Prefeitura vai avaliar domínio em português e matemática de 24 mil alunos de Petrolina

(Foto: Jonas Santos)

Mais de 24 mil estudantes da rede municipal de Petrolina estão se preparando para a realização das provas da ‘Avaliação PROMAP/IQE’ que acontecem entre os dias 4 e 6 de junho. A iniciativa da Prefeitura de Petrolina vai analisar mais de 860 turmas de alunos do 3º ao 9º ano, nas escolas da sede e interior do município, nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática.

Coordenada pela Secretaria de Educação Cultura e Esporte, através do Instituto Qualidade no Ensino (IQE), as provas irão analisar: Leitura e Interpretação de texto; Matemática e Produção de texto. O instituto será o responsável pela correção dos gabaritos e das produções textuais. Após cerca de 40 dias, os resultados serão encaminhados para a secretaria onde será traçado um planejamento de atividades de intervenções e formação de professores, além de acompanhamento em plantões pedagógicos.

A coordenadora do PROMAP, Marcleide Miranda, destaca a necessidade de ações como essa para o planejamento pedagógico.“As avaliações externas, através dos resultados, concebe a reflexão sobre princípios e referenciais apontados. Considero essa ação de avaliar e intervir, como etapas norteadoras da prática educacional, cada uma delas como momentos subseqüentes com diferentes graus de intensidade e significado”, pontua.

Pesquisa da CNT aponta que 11% dos entrevistados avaliam o governo de Bolsonaro como ótimo

(Foto: Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil)

Conforme pesquisa divulgada nesta terça-feira (26) pela CNT(Confederação Nacional do Transporte), a avaliação positiva do governo de Jair Bolsonaro (PSL) está em 39%, . Já a avaliação negativa ficou em 19%.

De acordo com a pesquisa CNT/MDA, a proporção de pessoas que considera a atual gestão ótima é de 11%. Outros 28% avaliaram o início de governo como bom.

LEIA MAIS

7% dos brasileiros aprovam governo de Temer, aponta Datafolha

(Foto: Internet)

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha divulgado na quinta-feira (27) mostra que apenas 7% dos brasileiros aprovam o governo do atual presidente Michel Temer (MDB). Outros 29% avaliam como “Regular” e 62% como “Ruim ou Péssimo”.

Na pesquisa anterior do divulgada em agosto, 73% dos entrevistados consideravam o governo Temer “Ruim/Péssimo”. Em relação aos que achavam “Regular”, o índice subiu, já que antes somava 21%, assim como os que consideravam Temer “Bom/Ótimo”, que era de 4%.

O Datafolha ouviu 2.077 pessoas em 130 municípios entre os dias 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Com informações do G1

Alunos de escolas municipais de Petrolina foram avaliados em matemática e português

Mais de 12.500 alunos de escolas municipais de Petrolina são avaliados em matemática e português.

Cerca de 12.500 estudantes do 2º, 5º e 9º ano da Rede municipal de Petrolina foram avaliados, nessa quarta-feira (28), em Português e Matemática do Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco (SAEPE).

O objetivo da avaliação é traçar o grau de domínio dos alunos nas habilidades e competências consideradas essenciais em cada período de escolaridade, além de ser uma ferramenta de monitoramento para a gestão escolar.

O resultado das provas gera o Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (IDEPE), que permite medir, anualmente, a qualidade da educação de Pernambuco.

LEIA MAIS

UPA 24h de Petrolina recebe nota máxima na avaliação do Conselho Regional de Odontologia

(Foto: ASCOM)

No mês de aniversário da Unidade de Pronto Atendimento de Petrolina, a ser comemorado no dia 29, o serviço celebra mais um marco importante. Esta semana, o Conselho Regional de Odontologia (CRO) aprovou sem ressalvas e com nota máxima a urgência e emergência odontológica da UPA 24h.

A visita técnica aconteceu nesta terça-feira (10) e foi realizada pela fiscal Fabrícia Soares Rodrigues, que considerou de extrema importância “ver um serviço do SUS funcionando de maneira adequada e prestando atendimento de excelência à população”.

