Com arma falsa na cintura, homem é preso assediando mulheres em bar de Petrolina

(Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Um homem foi preso na noite de sexta-feira (24), em Petrolina, armado com simulacro de revólver, assediando mulheres em um bar da cidade. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi detido na Avenida Sete de Setembro, após denúncias de populares.

PM encontrou um simulacro de pistola Taurus, que estava na cintura do suspeito. Clientes do bar relataram que o homem estava assediando mulheres, mostrando a arma na cintura. No momento da prisão ele apresentava sinais de embriaguez.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Plantão, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A polícia não forneceu informações sobre o preso.

MP e MPF recomendam às universidades de Pernambuco que impeçam qualquer forma de assédio a professores

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e o Ministério Público Federal (MPF) expediram recomendações às universidades do estado para quem impeçam quaisquer atitudes consideradas assédio moral aos docentes. O posicionamento dos órgãos veio após a repercussão de um pedido da deputada eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL-SC) incitando alunos a filmarem seus “professores doutrinadores” dentro de aula.

A recomendação dos ministérios públicos afirma que a tentativa de criar obstáculo à abordagem, análise, discussão ou debate sobre quaisquer concepções filosóficas, políticas, religiosas ou mesmo ideológicas configuram conduta ilícita, viola a Constituição Federal e as Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

Na recomendação, tanto MPPE e MPF incluem alunos, pais de alunos ou familiares como possíveis assediadores morais dos professores. Foram alvo da orientação dos ministérios públicos as universidades Federal de Pernambuco (UFPE), Rural de Pernambuco (UFRPE), Universidade de Pernambuco (UPE), Instituto Federal (IFPE) e secretarias.

“É preciso ressaltar que as recomendações expedidas consistem em uma atuação preventiva do Ministério Público, visando à abstenção das instituições em atuarem ou sancionarem arbitrariamente os professores com fundamento que represente violação aos princípios constitucionais e demais normas que regem a educação nacional”, afirmou a procuradora da República, Carolina de Gusmão Furtado.

Com informações da Folha de Pernambuco

Engenheiro flagrado em vídeo de assédio responde à inquérito na Prefeitura de Araripina

(Foto: Reprodução)

Um dos homens flagrados num vídeo assediando uma torcedora russa na Copa do Mundo é alvo de processo na Prefeitura de Araripina. Luciano Gil Mendes Coelho é servidor municipal e de acordo com o Jornal do Commercio, já foi alvo de uma ação da Polícia Federal (PF) e da Controladoria Geral da União, no ano de 2015 por participação num esquema de desvio de dinheiro da prefeitura.

LEIA TAMBÉM:

Brasileiros fazem vídeo machista e misógino com russa durante a Copa do Mundo

Luciano nasceu em Picos (PI) e foi preso na operação da PF, por envolvimento no desvio das verbas da Educação e fraudes licitatórias. Atualmente ele responde a um processo administrativo por faltar ao serviço. Segundo apuração do JC, o inquérito pede a exoneração do engenheiro.

A Prefeitura de Araripina se manifestou por meio de uma nota, na qual “repudia o ato cometido pelo servidor e externa sua indignação com esse fato lamentável de misoginia e machismo”.

O vídeo do assédio rodou o mundo e nele aparecem, além de Luciano, o advogado pernambucano Diego Valença Jatobá, ex-secretário de Turismo de Ipojuca e o tenente da PM Eduardo Nunes.

Prefeitura de Petrolina realiza ação em combate ao assédio sexual no transporte coletivo

A ação é uma parceria de prefeitura com o governo do estado. (Foto: Ilustração)

Nesta sexta-feira (04) a Prefeitura de Petrolina vai promover um Dia “D” de combate ao assédio sexual no transporte coletivo da cidade. Através do projeto ‘Transporte Seguro’, que utiliza o tema ‘O transporte é público. O corpo da mulher, não!’, a secretaria executiva da Mulher e Acessibilidade pretende discutir o assunto no ponto de ônibus com maior fluxo de passageiros.

A concentração está prevista para às 10h, no ponto localizado na rua Dom Vital, ao lado do Mercado Turístico. A ideia é que com a conscientização as vítimas se sintam estimuladas a denunciarem os agressores, e consequentemente, inibir futuras agressões.

A Secretária Executiva da Mulher e Acessibilidade, Bruna Ruana, fala da importância de estimular as mulheres a denunciar o crime.

