Juazeiro: grupo apela pela revogação da Lei que retira direitos adquiridos dos professores inativos

O grupo de professores integrantes da Associação dos Trabalhadores em Educação dos Pensionistas Aposentados (ATEPAAJ) estiveram na Câmara de Vereadores de Juazeiro na manhã desta segunda-feira (22), para pressionar os vereadores a revogar a lei aprovada na legislatura passada, do Executivo municipal, do então Prefeito Paulo Bomfim, que desconta 14% da Previdência municipal dos trabalhadores aposentados do município.

O apelo do grupo é que a prefeita Suzana Ramos apresente um Projeto de Lei substitutivo restituindo os prejuízos retirados do prefeito anterior. Eles lutam pela retomada dos direitos adquiridos para retirar os prejuízos da lei que desconta dos salário dos professores que por anos se dedicaram à educação do município, e que a partir dessa Lei foram surpreendidos negativamente com a retirada desses direitos, entre outras medidas nocivas à categoria.

Para a categoria, um prejuízo aprovado pela legislatura passada e o grupo desses profissionais se organizaram pra lutar pela reparação desse projeto danoso a categoria.

LEIA MAIS

Juazeiro: aposentados e pensionistas do município recebem primeira parcela do 13º na próxima semana

(Foto: Marcel Cordeiro/PMJ)

Quinze de fevereiro. É a data marcada pelo Instituto de Previdência de Juazeiro (IPJ), para realizar o pagamento da 1ª parcela do 13º salário servidores aposentados e pensionistas do município. A ação foi uma promessa da prefeita Suzana Ramos quando assumiu a prefeitura.

Segundo o diretor-executivo do IPJ, Marcus Onildo, não haverá descontos de impostos nesse repasse. “É uma parcela significativa, visto que ela não vem com os descontos do imposto de renda que será cobrada apenas na segunda parcela”, disse.

O pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário, será realizado no dia 15 de novembro, de acordo com o cronograma do instituto previdenciário.

Petrolina: IGEPREV adianta pagamento do salário do mês de junho

(Foto: ASCOM)

O Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV), depositou nesta segunda-feira (22), o pagamento do salário referente ao mês de junho, para aposentados e pensionista do município.

O instituto informou que a ação foi movida em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) e tem como objetivo atenuar todo transtorno causado pela doença.

Aposentados recebem segunda parcela do 13º a partir de segunda-feira

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa, na próxima segunda-feira (25), a pagar o 13º de aposentados e pensionistas. O depósito da segunda parte desse abono anual será realizado no período de 25 de maio a 5 de junho, conforme a tabela de pagamento de 2020. A antecipação do 13º é uma das medidas anunciadas pelo governo federal para o enfrentamento da pandemia da covid-19.

Para aqueles que recebem um salário mínimo, o depósito da antecipação será feito entre os dias 25 de maio e 5 de junho, de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados entre os dias 1º e 5 de junho.

Segundo o Ministério da Economia, em todo o país, 35,8 milhões de pessoas receberão seus benefícios de maio. O INSS injetará na economia um total de R$ 71,5 bilhões. Desse total de pagamento referente a maio, 30,8 milhões de beneficiários receberão a segunda parcela do 13º, o equivalente a R$ 23,8 bilhões.

Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2020, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário. Nesta parcela, vale lembrar, é feito o desconto do Imposto de Renda (IR).

Aqueles que recebem benefícios assistenciais – Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS) e Renda Mensal Vitalícia (RMV) – não têm direito ao abono anual.

Como saber qual é o dia do pagamento

Para saber o dia do pagamento, é preciso verificar o número do benefício. Cada benefício pago pelo INSS é composto por uma numeração única e segue um padrão de 10 dígitos no seguinte formato: Número do Benefício (NB): 999.999.999-9

O número a ser observado é o penúltimo algarismo. Além dessa informação, também é necessário observar se o benefício é de um salário mínimo ou mais.

Prefeitura de Juazeiro libera segunda parcela do 13° de aposentados e pensionistas

O Instituto Previdenciário de Juazeiro (IPJ) libera, nesta quarta-feira (20), o pagamento da segunda parcela do 13° salário dos servidores aposentados e dos pensionistas da Prefeitura de Juazeiro. Previsto apenas para dezembro, o pagamento do benefício foi antecipado com o objetivo de reduzir os impactos financeiros da pandemia do coronavírus para os servidores que integram o grupo de pessoas mais afetado pela crise.

LEIA TAMBÉM

Vereadores de Juazeiro aprovam antecipação de pagamento do 13º de servidores municipais

Com a segunda parcela do 13° salário e o pagamento dos vencimentos desses servidores, a Prefeitura vai injetar mais de R$ 2,5 milhões na economia local. “O governo municipal garante, dessa forma, recurso para os nossos servidores que fazem parte do grupo de risco da doença e movimenta a economia local”, diz o diretor-presidente do IPJ, Antônio Carlos dos Santos.3

Petrolina antecipa pagamento da primeira parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do IGEPREV

(Foto: Ascom/PMP)

O prefeito Miguel Coelho anunciou, nesta sexta-feira (20), medidas para amenizar os impactos econômicos que podem afetar a vida dos cidadãos, em razão da pandemia do novo coronavírus.