LEIA MAIS

Casa Nova: 29ª edição da Festa do Interior é encerrada com aprovação do público e avaliação positiva da Prefeitura

Durante três dias Casa Nova (BA) viveu a 29ª edição da Festa do Interior com muita música, atividades culturais e inaugurações de obras para a comunidade. A última noite de shows, no domingo (8) contou com apresentações de Devinho Novaes, Léo Santana e artistas locais.

Já pedindo a edição de 2019, o público jovem lotou o pátio de eventos e cantou todas as músicas. Apesar da multidão, a festa ocorreu sem problemas e o prefeito Wilker Torres agradeceu pelo apoio das Polícias Civil e Militar durante o evento.

“[Agradeço à equipe da Prefeitura] que trabalhou incansavelmente neste último mês para que tudo desse certo, às Polícia Militar e Civil que realizaram um excelente trabalho e aos casanovenses, turistas e visitantes que nos prestigiaram”, destacou o gestor.

Além da segurança pública, a questão dos ambulantes também ocorreu sem obstáculos e na visão da secretária de Saúde, Maria de Lourdes da Silva Santos, não houve problema grave. “Não tivemos acidentes, nenhum encaminhamento ou atendimento grave, salvo os excessos”, afirma.

Coletiva de avaliação do São João em Petrolina acontece nesta quinta-feira (5)

(Foto: Divulgação)

A programação do São João em Petrolina durou mais de um mês – contando o São João dos Bairros, festa no Pátio Ana das Carrancas e Jecana – e para avaliar os festejos juninos a Prefeitura de Petrolina realiza nesta quinta-feira (5) uma coletiva de imprensa.

O prefeito Miguel Coelho apresentará os números e outros dados ao impacto da festa no município às 10h, no Auditório do Igeprev, na Avenida José de Sá Maniçoba, em frente ao Hospital Universitário.

LEIA TAMBÉM:

Secretário-executivo de Segurança Pública avalia São João 2018: “Nós tínhamos uma meta e conseguimos”

Durante a coletiva também serão abordados os números da segurança, público, turismo e uma pesquisa de avaliação solicitada pela prefeitura. A programação oficial do São João foi encerrada no domingo (1º) com a Jecana do Capim.

Administração de Temer tem nota média de 2,7; 70% reprovam governo

(Foto: Alan Santos/PR)

A reprovação do governo de Michel Temer chegou a 70%. A pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, a pedido do jornal Folha de São Paulo foi realizada entre 11 e 13 de abril, em 227 municípios. O índice é o mesmo de janeiro desse ano e se refere aos que consideram a administração “ruim” ou “péssima”.

Segundo o Datafolha, 41.194 brasileiros foram entrevistados. Somente 6% deles consideram o governo de Temer Ótimo ou Bom e outros 23% afirmam que é Regular. A pesquisa também questionou os entrevistados sobre a nota média da administração.

41% deram nota zero para o governo do atual presidente, 2% avaliaram como 10 a administração e a nota média, de acordo com pesquisa, foi de 2,7.

Boa campanha da Juazeirense no Campeonato Baiano 2018 agrada treinador

Treinador falou com exclusividade ao Blog (Foto: Agência CH)

A boa campanha da Desportiva Juazeirense no Campeonato Baiano 2018 agradou o treinador da equipe. Zaluar ficou satisfeito com os resultados obtidos pelo seu grupo, apesar de mais uma vez o Cancão de Fogo ter caído na semifinal.

LEIA TAMBÉM:

“Nada parecido foi jogado pela Juazeirense”, afirma treinador às vésperas da estreia na Série C

Em entrevista ao Blog, o comandante do Cancão avaliou a campanha do estadual desse ano. “Em termos de Campeonato Baiano eu acho que os grandes objetivos foram atingidos sem dúvida nenhuma. O saldo é extremamente positivo, a Juazeirense entrou com uma folha de pagamento que talvez pode ser considerada da sexta folha do Campeonato Baiano”, disse Zaluar.

