Governo divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021

(Foto: Internet)

O Ministério da Cidadania divulgou nesta segunda-feira (11) o calendário anual de pagamentos dos benefícios do Programa Bolsa Família para 2021. As informações foram publicadas no Diário Oficial da União. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29.  

Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social. Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês. As datas já haviam sido divulgadas pela Caixa Econômica Federal, responsável por operar o Bolsa Família. Confira o calendário.

Migração

Em dezembro, a Caixa começou a migração dos beneficiários que ainda sacam o Bolsa Família exclusivamente com o Cartão Cidadão para a conta poupança social digital. Usada no pagamento do auxílio emergencial, a conta poupança permite o pagamento de boletos e de contas domésticas (como água, luz e gás).

Caixa divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021

(Foto: Ilustração)

Responsável por operar o Bolsa Família, a Caixa Econômica Federal divulgou nessa segunda-feira (4) o calendário de pagamentos do benefício social para 2021. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29.

Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês.

LEIA MAIS

Ministério da Cidadania divulga novo calendário para Auxílio Emergencial

O Ministério da Cidadania divulgou novo calendário para o auxílio emergencial. Quem se cadastrou pelas agências dos Correios e quem teve o benefício negado e contestou pela internet vai receber a primeira parcela entre os dias 28 e 30 de setembro na poupança digital da Caixa.

Os saques em dinheiro vão ser liberados de 19 de setembro a 27 de outubro, de acordo com a data de aniversário. A segunda e terceira parcelas serão pagas entre 9 de outubro e 13 de novembro. A quarta e quinta parcela de 16 a 30 de novembro.

Já quem recebeu a primeira parcela do auxílio emergencial em meses anteriores e teve o pagamento suspenso pela Caixa, mas conseguiu que sua situação fosse reavaliada pelo governo, vai receber todas as parcelas entre 28 de agosto e 30 de setembro.

Segundo o Ministério da Cidadania, a medida é para evitar aglomerações, e assim, minimizar o risco de propagação do novo coronavírus. A portaria com o calendário foi publicada nesta quarta-feira.

Caixa paga nesta segunda (27) 4ª parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

 

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga, nesta segunda-feira (27), a 4ª parcela do auxílio emergencial aos inscritos que já são beneficiários do Bolsa Família, cujo número do NIS termina em 6 (veja calendário abaixo).

Os demais grupos (pessoas inscritas através do aplicativo ou pessoas que estão no Cadastro Único) voltam a receber as devidas parcelas na próxima quarta-feira (29).

Já receberam 1ª, 2ª e 3ª parcela do auxílio. Parcelas que faltam: 4ª e 5ª. A 4ª parcela será paga entre 20 e 31 de julho; e a 5ª, entre os dias 18 e 31 de agosto.

Os pagamentos para inscritos no auxílio emergencial que já recebem o Bolsa Família seguem o calendário do próprio benefício. Para este grupo os últimos dois meses do benefício não será dividido. Portanto, mesmo que o valor seja o mesmo, apenas 5 parcelas serão pagas ao todo.

A data de pagamento aos beneficiários do Bolsa Família será realizada de acordo com o Número de Identificação Social (NIS). No dia 20 de julho, recebem os beneficiários que tiverem o NIS finalizado em 1. A última data de pagamento da quarta parcela para quem é cadastrado no programa social é no dia 31 de julho, para os que possuem NIS terminado em zero.

Quarta parcela:

NIS final 1 – 20 de julho

NIS final 2 – 21 de julho

NIS final 3 – 22 de julho

NIS final 4 – 23 de julho

NIS final 5 – 24 de julho

NIS final 6 – 27 de julho

NIS final 7 – 28 de julho

NIS final 8 – 29 de julho

NIS final 9 – 30 de julho

NIS final 0 – 31 de julho

LEIA MAIS

Auxílio Emergencial: quarta parcela para cadastrados no bolsa família começa dia 20

Os beneficiários do programa social Bolsa Família, que tem um calendário separado dos demais, devem começar a receber a 4° parcela do auxílio emergencial de R$ 600 na próxima segunda-feira (20), segundo a Caixa Econômica. O pagamento deve ir até o dia 31 de julho. A ordem de recebimento funciona de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Na criação do auxílio, constava na lei que fossem pagas três parcelas de R$ 600 reais para os cadastrados no programa. O governo, porém aumentou para a concessão de cinco parcelas, totalizando R$ 3000 por aprovado. Com a ampliação do valor, o gasto da União vai subir para R$ 254 bilhões.

