Estado anuncia mudanças em escolas estaduais do Sertão de Pernambuco

A partir desse ano, algumas escolas da rede pública estadual passarão a ter jornada integral em Pernambuco. As mudanças foram apresentadas pelo Governo do Estado no Decreto n° 50.364/2021, publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (5).

Serão duas mudanças: a transformação de Escolas de Ensino Médio em Escolas de Referência em Ensino Médio; e em Escolas de Referência em Ensino Fundamental e Ensino Médio. As de Ensino Médio passarão a ter jornada integral, com 45 horas-aulas semanais.

A tradicional Escola Estadual Marechal Antônio Alves Filho (EMAAF), em Petrolina e a  Escola Estadual Padre Maurilo Sampaio, em Santa Maria da Boa Vista passarão a ser Escolas de Referência, com ensino integral.

LEIA MAIS

Educação: Ano letivo 2021 em Juazeiro só terá início no mês de abril

(Foto: ASCOM)

Alunos da rede municipal de Juazeiro (BA) só terão aulas relativas ao ano letivo 2021, a partir do dia 12 de abril. A Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) do município informou que foi necessário fazer ajustes no calendário escolar 2021 para suprir um déficit em relação ao ano letivo 2020.

Dessa forma, no dia 8 março terá início um “Módulo Complementar 2020”, para atender a necessidade de compensação de 14 dias que não foram cumpridos pela educação municipal no ano passado, devido à pandemia do novo coronavírus.

LEIA MAIS

Ano letivo em Petrolina começa com aula online

(Foto: Ascom/PMP)

A aula inaugural realizada nesta quarta-feira (3) foi à distância. A saudação inicial do ano letivo em Petrolina chegou aos estudantes, familiares e professores com a ajuda da tecnologia. Pelo menos neste mês de fevereiro, a interação entre mestres e alunos será de forma remota, inclusive para estudantes da Educação Infantil.

No evento de hoje teve dinâmicas, música, contação de histórias e palestras com profissionais de diversas áreas. De forma interativa o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Plínio Amorim, deu boas-vindas aos estudantes.

LEIA MAIS

Ano letivo de 2020 será concluído nesse mês em Orocó

Atenção pais e responsáveis dos alunos matriculados na rede municipal de ensino de Orocó, Sertão de Pernambuco. A Prefeitura anunciou, nessa terça-feira (2), que o ano leito de 2020 será encerrado de forma remota nesse mês.

O objetivo é concluir a programação referente ao ano passado. Entretanto a Secretaria de Educação não deu mais detalhes sobre o calendário educacional deste ano.

“De acordo com a Secretaria de Educação, as aulas (remotas), referente ao ano letivo de 2021, terão início no mês de Março”⁣, informou a Prefeitura através das redes sociais.

Leitor questiona não abertura de vagas no CPM de Juazeiro para 2021 e unidade esclarece situação

A pandemia do coronavírus alterou o andamento do ano letivo de 2020 no Colégio da Polícia Militar (CPM) de Juazeiro (BA), que foi suspenso e ainda não foi retomado. Por consequência dessa paralisação, a abertura de vagas aos alunos em 2021 não aconteceu até o momento.

O que levantou questionamento de um leitor. “Eles afirmam que não tem previsão para esse ano por conta da pandemia. Tradicionalmente o edital é liberado em dezembro, com sorteio acontecendo na primeira quinzena de janeiro“, disse.

Ano letivo pendente

O Blog procurou a coordenação do CPM de Juazeiro. Em nota a unidade informou que não há “nenhuma informação quanto a esse assunto [iniciar o calendário de 2021], pois o ano letivo de 2020 ainda não foi concluído”. Portanto, a coordenação juazeirense segue “aguardando determinações da SEC e Comando Geral da Polícia”.

Ademais, “só poderá existir disponibilidade de vagas com a conclusão do ano letivo e saída dos alunos do terceiros anos do Ensino Médio, dessa forma poderá surgir vagas para o sexto ano que é a série inicial para o nosso CPM. As demais turmas só em caso de surgimento de vagas, mediante transferência de alunos da casa”, informa a unidade.

