Famoso criminoso é preso na Rodoviária de Petrolina pelo 2º BIEsp

Criminosos estava em um veículo estacionado na Rodoviária de Petrolina.

Policiais do 2º BIEsp prenderam, nessa quinta-feira (21), um dos criminosos mais conhecidos do Sertão do Araripe e no Estado do Ceará, pela prática reiterada de homicídios, roubos e tráfico de drogas.

A guarnição realizava patrulhamento, quando foi acionada por um Polícia Militar de folga para proceder com abordagem em um indivíduo suspeito que estava no Terminal Rodoviário de Petrolina (PE).

O alvo foi localizado no interior de um veículo de transporte por aplicativo e, ao ser abordado, apresentou um documento de identidade com características de adulteração. Após ser questionado, o suspeito informou sua verdadeira identidade.

LEIA MAIS

Caso Beatriz: MPPE reforça divulgação de imagens para tentar localizar suspeito do crime

Os promotores de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) que integram o grupo de trabalho responsável por auxiliar nas investigações do assassinato da garota Beatriz Mota, que completa dois anos no dia 10 deste mês, optaram por reforçar a divulgação das imagens de câmeras que gravaram o suspeito do crime, ocorrido nas dependências do colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora, onde a menina estudava, em Petrolina (PE).

Nas imagens, além da figura do homem, os membros do MPPE destacaram características físicas, como formato do rosto, detalhes do cabelo e o tipo físico do indivíduo, que podem ser determinantes para a população ajudar a localizar o suspeito.

Quem tiver informações relevantes sobre o caso pode entrar em contato com o grupo de trabalho do MPPE por do WhatsApp, pelo número (81) 98878.5733, dedicado exclusivamente a receber o contato da população.

O caso

Beatriz foi brutalmente assassinada no dia 10 de dezembro de 2015. Na ocasião, a família comemorava a formatura da filha mais velha no colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora. A garota havia sumido e foi encontrada morta com 42 perfurações causadas por uma faca em uma das dependências do colégio.

Ex-companheiro e principal suspeito do assassinato de Layse dos Santos é preso em Itaberaba (BA)

(Foto: Divulgação)

No início da tarde de hoje (13) Cleber Araújo de 38 anos, foi localizado em Itaberaba, na Chapada Diamantina. Ele é o principal suspeito de ter assassinado, Layse dos Santos, em junho deste ano.

O acusado estava foragido desde o dia 20 de junho, quando Layse dos Santos foi assassinada quando saía do trabalho a bordo de um mototáxi. Ela foi atingida por diversos disparos com arma de fogo e morreu no local. O mototaxista, que levava a vítima, também ficou ferido pelos disparos.

Layse prestou queixa na Delegacia da Mulher de Juazeiro, no início deste ano, contra seu ex-companheiro Cleber Araújo, que já tinha tentado matar a jovem com um disparo, feito com arma de fogo, que não chegou a acertar a jovem.

O acusado será transferido de Itaberaba para Juazeiro, onde ficará à disposição da justiça.

Foto compartilhada nas redes sociais com suposto assassino de Beatriz é falsa

(Foto: Montagem)

Desde o anúncio das imagens do provável suspeito de ter assassinado a garota Beatriz Mota, em Petrolina (PE), algumas pessoas têm compartilhado em aplicativos de mensagens e nas redes sociais uma foto atribuindo o assassinato a um outro homem, que aparece no lado esquerdo da foto acima.

Contudo, a informação não procede. Na verdade, a foto que está sendo compartilhada é de um indivíduo que foi preso no mês de outubro de 2016, em Maracanaú, no Ceará, por tráfico de drogas. Ele tinha um mandado de prisão em aberto aqui em Pernambuco por furto qualificado.

Aqueles que tiverem informações sobre o real suspeito, que aparece no lado direito da imagem acima, podem realizar denúncias através dos números: (87) 99911-8104, (87) 3421-9595 ou (87) 3719-4546. A recompensa para quem disponibilizar informações sobre o acusado é de R$ 10 mil.

 

Delegada Gleide Angelo apela para que população ajude a encontrar assassino de Beatriz

Em vídeo, a delegada apela para que as pessoas se comuniquem com a polícia por meio dos mais diversos canais/ Foto: Fernando da Hora – JC Imagem

Em vídeo, a delegada Gleide Angelo, apela para que as pessoas se comuniquem com a polícia por meio dos mais diversos canais e ajudem a conseguir alguma resposta à família ‘já tão sofrida’ da menina Beatriz Angélica Mota, aos 7 anos, assassinada durante uma festa de formatura no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, na noite do dia 10 de dezembro de 2015.

“O que a polícia precisa agora é da ajuda da população. O que a gente pede a vocês é que, por qualquer canal, ouvidoria, Disque-Denúncia, WhatsApp, quem tiver alguma informação que nos leve até o suspeito, entre em contato. Nós já temos o rosto, precisamos que a população nos ajude a identificar.”, apelou.

