Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Apesar de boa votação, Andréa Lóssio fica de fora da Alepe

(Foto: Ascom)

Ex-primeira dama de Petrolina e candidata a deputada estadual, Andréa Lóssio (Rede) não conseguiu entrar na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Ela teve 23.954 votos, porém a Rede Sustentabilidade não fez coligações e o número de votos não foi suficiente para garantir uma cadeira pelos próximos quatro anos.

A esposa do ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio (Rede) ficou apenas na 243 colocação a nível estadual, mesmo superando o número de votos de Fabrizio Ferraz (PHS), dono da última vaga que teve 17.729 votos na coligação PHS-PSL-PRTB-PHS-PV.

Em Petrolina, Andréa foi a sexta mais votada com 9.478 votos ficando atrás de nomes como Lucinha Mota (PSOL), Gabriel Menezes (PSL) e Lucas Ramos (PSB), esse último o único dos citados na matéria a conseguir uma vaga na Alepe.

LEIA MAIS

Candidatos a deputado de Petrolina cumprem agenda política no final de semana

Não foram só os candidatos ao Governo de Pernambuco que tiveram uma agenda cheia no final de semana. Os pleiteantes à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e Câmara dos Deputados intensificaram suas campanhas, visitando o interior e municípios vizinhos.

Buscando sua reeleição como deputado estadual, Lucas Ramos (PSB) esteve no município de Lagoa Grande, onde conseguiu o apoio dos ex-prefeitos Jorge e Rose Garziera. Pleiteante a uma vaga na Alepe, Cristina Costa (PT) se encontrou com lideranças da Tapera e Roçado.

Outra que almeja a Alepe é Andréa Lóssio (Rede), recebida em Petrolina ao lado do seu esposo e candidato ao Governo de Pernambuco. Lucinha Mota (PSOL) visitou a Feira do José e Maria, Areia Branca, as cidades de Orocó e Cabrobó, para apresentar suas propostas relacionadas a segurança pública.

LEIA MAIS

Candidatos de Petrolina buscam apoio no interior e outros municípios de Pernambuco

Licenciada da Câmara de Vereadores, Cristina Costa (PT) aproveitou a quarta-feira (22) para visitar o Assentamento Mandacaru e se reunir com lideranças. A petista se lançou como candidata a deputada estadual e ainda participou de um ato em apoio aos militantes em greve de fome pela liberdade de Luiz Inácio Lula da Silva.

Outra pleiteante a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) é Lucinha Mota (PSOL), cuja agenda nessa quinta-feira (23) está focada na zona rural de Petrolina, com visitas e reuniões. Amanhã (24) ela participa de uma entrevista e vista os bairros Rio Corrente e Cohab VI.

LEIA MAIS

Em ritmo de campanha, candidatas de Petrolina cumprem agenda na cidade

Petrolina tem nomes conhecidos para as eleições de outubro a nível estadual e federal, mas a força feminina vem chamando atenção nessa campanha. Escolhidas por seus partidos para serem candidatas a deputada estadual, Cristina Costa (PT), Andréa Lóssio (Rede) e Lucinha Mota (PSOL) cumpriram agenda política na cidade na segunda-feira (20).

Ex-primeira dama, Andréa se encontrou com comerciantes e recebeu apoio para sua candidatura rumo à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Lóssio já tinha iniciado sua agenda no interior, em Izacolândia e busca fortalecer seu nome no seu reduto eleitoral.

Outra estreante na política é Lucinha Mota, mãe de Beatriz Angélica Mota. Candidata a deputada estadual, Lucinha visitou a Feira do José e Maria e reforçou a bandeira da justiça. Ouvindo palavras de apoio, a socialista voltou a cobrar celeridade dos órgãos para punir o assassino da menina Beatriz.

Já licenciada da Câmara de Vereadores de Petrolina, Cristina Costa esteve na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), acompanhada da também candidata a deputada federal, Marília Arraes (PT). Em seguida, a dupla se reuniu com representantes dos povos de terreiros.

Petrolina tem ainda nomes como Antônio Coelho (DEM), Lucas Ramos (PSB), Rosalvo Antônio (PSOL) e Fernando Filho (DEM) disputando as eleições para a Alepe ou Câmara dos Deputados. Júlio Lóssio, esposo de Andréa foi escolhido pela Rede para ser o candidato ao Governo do Estado e está no Recife cumprindo agenda nessa tarde (21).

