Feirinha de adoção de cães e gatos de Petrolina encerra ao meio-dia deste domingo 

(Foto: Ascom/PMP)

Neste domingo (26), está sendo realizada mais uma feirinha de adoção de cães e gatos em Petrolina (PE). A ação acontece na Praça da Sementeira, bairro KM-2, das 8h ao meio-dia.

A feirinha tem o objetivo de promover e alertar para a adoção responsável. Diversos animais entre cães e gatos resgatados pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), adultos e filhotes estão disponíveis para adoção. Os animais foram vacinados, castrados ou estão com castração garantida

Para adotar um dos 15 animais disponíveis no local, o interessado deve ser maior de 18 anos, passar por uma entrevista e apresentar documentos pessoais, além de comprovante de endereço.  “Vale lembrar que, os interessados em adotar gatinhos devem levar uma caixa para transporte do animal, já para adoção de cachorros devem levar coleira e guia“, informa a coordenadora do CCZ, Graziella Vasconcelos.

Feirinha de adoção de cães e gatos acontece neste domingo em Petrolina

A prefeitura de Petrolina promove, neste domingo (26), mais uma feirinha de adoção de cães e gatos. A ação acontecerá na Praça da Sementeira, bairro KM-2, das 8h às 12h, e tem como objetivo promover e alertar para a adoção responsável.

Diversos animais entre cães e gatos resgatados pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), adultos e filhotes estarão disponíveis para adoção, aguardando uma chance de ter um espaço onde possam receber e doar amor e carinho.

Para adotar um dos 15 animais que estarão disponíveis no local, o interessado deve ser maior de 18 anos, passar por uma entrevista e apresentar documentos pessoais, além de comprovante de endereço.

Feirinha de adoção de cães e gatos será realizada este mês em Petrolina

(Foto: Alexandre Justino/ Arquivo Ascom)

No dia 26 de janeiro, a Prefeitura de Petrolina realizará mais uma edição da feirinha de adoção de cães e gatos. A ação acontecerá na Praça da Sementeira, no bairro KM-2, das 8h às 12h.

Os interessados na adoção precisam ter mais de 18 anos, e devem passar por cadastro com a equipe técnica do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), com apresentação de documentos pessoais e comprovante de residência.

Prefeitura de Orocó realizará campanha para apreender animais soltos na área urbana

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A prefeitura municipal de Orocó (PE) deve dar início, em breve, à campanha “Cidade Livre dos Animais”, com o objetivo de apreender animais soltos na área urbana do município. Em comunicado, a administração pública pede que os proprietários cumpram a legislação e recolham os bichos.

De acordo com a Lei Municipal Nº 844/2017, a liberação dos animais apreendidos pelo Poder Público Municipal só será possível quando a situação for devidamente regularizada. Isso implica em pagamentos de multa referente às diárias do tempo em que seu animal estiver aos cuidados da administração.

Senado deve votar projeto que proíbe sacrifício de animais de rua

A proposta original só tratava da situação de cães e gatos, mas a relatora acatou uma que inclui as aves.

O Senado pode aprovar na próxima terça-feira (3) uma lei que proíbe o sacrifício, para fins de controle populacional, de cães, gatos e aves por órgãos de controle de zoonoses, canis públicos e estabelecimentos similares. As regras para esse controle por casos de doenças infecciosas típicas de animais e que podem ser transmitidas para seres humanos e vice-versa estão previstas no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 17/2017.

O objetivo do texto é criar condições para que os estabelecimentos públicos de controle de zoonoses adotem práticas menos cruéis para controlar o número de cães e gatos que vivem na rua. O PL prevê, por exemplo, a castração dos animais por veterinário em localidades onde haja superpopulação comprovada por estudo.

A eutanásia só será permitida caso o animal tenha doença grave incurável que coloque em risco outros animais e também humanos. Nesse caso, a medida deverá ser precedida de um exame e justificada por um laudo técnico.

Pernambuco: animais são entregues voluntariamente à Agência Estadual de Meio Ambiente

Cinco animais silvestres foram entregues voluntariamente, nessa sexta-feira (29), à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). Um pintor-verdadeiro (Tangara fastuosa), uma patativa, dois papagaios e um filhote de Carcará.

O pintor verdadeiro, espécie ameaçada de extinção, foi entregue pela arquiteta Andreia Dantas. Ela explicou que a tia ganhou o pássaro de presente. “Isso faz aproximadamente um mês. Mas desde que o pássaro chegou, mostrou-se bastante estressado, chegando até a perder a calda, de tanto bater na gaiola. Então, combinamos de vir entrega-lo”, disse.

Prefeitura de Juazeiro apreende mais de 30 animais no mês de novembro

No ano, 194 animais já foram recolhidos das vias públicas.

A prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB), realizou ações, em novembro, voltadas para apreensão de animais de médio e grande porte que circulavam pela zona urbana da cidade.

Entre cavalos, jumentos, vacas e mulas a equipe de apreensão de animais retirou dos logradouros públicos 32 animais de grande porte.  De janeiro até a presente data, 194 animais já foram recolhidos das vias públicas.

O trabalho foi realizado pela equipe de apreensão e, após retirada das vias públicas, os animais foram encaminhados para o curral municipal. Esses animais só saem mediante pagamento de multa que é aplicada por unidade. As multas têm uma variação de um a cinco VRF (Valor de Referência Fiscal) que descrito em espécie varia de R$ 129,05 a R$ 645,25.

Em 15 dias, SEMAURB recolhe 18 animais de grande porte em Juazeiro

(Foto: Ascom)

Na primeira quinzena de novembro as ações da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) estiveram voltadas para apreensão de animais de médio e grande porte que circulavam pela zona urbana e bairros da cidade. Além da retirada de abelhas presentes em locais públicos e residências.

Entre cavalos, jumentos, vacas e mulas a equipe de apreensão de animais retirou dos logradouros públicos 18 animais de grande porte. De janeiro até a presente data, mais de 180 animais já foram recolhidos das vias públicas. De acordo com o Art 74 do Código de Polícia Administrativa, os animais encontrados nas vias e logradouros públicos, ainda que devidamente identificados, serão apreendidos e recolhidos ao curral municipal. Esses animais só saem mediante pagamento de multa que é aplicada por unidade. As multas têm uma variação de um a cinco VRF (Valor de Referência Fiscal) que descrito em espécie varia de R$ 129,05 a R$ 645,25.

Prefeitura de Petrolina realiza reparo em poste que animais foram eletrocutados

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Após a morte de dois jumentos, ocorrida no bairro Dom Avelar, em Petrolina (PE), a prefeitura municipal realizou reparos no poste de iluminação. A suspeita é de que os animais tenham sido vítimas de descarga elétrica.

LEIA TAMBÉM

“Poderia ser qualquer um da gente”, diz morador que encontrou jumentos mortos no bairro Dom Avelar

Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) esclareceu que a rede de iluminação pública, bem como as estruturas que compõem o sistema, são de responsabilidade da administração municipal. A empresa informou ainda que, “visando a segurança da população, enviou uma equipe ao local, eliminando o risco com a eletricidade.”

Assim que recebeu a demanda, a Prefeitura de Petrolina “encaminhou uma equipe para o local da antiga Quadra do Dom Avelar, onde realizou os devidos reparos.”

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra), as demandas referentes a iluminação pública devem ser encaminhadas para a Central de Iluminação do Mais Luz pelo telefone 87 3862-2993.

“Poderia ser qualquer um da gente”, diz morador que encontrou jumentos mortos no bairro Dom Avelar

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na manhã desta segunda-feira (4), dois jumentos foram encontrados mortos, no Bairro Dom Avelar, zona norte de Petrolina. O fato aconteceu em uma quadra antiga da localidade, localizada na Rua das Sensações.

Moradores supõem que os animais morreram após terem sofrido uma descarga elétrica oriunda de uma poste. A população local alerta e cobra providências da Companhia Energética de Pernambuco.

“A Celpe precisa tomar providências. Poderia ser qualquer um da gente. Fios descascados, na quadra velha do Dom Avelar”, diz um morador.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Celpe, para saber quais providências serão tomadas. Até o momento não obtivemos resposta.

SEMAURB intensifica apreensões de animais e retirada de abelhas em Juazeiro

(Foto: Ascom)

Durante o mês de outubro, as ações da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) estiveram voltadas para apreensões de animais de médio e grande porte que circulavam pela zona urbana e bairros de Juazeiro. Outro ponto intensificado pela secretaria foi a retirada de abelhas presentes em locais públicos e residências, esta ação é em parceira com o ‘Projeto Abelha Viva’ que desde 2016 vem capturando estes insetos da área urbana e direcionando para apiários na zona rural.

Até quinta-feira (31), foram apreendidos 15 animais de médio e grande porte. As espécies mais recolhidas são: cavalos, jumentos e burros. De janeiro até a presente data, mais de 160 animais já foram recolhidos das vias públicas. De acordo com o Art 74 do Código de Polícia Administrativo, os animais encontrados nas vias e logradouros públicos, ainda que devidamente identificados, serão apreendidos e recolhidos ao curral municipal. Esses animais  só saem mediante pagamento de multa que é aplicada por unidade. As multas têm uma variação de um a cinco VRF (Valor de Referência Fiscal) que descrito em espécie varia de R$ 129,05 a R$ 645,25.