LEIA MAIS

Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial

Confira no quadro a seguir o calendário de pagamento de cada lote.

Quem prefere sacar o dinheiro do auxílio emergencial de R$ 600 terá que acompanhar um calendário que começa no próximo dia 18 de julho, para nascidos em janeiro, e vai até 19 de setembro, para nascidos em dezembro. Os detalhes foram anunciados pelo vice-presidente da Rede de Varejo da Caixa Econômica Federal, Paulo Henrique Angelo Souza, durante coletiva virtual transmitida nas redes sociais do banco estatal.

Esse calendário para saque em dinheiro vale para cerca de 45 milhões de beneficiários do programa que se inscreveram pelo site ou pelo aplicativo e aqueles que estão inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal. Quem é beneficiário do Bolsa Família receberá as novas parcelas do auxílio emergencial pelo calendário próprio do programa de combate à miséria.

LEIA MAIS

Auxílio emergencial: Caixa divulga calendário para novos aprovados

A Caixa Econômica Federal divulgou neste sábado (13/06) o calendário de pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial para os novos aprovados para receber o benefício. Mais de 4,9 milhões pessoas foram incluídas recentemente no rol de brasileiros que terão acesso aos R$ 600.

O montante do repasse é de R$ 3,2 bilhões. Para receberem os recursos, os inscritos deverão seguir o calendário estipulado pelo banco referente ao mês de aniversário dos beneficiários.

Na última sexta-feira (12/06), o Ministério da Cidadania informou que os novos créditos serão feitos na próxima terça-feira (16/06), para os nascidos entre janeiro e junho.

Na quarta (17/06), o banco pagará o benefício para aqueles que fazem aniversário entre julho e dezembro. Quem entrou com o pedido do auxílio emergencial pode acompanhar sua solicitação aqui.

Veja se você tem direito ao saque da segunda parcela do auxílio emergencial nesta quarta

O saque em espécie e a transferência para outros bancos, que não seja a Caixa Econômica Federal, da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 fica disponível para as pessoas nascidas no mês de abril nesta quarta-feira (3). Ao todo, são 2,7 milhões, que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), não fazem parte do Bolsa Família.e receberam a primeira parcela do benefício até o dia 30 de abril. O pagamento para este grupo teve início no último sábado (30), para os nascidos em janeiro, e segue até o dia 13 de junho, para os nascidos em dezembro.

Quem pode sacar o auxílio nesta terça já havia recebido o valor anteriormente, e só poderia utilizá-lo para o pagamento de contas, boletos e compras através do cartão de débito virtual. Para quem recebeu a primeira parcela em outra conta, o dinheiro será transferido automaticamente na data de liberação para o saque e transferências. Todos os beneficiários do Bolsa Família já receberam a segunda parcela do auxílio e aguardam, agora, o calendário para o saque da terceira parcela. Para os novos aprovados, que receberam a primeira parte do dinheiro em maio, a Caixa Econômica Federal ainda não divulgou quando estará disponível a segunda parte do auxílio.

“A Caixa reforça que não é preciso madrugar nas filas. Todas as pessoas que chegarem nas agências durante o horário de funcionamento, das 8h às 14h, serão atendidas. Elas vão receber senhas e, mesmo com as unidades fechando às 14h, o atendimento continua até o último cliente. O banco fechou parceria com cerca de 1.200 prefeituras em todo o país para reforçar a organização das filas e manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas”, informou a Caixa, em nota.

Calendário de saque da segunda parcela do auxílio emergencial:

– 3 de junho (quarta-feira) – para pessoas nascidas em abril;

– 4 de junho (quinta-feira) – para pessoas nascidas em maio;

– 5 de junho (sexta-feira) – para pessoas nascidas em junho;

– 6 de junho (sábado) – para pessoas nascidas em julho;

– 8 de junho (segunda-feira) – para pessoas nascidas em agosto;

– 9 de junho (terça-feira) – para pessoas nascidas em setembro;

– 10 de junho (quarta-feira) – para pessoas nascidas em outubro;

– 12 de junho (sexta-feira) – para pessoas nascidas em novembro;

– 13 de junho (sábado) – para pessoas nascidas em dezembro.

Auxílio Emergencial: Caixa credita nesta segunda benefício a mais 7,8 milhões de trabalhadores

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita nesta segunda-feira (25) novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril. Ao todo, o benefício será pago a 7,8 milhões de trabalhadores, segundo o banco.