Conquistas

De acordo com o treinador, os resultados obtidos no Baiano 2018 devem ser comemorados. A equipe teve o artilheiro – Salatiel – da competição até a última rodada. Em votação, Tigre foi eleito o Melhor Goleiro. Dentro de campo, a Juazeirense se garantiu na Copa do Brasil e na pré-Copa do Nordeste 2019, a ser disputada em dois jogos contra o Salgueiro, ainda nesse mês.

LEIA MAIS

Número de ocorrências no Carnaval de Juazeiro deste ano foi menor que em 2017

O comandante do Comando de Policiamento da Região Norte da Bahia (CPRN), Coronel Anselmo Bispo, avaliou como positivo o trabalho da Polícia Militar durante o Carnaval de Juazeiro (BA).

Os números foram divulgados na manhã desta terça-feira (30), durante coletiva de imprensa, no Grande Hotel de Juazeiro. O comandante ressaltou que nem um assassinato foi registrado no circuito da festa e nem em seu entorno. Também não houve disparo de arma de fogo, nem apreensão de armas, nenhuma lesão corporal foi registrada e também nenhum furto de veículos.

O delito mais registrado foi a posse e uso de drogas. 19 casos registrados este ano, contra 4 em 2017. Coronel Anselmo Bispo creditou o sucesso do trabalho ao aumento no número de policiais nas ruas e a estratégia de fazer rondas nas imediações do circuito. O comandante também lamentou os incidentes de agressões de PMs a foliões.

Veja o vídeo

Osório Siqueira avalia como positivo o trabalho da Câmara de Vereadores em 2017

Vereador Osório Siqueira (PSB). (Foto: blog Waldiney Passos)

Em confraternização com a imprensa na tarde desta quinta-feira (28), no clube da Aesa em Petrolina (PE), o vereador Osório Siqueira (PSB), presidente da Casa Plínio Amorim, avaliou como positivo o trabalho da Câmara neste ano de 2017.

“Avalio tudo como positivo, tudo dentro da legalidade. Apesar de algumas discussões fora do foco, mas tivemos grandes conquistas, como a aprovação de mais de 60 projetos do executivo e do legislativo, todos projetos para beneficiar a população. Também tivemos 1.151 indicações e cerca de 400 requerimentos, que pediu principalmente, melhoria para os moradores de Petrolina”, destacou Osório.

Indagado sobre sua possível candidatura para deputado estadual, Osório disse que está focado na administração da câmara de vereadores e que vai aguardar a conjuntura em 2018 e as conversas com seu grupo político.

O vereador também voltou a afirmar que a eleição para a nova mesa diretora da casa para o biênio 2019/2020, foi feita dentro da lei, não teve interferência do prefeito Miguel Coelho e nem teve barganha de cargos, ao contrário do que dizem vereadores da oposição.

LEIA MAIS

2017: um ano positivo para o Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina

(Foto: ASCOM)

O Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR) encerra o ano com um balanço positivo das atividades e já projeta mais conquistas em 2018 com a aprovação de um plano de realizações bastante diversificado. O anúncio foi feito na noite deste sábado (16) pelo presidente da entidade, Jailson Lira, durante jantar de confraternização que reuniu a diretoria e convidados.

Conforme o presidente, o SPR vive uma fase histórica, onde o ano de 2017 veio resgatar a ação e a presença forte de uma entidade que sempre lutou ao lado do homem do campo.

À frente da diretoria para atuação no quadriênio 2017/2020, Jailson Lira destacou a implantação de cursos de formação para as equipes de trabalho nas fazendas e a criação de instrumentos de avaliação e de controle de dados sobre a atividade desenvolvida em Petrolina e no Vale do São Francisco.

“Dentre as principais ações, citamos a realização do workshop sobre Reforma Trabalhista; de 28 cursos de capacitação em parceria com o Senar; do Fórum Permanente de Convivência com a Seca, em conjunto com a Faepe e o Sebrae e da participação na inauguração do Centro de Excelência da Fruticultura, além de uma reunião que fizemos com a gerência regional do Banco do Brasil sobre a repactuação das dívidas dos agricultores”, exemplificou.

