Betão, motorista da SEDU de Petrolina morreu nessa segunda-feira (6)

Humberto José Lopes, mais conhecido como Betão morreu no começo da manhã dessa segunda-feira (6), em Petrolina. Ele era servidor público municipal e estava internado há 15 dias.

Funcionário de carreira do município, Betão era motorista prestador de serviços na Secretaria de Educação (SEDU). Ele tinha diabetes há alguns anos e isso agravou seu quadro.

A informação foi confirmada durante o programa Super Manhã com Waldiney Passos, de hoje. Estamos apurando as informações sobre o velório e sepultamento de Betão.

“Se for aprovado a passagem vai subir para R$ 4,00 a partir de 1º de janeiro”, afirma Pérsio Antunes

Pérsio afirmou que caso seja aprovado, o valor da passagem passará de R$ 3,20 para R$ 4,00. (Foto: blog Waldiney Passos)

Durante a sessão ordinária na Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (15), o vereador Pérsio Antunes (PV) comentou sobre o projeto que recoloca os cobradores nos ônibus de transporte coletivo de Petrolina (PE). Segundo o parlamentar, o jurídico da Casa emitiu parecer que aponta a inconstitucionalidade do projeto.

“O vereador Geraldo Acerola deu entrada no projeto para a volta dos cobradores. Esse projeto recebeu um parecer jurídico que apontava a sua inconstitucionalidade. Como o jurídico diz que o projeto é ilegal e eu vou votar a favor? Votei a favor do parecer para que não fosse votado o projeto. Mas o projeto está em pauta por decisão da maioria dos vereadores”.

Além disso, Pérsio afirmou que caso seja aprovado, o valor da passagem passará de R$ 3,20 para R$ 4,00 a partir do dia 1º de janeiro.

“É ilegal a câmara impor a uma empresa manter um funcionário, pois matéria trabalhista não é da nossa competência. Se o projeto for aprovado e a lei mantiver a decisão, a passagem vai passar de R$ 3,20 para R$ 4,00 a partir do dia 1º de janeiro de 2017”.

Segundo o vereador, a melhor forma de resolver o impasse é realocar os cobradores em outras áreas na empresa. Ele criticou a postura da Câmara em querer obrigar as empresas a manter funcionários.

“O que tem que ser feito é as empresas readaptar os cobradores, ampliar as frotas de ônibus. A função correta e essa é orientação que eu sugiro. Mas obrigar a empresa a manter funcionário é balela, é discurso para plateia, para enganar a população. E vão enganar, pois na hora que aprovar a passagem de ônibus vai passar para R$ 4,00. O decreto 06/2016 do prefeito de Petrolina recalcula o valor da passagem no dia 31 de dezembro”.

Emenda Betão

O vereador Adalberto Bruno, Betão, (PMDB), fez uma emenda que retira a obrigação de cobradores nos transportes coletivos que circulam na Zona Rural, pois, segundo o parlamentar, a aprovação do projeto da forma que estava prejudicaria a categoria.

“O projeto como estava obrigava os transportes de passageiros da Zona Rural a também ter um cobrador de ônibus. Isso iria onerar e prejudicar bastante essa categoria. A emenda veio para retirar dos micro-ônibus e vans que circulam nos projetos de irrigação, na área ribeirinha, e colocar essa obrigatoriedade somente para os ônibus que circulam no perímetro urbano”.

Sobre o fato da inconstitucionalidade apontada pelo jurídico da Casa, Betão afirmou que a Câmara tem o poder de aprovar projetos e que, caso a justiça realmente diga que o projeto é inconstitucional, a Casa deve aceitar a decisão.

“A Câmara tem esse poder de aprovar projetos. Vamos aguardar. As empresas devem entrar com demandas judiciais mesmo. Mas eu acredito que hoje, num mundo com tanto desemprego, a gente tem que dar esse apoio. Se a justiça disser que está errado, a gente tem que aceitar. Mas a nossa parte enquanto vereador estamos fazendo”.

Segundo vereador Betão, antecipação de IPVA é “presente de grego para o natal”

(Foto: blog Waldiney Passos)

Betão classificou o ato do Governo Estadual como ‘macabro’. (Foto: blog Waldiney Passos)

O vereador Adalberto Filho “Betão” (PMDB) mostrou-se indignado com antecipação do pagamento do IPVA inicialmente para o mês de Janeiro e depois reconsiderada para o mês de Fevereiro de 2017. O parlamentar disse que “a população foi surpreendida por um decreto macabro” e classificou o afirmou que já iniciou as conversas com advogados para tentar colocar a cobrança para março ou que o pagamento seja de acordo com o final da placa.