Veja quem recebe nesta segunda:

  1. Segunda parcela: 5,2 milhões trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram através do aplicativo e do site, e que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em setembro e outubro
  2. Segunda parcela: 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 6
  3. Primeira parcela: 700 mil trabalhadores do novo lote de aprovados do benefício, nascidos em agosto

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Veja calendário da 2ª parcela:

Para os beneficiários que vão receber a segunda segunda parcela e não fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos trazem mais restrições: todos vão receber por meio de conta poupança digital da Caixa – mesmo quem recebeu a primeira parcela em outra conta.

Além disso, a poupança digital não vai permitir transferências inicialmente – apenas pagamento de contas, de boletos e compras por meio do cartão de débito virtual. Transferências para outras contas e saques só serão liberados a partir de 30 de maio (veja o calendário ao final da reportagem).

Primeira parcela para novos aprovados

A primeira parcela para esse novo grupo será creditada na conta escolhida pelo beneficiário, da forma como receberam os primeiros beneficiários: nas contas da Caixa, na Poupança Social Digital ou em contas de outros bancos. Esses beneficiários também poderão fazer o saque em espécie do auxílio na data da liberação.

Veja como ficou o calendário de pagamento da 1ª parcela para novos aprovados:

  • 19 de maio (terça): nascidos em janeiro
  • 20 de maio (quarta): nascidos em fevereiro
  • 21 de maio (quinta): nascidos em março
  • 22 de maio (sexta): nascidos em abril
  • 23 de maio (sábado): nascidos em maio, junho ou julho
  • 25 de maio (segunda): nascidos em agosto
  • 26 de maio (terça): nascidos em setembro
  • 27 de maio (quarta): nascidos em outubro
  • 28 de maio (quinta): nascidos em novembro
  • 29 de maio (sexta): nascidos em dezembro

Calendário da 2ª parcela

O calendário do pagamento da 2ª parcela do Auxílio Emergencial começou na segunda-feira (18) e seguirá até 13 de junho. O calendário da terceira parcela, que estava prevista para maio, continua sem definição.

O calendário da segunda parcela vale apenas para quem recebeu a primeira parcela até 30 de abril. O governo não informou quando vai pagar a segunda parcela para quem receber a primeira depois desta data.

São 3 calendários:

  1. um para recebimento em poupança social
  2. um para saque em espécie para beneficiários do Bolsa Família
  3. um para saque em espécie para poupança social e transferência de recursos

VEJA OS CALENDÁRIOS:

1. Calendário para depósito em poupança social

2. Calendário para pagamento aos beneficiários do Bolsa Família

3. Calendário para saque e transferência da poupança social

Aposentados recebem segunda parcela do 13º a partir de segunda-feira

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa, na próxima segunda-feira (25), a pagar o 13º de aposentados e pensionistas. O depósito da segunda parte desse abono anual será realizado no período de 25 de maio a 5 de junho, conforme a tabela de pagamento de 2020. A antecipação do 13º é uma das medidas anunciadas pelo governo federal para o enfrentamento da pandemia da covid-19.

Para aqueles que recebem um salário mínimo, o depósito da antecipação será feito entre os dias 25 de maio e 5 de junho, de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados entre os dias 1º e 5 de junho.

Segundo o Ministério da Economia, em todo o país, 35,8 milhões de pessoas receberão seus benefícios de maio. O INSS injetará na economia um total de R$ 71,5 bilhões. Desse total de pagamento referente a maio, 30,8 milhões de beneficiários receberão a segunda parcela do 13º, o equivalente a R$ 23,8 bilhões.

Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2020, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário. Nesta parcela, vale lembrar, é feito o desconto do Imposto de Renda (IR).

Aqueles que recebem benefícios assistenciais – Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS) e Renda Mensal Vitalícia (RMV) – não têm direito ao abono anual.

Como saber qual é o dia do pagamento

Para saber o dia do pagamento, é preciso verificar o número do benefício. Cada benefício pago pelo INSS é composto por uma numeração única e segue um padrão de 10 dígitos no seguinte formato: Número do Benefício (NB): 999.999.999-9

O número a ser observado é o penúltimo algarismo. Além dessa informação, também é necessário observar se o benefício é de um salário mínimo ou mais.

