Chuva: Apac emite novo alerta de chuva para Sertão do São Francisco 

População deve ficar alerta (Foto: Blog Waldiney Passos)

Pode chover forte nos municípios do Sertão do São Francisco nessa sexta-feira (7). A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um novo alerta válido até hoje, pois há risco de novos transtornos causados pela precipitação. Pela previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) que também publicou um alerta, pode chover entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia.

Na quinta-feira (6), quando alguns municípios como Bodocó e Floresta registraram alagamentos e queda de árvores, choveu 120 mm em Afrânio, 92 mm em Dormentes e outros 50 mm na cidade de Cabrobó. O caso mais grave em foi Bodocó, onde o desvio ao lado da Ponte do Rio Pequi alagou e um caminhão ficou submerso.

A população está isolada, já que o trânsito ainda é inviável. Pedestre improvisaram uma passarela na ponte em construção. Segundo o Governo de Pernambuco, a obra já está 95% concluída e deve ser entregue ainda em fevereiro.

Dormentes tem quase 100 mm de chuva nas últimas 24h

Interior de Petrolina teve bons índices de chuva (Foto: Blog Waldiney Passos)

A chuva voltou no final da tarde de quarta-feira (5) e continuou durante a madrugada. E os dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) indicam que Dormentes registrou chuva de 96,13 mm nas últimas 24 horas. O município foi o que mais choveu em todo Estado, seguido por Floresta (88,60 mm) e São José do Belmonte (80,28mm).

Em Petrolina onde mais choveu foi no Distrito de Rajada, 73,71 mm. Na região Central a Apac contabilizou 18 mm de chuva. Além desses municípios, a precipitação acumulada também teve destaque em Lagoa Grande, no Distrito de Jutaí (42,75 mm) e Parnamirim (49,69mm).

Por volta de 17h20 de ontem a Apac emitiu alerta de chuva forte para o Sertão do São Francisco, aviso que é válido até hoje. A população deve estar atenta aos riscos de alagamento, deslizamentos e queda de árvores. Em caso de problemas, a recomendação é acionar a Defesa Civil Municipal.

Apac emite novo alerta de chuva para Sertão do São Francisco

Apesar do sol que timidamente aparece nos municípios do Sertão do São Francisco, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um novo alerta para a região. O aviso é válido até essa quarta-feira (5) e foi emitido no final da tarde da última terça-feira (4).

De acordo com a Apac, há possibilidade de chuva com intensidade forte também no Sertão e Agreste do Estado. Alguns municípios já registraram um bom volume acumulado. No Distrito de Rajada, interior de Petrolina, choveu 16,94 mm.

Também teve chuva em Ipubi, Parnamirim e Cabrobó, onde um canal chegou a sangrar. Até o momento o município com maior volume acumulado no ano é Lagoa Grande.

Lagoa Grande e Floresta voltam a registrar grande volume de chuva

Floresta teve segundo maior volume de chuva nas 24h (Foto: Reprodução/O Povo com a Notícia)

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) previa forte chuvas no Sertão e em alguns municípios a expectativa se concretizou. Lagoa Grande, a cidade do Sertão do São Francisco com maior volume acumulado em janeiro voltou a registrar mais precipitação. Nas últimas 24 horas, segundo a Apac, foram 96,13 mm.

LEIA TAMBÉM

Apac e INMET emitem alerta de chuva forte no Sertão

Até às 9h20 dessa segunda-feira (3) a Agência contabilizou 43,76 mm no município que já havia tido alagamentos em residências e vários prejuízos no comércio da cidade. Também choveu bem em Dormentes, Belém do São Francisco e Cabrobó. Floresta teve a segunda maior média acumulada em 24 horas: 71,40 mm.

Nesse município há registro de árvores caídas e pequenos alagamentos na zona rural. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu, por volta de 10h, um novo alerta de chuvas fortes no Sertão, válido até às 9h desta terça-feira (4).

Apac e INMET emitem alerta de chuva forte no Sertão

Fevereiro deve começar chuvoso (Foto: Blog Waldiney Passos)

Pode chover forte em todo Estado até domingo (2). Em nota publicada no site oficial da Agência Pernambucana de Água e Clima (Apac), de hoje até amanhã deve haver pancadas de chuva e precipitação moderada, inclusive no Sertão.

O alerta também é válido à Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata. Além da Apac, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) também emitiu Alerta de Perigo Potencial para a nossa região. Pode chover em média de 20 a 30 mm em alguns municípios, segundo o Instituto.

