Comissão de Direitos Humanos de Petrolina emite nota de solidariedade a família de jovens encontrados mortos

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores de Petrolina emitiu na noite do último sábado (18), uma nota de pesar aos familiares de Matheus dos Santos e Lucas Levi, jovens que estavam desaparecidos desde o dia 11 e foram encontrados mortos na semana passada.

LEIA TAMBÉM

Petrolina: jovens desaparecidos são encontrados mortos

Familiares fazem ato cobrando informações sobre jovens desaparecidos no Mandacaru 2

De acordo com a Comissão, é “extremamente preocupante que numa época em que as políticas sociais de proteção e promoção da dignidade humana estejam sendo destruídas”, numa crítica a atuação da Polícia Militar de Pernambuco, apontada pela família de Mateus como a responsável pelo sumiço dos jovens.

O caso

Lucas, de 20 e Matheus, de 17 foram vistos pela última vez no dia 11 de janeiro. Segundo Elisete dos Santos, mãe de Matheus, os dois foram vistos entrando em uma viatura do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) e que os próprios policiais teriam retornado para ameaçar quem comentasse o fato.

Em nota enviada ao Blog, a PM informou que está apurando a conduta dos agentes envolvidos na abordagem e destacou que os amigos foram liberados após serem parados. Confira a seguir a nota da Comissão:

Familiares fazem ato cobrando informações sobre jovens desaparecidos no Mandacaru 2

Jovens estão desaparecidos desde o dia 11 de janeiro (Foto: Wanderley Alves/Cortesia)

Os amigos Matheus dos Santos, de 17 anos, e Lucas Levi, de 20, desapareceram no sábado (11), no bairro Mandacaru 2, em Petrolina. Segundo Elizete dos Santos, mãe de Matheus, moradores relataram que os jovens foram vistos pela última vez entrando em uma viatura do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), desde então as famílias buscam por informações sobre os dois.

Eles foram vistos pela última vez no dia 11 de janeiro

As famílias se reuniram nessa quarta-feira (15) em frente à Câmara de Vereadores de Petrolina para cobrar Justiça pelos jovens. “As últimas informações que tenho deles é quando a BIEsp enquadrou os dois e desapareceu com os dois. Abordaram, botaram no carro e até hoje não apareceu em delegacia, IML e em lugar nenhum”, relatou Elizete.

Segundo Elizete, ela já ouvi ameaças de que quando o filho completasse 18 anos seria “colocado na prisão perpétua”. Apesar da angústia, ela acredita que Matheus será encontrado bem. “Como mãe meu coração diz que ele tá vivo, mas eu quero uma resposta de vivo ou de morto“, afirmou.

Morre aos 85 anos Mário Lima, ex-vereador de Petrolina

Morreu na madrugada dessa quarta-feira (15), na capital Recife, aos 85 anos o delegado aposentado e ex-vereador de Petrolina, Mário Lima.

Mário estava no Recife para tratar de problemas respiratórios, que se agravaram nos últimos dias. O corpo do ex-vereador será trazido de volta a Petrolina ainda hoje.

O velório está previsto para acontecer às 16h, na Câmara de Vereadores da cidade e será aberto ao público.

Incomodada com “excessos” em eventos na Areia Branca, vereadora convoca reunião com PM

(Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

A vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) está irritada com a situação que vem acontecendo no bairro Areia Branca, seu reduto eleitoral. A edital convocará nesta segunda-feira (23) uma reunião em caráter de urgência com a Polícia Militar e secretaria da Mulher, para discutir a fiscalização nas festas públicas na Avenida São Francisco.

O que motivou Elena a tomar essa decisão foi a presença de menores de idade em eventos na via, consumindo bebida alcoólica. “Com vistas a se impor uma organização mais rigorosa e qualificada para evitar os excessos e vandalismos que normalmente  vem acontecendo em dias de festas comemorativas, a exemplo do que aconteceu ontem depois do jogo do Flamengo na Av São Francisco, Av Paraíba e ruas e avenidas adjacentes”, explicou a edil.