LEIA TAMBÉM

Prefeitura de Petrolina prorroga prazo de desconto do IPTU até 15 de abril

Entre as medidas, destaca-se a antecipação da 1ª parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do IGEPREV. O pagamento que seria efetuado em junho, agora, será feito no dia 6 de abril.

Outra medida beneficia os empresários e comerciantes de Petrolina. De acordo com o anúncio feito pelo gestor municipal, o ISS será parcelado pelos próximos meses. O valor de março que vence em abril, será pago metade em abril e a outra metade em agosto. O valor de abril, que vence em maio, vai ser pago metade em maio e metade em setembro, já o valor de maio, que vence em junho, vai ser pago metade em junho e metade em outubro.

INSS começa a pagar primeira parcela do 13º dos aposentados 

(Foto: Internet)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta segunda-feira (26), a primeira parcela do 13º salários dos aposentados e pensionistas. A data de pagamento varia de acordo com o número final do benefício. O dinheiro será depositado junto com a folha mensal de agosto.

A antecipação vai beneficiar aqueles que, durante o ano, tenham recebido auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria, auxílio-reclusão ou pensão por morte e demais benefícios administrados pelo INSS que também façam jus ao abono anual. A parcela dos 50% restantes será paga no fim do ano.

LEIA MAIS

Pagamento da primeira parcela do 13º a aposentados e pensionistas começa hoje (27)

(Foto: Arquivo)

A segunda-feira (27) começou com a antecipação da primeira parcela do 13º salário a aposentados e pensionistas. O pagamento seguirá até 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de Benefícios de 2018. A Secretaria de Previdência estima injeção de R$ 20,7 bilhões na economia do país com o dinheiro pago.

Segundo o INSS, 29,7 milhões de brasileiros terão direito a receber a primeira parcela do abono anual, que corresponde à metade do valor do benefício. Quem passou a ser beneficiário a partir de janeiro desse ano, receberá em outro momento.

Não haverá desconto de Imposto de Renda nesta primeira parcela, o tributo será cobrado apenas em novembro e dezembro, quando for paga a segunda parcela.

Tem direito ao décimo terceiro quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas

(Foto: Ilustração)

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão a primeira parte do 13º salário junto com a remuneração de agosto. A primeira parcela do abono anual corresponderá a até 50% do valor do benefício.

O decreto autorizando a antecipação foi assinado hoje (16) pelo presidente Michel Temer, mas ainda não foi publicado no Diário Oficial da União. A medida deve injetar R$ 21 bilhões na economia do país e movimentar o comércio e outros setores.

Como determina a legislação, não haverá desconto de Imposto de Renda na primeira parcela paga a aposentados e pensionistas do INSS. O imposto sobre o valor somente pode ser cobrado na segunda parcela da gratificação natalina, a ser paga junto com a remuneração de novembro.

Desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas na folha de agosto. Somente em 2015, o pagamento foi adiado para setembro, por causa do ritmo fraco da economia e da queda da arrecadação.

Fonte Agência Brasil

Aposentados e pensionistas precisam comprovar vida até o final de fevereiro

Até o dia 28 de fevereiro, aposentados e pensionistas devem comprovar junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que estão vivos. Quem não fizer a comprovação terá o pagamento de benefícios bloqueado pela instituição.

Mais de três milhões de beneficiários ainda não fizeram a comprovação obrigatória, segundo o INSS. Os aposentados e pensionistas devem se dirigir ao banco no qual recebem o benefício e apresentar um documento de identidade com foto – vale RG, carteira de trabalho, CNH.

Quem não puder comparecer à agência bancária por motivo de doença ou dificuldade de locomoção pode eleger um procurador que deverá ser cadastrado junto ao INSS. O procurador deverá ir a uma agência da Previdência Social munido do documento assinado pelo beneficiário e de um atestado médico, emitido nos últimos 30 dias, comprovando a impossibilidade de locomoção do beneficiário.

Os beneficiários que vivem no exterior também podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador cadastrado no INSS ou por meio de documento de prova de vida emitido por consulado, bem como pelo Formulário Específico de Atestado de Vida para o INSS, que está disponível nos sites da Repartição Consular Brasileira ou do instituto.

Recadastramento de aposentados e pensionistas do Igeprev termina nesta sexta

(Foto: ASCOM)

O Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (Igeprev) reforça que o recadastramento dos aposentados e pensionistas termina nesta sexta-feira (19). O procedimento é obrigatório para quem quiser continuar a receber o benefício.

O recadastramento, além de atualizar os dados dos segurados, também funciona como uma fiscalização. Evita que pessoas que não têm direito continuem recebendo os pagamentos dos aposentados que já morreram, por exemplo.