Janeiro começou com chuva e em alguns municípios, como Lagoa Grande, no Sertão, houve dias em que a chuva causou estragos nos bairros mais baixos. Segundo o INMET, em caso de problemas, os moradores devem acionar a Defesa Civil.

Dormentes, Petrolina e Lagoa Grande registram chuva no final de semana

Cabrobó teve boa chuva no domingo (Foto: Blog Didi Galvão)

Depois de uns dias sumida, a chuva voltou a alegrar o sertanejo e amenizou o calor. Além de Petrolina, também choveu em várias cidades da região. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) contabilizou 15 mm nas últimas 24 horas em Dormentes. Floresta teve precipitação acumulada de 13,60 mm, enquanto Petrolina pouco mais de 9 mm, levando em conta zona urbana e rural.

Lagoa Grande e Parnamirim também tiveram final de semana chuvoso. Em Cabrobó, outro município com boa chuva no domingo (26) e a água empoçada chegou a tomar a Avenida do INSS. No entanto não há relato de danos materiais.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) tem alerta de perigo potencial válido para o Sertão de Pernambuco, até às 9h de hoje. É preciso ficar alerta, para evitar maiores problemas, já que o INMET prevê chuva de entre 20 mm e 50 mm. Em caso de problemas, é necessário entrar em contato com a Defesa Civil.

Sertão: Floresta registra mais de 80 mm de chuva

Se em Petrolina a chuva deu uma trégua nessa sexta-feira (24), em Floresta, Sertão do Estado a água que caiu do céu atingiu a marca de 81,7 mm apenas em um dia. Os dados são do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA). Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o município registrou a segunda maior média das últimas 24 horas.

A previsão de hoje na cidade é de céu nublado, com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. A máxima é de 35º e a mínima de 22°. Em caso de problemas causados pela água acumulada, a população deve acionar a Defesa Civil. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) alerta para a possibilidade de quedas de árvores e deslizamentos. Para os próximos dias a Apac prevê chuva leve a moderada nos municípios do Sertão.

Alerta de perigo potencial por causa das chuvas segue até essa quinta-feira em várias cidades do Sertão

Lagoa Grande é um dos municípios em alerta (Foto: Nininho Poeta/Reprodução)

Conforme o Blog mostrou ontem, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta de perigo potencial por causa das chuvas que começaram a cair na madrugada de quarta-feira (22). O aviso é válido até às 10h dessa quinta-feira (23) e pode ser renovado, já que há poucos minutos voltou a chover forte em algumas cidades, como Petrolina.

De acordo com o INMET, nos municípios citados no alerta pode chover até 50 mm em um único dia. Entre os municípios que listados estão Afrânio, Araripina, Belém do São Francisco, Bodocó, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande e Petrolina. Na Bahia, Juazeiro, Campo Formoso, Campo Alegre de Lourdes entre outros.

Em Lagoa Grande, que apenas ontem contabilizou 133 mm em um dia, nas últimas 12 horas a precipitação acumulada foi de 49,98 mm, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Rajada, Distrito de Petrolina, registrou 6,77 mm e na cidade de Dormentes, mais de 22 mm.

Apac prevê chuvas até a próxima semana no Sertão do São Francisco; INMET tem alerta para região

Chuva deve persistir na região (Foto: Blog Waldiney Passos)

A quarta-feira (22) começou com chuva em Petrolina e de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), até às 7h50 já havia chovido 27, 400 mm na região central. O valor foi contabilizado na unidade da Agência, localizada no bairro Gercino Coelho. No Jardim São Paulo, outro ponto observado o acumulado da chuva foi de 19,20 mm.

Nos bairros José e Maria e Cohab Massangano a Apac registrou, respectivamente, 18,80 mm e 15,20 mm. A previsão para o Sertão do São Francisco hoje é de céu nublado, com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. A Agência ainda estima chuva até o dia 28 de janeiro nessa região.

INMET tem alerta para região

Na tarde de terça-feira (21) o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu um alerta válido até 9h de hoje, para diversos municípios baianos e pernambucanos. O alerta amarelo registra perigo potencial, já que a chuva acumulada pode variar de 20 a 30 mm.

Ipubi e Parnamirim registram boas chuvas, mas Apac prevê tempo firme nesta sexta-feira

Ipubi e Parnamirim seguem registrando boas chuvas

O sol apareceu em Petrolina, mas a chuva continua em dois municípios do Sertão. Em Ipubi e Parnamirim não houve trégua e choveu bem nas últimas 24 horas. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), em Serrolândia foram registrados 32,27 mm.

