Jovem do Paraná procura por familiares em Serra Talhada

A Auxiliar de Odontologia Katiane Saldanha de Sá França, 35 anos, que atualmente reside em Lodrina (PR), procurou a imprensa para tentar encontrar seus familiares no Sertão de Pernambuco. Katiane é filha do serra-talhadense João Vicente de França, falecido em 1989, aos 26 anos, e sua maior vontade é encontrar avós, tios e primos, já que perdeu todo o contato com a família.

“Gostaria de conhecer minha família que mora em Serra Talhada, meu pai já falecido era daí, seu nome era João Vicente de França, ele é filho de Expedito Vicente de França e Maximiana Alves Araújo, não cheguei a ter contato com meu pai, era muito nova quando ele foi encontrado morto no Sítio do Gungua e só tenho a certidão de nascimento dele. Meu sonho é conhecer meus avós, tios, primos, ter contato com meus familiares”, detalhou.

Se você tiver conhecimento de algum familiar do casal Expedito Vicente de França e Maximiana Alves Araújo, entre em contato com com o número: (43) 98433-2165 , WhatsApp de Katiane.

Morador de Goiás busca reencontrar família que é de Juazeiro

Vamos ajudar seu Laudelino a encontrar a família (Foto: Arquivo Pessoal)

O Blog foi procurado pela família de seu Laudelino Cardoso de Sá, o homem que aparece nessa imagem. Ele tem 65 anos e atualmente mora na cidade de Niquelândia (GO). Seu Laudelino tem família em Juazeiro (BA) e não vê seus pais desde o ano de 1956, quando deixou o município.

A filha de Laudelino entrou em contato via WhatsApp, pedindo ajuda para localizar a família baiana e fazer com que o pai finalmente reencontre os parentes no Sertão. Seu Laudelino não se recorda de muitas informações, pois deixou Juazeiro muito jovem.

Laudelino é filho de Sulino Cardoso de Sá e Francisca Cardoso de Sá. Quem tiver alguma informação sobre os parentes pode entrar em contato com o seguinte número: (62) 98621-8363. “Queria pedir ajuda de vocês para encontrar meus parentes, compartilhando até que chegasse até um deles“, conta Vanderlucia, filha de Laudelino.

Mulher encontrada no Piauí busca família que mora em Petrolina

Mulher foi encontrada em Oeiras, Piauí

Uma mulher que diz morar em Petrolina foi encontrada em Oeiras, próximo a Picos (PI) na última segunda-feira (16), próximo a BR-316. De acordo com uma assistente social do município, ela se encontra bastante debilitada afirma se chamar Cláudia Alves dos Santos e reside no bairro Cacheado.

Sem conseguir apurar a veracidade da informação, a assistente social recorreu a internet para tentar localizar a família de dona Cláudia. O mais preocupante é que Oeiras não tem abrigo e as pessoas que estão com a mulher não poderão ficar muito tempo com ela.

Quem conhecer os parentes de Cláudia ou for da família pode entrar em contato com Luciana Nunes, assistente social de Oeiras pelo número: (89) 9408-9105.

Família de Minas Gerais busca informações sobre parentes que residem em Casa Nova

Dona Amarante nasceu na Bahia, foi para MG e perdeu contato com a família (Foto: Arquivo Pessoal)

É muito comum familiares que se mudam do interior para outros estados perderem contato com seus parentes. O Blog Waldiney Passos já mostrou alguns casos e hoje contaremos a história de dona Amarante Araújo dos Santos, nascida em 10 de outubro de 1934.

Ela residia em Poço da Pedra, no município de Casa Nova (BA) e se mudou para Minas Gerais na década de 1950. Desde então dona Amarante – que tinha o nome de solteira de Amarante Brasileiro de Araújo – nunca mais conseguiu retomar contato com seus parentes baianos.

Quem fez o contato com o Blog foi seu neto, Lucas Venícius, que nasceu e mora em Minas. Segundo ele, dona Amarante já morreu, porém sempre nutriu o desejo de reencontrar sua família que ficou em Casa Nova.

LEIA MAIS