“Inúmeras pesquisas mostram, há anos, a prevalência da violência contra as mulheres no Brasil e Petrolina tem desenvolvido importantes ações que visam combater e mudar essa triste realidade. Essa ação no transporte coletivo, que ocorre com importante parceiros, vem reafirmar a atenção e seriedade do município com a mulher petrolinense”, pontua.

O Projeto Transporte Seguro é uma ação da prefeitura em parceria com o Governo do Estado, a Rede de Enfrentamento à violência contra a mulher, o SEST SENAT, Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Petrolina (SINTTROP) e a SETRANVASF.

Projeto de lei garante multa para assediadores em Fortaleza

Câmara Municipal de Fortaleza. (Foto: Reprodução)

Foi aprovado nesta terça-feira (14) na Câmara Municipal de Fortaleza, um projeto de lei que prevê multas de até R$ 2 mil para pessoas que cometerem atos de assédio contra mulheres na cidade.

Pela lei aprovada, fica vetado todo tipo de “comentários abusivos, insinuações ou sons e expressões verbais de cunho sexista alusivas ao corpo, a ato sexual ou situação sexual humilhante”. O projeto é de autoria do vereador Célio Studart.

A lei vem depois de denúncias de casos de assédio sexual contra mulheres em ônibus de Fortaleza. Em outubro, um homem ejaculou em uma passageira da linha Parangaba-Siqueira. Um retrato falado do criminoso foi feito, mas a polícia ainda não conseguiu prendê-lo.

A lei prevê punição para “gestos obscenos, formas fálicas e insinuações de atos de natureza sexual”. Segundo o texto, “ficam sujeitos à sanção abordagens intimidadoras ou todo tipo de contato corporal sem consentimento”. O valor das multas será destinado a projetos da Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Combate à Fome.

Petrolina: Mulher mata homem por passar mão em suas nádegas

(Foto: Ilustração)

A Polícia Militar registrou um homicídio na noite dessa quarta-feira (13), no Centro de Petrolina (PE), próximo ao Mercado Turístico.

De acordo com informações do 5º BPM, uma jovem de 19 anos desferiu golpes de canivete contra um homem, de 42 anos, que teria passado a mão nas nádegas da acusada.

Após o assédio, a jovem teria ido a sua residência pegar a arma, voltado ao local e atingido a região torácica da vítima. O homem foi atendido pelo SAMU, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O Instituto de Criminalística esteve no local para realizar as providências cabíveis. O Instituto de Medicina Legal procedeu com a retirada do corpo. Até o momento a mulher não foi encontrada.

Deputado Tiririca é acusado de abuso sexual por ex-empregada

(Foto: Internet)

O deputado Tiririca (PR-SP) está sendo acusado de abuso sexual, por uma ex-empregada doméstica. Ela alega que foi alvo de assédio de Tiririca durante viagens que fez com a família dele em 2016, primeiro para São Paulo e depois para o Ceará.

A defesa de Tiririca, por outro lado, afirma que o deputado e a família estão sendo vítimas de extorsão e que a empregada doméstica, após ter sido demitida, em junho do ano passado, exigiu R$ 100 mil reais para não prejudicar a reputação do parlamentar.

O caso foi para o Supremo Tribunal Federal (STF) no final de junho de 2017, já que a Corte é responsável por investigar políticos com foro privilegiado, como é o caso de Tiririca. No tribunal, o processo foi distribuído, no último dia 28, para o ministro Celso de Mello.

Na 10ª delegacia de polícia do Distrito Federal, que iniciou as apurações do caso, Maria Lúcia afirmou que o primeiro episódio de assédio sexual ocorreu em maio de 2016, quando ela viajou para São Paulo com Tiririca, a mulher dele, Nana Magalhães, a filha do casal, de 8 anos, e assessores do deputado. Na ocasião, Tiririca daria uma entrevista para o programa do Jô.

Maria Lúcia relatou que ficou no apartamento cuidando da filha do casal durante a entrevista. Ela disse que, quando Tiririca e os demais voltaram, o deputado exalava cheiro de álcool e a agarrou por trás. Tiririca, segundo Maria Lúcia, começou a dizer que faria sexo com ela, diante de todas as outras pessoas presentes, inclusive a menina de 8 anos.

A empregada relatou à polícia que conseguiu se desvencilhar, mas o deputado ficava correndo atrás dela. Maria Lúcia disse que pediu ajuda dos adultos, que, segundo ela, riam da situação. Ela afirmou que apenas a menina a defendeu, empurrando o pai e jogando-o no chão.