Univasf mantém suspensão do calendário acadêmico devido à pandemia da Covid-19

(Foto: Arquivo)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) suspende por tempo indeterminado, a partir desta quarta-feira, 1º de abril, o calendário acadêmico de graduação e de pós graduação em todos os campi da instituição.

A medida adotada pelo Conselho Universitário (Conuni), por ato ad referendum do presidente do órgão, reitor Julianeli Tolentino, foi motivada em parecer da Pró-Reitoria de Ensino (Proen) manifesto por meio do Oficio nº 5/2020, no qual destaca o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na região, as restrições impostas pela legislação vigente e medidas de contenção de disseminação da doença que impõem o isolamento social, como principal estratégia de enfrentamento à pandemia.

Governo de Pernambuco divulga calendário de pagamento do 13º do Bolsa Família

(Foto: Internet)

O Governo de Pernambuco divulgou, nesta terça-feira (4), o calendário de pagamento do 13º do Bolsa Família para beneficiários do estado pernambucano. Pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril serão os primeiros contemplados com a parcela extra, que será paga entre os dias 12 e 14, 17 e 21 e 27 e 28 de fevereiro. Em março, será a vez de quem nasceu em maio, junho, julho e agosto. Já em abril receberão os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. A data de nascimento a ser considerada é do responsável pela família.

As famílias pernambucanas beneficiárias do programa federal receberão anualmente uma parcela extra de até R$ 150 paga pelo Governo de Pernambuco. No Estado, de acordo com os últimos dados divulgados pelo Ministério da Cidadania, 1.125.559 de famílias recebem o benefício, o que corresponde a 34,5% da população pernambucana.

Segundo o Governo do Estado, só terá direito à décima-terceira parcela quem recebeu o Bolsa Família durante pelo menos metade dos meses do período de apuração, intercalado ou em meses seguidos. “Em 2019, o período de apuração foi de 29 de março de 2019 a 31 de janeiro de 2020. Então, pode ganhar o décimo terceiro quem recebeu pelo menos cinco dessas dez parcelas, seguidas ou não”, explica o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), Sileno Guedes.

LEIA MAIS

Divulgado calendário das Eleições 2020; confira o cronograma

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O calendário eleitoral das eleições municipais 2020, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos 5.568 municípios brasileiros, já foi divulgado. Eleitores, partidos e candidatos devem ficar atentos aos prazos estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os quais alguns já estão em vigor desde o dia 1º de janeiro.

Um deles é a obrigatoriedade de registro de todas as pesquisas de opinião. O registro deve ocorrer até cinco dias antes da divulgação.  Já a pré-campanha, na prática, começa no início do ano e vai até o dia 15 de agosto, último dia para registro de candidatura.

Uma das datas mais esperadas pelos candidatos, a janela partidária começa no dia 5 de março e vai até 3 de abril. Trata-se do período em que uma pessoa com mandato pode mudar de partido sem o risco de perdê-lo. Deputados estaduais e federais, portanto, não podem mudar de partido para concorrer a vereador ou prefeito.

LEIA MAIS

Divulgado calendário de pagamento do IPVA 2020 em Pernambuco; confira as datas

(Foto: Ilustração)

O governo de Pernambuco divulgou o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no ano de 2020, nesta quarta-feira (24). Em relação a 2019, o imposto terá redução média de 3,47% em 2020. Os carnês para efetuação do pagamento serão enviados pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) a partir de janeiro ou poderão ser acessados no site do órgão.

O percentual é calculado conforme a variação de preços de mercado estipulada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), entre setembro e outubro de 2018 e setembro e outubro de 2019, além da composição da frota de veículos tributáveis de Pernambuco em setembro de 2019. No caso dos automóveis, foi registrada uma queda de 3,99%, enquanto que os ônibus/micro-ônibus tiveram uma depreciação de 4,15%.

O governo informou que os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única, em fevereiro, terão um desconto de 7%. Já os que decidirem pelo parcelamento em até três cotas irão pagar a primeira prestação também em fevereiro e quitar o IPVA nos meses subsequentes, com a última parcela em abril. As datas de vencimento variam de acordo com o número final da placa dos veículos.

LEIA MAIS

Confira o calendário de pagamento de aposentadorias e pensões em 2020

(Foto: Internet)

Cerca de 35 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já podem checar a data de depósito dos benefícios de 2020. Segundo o INSS, os depósitos seguirão a mesma sequência de anos anteriores. As datas foram divulgadas na segunda-feira (16).

LEIA MAIS
1234