Cães são mortos por envenenamento no bairro Jatobá em Petrolina, denuncia protetora

Preocupação com o aumento de mortes de cães no bairro Jatobá, em Petrolina, no Sertão do estado, uma protetora de animais denunciou a situação na imprensa petrolinense.

Em entrevista ao Blog do Carlos Britto, ela disse que os cães estão sendo envenenados. ” Em um mês quatro cachorros foram mortos por envenenamento, por nenhum motivo. Isso é um absurdo. Cabe os órgãos responsáveis realizarem uma campanha de conscientização sobre o trato com esses animais de rua, e sobre a importância de estabelecer o bom convívio, pois quem mata um cachorro por satisfação, mata uma pessoa também”, declarou.

O envenenamento de animais é crime previsto em Lei e deve ser denunciado na delegacia de polícia. Os números disponíveis são: (87) 3866-9740/3866-9709 ou acionar o serviço 190.

Vacinação antirrábica: Prefeitura de Juazeiro divulga cronograma desta semana

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde (Sesau), dá continuidade à Campanha de Vacinação Antirrábica. As equipes do Núcleo de Endemias estão em pontos estratégicos de quinta-feira (09) a sábado (11).

Na quinta-feira (09) haverá vacinação na Praça da Feirinha e na Associação de Moradores do bairro Quidé. Na sexta-feira (10) a vacinação de cães e gatos contra a raiva será na Quadra Poliesportiva e próximo a Pizzaria Forno a Lenha no bairro Nossa Senhora das Grotas. No sábado (11) as equipes estarão na Praça Central do bairro Pedra do Lorde e na Estação de Bombeamento do SAAE no bairro Jardim Flórida.

LEIA MAIS

Animais castrados pelo Centro de Controle de Zoonoeses de Petrolina estão a disposição para adoção

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Desde o início deste mês de julho a prefeitura de Petrolina está realizando a castração de animais em situação de rua através do Castramóvel. O objetivo é controlar a reprodução de cães e gatos, bem como a proliferação de doenças.

Depois de percorrer vários bairros da cidade, foram feitos 28 procedimentos. Após a recuperação, os animais são colocados a disposição para serem adotados. Aqueles que não ganham um novo lar retornam para as ruas do bairro onde foram recolhidos.

LEIA MAIS

Animais de pequeno porte são castrados em primeiro dia de atividades do Castramóvel em Petrolina

Instalado com o objetivo de controlar as zoonoses e a propagação populacional de animais de pequeno porte, teve início nesta terça-feira (6), em Petrolina, as atividades do Castramóvel.

Neste primeiro momento, os procedimentos serão realizados em animais errantes e de pequeno porte, com uma estimativa de até oito cirurgias por dia. O primeiro bairro a receber a ação municipal foi o Loteamento Recife. A escolha da localidade se deu através de estudos e casos confirmados de leishmaniose em humanos.

O veículo chamou atenção dos moradores, um deles foi o senhor Moisés da Silva. Ele relata a importância da castração dos animais na localidade. “Sem dúvida alguma é um equipamento que vem para somar ainda mais o trabalho voltado à saúde do município. Estávamos ansiosos por esta unidade móvel, como uma pessoa que gosta de animais e cuida, sei da importância em castrá-los. A gestão está de parabéns, por esta aquisição”, completou.

LEIA MAIS

Petrolina recebe primeiro castramóvel para animais

O prefeito Miguel Coelho confirmou a chegada do primeiro castramóvel de Petrolina. A novidade foi anunciada em visita do gestor a Recife.

A emenda parlamentar que vai possibilitar a chegada do aparelho é de autoria do deputado Estadual Romero Albuquerque. Segundo Miguel, o equipamento chega para cuidar da saúde e do bem-estar animal.

“Para mim é uma grande honra estar ao seu lado e, agora, muito feliz por saber que você vai poder desenvolver muitas coisas para a causa animal em Petrolina”, disse o deputado.

O Castramóvel é uma unidade itinerante que fará o trabalho de esterilização de cães e gatos nas ruas da cidade. A medida serve para manter o controle populacional dos animais em situação de rua.

Produtores rurais de Juazeiro têm se beneficiados com parceria entre prefeitura e Agrovale

(Foto: Arquivo Agrovale)

O excesso da palhada sobre o solo prejudica o perfilhamento da cana de açúcar, por isso é necessário retirar essa matéria orgânica dos canaviais, mas para quem cria caprinos, ovinos e bovinos essa palha ajuda, e muito, na alimentação dos animais.