“A população foi surpreendida por um decreto macabro. Como que só o governo passasse por crise. As pessoas não passam por crise, não têm que fazer matrículas dos filhos na faculdade, nas escolas, não têm que comprar material escolar, não já têm IPTU para pagar. E, achando pouco, o governo antecipou o IPVA. Estamos conversando com os advogados para entrar com um mandado de segurança, para ver se retorna para março ou coloca de acordo com o final da placa do veículo. Queremos conseguir uma liminar para suspender esse decreto”, disse o vereador.

Questionado se essa ação do governo poderia aumentar a inadimplência, Betão disse acreditar que isso deve realmente ocorrer, “haja vista que tem pessoas que ainda não conseguiram pagar o IPVA de 2016”. O vereador afirmou que não é certo que o governo queira que a população pague a conta pela corrupção instalada no Brasil.

“Com essa situação econômica do país tudo tem que cair nas costas do usuário, quem tem que pagar a conta pela roubalheira que houve na Arena Pernambuco, que está havendo na Lava Jato somos nós. A gente dá o dinheiro a eles, eles roubam e a gente ainda tem que pagar o dinheiro roubado. Eu acho que chega de colocar tudo na conta do usuário”.

Vereador Betão prestigia 17ª edição do Moto Chico

d2f9b2e5-e988-4acd-bbcb-ad3f3bd376a5

O vereador Betão esteve presente na 17ª edição do Moto Chico, que aconteceu entre os dia 7 e 10 deste mês. O evento reuniu motoqueiros de diversas regiões do país, que vieram para Petrolina e exibiram suas máquinas à população.

O vereador destacou a organização do evento e a sua importância para a economia da cidade. “Quero parabenizar a todos os organizadores, motociclistas e público que abrilhantam esse evento que já faz parte do calendário turístico da cidade. Além de todas as atrações, o encontro movimenta bastante a economia da cidade, tornando-o ainda mais importante. E é por isso que fizemos o compromisso de colocar uma proposta de emenda a Lei orçamentária para fortalecer ainda mais o evento a partir do próximo ano”.

 

Betão afirma que Elias Jardim é bem vindo ao grupo político

lossio betao

Contestando rumores, o vereador Adalberto Filho, o “Betão” (PMDB), líder da bancada governista na Câmara Municipal de Petrolina, Sertão de Pernambuco, emitiu nota desmentindo que o colega parlamentar, Elias Jardim (PHS), não seria bem aceito no partido do atual prefeito Julio Lossio. Elias esteve durante quase todo mandato do PMDB como aliado. Confira a nota completa:

“Na condição de líder da bancada de situação e como membro do PMDB, afirmo que o vereador Elias Jardim será bem vindo a nossa coligação,  pela sua postura de homem do bem e comprometimento com o progresso de nossa Petrolina. As portas estão abertas para acolhê-lo”.

Vereador Betão aceita convite do prefeito e assume liderança da situação em Petrolina

betão-2

O comunicado oficial será feito na sessão desta terça (28). Foto: arquivo

O vereador Adalberto Bruno Filho, o Betão (PMDB), que até poucos dias fazia oposição ao governo do prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), confirmou a nossa reportagem que foi procurado por Julio para assumir a liderança da bancada da situação na Câmara Municipal.

Segundo o vereador Betão, o comunicado oficial será feito amanhã (28) na sessão ordinária na Casa Plínio Amorim. Betão que encontrava-se na oposição ao governo, diz que  está muito feliz com convite e que está vestindo, de fato, a camisa do prefeito. O vereador acredita que por ter feito parte da oposição, espera que seja uma liderança tranquila que reúna tanto a bancada governista, mas que conte com o aval dos colegas do lado oposto ao governo.

Políticos dão o tom da campanha durante a Missa do Vaqueiro

Julio Filho e Ednaldo Lima

Edinaldo Lima prestigiando a Missa do Vaqueiro em Petrolina

Evento que encerra os festejos juninos em Petrolina, a Misa do Vaqueiro, também marca o início das pré-campanhas na cidade. Nas redes sociais muitas fotos e declarações de apoio aos já indicados para disputar o pleito de outubro, como é o caso do pré-candidato a prefeito do PMDB, vereador Edinaldo Lima, que, ao lado de Júlio Lossio Filho (Julinho), do vereador Betão e do radialista Gabriel Menezes, esteve circulando entre a vaqueirama.

Empolgado, Julinho postou a seguinte mensagem em sua página do Facebook:

“Como faço todo os anos, hoje participei de mais uma edição da tradicional missa do vaqueiro de Petrolina!