Quanto ao trabalho de retirada das abelhas, este acontece em parceria com o ‘Projeto Abelha Viva’ e retirou 10 enxames ao longo dos 31 dias de outubro, estes distribuídos nos bairros: João Paulo II, Alagadiço, Alto da Maravilha, Piranga, Maria Gorete, Santo Antônio, Dom José Rodrigues, Antônio Guilhermino e na noite desta quinta-feira (31) foi feita a remoção de um enxame presente no Cemitério Central da cidade.

Casa Nova: moradores do povoado de Papagaio denunciam matança de animais e cobram providências

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Moradores do povoado de Papagaio, zona rural de Casa Nova (BA), estão preocupados e indignados com a matança de animais na localidade. De acordo com o relato de populares, cachorros, gatos, e até urubus estão sendo envenenados todos os dias.

“As autoridade competentes precisam tomar uma atitude sobre o que está acontecendo aqui no povoado. Tem pessoas colocando veneno e matando vários animais. Os animais comem e morrem. Eu já perdi dois cachorros, um morreu há menos de dois meses. Isso precisa ser investigado, precisa descobrir quem é essa pessoa”, diz uma moradora.

O Blog Waldiney Passos procurou a prefeitura de Casa Nova, através de sua Assessoria de Comunicação, para saber quais providências serão tomadas. Até o momento não obtivemos respostas. O Blog tentou contato com a Polícia Civil do município para saber se o caso já está sendo investigado, mas não obteve êxito.

Turista denuncia exploração de animais nas Dunas de Casa Nova

Registro feito no Balneário, no início deste mês. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O balneário das Dunas de Casa Nova, atualmente, é um dos principais pontos turísticos do Vale do São Francisco. Localizado no município de Casa Nova, no norte da Bahia, a área tem atraído turistas de vários estados do brasil, que buscam um ambiente atrativo para todos os públicos.

Como o local tem características ambientais próprias, como a quantidade de areia, Sol forte e distância entre os pontos de comercialização, carroceiros resolveram desenvolver o serviço de carregamento de bagagens de turistas às áreas de banho.

No entanto, a atividade lucrativa tem gerado indignação em alguns visitantes. Uma turista que preferiu não se identificar, procurou o Blog Waldiney Passos para denunciar a exploração de animais que fazem o carregamento das bagagens.

“Lá vi cenas que me deixaram angustiada. Proprietários de carroças usam animais para carregar bagagens dos banhistas, e lá a areia é muito quente,  imagina um animal puxar cargas fora o peso da carroça, numa areia quente e que atola. Vi muitos sendo guinchados”, conta a denunciante.

O Blog entrou em contato com a prefeitura, para saber como funciona a regulamentação desse serviço, se existe fiscalização e quais providências serão tomadas. Até o momento a gestão municipal não se pronunciou sobre a reclamação.

Animais soltos são apreendidos nas ruas de Juazeiro durante operação noturna da SEMAURB

(Foto: Ascom)

Nos últimos dias, a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) realizou operações noturnas pelas ruas e bairros de Juazeiro com o objetivo de assegurar o sossego e garantir a segurança nos espaços públicos da cidade. Durante a ação, cinco animais de grande porte foram recolhidos das vias públicas.

Segundo a Secretaria, a criação destes animais requer local e espaço adequados e é proibida a circulação de animais de médio e grande porte nos espaços públicos. Caso a fiscalização encontre algum animal destas proporções, é recolhido e levado ao curral municipal onde permanece por até 72h. Após esse período, se o responsável não for identificado, o animal é doado como previsto na Lei Complementar 018/2016 que rege sobre o código de polícia administrativa.

Ação conjunta resgata animais de grande porte em condições de maus-tratos em Juazeiro 

(Foto: Ascom)

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) participou, nesta terça-feira (8), de uma ação conjunta para resgatar animais de grande porte em uma área de mata no bairro Itaberaba, Juazeiro (BA). A equipe da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) acionou o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), SEMAURB e a Polícia Militar para concretização da ação.

De acordo com o médico veterinário e fiscal estadual agropecuário da ADAB, José Arnaldo da Cruz Silva, o resgate dos bovinos tinha como finalidade retirá-los do ambiente de cárcere onde estavam inseridos. “A ADAB também fiscaliza o bem estar animal e constatamos que se tratava de quatro animais bovinos que estavam amarrados em local totalmente inapropriado para a criação, sem alimentação ou água limpa própria para consumo e sem responsáveis presentes. Estamos investigando para que a pessoa seja identificada e punida. Os animais já estão em local seguro e recebendo os devidos cuidados”, descreveu Arnaldo.

123