Candidatos a deputado estadual e federal de Petrolina intensificam agenda no final de semana

A corrida até o mês de outubro vem se intensificando em Petrolina e municípios do Sertão pernambucano. No final de semana os pleiteantes a vagas na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e Câmara dos Deputados se reuniram buscando alianças políticas.

Candidato a deputado estadual, Antônio Coelho (DEM) se reuniu com lideranças do bairro Areia Branca. Seu irmão, o deputado federal Fernando Filho (DEM) também participou do encontro, que foi organizado pela vereadora Maria Elena (PRTB).

Já Andreia Lóssio, outra estreante na política começou sua campanha por Izacolândia. A ex-primeira dama esteve acompanhada do vereador Domingos de Cristália (PSL), fiel escudeiro de Júlio Lóssio.

Outro a correr trecho pelo interior foi o candidato a deputado federal pelo PSOL, Rosalvo Antônio. Ele se encontrou com eleitores de Barra Bonita, na divisa entre Santa Filomena e Dormentes.

Petrolina tem ainda nomes como os vereadores Gabriel Menezes (PSL) e Cristina Costa (PT), além de Lucinha Mota (PSOL) colocados na disputa como deputado estadual.

Grupo de Lóssio fala em repetir caminhada das eleições municipais para chegar ao Governo de Pernambuco

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O domingo (20) foi marcado pelo lançamento da pré-candidatura de Andrea Lóssio a deputada estadual pela Rede Sustentabilidade, partido no qual seu esposo Julio Lóssio é pré-candidato ao Governo de Pernambuco. O evento reuniu correligionários da família e o tom dos discursos foi de repetir a caminhada feita por Julio até chegar à Prefeitura de Petrolina em 2008 e 2012.

Porta-voz do diretório estadual da Rede, Clécio Araújo destacou a luta da sigla contra o atual sistema político. “Em Pernambuco nós temos um palanque majoritário passando por cima de pau e pedra, nossos opositores o tempo todo vêm negando essa possibilidade da Rede ser uma alternativa e a gente veio buscar em Petrolina uma pessoa com uma história de ganhar uma eleição numa cidade historicamente pautada pelas oligarquias”, afirmou Clécio.

LEIA TAMBÉM:

Ao lado de amigos, Júlio Lóssio oficializa nome de Andrea como pré-candidata a deputada estadual

Julio Lóssio Filho que foi especulado como pré-candidato no lugar de sua mãe pediu mais uma vez a união do grupo político montado por seu pai durante os anos de prefeito, para buscar uma vaga ao Governo de Pernambuco. “Essa é a nossa especialidade, vencer a descrença e com a ajuda de cada um de vocês a gente conseguiu e nesse ano a gente vai conseguir de novo para ajudar Pernambuco. Vamos pedir um pouco das pernas, da voz, dos braços, da força, do suor e da luta de cada um de voz para que a gente nos próximos dias, nas próximas semanas e nos próximos meses possamos construir um Pernambuco que pode mais, uma Petrolina que cuide das pessoas, um Pernambuco que realmente cuide daqueles que mais precisam”, disse o filho dos pré-candidatos.

LEIA MAIS

Ao lado de amigos, Júlio Lóssio oficializa nome de Andrea como pré-candidata a deputada estadual

Cercado de amigos e seguidores, o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio mais uma vez se colocou como pré-candidato ao Governo de Pernambuco em um café da manhã nesse domingo (20) e aproveitou para oficializar o nome da sua esposa, Andrea Lóssio como pré-candidata a deputada estadual pela Rede Sustentabilidade.

O evento reuniu representantes do diretório estadual e nacional da Rede, bem como pré-candidatos a Alepe e Câmara dos Deputados. Ex-primeira dama de Petrolina, Andrea Lóssio confirmou o que já era de conhecimento geral e explicou como foi o processo de aceitação para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

“Estou muito feliz e gostaria de agradecer a todos que nos ajudaram. Quando eu recebi o convite para sair como pré-candidata a deputada estadual eu disse não. Para quem não sabe meu pai era político, eu praticamente nasci na política. Júlio quando assumiu [a Prefeitura] eu não assumi nenhuma secretaria por opção, eu preferia ficar nos bastidores. Sempre fui de bastidores e tinha decidido a não sair candidata. Eu sai de Petrolina e fui pensar, porque entrar na política você tem que estar na linha de frente, tem que ter consciência. Eu tô ciente e estou como pré-candidata e digo sempre que política é missão”, disse Andrea.

LEIA MAIS