Além dos órgãos já citados deverão participar do debate a Justiça e moradores do bairro. Confira a seguir uma nota da vereadora sobre o tema:

Câmara de Vereadores encerra trabalho com saldo positivo para presidente

Vereadores encerram ano com música e saldo positivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Véspera de pleito municipal, 2019 foi marcado por embates acaloradas e aprovação de projetos polêmicos. Porém, na quinta-feira (19) houve discursos de agradecimento, música e sorrisos para concluir mais um ano de trabalho na Câmara Municipal.

LEIA TAMBÉM:

Líderes avaliam 2019 como ano positivo na Câmara de Petrolina

No balanço geral, o presidente da Casa, Osório Siqueira (PSB) aprovou a atuação do Poder Legislativo. “Quero parabenizar todos os vereadores pelo ano de 2019, foram quase duas mil matérias, entre Indicações e Requerimentos reivindicando aos órgãos competentes, a todos os órgãos responsáveis pelas demandas”, disse.

‘Inquietação” levou Cristina Costa a apresentar Requerimento sobre Educação de Petrolina

Vereadora quer mais transparência sobre contratação de professores (Foto: Maria Lima/Cortesia)

Presidente da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Petrolina, Cristina Costa (PT) emplacou o Requerimento n° 425/2019, aprovado por 14×0, na última sessão do ano. No pedido, a edil busca informações à Secretaria de Educação da cidade sobre as contratações de professores.

LEIA TAMBÉM:

Cristina Costa apresenta Requerimento sobre concurso da Educação

Petrolina: inscrições para seleção da Educação terminam nesta quarta-feira

Costa quer entender o motivo da realização de tantas seleções para professor municipal. “O Poder Executivo Municipal fez ao longo de 2019 seleção para professores e concurso, tem uma lista e a expectativa daqueles que fizeram, pagaram a inscrição, foram aprovados e não foram chamados ainda“, justificou à imprensa.

Segundo a vereadora, seu pedido não é político e sim o cumprimento da função da Comissão Parlamentar. “Tem lista de espera, depois dessa lista tem uma nova seleção e novas pessoas já foram selecionadas e já temos outra seleção. A inquietude do pessoal é que a Prefeitura abre concurso, abre seleção, pega dinheiro do contribuinte”, pontua.

“Ou a gente decide fazer no Ceape ou decide não fazer o São João”, afirma Aero Cruz

Líder do Governo comentou mobilização dos moradores do KM-2 (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Nesse momento o único local que nós temos para realizar o São João é o pátio do antigo Ceape“. Essa é a opinião do vereador Aero Cruz (PSB), líder do Governo na Câmara de Petrolina. Na quinta-feira (19) ele viu a mobilização dos moradores do bairro KM-2 na Casa e disse entender a queixa da comunidade, porém, o município não pode ficar a mercê de terceiros.

LEIA TAMBÉM:

Moradores do KM-2 vão à Câmara pedir apoio dos vereadores de Petrolina

São João de Petrolina 2020 já tem local definido; terreno do antigo Ceape será o novo Pátio de Eventos

“Entendo a colocação do pessoal do bairro KM-2, mas a gente tem que ver a situação nós estamos passando aqui em Petrolina. A gente faz um dos maiores São João do Brasil, o prefeito Miguel Coelho procurou duas áreas para que pudesse ser feito o São João, uma na saída para Recife e outra na Transnordestina“, destacou.

Moradores do KM-2 vão à Câmara pedir apoio dos vereadores de Petrolina

Grupo quer diálogo com município para mudar local do novo pátio (Foto: Blog Waldiney Passos)

A construção do novo Pátio de Eventos de Petrolina vem dando o que falar. O Blog mostrou nessa semana a mobilização de um grupo de moradores do bairro KM-2, contrário a ideia de utilizar o antigo CEAPE como local do São João e demais festas municipais.