Estou muito feliz e orgulhoso de que a nossa cidade encerre os festejos juninos, que já dão à Petrolina o título de melhor São João do Brasil, com essa tão linda festa de tradição, cultura e fé!

Foi preciso coragem pra mudar e fazer diferente. Mas a coragem resultou em um sucesso que entrará para a história! A alegria dos vaqueiros no forró da espora e com a missa é impagável!

É preciso continuar esse legado. É preciso ter ao nosso lado pessoas que respeitem essa história é essa tradição, e não que só passem na missa para tirar foto e logo saiam, correndo do sol e do povo.

Eu, Edinaldo, o amigo Betão, o amigo vaqueiro Gabriel Menezes e tantos outros começamos desde o forró da espora e só fomos embora na benção final. Próximo ano, eu tenho certeza, a festa ficará cada vez melhor!

Vamos juntos!!”

Projeto do vereador Betão (PMDB) é colocado em prática no São João do Vale

Bombeiros Betao

Primeira atuação dos bombeiros civis no São João do Vale

Feliz com a aprovação do projeto de sua autoria que institui em Petrolina a presença obrigatória de um bombeiro civil em edificações, áreas de risco, hospitais ou eventos com grande aglomeração de público, o vereador Adalberto Bruno, Betão (PMDB), registrou a presença desses profissionais na festa do São João do Vale que está sendo realizada no pátio de eventos Ana das Carrancas.

“Fico feliz em saber que dei minha contribuição para a segurança das pessoas, esta festa serve para mostrar a sociedade  a importância da presença dos bombeiros civis nestes eventos”, avaliou Betão.

 

“Estou melhor do que antes”, afirma vereador Betão

Betão recebe Lossio

O Vereador Betão (PMDB), recebeu no último sábado (11) em sua residência para um café da manhã, o prefeito Julio Lossio (PMDB) e os vereadores da base governista Major Enfermeiro (PMDB), Elias Jardim (PHS), Ailton Guimarães (PMDB), Paraíba (PMDB) e Elismar Gonçalves (PMDB). Em clima de descontração o encontro mostrou o bom momento da relação do prefeito com o seu grupo de vereadores.

Betão tem afirmado em entrevistas está bem a vontade no grupo de Lossio, após ter deixado de acompanhar a liderança do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). “Não que eu não fosse bem tratado lá, mas agora estou muito feliz e tendo meu trabalho mais reconhecido, estou me sentindo melhor aqui”, comentou.

Em noite solene professora Terezinha Teixeira recebe homenagem da Câmara Municipal de Petrolina

Terezinha teixeira 01

A Câmara Municipal de Petrolina exaltou, na noite desta sexta-feira (03), a educadora, cristã. ex-vereadora e cidadã Terezinha Teixeira Coelho. Em reconhecimento aos relevantes serviços prestados pela professa a educação do Vale do São Francisco, o Pode Legislativo concedeu a Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan, proposição de autoria do vereador Adalberto Bruno Filho (Betão).

Terezinha teixeira 03

Muitas foram as homenagens prestadas à professora, ex-alunos, pais de alunos, familiares, todos expressando o sentimento de agradecimento pelo trabalho realizado durante os 40 anos em que esteve à frente da direção do Colégio Diocesano Dom Bosco.

Terezinha teixeira 02

Violência na localidade de Tapera preocupa vereadores

ronaldo-cancao 2

Ronaldo afirma que novidades para a segurança da área da Tapera devem ser anunciadas em breve.

Preocupado com a crescente onda de violência na região da Tapera, o vereador Ronaldo Souza (PTB) disse há pouco, durante participação em um programa de rádio local, que esteve reunido com o comandante do 5º BPM, tenente coronel Ricardo Peres, para discutir o assunto. Segundo o edil, novidades para a segurança da área devem ser anunciadas em breve.

“Eu já havia feito um requerimento em fevereiro pedindo a colocação de um trailer na Tapera. Ontem a violência marcou presença na área e isso já vem ocorrendo com certa frequência. Já tivemos assaltos a motociclistas, tiros de espingarda, estupros e outros delitos. É preciso dar um basta. Mas não culpo a PM não, eles se esforçam, mesmo com todos os limites. O comandante é sempre solícito e posso adiantar que a reunião foi proveitosa. Em breve teremos notícias propositivas para a comunidade daquela região”, disse Ronaldo Souza.

betão-2

O vereador Adalberto Filho denunciou arrastão ocorrido na noite desta terça-feira (26) no programa Bom Dia Vale

Logo cedo, no programa Bom Dia Vale, apresentado por Waldiney Passos na Rádio Jornal, o  vereador Adalberto Filho (PMDB) já havia participado denunciando um arrastão que ocorreu ontem à noite na localidade de Tapera.

