Associação das Mulheres Rendeiras realiza festejo junino neste sábado em Petrolina

(Cartaz/Divulgação)

O “Arrasta Pé das Rendeiras”, que promete não deixar ninguém parado numa noite de alegria e descontração com toda a comunidade sanfrasciscana, acontece neste sábado, na Associação das Mulheres Rendeiras, a partir das 18h, no bairro José e Maria, em Petrolina (PE).

Comidas e bebidas típicas, brincadeiras, brindes, sorteios e quadrilha, em um ambiente cuidadosamente decorado com referências ao festejo junino, vão movimentar a Associação das Mulheres Rendeiras neste sábado (6), a partir das 18h, no bairro José e Maria, em Petrolina. É o Arrasta Pé das Rendeiras, que promete não deixar ninguém parado numa noite de alegria e descontração com toda a comunidade sanfrasciscana.

A programação conta com brincadeiras, brindes, sorteios e quadrilha, muitas comidas e bebidas tipicas, em um ambiente cuidadosamente decorado com referências ao festejo junino. A música ficará por conta das bandas Fogo no Monturo, Corrinha do Acordeom e Claudino do Acordeom. A programação conta ainda com a participação do grupo de dança SerTão Pé Quente, do Coral das Rendeiras, DJ e jogos juninos. Os ingressos custam apenas R$ 5 e os participantes vão concorrer ao sorteio de duas cestas juninas.

Cia Balançarte apresenta espetáculo de dança no bairro José e Maria

(Foto: Tássio Tavares)

O sábado (27) será de programação cultural em Petrolina. Hoje, às 19h a Cia Balançarte se apresenta na Associação das Mulheres Rendeiras do bairro José e Maria com o espetáculo de dança “Batuques nos Terreiros”. O espetáculo faz parte da programação criada pelo grupo, dedicada ao mês da dança.

Esse é o trabalho mais recente da Cia, que celebra o povo negro em uma obra que une dança e música. “Projetos como esse aproximam a arte, no nosso caso a dança, a um público que não teria acesso a este tipo de atividade se ela ficasse centralizada ou apenas nos espaços comumente utilizados para esse fim. Adentrar os espaços alternativos é imprescindível para o despertar da importância do acesso à arte e a cultura”, explica Marcos Aurélio, diretor da companhia.

O espetáculo foi criado em 2016 e recebeu incentivo financeiro do Edital Funcultura 2016/2017. Depois do bairro José e Maria, ainda devem ser atendidas as comunidades do bairro João de Deus, Ilha do Massangano e a Escola de Referencia em Ensino Médio Clementino Coelho (EREMCC).

Inscrições para passeio ciclístico do Dia da Mulher seguem até dia 15/03

(Foto: Divulgação/Pedal Rosa do Vale)

No próximo dia 18 de março uma pedalada vai lembrar a luta das mulheres em Petrolina. O “Pedal do Dia da Mulher” é organizada pelo grupo Pedal Rosa do Vale. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o próximo dia 15.

A inscrição é gratuita, mas é necessário doar 2 kg de alimentos, os quais serão entregues para a Associação de Mulheres Rendeiras. De acordo com Patrícia Souza, uma das coordenadoras do Pedal Rosa, a concentração do passeio será no Posto Catavento, local onde será dada a largada às 6h. As mulheres vão pedalar até o Projeto Senador Nilo Coelho, Núcelo 10.

Estudantes da Facape realizam ação jurídica neste sábado no bairro José e Maria

Segundo os organizadores, a ideia é apenas orientar a população, na tentativa de aproximar os serviços jurídicos de quem precisa, além de colocar em prática o que é visto na sala de aula/Imagem ilustrativa

Segundo os organizadores, a ideia é apenas orientar a população, na tentativa de aproximar os serviços jurídicos de quem precisa, além de colocar em prática o que é visto na sala de aula/Imagem ilustrativa

Os moradores do bairro José e Maria, em Petrolina, irão receber assistência jurídica gratuita neste sábado (11). A ação é uma iniciativa dos estudantes de Direito da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), por meio do Núcleo de Assessoria Jurídica Universitária Popular – Najup Velho Chico.

O atendimento será realizado na Associação das Mulheres Rendeiras, das 8h30 às 12h, e haverá distribuição de senhas. No local, os estudantes irão orientar sobre casos de Direito da Família (divórcio, guarda de menores, pensão alimentícia), Direito do Consumidor (produtos com defeito, atraso na remessa, etc.), e retirada de documentos (como fazer RG, CPF, carteira de trabalho, cartão do SUS, cartão Bolsa Família, habilitação, certidão de nascimento, título de eleitor, entre outros).

Segundo os organizadores, a ideia é apenas orientar a população, na tentativa de aproximar os serviços jurídicos de quem precisa, além de colocar em prática o que é visto na sala de aula. “Qualquer pessoa interessada pode participar, levando documentos pessoais e aqueles que podem ajudar na solução de cada caso. Estudantes de Direito de qualquer período também podem nos acompanhar e auxiliar nas próximas edições do projeto”, explica Marília Nunes, uma das alunas do Najup Velho Chico.

Com informações da Assessoria