Na sessão de quinta-feira (19) o grupo esteve na Câmara de Vereadores, buscando apoio dos edis. Na véspera eles fizeram uma reunião e apenas três membros do Legislativo compareceram: Cristina Costa (PT), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (MDB).

LEIA TAMBÉM:

Em nota, prefeitura diz que eventuais complicações que surgirem durante instalação do pátio no KM 2 serão suavizadas com o devido planejamento

Associação de moradores do KM 25 realiza campanha para aumentar número de eleitores no Maria Tereza

No encontro ficou definido que será realizado um abaixo-assinado a ser apresentado à Prefeitura de Petrolina. “Decidimos que vamos fazer um abaixo-assinado, viemos hoje aqui buscar um espaço para que a gente se pronunciasse. Nossa preocupação é a segurança. Nossa população hoje é de 80% de idosos”, explica a presidente do bairro Joana Darc da Cruz, a Darquina.

Alvorlande Cruz celebra volta a Câmara e defende aprovação do Plano Diretor 

Vereador assumiu cadeira após celeuma com Domingos (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano de 2019 foi de reviravoltas na vida do vereador Alvorlande Cruz (PSL). Suplente na eleição de 2016, o edil assumiu a cadeira após a cassação do mandato de Domingos de Cristália (PSL). Pouco depois, Domingos conseguiu reverter e novamente foi derrotado.

Se o começo do mandato, já em meados de 2019, foi tumultuado, Alvorlande celebrou a paz no final desse ano. “Deus me oportunizou [estar na Câmara], é a terceira vez que venho a essa Casa, fiz um trabalho anteriormente derrubamos a cobrança de estacionamento do Shopping, fui criticado por algumas coisas, mas ação, nós trouxemos as pessoas para dentro do empreendimento”, disse durante coletiva de imprensa.

Aliado de Miguel Coelho (MDB), Alvorlande já deixou claro. Para 2020 há um objetivo principal, a aprovação do Plano Diretor Municipal. “Com fé em Deus no próximo ano iremos aprovar o Plano Diretor para que a gente tenha condições de ampliar a questão do zoneamento”, afirmou.

Líderes avaliam 2019 como ano positivo na Câmara de Petrolina

2019 termina de forma satisfatória para as lideranças (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano legislativo de 2019 chegou ao fim hoje (19) na Câmara de Petrolina em clima de paz e harmonia. Logo mais às 13h Oposição e Situação se reúnem para a confraternização de final de ano, mas o tom de tranquilidade já pôde ser sentido nas entrevistas dos dois líderes.

Paulo Valgueiro (MDB) elogiou a atuação da Oposição e disse que em 2020, último ano do mandato dos atuais vereadores, nada mudará. “É uma avaliação positiva, apesar dos embates muitas vezes acalorados, apesar de sermos minoria na Casa Plínio Amorim. A gente buscou cumprir nosso papel enquanto vereador e a Bancada de Oposição tem feito esse papel. Apesar das perdas que tivemos em 2019, consideramos o ano positivo”, afirmou ao Blog.

Na visão do edil, a Oposição faz de fato um trabalho de legislador. “A gente considera que assim como em 2017 e 2018 a gente conseguiu cumprir esse papel [de ser legislador]. Essa União da Oposição começou em 2017 e permaneceu até agora. Embora temos partidos diferentes, o objetivo maior nosso é fazer de Petrolina uma cidade cada vez melhor“, concluiu.

Cristina Costa apresenta Requerimento sobre concurso da Educação

(Foto: Ascom/Cristina Costa)

Cristina Costa (PT) terminou 2019 na Câmara de Vereadores de Petrolina da forma que começou: solicitando informações ao Poder Executivo. Na sessão dessa quinta-feira (19), a edil apresentou o Requerimento n° 425/2019, no qual pede esclarecimentos à Secretaria de Educação.

No pedido, aprovado por unanimidade, Costa reivindica informações acerca da quantidade de nomeações efetuadas no cargo de professor no último concurso realizado pela Prefeitura de Petrolina; se há previsão de outro certame e quais as lotações contempladas no edital.