Betão afirma vestir a camisa do prefeito Júlio Lossio e alfineta FBC

betão-2

“Votei em Júlio Lossio na primeira eleição a pedido do grupo de Fernando” afirma vereador Adalberto Bruno (Betão)

De corpo e alma, sem titubear, a adesão do vereador Adalberto Filho (Betão) ao grupo liderado pelo prefeito Júlio Lossio (PMDB) foi pra valer. “Hoje eu visto a camisa do prefeito Júlio Lossio e vou fazer o possível para contribuir com o governo para que a gente traga o melhor para a nossa cidade”, comentou ao justificar o porquê do rompimento com o grupo de Fernando Bezerra.

Betão disse ainda que não se considera um traidor e alfinetou o senador FBC. “Não traí ninguém de forma alguma, a gente não pode dizer isso, até por que tem essas coisas na política, o senador foi ministro até o ano retrasado, foi ministro de Dilma, hoje pede a cabeça dela e nem por isso a gente tá tratando ele como traidor ou como uma pessoa que tá sendo infiel, na verdade é uma questão da sobrevivência política, da prerrogativa que cada um tem”, justificou.

Quanto ao fato de está agora com Júlio Lóssio, Betão disse que na primeira eleição do prefeito votou nele a pedido do próprio Fernando Bezerra “depois, em um outro momento, ele já estava unido com o deputado Gonzaga Patriota, então é assim, não tem que ter nenhum ressentimento de ninguém, pois a política tem essa dinâmica”, disse.

Entrevista: vereador Betão explica por que rompeu com FBC

BETÃO

Vereador Adalberto Bruno Filho (Betão) é mais um a deixar o grupo liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho.

Insatisfação, falta de coerência  e agradecimento ao apoio recebido aos seus pleitos por parte do prefeito Júlio Lossio (PMDB), foram algumas das motivações que levaram o vereador Adalberto Bruno Filho (Betão), a romper com o grupo político liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB).

A decisão, que caiu como uma bomba, foi a terceira perda seguida de FBC somente na Câmara Municipal de Petrolina já que ele não conseguiu segurar nos últimos dias a permanência dos vereadores Ronaldo Cancão, que declarou apoio ao deputado Adalberto Cavalcanti (PTB), e Major Enfermeiro que foi para os braços do prefeito.

Em entrevista exclusiva a este Blog, Betão disse que o principal motivo do rompimento foi a filiação do colega Edilsão do Trânsito ao PRTB, partido ao qual está filiado juntamente com Ibamar Fernandes.

“O que mais influenciou foi o fato de terem colocado o meu amigo pessoal, tenho como um irmão, meu amigo de 30 anos, Edilsão no PRTB, a gente já havia conversado anteriormente, eu já tinha dito até a ele ‘se você vier para esse partido eu saiu, porque não tem condições de eleger nós dois lá dentro’, já tem o companheiro Ibamar, aí fica difícil, fica complicado”, salientou Betão acrescentando que sequer foi consultado. “Nem eu, nem o vereador Ibamar, quando a gente soube eles já tinham filiado ele pelo Recife”.

A discussão do assunto gerou até um mal estar entre Betão e Edilsão que ficou enfurecido com a posição do colega sendo obrigado a turma do deixa pra lá intervir. “Houve esse stress,  mas nós já resolvemos isso, conversamos, mas eu achei assim que faltou um pouco de respeito, de atenção, para com a minha pessoa”, lamentou Betão.

Apesar da mudança de lado, o edil afirmou não guardar rancor e não ter raiva de ninguém. “Eu tenho é gratidão a todos eles, Miguel, Fernando e Fernandinho”.

Disse ainda que chegou a ligar por várias vezes para fazer o comunicado da decisão, mas não foi atendido. “Liguei por várias vezes para Miguel e ele não atendeu, liguei por várias vezes para Fernandinho e ele não atendeu, liguei por várias vezes para o senador e ele também não me atendeu. Depois que eu mandei uma mensagem para um dos assessores, informando que eu não ficaria mais no grupo, o deputado Miguel Coelho me ligou e eu comuniquei essa minha decisão de sair do grupo e de ingressar no grupo do prefeito Júlio Lossio”, disse.