Resolução da SEDUC determina como será o encerramento do ano letivo em Juazeiro

Aulas estão acontecendo de forma remota (Foto: ASCOM)

Uma resolução publicada no Diário Oficial de Juazeiro (BA) na terça-feira (24) determinou como deve ser o encerramento do ano letivo na rede municipal. Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, as escolas devem cumprir a carga horária mínima de aulas e os 200 dias letivos.

O documento também determina que as atividades não cumpridas deverão ser repostas de forma presencial, aos sábados, período de férias ou via modelo remoto. No que diz respeito ao ensino digital, as aulas precisam ser inseridas na plataforma até 26 de novembro, ou seja, amanhã.

As aulas presenciais na cidade baiana estão suspensas desde março, ainda no começo da pandemia da covid-19. Confira a íntegra da resolução aqui (pág. 15 a 18).

Governador da Bahia afirma que ano letivo não será cancelado por causa da pandemia

(Foto: Secom/BA)

Em transmissão pelas redes sociais, nesta quinta-feira (28), o governador Rui Costa conversou com profissionais da imprensa do recôncavo baiano e do baixo sul da Bahia e afirmou que o ano letivo não será cancelado na Bahia.

“Não existe possibilidade de cancelamento. Muito provavelmente as aulas irão atravessar esse ano e serão concluídas em 2021. Iremos fazer um grande mutirão pela educação para superar esse período, com aulas extras, em turnos opostos e nos finais de semana. Será um ano atípico, mas não podemos prejudicar o ciclo escolar de nossos milhares de jovens e crianças”, afirmou o governador.

O governador falou ainda sobre a dificuldade de conseguir respiradores para implantar novos leitos de UTI na Bahia. “Nossa equipe tem buscado e entrado em contato com fábricas em todo o mundo, mas é uma dificuldade porque a procura é muito grande e o produto está em falta. Nenhum sistema de saúde do mundo está preparado com leitos de UTI suficientes para lidar com uma pandemia dessas; estão faltando leitos, médicos e equipamentos nos países mais ricos com os melhores sistemas de saúde do mundo. Por isso eu faço o meu apelo para que as pessoas evitem criar aglomerações e fiquem em casa. O isolamento social é a única forma efetiva de combate ao vírus”, disse Rui.

Em toda a Bahia, a estrutura que está sendo implantada pelo Governo do Estado para o enfrentamento ao novo coronavírus conta com 1.428 leitos na capital e 1257 leitos no interior. Para atender pacientes de baixa complexidade, que não tenham coronavírus, 285 leitos estão sendo instalados e 70 Unidades Pronto Atendimento (UPAs) irão realizar a classificação, manejo clínico, estabilização do paciente e, caso necessário, regulação para unidades de atendimento de maior complexidade.

Atualmente, o Governo da Bahia possui em estoque 879 mil luvas, mais de 922 mil máscaras cirúrgicas e 300 mil unidades de máscara do tipo N95. Além disso, o Governo do Estado adquiriu 32 milhões de luvas, nove milhões de máscaras cirúrgicas e um milhão de máscaras do tipo N95, o que são suficientes para atender a demanda por até seis meses.

Mais de 55 mil alunos da educação básica de Petrolina voltaram às aulas nesta terça-feira

(Foto: Ascom/PMP)

Nesta terça-feira (11), mais de 55 mil estudantes matriculados nas unidades do Nova Semente, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) e escolas do Fundamental I e II e Educação de Jovens e Adultos (EJA), voltaram às aulas e receberam as boas-vindas da rede Municipal de Ensino de Petrolina.

Com muita criatividade, brincadeiras lúdicas e organização, os profissionais da educação recepcionaram os estudantes novatos e as turmas em continuidade. Serão 200 dias letivos, e a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes ressalta que o envolvimento e contribuição de todos nesse primeiro momento, é essencial para o sucesso do novo ciclo.

LEIA MAIS

Dormentes: Zé Lezim fará abertura do Ano Letivo da rede municipal com show de humor nesta quinta-feira

(Foto: Ascom/PMD)

O município de Dormentes (PE) iniciará o ano letivo de uma forma diferente em 2020. Nesta quinta-feira (12) a rede municipal inicia o calendário, mas com um show de humor com a participação de Zé Lezim. Ele levará à cidade a apresentação “Rir é o melhor remédio” aos servidores da educação, às 19h, na Quadra Poliesportiva Francinildo Albuquerque, no Centro.