Parnamirim teve uma chuva menor, com 29,12 mm. Na quarta-feria (8) o município com o maior índice de precipitação acumulada foi São José do Belmonte, totalizando 39,63 mm.

A previsão da Apac para o Sertão na sexta-feira (10) é de tempo firme e muito sol, ou seja, a chuva dará uma trégua. A máxima deve ser de 38° C e a mínima de 22° C.

Lagoa Grande: chuva arrasta parte de muro do cemitério, em Vermelhos

Parte do muro não aguentou a chuva (Foto: Reprodução)

A chuva de segunda-feira (6) também deixou prejuízos na cidade de Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco. Parte do muro do cemitério localizado no Distrito de Vermelhos, zona rural, foi levado pela força da água. Apesar do susto, não houve registro de feridos em decorrência do incidente.

Até às 9h20 dessa terça-feira (7) a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) havia registrado chuva acumulada de 14,18 mm no município, ponto de monitoramento implantado em Jutaí.

Parnamirim registra mais de 50 mm de chuva em 24 horas, segundo Apac

Petrolina voltou a registrar chuva forte (Foto: Blog Waldiney Passos)

A noite de segunda-feira (6) confirmou a previsão de mais chuva no Sertão do São Francisco e com a água que caiu até a madrugada dessa terça-feira (7), várias cidades da região registraram bons índices de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

LEIA TAMBÉM:

Chuva forte deixa Petrolina e Juazeiro alagados; deve chover mais nesta terça

Parnamirim teve o maior acumulado de chuva nas últimas 24 horas, com 52,09 mm. Em seguida, de acordo com a Apac, veio Petrolina com 44,80 mm na unidade de monitoramento implantada no bairro Cohab Massangano. O Gercino Coelho registrou chuva acumulada de 41,400 e o José e Maria mais 34,60.

LEIA MAIS

Cidades do Sertão registram chuva e alegram moradores

Petrolina teve chuva, mas sem registros de problemas (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano começou com chuvas em diversas cidades do Sertão de Pernambuco. Em Orocó, a forte chuva de sábado (4) chegou a alagar algumas ruas do Centro. Cabrobó também foi surpreendida na tarde de ontem.

Outros municípios da região também foram agraciados. Em Parnamirim, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), choveu 13,65 mm. O sábado também foi chuvoso em Petrolina, com bons índices na zona urbana (até 6,20 mm) e rural (3,05 mm em Rajada).

Nas últimas 24 horas Dormentes teve acumulado de 3,55 mm. A previsão da Apac é que o domingo (5) seja nublado, com pancadas de chuva isoladas ao longo do dia.

Com bons registros no início de 2020, Apac prevê clima favorável a chuvas no Sertão

Chuva de 2020 deve ficar dentro da média para o Sertão (Foto: Blog Waldiney Passos)

2019 se despediu com chuva e o novo ano deve ser bom para os sertanejos. A previsão da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) é de que 2020 registre precipitação dentro da média para o Sertão do São Francisco, amenizando os problemas no interior.

LEIA TAMBÉM:

Segundo Apac, Petrolina registrou 17 mm de chuva em apenas 1h

Em entrevista a Rádio Jornal Petrolina no programa Super Manhã com Waldiney Passos, o meteorologista da Apac, Roberto Pereira revelou que a previsão é positiva e em alguns municípios pode superar a média estimada. “Existe boa possibilidade de chuva para a região. A estação chuvosa do Sertão começa agora em janeiro e se estende até março e abril. Dentro das previsões, que são favoráveis, isso ajuda que as chuvas desse ano sejam bem próximas da normalidade ou até um pouco acima em alguns pontos“, disse.

LEIA MAIS

Segundo Apac, Petrolina registrou 17 mm de chuva em apenas 1h

Chuva deixou algumas ruas alagada (Foto: Blog Waldiney Passos)

O último dia de 2019 começou com a tão esperada chuva, anunciada previamente pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Nessa terça-feira (31), segundo a própria Apac, em apenas uma hora choveu 17,00 mm. Nos últimos 30 minutos já há um somatório de 6,60 mm.

LEIA TAMBÉM:

2020 deve ter maior incidência de chuva no Sertão de Pernambucano, afirma meteorologista da APAC

Hoje a previsão é de céu parcialmente nublado, com pancadas de chuva de forma isolada no período da noite com intensidade moderada a forte, então atenção na hora de celebrar o Réveillon. A máxima para hoje é de 34º e a mínima de 23°.

123