Vereador Betão entra no circuito e responde Edinaldo Lima

Com o título “As mentiras que insistem em continuar contando a uma cidade pessimamente administrada”, o vereador Adalberto Filho (Betão) responde ao colega Edinaldo Lima, que em artigo fez duras críticas ao deputado Miguel Coelho e ao senador Fernando Bezerra Coelho.

Confira a íntegra do texto de Betão:

A verdade incomoda muito quem não tem transparência e costume de prestar contas. Bastou ser confrontado pela dura realidade sobre a péssima gestão e o balcão de negócios que virou a Prefeitura de Petrolina, para o prefeito Júlio Lóssio escalar seu ex-secretário Edinaldo Lima na tentativa de justificar o injustificável. Logo ele, que usurpa o programa Minha Casa Minha Vida do Governo federal e vende como obra da prefeitura e se aproveita disso como sendo o pai da habitação?

Prefeito, antes de mais nada, é o senhor quem deve esclarecer porque não cumpre o que promete, porque não consegue administrar o patrimônio da cidade e resolve colocar tudo à venda sem uma necessária discussão com o povo. O senhor é que tem a obrigação de fornecer uma justificativa para ter cedido o terreno do antigo Colégio Motiva para a construção de um call center e até agora a gente não ter visto nem um tijolo. Cadê os dois shoppings que foram prometidos? Explique ainda para que vender nosso estádio, o matadouro, o Ceape sem existir qualquer projeto concreto que justifique essa negociata toda.

Infelizmente, esclarecer não é o hábito do grupo que controla a prefeitura atualmente. E não sou eu que estou inventando, foi o Tribunal de Contas do Estado que, recentemente, classificou a gestão do prefeito Júlio Lóssio como uma das menos transparentes de Pernambuco. E quando alguém questiona é sempre a mesma história. Desqualificar e tirar o foco do debate para não explicar sua péssima administração. Uma gestão que ao sinal de qualquer dificuldade precisa vender o patrimônio público para não ter o trabalho de encontrar uma solução. Uma administração que já teve as contas rejeitadas pelo TCE e que está sob a mira da Polícia Federal pelo escândalo dos contratos do São João.

É lamentável ver o ex-secretário de Habitação sair atirando no senador Fernando Bezerra e não dizer uma só palavra sobre os mais de 2 mil títulos de posse das famílias que aguardam há anos uma promessa de véspera de campanha. Não vale à pena para ele. Melhor desviar o assunto e atacar o senador. Eu quero ver se quando essas famílias vierem para a audiência pública protestar sobre regularização fundiária, se o novato vereador Edinaldo Lima vai falar de Fernando Bezerra. Será que ele vai falar do senador para o Ministério Público, que cobrou o prefeito sobre esses títulos e mandou para Câmara uma recomendação de não votar nada relativo à regularização fundiária antes do prefeito cumprir sua promessa?

O ex-secretário gosta mesmo é de querer maquiar a realidade. Ele que diz conhecer cada canto dessa cidade, prefere vender uma imagem de mundo da fantasia. Porque se ele conhece cada esquina de Petrolina, deve estar muito míope. Procure um oftalmologista, pode até ser o prefeito Júlio Lóssio, já que ele deve ser melhor médico do que gestor. Não é possível que o senhor não esteja vendo tanto buraco, esse trânsito caótico, as AMES sem funcionar, a falta de medicamentos. Enfim, a completa ausência de administração pública. E se estou falando alguma inverdade que o vereador pergunte à população.

O deputado Miguel Coelho está mais que certo em afirmar que Prefeitura colocou a cidade à venda. Não só está correto, como tem a obrigação, afinal é representante eleito pelo povo para isso. E posso reforçar o que ele diz com tranquilidade porque eu sou tão vereador quanto o ex-secretário Edinaldo Lima e recebi diversos projetos para cessão, venda, doação entre outras modalidades de entrega. E agora chega mais esse pacote de transferência do patrimônio público para outros.

Para terminar, o prefeito e o ex-secretário de Habitação podem ficar tranquilos. O tempo e a justiça vão mostrar mais uma vez que não existiu nada que desabone o senador. Na verdade, o que existe é gratidão do povo de Petrolina pelo compromisso e trabalho pela nossa cidade, tanto é assim que na última eleição garantiu uma votação consagradora ao senador. Até porque ao contrário do que ocorre hoje, na época de Fernando Bezerra, o que se prometia era cumprido e se algum terreno era doado tinha justificativa. Está aí a Univasf, que forma milhares de estudantes, para comprovar. Deixem o senador cumprir o papel dele. Em vez de tentar desqualificar quem tem compromisso, prestem contas e, principalmente, cuidem de nossa cidade.

Adalberto Bruno Fillho – Vereador

12