O Requerimento seguirá para análise do Poder Executivo. Todas as Indicações e Requerimentos colocados em pauta na sessão de hoje foram aprovados.

Agora do lado de Miguel, Raimunda Sol Posto afirma ter conversado com Lóssio antes de assumir mandato na Câmara

Raimunda tomou posse na terça-feira (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

A sessão de terça-feira (17) na Casa Plínio Amorim foi marcada pela votação de vários projetos de lei e também pela posse de Raimunda Sol Posto (MDB). Ex-aliada de Julio Lóssio, a vereadora agora está no grupo do prefeito Miguel Coelho (MDB).

LEIA TAMBÉM:

Raimunda Sol Posto toma posse na Câmara de Petrolina

Paulo Vagueiro afirma que Julio é candidato a prefeito e que não avalizou ida de Raimunda Sol Posto ao grupo de Miguel Coelho

Em entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, Raimunda deixou claro: avisou previamente Lóssio sobre sua mudança de grupo. “Jamais poderia sair para apoiar outro grupo sem dar satisfação a Julio que mora no meu coração. Julio é o filho que não tive, considero demais”, disse.

Sindsemp não descarta buscar Justiça após falta de diálogo antes da votação do novo regime previdenciário

Presidente do Sindsemp criticou postura da Câmara (Foto: Blog Waldiney Passos)

Principal projeto a ser debatido na Câmara de Vereadores de Petrolina nessa terça-feira (17), a alteração no regime previdenciário dos servidores municipais provocou revolta nos funcionários públicos. Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp), Walber Lins disse que poderá acionar a Justiça contra a matéria.

Para Walber, faltou diálogo com o Poder Executivo e com a Presidência da Câmara. Confira:

Outro lado

Nossa Produção procurou a Prefeitura de Petrolina, para saber se de fato houve ou não diálogo com os servidores e porquê a matéria não foi adiada para 2020. Até o momento não recebemos resposta, mas seguimos aguardando um posicionamento.

Com pedido de destaque de Elias Jardim, Câmara aprova projeto que institui Semana de Enfrentamento a LGBTfobia 

A penúltima sessão de 2019 na Câmara de Vereadores de Petrolina está sendo de muito debate. No primeiro momento da discussão, os edis analisaram as matérias de autoria do Poder Legislativo. Todos os 13 projetos de lei em análise nessa terça-feira (17) foram aprovados.

Contudo, o PL n° 154/2019, de Gilmar Santos (PT), propondo a criação da Semana Municipal de Enfrentamento a LGBTfobia em Petrolina não foi unanimidade. O objetivo da matéria é valorizar a vida e garantir segurança a população LGBTQI+, garantindo a igualdade e respeito a identidade de gênero.

Membro da bancada evangélica, Elias Jardim (PHS) pediu destaque do projeto, que foi aprovado por 15 votos a 2. Apesar do pedido, na hora da votação Elias não estava presente no Plenário e apenas Ruy Wanderley (PSC) e Alex de Jesus (PRB) votaram contra.

Petrolina: líderes divergem sobre projeto que altera regime previdenciário dos servidores municipais

Líderes dão opinião sobre regime previdenciário (Foto: Blog Waldiney Passos)

Às vésperas de encerrar o ano, a Câmara de Vereadores de Petrolina analisa nessa manhã diversos projetos de Lei do Poder Executivo. Entre eles, o de número 025/2019, cuja proposta é reestruturar o Regime Próprio de Previdência dos servidores municipais, ativos e inativos.

LEIA TAMBÉM:

Assim como Alepe, Câmara de Petrolina discutirá projeto do novo regime previdenciário em Petrolina

Antes da votação o Blog Waldiney Passos ouviu os dois líderes que divergem sobre a proposta. Paulo Valgueiro (MDB) vê a matéria como um “presente de grego” aos petrolinenses. Já Aero Cruz (PSB) afirma que o município segue o que o Governo Federal já fez.

123