O presidente lembrou também de algumas dificuldades. “Tivemos um ano difícil, a seca e o baixo volume de água na Barragem de Sobradinho nos lembram todos os dias das preocupações que teremos de administrar em 2018, mas estamos concluindo o planejamento de projetos e ações e certamente teremos um ano muito mais produtivo e de resultados favoráveis para todos”, disse otimista.

Ainda durante o jantar de confraternização, falaram aos presentes o gerente executivo do Distrito de Irrigação Senador Nilo Coelho (DINC), Paulo Sales e Amauri Bezerra, representando o conselho do DINC.

O superintendente regional do Banco do Brasil, Eliézio Vasconcelos, também enfatizou as potencialidades e o “bom desempenho do trabalho realizado pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina. Estamos e sempre estaremos de portas abertas para esta entidade tão necessária ao desenvolvimento sustentável do nosso Vale do São Francisco”, concluiu o superintendente regional do Banco do Brasil.

Apenas 1,5% das instituições de ensino superior têm nota 5 em avaliação do MEC

(Foto: Ilustrativa)

Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apenas 1,9% dos 4.196 cursos do país obtiveram nota máxima no Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC). A pesquisa foi divulgada sexta-feira (24).

Ambas avaliações são referentes a 2016 e servem de instrumentos de informação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), responsável por promover melhoria no mérito de faculdades, centros universitários e universidades do país.

Entram na estatística as graduações em agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmáca, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição odontologia, serviço social e zootecnia. O índice revela que apenas 1,9 % dos cursos avaliados atingiram nota 5.

Para a avaliação, são levados em conta notas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade); o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD); as características do corpo docente e a infraestrutura.

As instituições privadas, de forma geral, estão em maior número de cursos e estudantes contabilizados (1.027 e 49.549) e em relação às instituições públicas (3.169 e 166.495). Enquanto a primeira tem 54,2% das observações com nota 3, aquelas financiadas pelo estado obtiveram nota superior, com, também 54,2% com nota 4.

Com a divulgação do gabarito do Enem, entenda como é feito o cálculo da nota

(Foto: Ilustração)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (14) o gabarito oficial das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Para conseguir uma boa nota no certame é preciso levar em consideração o peso de cada nota, não apenas os acertos.

A correção das provas é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. A TRI é baseada em questões previamente classificadas como fáceis, moderadas e difíceis e no total de acertos que o aluno tem dentro de cada grupo. A metodologia é apontada como uma forma eficiente de avaliar o conhecimento acadêmico de estudantes, em prova.

Segundo especialistas, ela cria uma escala de dificuldade, fazendo com que o candidato tenha mais pontos de acordo com o nível da questão que foi proposta.

Na prova baseada na TRI, as perguntas divididas previamente em diferentes dificuldades possibilitam um cálculo estatístico e de outras teorias matemáticas aplicadas para que os avaliadores analisem de forma mais profunda as respostas, ainda que em testes de múltipla escolha. O Boletim de Desempenho deverá ser disponibilizado aos participantes em 19 de janeiro de 2018.

Secretária do MEC diz que avaliação do ensino superior no Brasil é falha

(Foto: Internet)

A secretária executiva do Ministério da Educação (MEC), Maria Helena Guimarães de Castro, afirmou nesta segunda-feira (30) que o sistema de avaliação do ensino superior do Brasil é falho.

A funcionária da pasta foi uma das convidadas do seminário internacional Avaliação da Educação Superior: características e perspectivas, realizado em Brasília, em comemoração aos 80 anos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“Os processos avaliativos, ao invés de criar uma dinâmica formativa que pudesse ajudar as instituições de menor qualidade a se desenvolver, acabou se transformando em um processo burocrático, que gera uma tensão muito grande”, disse.

Para a secretária, o resultado da avaliação não é verdadeiramente aproveitado, deixando, portanto, de se converter em uma adequação de currículo, de metodologias e práticas adotadas pelas universidades, faculdade e centros universitários.

LEIA MAIS
12