A população também pode acompanhar esse momento de risadas, como explica a secretária de Educação, Alexandra Damasceno. “É um momento de descontração e de valorização dos nossos servidores que estão se preparando para receber os estudantes de volta às aulas. Como fazemos todos os anos, o evento envolve também os pais e responsáveis e claro, a nossa comunidade“, disse.

Destaque em Pernambuco em 2019, Dormentes quer continuar sendo referência na educação. “Vamos continuar trabalhando para melhorar o nosso desempenho e garantir ainda mais qualidade na nossa educação e nada melhor que começar o Ano Letivo 2020 com alegria e descontração. Nossos servidores e nossa população merecem”, destaca a prefeita, Josimara Cavalcanti.

O início das aulas estava previsto para ontem, mas devido às chuvas dos últimos dias, a Prefeitura adiou o retorno e em breve anunciará o novo calendário de 2020.

Reunião discute implantação do Novo Currículo na Rede Municipal de Petrolina

(Foto: Ascom)

Uma reunião nesta segunda-feira (10) discutirá o Novo Currículo da Rede Municipal de Ensino de Petrolina. O encontro será realizado no Auditório da Fundação Nilo Coelho e reunirá educadores para construir um melhor plano de trabalho na cidade.

Segundo a Prefeitura, o Novo Currículo de Petrolina definirá as competências (gerais e específicas), as habilidades e as aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver durante cada etapa da educação básica (Educação Infantil e Ensino Fundamental), de acordo com a realidade local, respeitando a diversidade e os traços culturais dos petrolinenses.

“De forma participativa e colaborativa, envolvendo todas as unidades escolares e educadores da rede em um amplo debate e construção coletiva. Precisamos da participação dos nossos educadores nesse que é um momento ímpar“, destaca a secretária executiva de Ensino, Rosane Costa.

Professores participam da abertura do ano letivo e Prefeitura anuncia novidades na Educação de Petrolina

Petrolina ganhará novas unidades de CMEI (Foto: Jonas Santos/Ascom)

Os professores da rede municipal de ensino de Petrolina participaram da solenidade de abertura do ano letivo. Mais de três mil profissionais participaram da festa, realizada no Iate Clube, na noite de terça-feira (4). A intenção é motivar os educadores para mais uma etapa de trabalho nas escolas e creches.

Durante o evento o prefeito Miguel Coelho (MDB) aproveitou para anunciar novidades. Cinco novos Centros de Educação Infantil (CMEIS) vão estar prontos esse ano, gerando mais 1.500 vagas para crianças e mais unidades serão construídas, em parceria com o Governo Federal. A climatização das salas de aula também está perto de acontecer.

“Petrolina tem a melhor educação de Pernambuco. Porém, ainda dá para melhorar muito, por isso, que vamos investir forte. Novas escolas, creches, incentivo aos profissionais da rede e outras tantas ações são um investimento no futuro. E tudo isso será garantido por cada pessoa envolvida na educação“, discursou Miguel na abertura do ano letivo.

“Na educação não cabem improvisos”, diz Paulo Câmara durante abertura do ano letivo estadual

(Foto: Hélia Scheppa/SEI)

O governador Paulo Câmara acompanhou, nesta terça-feira (4), a abertura do ano letivo 2020 na rede pública estadual de ensino, na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Aníbal Falcão, localizada em Tejipió, zona oeste do Recife. Ao todo, 580 mil estudantes matriculados nas 1.060 escolas da Rede Estadual de Pernambuco iniciaram as aulas hoje. O Estado, que já possui a maior rede de ensino integral do País, começa o ano letivo com o reforço de mais 27 escolas na modalidade, passando a contar com 440 unidades, sendo 394 escolas de referência e 46 escolas técnicas.