A procura maior, por parte do criadores, acontece a partir do mês de julho, devido a seca, até as próximas chuvas, que normalmente ocorrem em dezembro.

LEIA MAIS

Petrolina terá bebedouros e comedouros públicos para animais em situação de rua

A vereadora Maria Elena de Alencar, e os vereadores Wenderson Batista, RUY Wanderley, Alex de Jesus, Rodrigo Araújo e César Durando, autores da Resolução que criou a comissão permanente , que trata da causa e proteção animal da câmara de vereadores, estão apresentando um projeto de lei que cria Comedouros e no Bebedouros Públicos para animais em situação de rua, por toda a cidade.

A prefeitura municipal até já comprou a ideia, e acaba de instalar no estacionamento do Parque Municipal Josepha Coelho, o primeiro comedouro e bebedouro público para alimentação de animais em situação de rua.

A ideia é que os animais possam se alimentar em um local adequado e com facilidade sempre que tiverem fome. O problema é que eles não se deslocam de um lugar para outros, parece até que eles demarcam áreas, portanto tem animais espalhados por toda a cidade.

LEIA MAIS

Prefeitura adota novo protocolo de denúncias contra maus tratos aos animais

Durante a pandemia, os registros de denúncias de maus-tratos a cães e gatos pela Ouvidoria Municipal tiveram aumento significativo. Diante disso, a Prefeitura de Petrolina e o Ministério Público convocaram para discussão do problema diversos órgãos para firmar uma parceria e adotar um novo protocolo de denúncias.

Uma força-tarefa foi firmada entre a OAB, a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal. Dessa forma, ao suspeitar da ocorrência desses crimes, a população deve acionar a polícia ou a prefeitura.

LEIA MAIS

Vacinação Antirrábica na zona urbana de Petrolina começa na próxima semana

(Foto: ASCOM)

A segunda etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica em Petrolina chegará à zona urbana na próxima semana, depois de passar por todas as localidades da zona rural do município, conforme determinação do governo do estado.

Além do centro da cidade, a vacinação porta a porta acontecerá nos bairros Antônio Cassimiro, Areia Branca, Dom Avelar, Gercino Coelho, José e Maria, João de Deus, Ouro Preto, São Gonçalo, Vila Eduardo e Vila Mocó. Acontecerá sempre a partir das 14h, começando pelo João de Deus, no dia 30 de novembro. A vacinação nessa comunidade segue até o dia 3 de dezembro. O cronograma dos próximos bairros será divulgado posteriormente.

LEIA MAIS

Denúncia: Animais de rua estão sendo mortos com requintes de crueldade no Distrito Industrial de Petrolina

(Foto: Ilustração)

Alguns animais de rua que costumam circular na região do Distrito Industrial de  Petrolina, no Sertão de Pernambuco, estão sendo mortos por envenenamento e até mesmo a tiros e com golpes de faca, situação que vem preocupando a Josy Santos, que faz parte de uma ONG de proteção animal da cidade. Ela denuncia que já há algum tempo vem notando o sumiço de alguns pets ali na região.

Segundo Josy, os casos começaram a surgir em janeiro desse ano, quando três cachorros foram envenenados, sendo que dois morreram e um conseguiu se salvar, e outros dois foram mortos a tiros. Neste mesmo mês, uma outra protetora que integra a ONG fez o primeiro boletim de ocorrência na delegacia da Polícia Civil, porém, não houve nenhum êxito. Já em março, mais um filhote de cachorro foi morto, dessa vez, com golpes de faca.

“São mais de vinte animais de rua que vivem por ali. Animais indefesos e que estão correndo o risco de serem mortos por esse monstro. A pessoa que faz isso aproveita o momento que não tem ninguém por perto para cometer os atos. Precisamos saber quem está fazendo isso. Essa pessoa tem que pagar por tudo que está fazendo”, disse Josy Santos. A falta de câmeras de segurança no local dificulta a identificação do autor dos crimes.

LEIA MAIS

Aumento da pena para quem maltratar cães e gatos vai à sanção

Em sessão remota nesta quarta-feira (9), o Plenário do Senado aprovou projeto que aumenta as penas para maus-tratos a cães e gatos (PL 1.095/2019). O texto foi aprovado na Câmara no final do ano passado e segue agora para a sanção.