Veja o vídeo:

Com informações do JC Online.

Veja as imagens do assassino de Beatriz Angelica divulgadas pela Polícia Civil

Aos poucos as imagens e informações sobre o assassino de Beatriz Angelica estão sendo divulgadas pela Polícia Civil. Segundo descrição da delegada Gleide Ângelo, o assassino passou duas horas agindo como flanelinha em frente à escola, onde estava havendo um evento.

“Tudo indica que ele entrou na escola por volta das 21h45. Seis pessoas o viram. Mas a menina desceu às 21h49 para beber água, então foi entre 10 e 12 minutos o tempo que ele permaneceu lá. Até quando pegou Beatriz”, descreve Gleide Ângelo.

“Ele é o assassino. Estamos disponibilizando para a população o rosto do assassino da menina Beatriz”, disse a delegada, ao apresentar a foto do criminoso. A recompensa para quem passar informações é de R$ 10 mil. A investigação seguiu a partir da análise do suspeito anterior.

Veja as imagens divulgadas até o momento:

Imagem retirada de câmeras de segurança (Foto: Divulgação/PC)

Imagem retirada de câmeras de segurança (Foto: Divulgação/PC)

Imagem retirada de câmeras de segurança (Foto: Divulgação/PC)


Denúncias podem ser feitas pelos seguintes números:
– Disque-denúncia: (81) 3421-9595/ (81) 3719-4545
– Ouvidoria da SDS: 181 / Whatsapp: (87) 99911-8104

Polícia revela novas imagens do homem que matou a menina Beatriz Mota

(Foto: Divulgação/PC)

No início da tarde desta quarta-feira (15), através de uma coletiva, a Polícia Civil divulgou uma nova imagem do assassino de Beatriz Angelica. As novas imagens são diferentes do retrato falado divulgado anteriormente.

A delegada Gleide Ângelo, que investiga o caso disse que não tem dúvidas sobre a autoria do crime e pede ajuda da população para identificar o homem que aparece nas imagens. Segundo a investigação, Antes de cometer o assassinato, o suspeito ficou por duas horas na frente da escola atuando como se fosse flanelinha, e teve contato com várias pessoas que foram à festa.

Em breve novas informações.

Com informações do Diário de Pernambuco

Caso Beatriz: oitavo card traz vídeo do suspeito

O oitavo card divulgado pela família de Beatriz, assassinada em dezembro do ano passado, traz o link do vídeo do homem suspeito de ter cometido o crime. Um pouco corcunda, com um andar diferente, de pele escura e estatura mediana. São estas as características da pessoa do vídeo divulgado pela Polícia Civil de Pernambuco.

Confira:

Neste OITAVO card, apresentamos mais detalhes sobre o suspeito que a Polícia Civil acredita ser o COVARDE EXECUTOR de nossa princesa.

ASSISTA AO VÍDEO E DENUNCIE!
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=624071624441644&id=547908358724638

Se você o conhece, o viu ou sabe de qualquer outra informação, nos ajude!

ELE PODE ESTAR PERTO DE VOCÊ!

Preste atenção ao vídeo e a partir de agora OBSERVE as pessoas ao seu redor.

Coletiva de imprensa

No próximo sábado (10) os pais de Beatriz, Sandro e Lucinha, convidam todos os meios de comunicação do Vale do São Francisco para uma coletiva, às 9h, no Top de Linha em Juazeiro (BA).

Manifestação de Fé

Neste sábado (10), será realizada uma “Manifestação de Fé” cobrando as autoridades policiais resultados das investigações. Nesta data, fará um ano do assassinato da menina Beatriz Mota, o crime continua sem punição. O ato terá concentração em frente ao colégio, localizado em frente a praça da Catedral de Petrolina (PE), a partir das 19h.

Bia, como era chamada, foi assassinada ano passado durante uma festa de formatura em um colégio particular de Petrolina (PE). O corpo da menina foi encontrado em um depósito, próximo ao local onde era realizada a cerimônia, com vários golpes de faca.

Pai com diagnóstico de depressão mata filho de 6 anos em Ipubi (PE)

(Foto: Arquivo)

Pai mata filho de 6 anos em Ipubi. (Foto: Arquivo)

Na noite desta quinta-feira (28), um pai assassinou o seu filho de seis anos a facadas. O crime aconteceu na cidade de Ipubi (PE). Segundo a Polícia Militar, o garoto estava em casa com o pai quando foi atingido por golpes de faca desferidos pelo próprio pai.

O suspeito foi preso na casa da mãe. A faca ainda estava com ele no momento da prisão. De acordo com a Polícia, o suspeito sofre de depressão e faz uso de medicamento controlado. Ele foi autuado em flagrante e levado à delegacia de Ouricuri.