Diretor do Colégio Militar de Petrolina fala sobre caso do professor acusado de assédio a alunas da instituição

Tenente coronel Marcílio Amorim, diretor do colégio da Policia Militar de Petrolina

O  tenente coronel Marcílio Amorim, diretor do colégio da Policia Militar de Petrolina, detalhou nesta quarta-feira (21), em entrevista ao radialista Marco Aurélio, da Rádio Jornal Petrolina, programa Revista da Tarde, o caso de assédio de um professor contra duas alunas da instituição.

De acordo com o diretor, após tomar conhecimento do fato através de algumas coordenadoras do colégio, informando que uma aluna havia procurado diversos coordenadores e relatado um fato envolvendo um professor, convocou a família e ouviu a aluna na presença dos pais. Disse que o assunto vinha sendo tratado em sigilo para preservar a imagem da aluna “essa conduta tem que ser feita em qualquer caso dessa natureza”.

Em seguida, encaminhou o expediente a Vara da Infância da Juventude e ao comando do colégio em Recife, ao qual é subordinado hierarquicamente, para que fosse aberto o procedimento administrativo contra o professor. “Até mesmo por que não se pode ouvir uma parte da história sem ouvir a outra”, afirmou.

Ainda segundo o diretor, o professor era um profissional com destaque no colégio, já tendo sido homenageado, portanto o fato foi surpresa para todos

Ele relatou também, outro episódio na última seta-feira (16), envolvendo o mesmo professor, nas instalações do Colégio em sala de aula na presença dos adolescentes (alunos).

“Uma das alunas foi assediada, eu interpreto um assédio moral, mas um assédio moral contundente, e essa aluna ficou indignada, insatisfeita e comentou com outros alunos, que estava com vontade de reclamar com a coordenação da escola, quando a primeira aluna ouviu essa aluna se queixar disse que ele fez isso com ela também, aí foi quando a aluna resolveu ir na coordenação juntamente com mais três alunos, e em razão do fato anterior, que foi até mais grave do que aconteceu em sala de aula, não restou outra opção a não ser adotar diligências e eu tive que ir a procura do professor e eu mesmo fiz a condução dele para a delegacia de polícia”, afirmou.

O diretor afirmou entretanto não ter sido fácil conduzir o professor à delegacia. “Confesso a você Marco Aurélio, que eu fiz isso muito constrangido porque a gente não se sente a vontade, então um profissional no seu ambiente de trabalho, se você tem que agir, como agir, mas na qualidade de Comandante de Policial eu não poderia fazer diferente, porque já estava havendo um clamor com as coordenadoras e os país dos alunos no colégio.

Ao chegar na delegacia o professor acusado foi ouvido pelo delegado Dr. Otávio, que instaurou imediatamente inquérito por portaria, onde às partes foram ouvidas e será encaminhado para a delegacia competente para prosseguir com o inquérito.

O professor foi afastado de suas atividades até que a apuração dos fatos seja concluída.

Homem tenta estuprar crianças de 10 anos e é preso

(Foto: Ilustração)

(Foto: Ilustração)

Nesta quinta-feira (20), um homem chamado Fabrício da Silva Valério, de 44 anos, foi preso ao tentar estuprar duas crianças de 10 anos no Loteamento Geovana, em Petrolina (PE). De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, ao encontrar uma das crianças, tirou o short e começou a correr atrás dela. Contudo, a menina conseguiu gritar e entrar na casa de uma pessoa.

A outra criança afirmou que o acusado estava em frente a sua residência se masturbando. Os populares conseguiram pegar o suspeito e a maioria das pessoas queriam linchar Fabrício. O efetivo policial chegou ao local após ser acionado e conduziu o imputado a 1ª DPC, onde foi autuado em flagrante.

Repórter que denunciou MC Biel por assédio é demitida

Mc Biel (Foto: Internet)

Mc Biel (Foto: Internet)

Após ter denunciado Biel por assédio sexual, a repórter do portal IG foi demitida nesta sexta-feira (17). A profissional, que não teve sua identidade revelada, por determinação policial, ficou surpresa com a decisão da empresa.

Segundo o colunista Fernando Oliveira, não se tratou de corte de departamento. A moça foi a única dispensada da empresa, mesmo após a promessa de que seria protegida durante este processo contra o cantor.

A jornalista teria ficado bastante chocada com a decisão e deixou o antigo local de trabalho aos prantos.