Pela proposta, a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação a cães e gatos será punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. Hoje, a pena é de detenção, de três meses a um ano, e multa — dentro do item que abrange todos os animais. O projeto altera a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605, de 1998) para criar um item específico para cães e gatos, que são os animais domésticos mais comuns e principais vítimas desse tipo de crime.

O deputado Fred Costa (Patriota-MG), autor da proposição, acompanhou a votação da sala da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen), de onde são transmitidas as sessões remotas do Senado. Para o deputado, o projeto responde a um problema concreto da sociedade brasileira, que tem se revoltado a cada caso de violência com os animais.

LEIA MAIS

Leitora denuncia maus tratos a animais no Centro de Zoonoses de Petrolina; prefeitura responde

A leitora, que prefere ficar no anonimato, enviou mensagem ao Blog Waldiney Passos denunciando maus tratos a animais que são encaminhados ao Centro de Zoonoses de Petrolina (CCZ), no Sertão de Pernambuco. De acordo com a denúncia, a pessoa levou um gato doméstico, sem ferimentos, ao local e o mesmo saiu de lá com um ferimento no focinho depois de levar uma queda de uma parede com mais de 1 metro de altura. Segundo a leitora,o fato ocorreu por pura displicência do funcionário do Centro. A mesma ainda saiu com um formulário para autorização de eutanásia.

De acordo com a pessoa que entrou em contato com nossa redação, o gato foi capturado em um determinado local, que ela prefere não expor, com suspeita de sarna e levado para o Centro de Zoonoses para avaliação. Segundo ela, o animal foi dentro de uma gaiola, onde ficou se debatendo. Ainda de acordo com a denúncia, mesmo sendo informado que o animal era selvagem e não era acostumado com humanos, chegando ao CCZ, o funcionário abriu a porta da gaiola e soltou o gato em uma sala.

LEIA MAIS

ONG Proteger, Univasf e prefeitura de Petrolina estudam parceria em favor da causa animal

(Foto: Arquivo Pessoal)

Nesta segunda-feira (10), foi realizada uma reunião entre a prefeitura de Petrolina, representantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e a ONG Proteger, que atua no resgate e cuidado de cães e gatos na região.

No encontro, as instituições estudaram a possibilidade de se firmar um convênio no intuito de oferecer serviços destinados à população animal de rua e carente do município.

Esse projeto deve ser desenvolvido com a participação de todos e tem como premissa fundamental a conscientização da população. A ideia é construir um plano de trabalho onde serão ampliados e fortalecidos os serviços e ações direcionados à saúde, proteção e bem-estar animal.

LEIA MAIS

Polícia investiga envenenamento de gatos no bairro Vila Mocó, em Petrolina

(Foto: Reprodução / TV Grande Rio)

A Polícia Civil está investigando o envenenamento de, ao menos, 58 gatos na rua Bicouto, no bairro Vila Mocó, em Petrolina (PE), após voluntários da ONG Proteger – que cuida de animais abandonados no Vale do São Francisco – denunciarem três moradores do local, que teriam feito ameaças de que matariam os animais.

Uma das voluntárias da ONG alimentava os animais e percebeu que o número de gatos que apareciam diminui drasticamente. De acordo com ela, até o mês passado 25 animais iam comer na porta de sua casa, número que caiu para menos de dez atualmente. Com medo, a protetora retirou da rua uma gatinha que está grávida, porque ela e os filhotes seriam as próximas vítimas.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro apreende animais de grande porte soltos na rua

(Foto: Ascom)

Nesta terça-feira (28) a Prefeitura de Juazeiro através da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) recolheu dois animais de grande porte nas vias públicas da cidade. A ação faz parte dos trabalhos de fiscalização do ordenamento urbano pelas ruas e bairros de Juazeiro, que tem como foco garantir a segurança nos espaços públicos da cidade.

De acordo com o setor de ordenamento urbano a criação de animais de médio e grande porte requer local e espaço adequados e é proibida a circulação dos mesmos nos espaços públicos. Caso a fiscalização encontre algum animal deste nas vias públicas, é recolhido e levado ao curral municipal onde permanece por até 72h. Passado esse período, se o responsável não aparecer, o animal é doado como previsto na Lei Complementar 018/2016 que rege sobre o código de polícia administrativa.

LEIA MAIS
123