A atualização dos dados deve ser feita na sede do órgão, que fica localizado na Avenida José de Sá Maniçoba, 200, área central da cidade (próximo ao Hospital Universitário).

É preciso levar os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de escolaridade, Título de Eleitor, comprovante de residência atual, Certidão de Nascimento/Casamento ou Divórcio, 2 fotos 3X4, Carteira de Registro Profissional, além de Certidão de Nascimento dos dependentes. No caso dos pensionistas, levar também o Atestado de Óbito. O Igeprev funciona de 7h às 13h.

Recadastramento de aposentados e pensionistas do Igeprev é prorrogado até o dia 16 de janeiro

(Foto: ASCOM)

Foi prorrogado até o dia 16 de janeiro o recadastramento dos aposentados e pensionistas do Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (Igeprev). O recadastramento tem como principal objetivo fazer a prova de vida dessas pessoas e os servidores que não o fizerem terão o pagamento suspenso.

A atualização dos dados deve ser feita na sede do órgão que fica localizado na Avenida José de Sá Maniçoba, 200, área central da cidade (próximo ao Hospital de Urgência e Traumas).

Para fazer o recadastramento é preciso comparecer no órgão com RG, CPF, comprovante de escolaridade, Título de Eleitor, comprovante de residência atual, Certidão de Nascimento/Casamento ou Divórcio, 2 fotos 3X4, Carteira de Registro Profissional, além de Certidão de Nascimento dos dependentes. No caso dos pensionistas, levar também o Atestado de Óbito. O Igeprev funciona de 7h às 13h.

Prorrogado prazo de recadastramento de aposentados e pensionistas do Igeprev em Petrolina

(Foto: ASCOM)

O Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (Igeprev) prorrogou por mais 60 dias o prazo para o recadastramento dos aposentados e pensionistas.

A atualização dos dados cadastrais é obrigatória e caso o servidor aposentado ou pensionista não efetive o recadastramento, seus proventos serão suspensos por tempo indeterminado ou até que compareça ao Igeprev e formalize a atualização dos dados.

Segundo o diretor-presidente do Igeprev, Wíllames Barbosa, a prorrogação visa alcançar os inativos e pensionistas que ainda não efetivaram o recadastramento.

O servidor deverá comparecer no órgão, no horário compreendido entre 7h às 13h, para apresentar os seguintes documentos:  RG; CPF; Comprovante de Escolaridade; Título de Eleitor; Comprovante de residência atualizado; Certidão de Nascimento dos dependentes; Certidão de Casamento/ Divórcio ou Certidão de Nascimento; 02 fotos 3×4 coloridas; Carteira de Registro Profissional para cargos vinculados a Conselhos de Categoria profissional e Atestado de óbito (para pensionista).

Pagamento do PIS/Pasep para idosos começa amanhã

(Foto: Internet)

A Caixa Econômica Federal libera nesta terça-feira (17) a primeira fase do pagamento do Programa de Integração Social (PIS) com a expectativa de R$ 6,7 bilhões em saques.Para a primeira fase, apena idosos com mais de 70 anos titulares de conta corrente ou poupança individual na Caixa podem retirar o PIS/Pasep.

Os 3,6 milhões de beneficiários liberados para sacar os recursos nessa fase correspondem a 56% do total de brasileiros com direito ao PIS. Para ter direito ao saque do PIS, é preciso ser trabalhar com carteira assinada e cadastrado no Fundo PIS/Pasep no período de 1971 a 4 de outubro de 1988.

O calendário de saques do Pasep será semelhante. O Banco do Brasil informa que 1,6 milhão de cotistas do Pasep se enquadram nas condições da MP. Os clientes do banco com 70 anos ou vão receber os valores automaticamente nesta terça-feira.

Com informações da Agência do Estado

Saques do PIS/Pasep podem ser feitos a partir de 19 de outubro

A medida tem o potencial de atingir um público próximo a 8 milhões de pessoas. (Foto: Ilustração)

Segundo cronograma divulgado pelo governo nesta quinta-feira (28), o calendário de saque de recursos das contas do PIS/Pasep para os idosos começa no dia 19 de outubro. A partir desta data poderão sacar os cotistas com mais de 70 anos. A partir de 17 de novembro serão disponibilizados os recursos para os aposentados. Em 14 de dezembro será a vez da antecipação do saque para mulheres a partir de 62 anos e os homens a partir de 65 anos fazerem os saques.

Pelos cálculos do governo, a liberação deve injetar R$ 15,9 bilhões na economia. A medida tem o potencial de atingir um público próximo a 8 milhões de pessoas. O saldo médio dos cotistas é de R$ 1,2 mil, sendo que a maioria tem saldo em torno de R$ 750 na conta do PIS/Pasep.

Só tem direito aos recursos o trabalhador do setor público ou privado que tenha contribuído para o PIS ou Pasep até 4 de outubro de 1988 e que não tenha feito o resgate total do saldo do fundo. Quem começou a contribuir depois dessa data não tem direito ao saque.

Com informações do FolhaPE

12