Assassino do cartunista Glauco Villas Boas é morto em presídio

assassino glauco

Morreu na manhã de hoje (4) Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 30 anos, o Cadu, que em 2010 matou o cartunista Glauco Villas Boas e o filho dele, Raoni Villas Boas, no sítio onde a vítima morava, em Osasco, São Paulo.

Cadu estava preso no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional, em Aparecida de Goiânia, e segundo a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás, o óbito aconteceu durante o banho de sol durante um confronto com o interno Nilson Ferreira de Almeida.

Nilson confessou a autoria do crime e disse ter usado uma arma artesanal para se defender durante a briga. O caso está sendo investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios.

Cadu estava detido desde o dia 3 de setembro de 2014, cumprindo pena por latrocínio – roubo seguido de morte -, após roubar um veículo em Goiânia e assassinar o proprietário. Apesar de ter confessado a morte do cartunista, foi diagnosticado com esquizofrenia e não foi julgado por este crime, porque a Justiça o considerou inimputável.

Testemunhas ajudaram a Polícia Civil na elaboração do retrato falado do suposto assassino de Beatriz

menina beatriz(1)

Após quase três meses da morte da estudante Beatriz Angélica Mota, 7 anos, encontrada morta dentro de uma das salas de aula de uma escola católica de Petrolina (PE) com mais de 40 perfurações pelo corpo, provocados por uma faca de cozinha, a Polícia Civil (PC) de Pernambuco finalmente mostrou a imagem do suposto assassino da garota.

A apresentação do retrato falado do suspeito de cometer o crime  aconteceu na manhã desta segunda-feira (22/02) o em coletiva à imprensa no Recife .

De acordo com a polícia, o homem é moreno, tem altura entre 1,65 e 1,70 e aparenta ter 70 quilos. A imagem mostra um rosto largo e olhos fundos. O retrato falado foi feito a partir do relato de testemunhas, que teriam visto um homem com estas características próximo ao local do crime.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Marceone Ferreira Jacinto, um homem com estas características estava dentro do Colégio Auxiliadora no dia do crime. O suspeito foi visto por três testemunhas dentro do banheiro feminino e do masculino em atitude suspeita, lavando o cabelo e o rosto.

“Nós encontramos uma testemunha que estava próximo ao local onde a criança foi encontrada, essa testemunha visualizou determinada pessoa saindo das imediações do local onde o corpo foi encontrado. A partir desta testemunha nós elaboramos o retrato falado e mais outras duas pessoas também disseram que viram essa pessoa com as mesmas características em atitude suspeita”, detalhou o delegado.

Marceone destacou que a família não reconheceu o homem, mas que a polícia não descarta nenhuma linha de investigação no momento, uma vez que o caso é de difícil elucidação.

O delegado chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Antônio Barros, pontuou que o caso de Beatriz é considerado atualmente o número um do órgão e todo esforço da PC está sendo direcionado para esse caso. “Não tenho dúvidas de que a gente vai chegar a um resultado positivo”, afirmou.

A Polícia pede para quem tiver informações que ajudem a encontrar o assassino de Beatriz ligar para o Disque Denúncia que oferece R$ 10 mil. A denúncia pode ser feita pelo telefone (81) 3719-4545 ou através do site http://www.disquedenunciape.com.br/.

Polícia confirma nome do assassino da garota Eveli em Belém do São Francisco

ASSASSINO BELÉM 03

As autoridades policiais não tiveram dificuldades em identificar o suspeito de ter estuprado e matando a pedradas a menina Eveli Kaline da Silva Cruz, de apenas cinco anos, crime que chocou a população da cidade de Belém do São Francisco – PE, na manhã desta terça-feira (15).

ASSASSINO BELÉM 01O nome do acusado é Antônio Joaquim do Nascimento, de 38 anos, que morava em frente a residência da garota e mantinha uma relação saudável com a família da vítima. Ele é pai de dois adolescentes e está separado da mulher.

Em entrevista ao programa Edenevaldo Alves, Rádio Petrolina FM, o capitão Jackson informou que após estuprar e matar a criança, o suposto criminoso colocou o corpo dela em um saco e  o jogou em um terreno baldio ao lado do muro da casa de um vizinho em frente a sua residência.

O capitão Jackson esclareceu ainda que o serviço de inteligência da polícia não teve dificuldades para identificar o criminoso “Na madrugada quando a criança estava sumida nosso serviço já havia suspeitado dele, e aí com a localização do corpo ficou fácil porque resquícios de sangue indicavam em direção ao portão da casa dele. Ao arrombar o portão, verificou-se que o sangue seguia para dentro do muro, pelo corredor lateral, indo até a pia que fica na área de serviço, onde ele executou a criança”, comentou.

No momento em que foi abordado dentro de sua residência o acusado tentou se esconder embaixo de um sofá, mas não reagiu a ordem de prisão. Devido a revolta da população e com receio da tentativa de invasão do prédio da delegacia para linchá-lo o suspeito foi levado para a cidade de Floresta onde se encontra à disposição da justiça.