segundo a Vigilância Sanitária, a iniciativa busca “amenizar os riscos à saúde da população através do consumo de produtos impróprios”, por isso a contribuição da comunidade é importante.

Quem souber de estabelecimentos comerciais, bares e restaurantes que atuem de maneira irregular basta entrar em contato com a Vigilância, através do contato com a Prefeitura.

Produtores rurais de Petrolina já podem se cadastrar no Programa de Aquisição de Alimentos

Os agricultores individuais e grupos formais deverão apresentar a documentação para habilitação no período de 18 de abril a 11 de maio. (Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Petrolina lançou no Diário Oficial desta segunda-feira (16) o edital para adesão ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) 2018. Os produtores do município que desejam fornecer produtos ao PAA já podem procurar a Central de Aquisição de Alimentos para apresentar a documentação para habilitação ao programa do Governo Federal que destina cerca de R$ 1,5 milhão para a prefeitura adquirir produtos diretamente dos agricultores familiares.

Para se cadastrar é preciso apresentar a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP); Cadastro de Pessoa Física (CPF); carteira de identidade; comprovante de residência; Número de Inscrição Social (NIS); Certificado Orgânico (no caso de agricultor com produção orgânica); além de um documento que comprove vínculo com a terra.

LEIA MAIS

Conselho Comunitário do Santa Luzia arrecada cerca de 200 kg de alimentos que serão entregues a pessoas carentes da região

O domingo (25) foi de muito esporte no Santa Luzia, em Petrolina (PE). O Conselho Comunitário da comunidade, por meio do presidente Francisco Luiz, organizou o evento para arrecadar alimentos e doar para pessoas carentes que moram na região. Os moradores puderam participar de jogos de vôlei e de futebol de campo.

A inscrição para participar das partidas era 1kg de alimento não perecível. Os jogos começaram às 13h e só terminaram por volta das 22h. No total, foram arrecadados 197 kg de alimentos, sendo 109 kg de arroz, 14 kg de feijão, 17 kg de açúcar, 40 pacotes de fubá de milho, 1 kg de farinha, 1 pacote de farinha de trigo e 15 pacotes de macarrão.

Todos os alimentos arrecadados serão doados ainda nesta segunda-feira (26).

1234