“Educação é trajetória. Já são 12 anos buscando melhorias dentro de um planejamento. É uma área em que não cabem improvisos. Por isso que o dia a dia é fundamental. Tenho certeza que vamos continuar nesse caminho positivo, sempre buscando uma educação pública de qualidade em Pernambuco”, afirmou o governador, reforçando ainda as metas para o ano vigente. “Nossa principal meta para 2020 é continuar avançando. Os programas estão garantidos e as escolas técnicas e de tempo integral estão se expandindo. Vamos buscar melhorar cada vez mais a qualificação dos professores e motivar cada vez mais os alunos, sempre mostrando que é através dos estudos que eles vão conseguir alcançar seus sonhos”, finalizou.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina inicia diálogo com gestores escolares com foco no ano letivo de 2020

(Foto: Ascom/PMP)

A pouco mais de três meses para o fim do ano, a Prefeitura de Petrolina já começou a intensificar o planejamento escolar para 2020. Para isso, a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Margareth Costa, está realizando reuniões individualizadas com os gestores escolares da rede municipal, com a finalidade de organizar o quadro de pessoal de cada unidade de ensino e receber as demandas para o planejamento do próximo ano letivo.

Entre as ações prioritárias da pasta estão: garantir a presença dos professores em sala de aula durante todo o ano letivo, sem interrupções nas sequências didáticas; assegurar o fornecimento dos materiais de suporte ao estudante; continuar com as ações de manutenção, ampliação de salas, revisão da rede elétrica e ampliação da instalação de ares-condicionados. Bem como, garantir o número suficiente dos técnicos administrativos e equipe de apoio, mantendo o bom funcionamento do ambiente escolar.

O objetivo do diálogo é preparar a equipe da Seduce para realizar o planejamento do próximo ano, a partir das prioridades das unidades.  “O órgão central do sistema de ensino deve planejar e atender as demandas das unidades em tempo hábil, como condição para o desenvolvimento do processo pedagógico escolar e, consequente alcance das metas de aprendizagem estabelecidas. Estamos nos antecipando para garantir o melhor para nossos alunos em 2020”, ressalta Margareth Costa, gestora da pasta.

Novas escolas em tempo integral iniciam aulas nesta segunda em Petrolina

(Foto: Jonas Santos/Arquivo PMP)

A partir desta segunda-feira (11), as atividades do ano letivo 2019 na modalidade de ensino integral serão iniciadas em três escolas do município. Com horário diário de 7h30 às 16h30, essas unidades terão uma jornada de 9 horas, divididas em aulas de 50 minutos, além dos períodos para refeição e descanso.

Esse modelo será implantado pela primeira vez nas escolas Monsenhor Bernardino, na Vila Eulália e Anézio Leão, na Vila Eduardo, além da São Domingos Sávio, no Gercino Coelho, que já trabalhava nesse formato anteriormente.

No ensino de período integral, os alunos passam a ter um acompanhamento mais próximo por parte dos professores e também da comunidade escolar, para reforço do conteúdo ofertado em sala de aula e maior participação nas atividades e ações da escola, fortalecendo o protagonismo estudantil.

A iniciativa faz parte do Programa Municipal de Educação Integral (ProMEI) da plataforma Petrolina Educa e visa criar uma política pública permanente para manter as crianças por mais tempo nas salas de aula, com mais qualidade no aprendizado e redução na evasão escolar.

Ensino Integral: prefeitura de Petrolina inicia ano letivo para mais de mil alunos nesta segunda

(Foto: Jonas Santos/Arquivo PMP)

A partir da próxima segunda-feira (11), um novo tempo na educação de Petrolina (PE) será vivenciado por mais de mil alunos, familiares e equipe escolar das unidades de ensino em Tempo Integral do município. Através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, a prefeitura iniciará as atividades do ano letivo 2019 na modalidade de ensino integral em três escolas da cidade.

Serão contemplados com esse novo modelo os alunos das escolas Monsenhor Bernardino, na Vila Eulália, Anezio Leão, na Vila Eduardo, e São Domingos Sávio, no Gercino Coelho.  Com horário diário de 7h30 às 16h30, de acordo com a Lei Municipal 3.108, que determina uma jornada de 9 horas, divididas em aulas de 50 minutos nessas unidades, além dos períodos para refeição e descanso. No ensino de período integral, os alunos passam a ter um acompanhamento mais próximo por parte dos professores e também da comunidade escolar, para reforço do conteúdo ofertado em sala de aula e maior participação nas atividades e ações da escola fortalecendo o protagonismo estudantil.

LEIA MAIS
123