Funcionários e estudantes de uma Instituição pública de Petrolina fazem campanha para moradores de rua

(Foto: Ilustração)

As medidas preventivas para conter a contaminação e o avanço do novo coronavírus aguçou o espírito solidário de professores, alunos e amigos de uma Instituição Pública Federal que funciona em Petrolina.

Desde o início das medidas preventivas adotadas pelas autoridades, o grupo busca formas de contribuir com pessoas que vivem em situação de rua em Petrolina e Juazeiro. Gente que fica à margem da assistência ofertada pelas instituições formais.

Coordenada por Neves Almeida, Socorro Tavares, Luíza Almeida e Lara Pyanelly, uma das alternativas encontradas pela equipe foi desenvolver a campanha Co-Vida. O objetivo é arrecadar material de higiene e alimentos não perecíveis de fácil consumo, como achocolatados, biscoitos, leite, entre outros.

“Sabemos que tanto em Petrolina quanto em Juazeiro existem locais para acolhimento dessas pessoas, porém alguns preferem, por inúmeros e compreensíveis motivos, permanecer nas ruas, onde fizeram suas casas”, diz Neves Almeida, uma das coordenadoras do movimento.

Para fazer as doações, as pessoas podem entrar em contato através dos telefones (87)9 8827-0187 (Socorro) ou (87)9 9991-3064 (Neves).

O grupo está disponibilizando pessoas para irem até o local onde o doador (a) estará para buscar os produtos. Para manter a segurança e prevenção do doador e do arrecadador, são tomadas algumas precauções.

As pessoas devem colocar suas doações em sacolas plásticas, diretamente em uma caixa, no porta-malas do carro, não havendo contato algum com que irá buscar os donativos.

Ao chegar na casa, onde os produtos estão sendo armazenados, a arrumação dos kits será feita, utilizando máscaras, luvas e sacolas plásticas novas, que nunca foram utilizadas.

A entrega dos produtos a quem se encontra em situação de rua será feita em locais estratégicos, por pessoas que se voluntariaram, tomando todos os cuidados com relação ao uso de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs).

“As pessoas que têm entrado em contato, ampliaram a ação em seus condomínios, a exemplo da aluna Yasmin Tenório, que mobilizou já um grupo grande de vizinhos. Arrecadando, inclusive, outros itens como roupas, agasalhos, roupa de cama”, concluiu Neves Almeida.

Casa Nova: Prefeito surpreende ao propor doação de metade do salário dos políticos para o combate ao coronavírus

Wilker Torres, prefeito de Casa Nova (BA).

O Prefeito de Casa Nova, Wilker Torres, nesta sexta-feira (03), surpreendeu seguidores e grupos de WhatsApp ao postar uma mensagem defendendo a doação de 50% do salário dos políticos para auxiliar no combate ao Coronavírus.

A postagem, com sua foto diz: “Sou a favor dos políticos doarem 50% dos seus salários para combater o Coronavírus nesse momento de crise”. É identificado com o Instagram Oficial de Wilker do Posto, WilkerDoPosto e Facebook WilkerDoPosto.

O Prefeito Wilker Torres confirmou na tarde de ontem que a proposta “é a sério: “Não se trata de demagogia, não se trata de querer aparecer. Meu salário, que é pago pelo povo de Casa Nova, é mais que suficiente para viver e posso doar a metade por dois ou três meses.”

Ainda segundo o prefeito Wilker Torres, ele espera que o governo, Federal ou Estadual, se manifeste, com a criação de uma conta para que a doação possa ser efetivada: “Quero incentivar uma atitude voluntária de todos os políticos, empregados do povo, para contribuir realmente no combate ao Coronavírus. É a hora da unidade. Eleições, diferenças partidárias, tudo precisa ficar de lado. Afinal, de que servirá fazer valer seu ponto de vista, garantir sua vitória, se tivermos apenas doentes e mortos aos milhares? “

Prefeitura começa a distribuir donativos arrecadados pelo Programa Transforma Petrolina

(Foto: Redes Sociais)

As primeiras fotos da doação de donativos arrecadados pelo Programa Transforma Petrolina, foram postadas em uma rede social no fim da manhã desta terça-feira (31), pelo prefeito Miguel Coelho. “Hora de compartilhar boas notícias pra dar carga à nossa esperança”, escreveu o gestor do município pernambucano.

Alimentos e kits de higiene estão sendo arrecadados pelo Transforma Petrolina para famílias carentes e pessoas em situação de rua. De acordo com o prefeito, as doações de hoje foram feitas pelos moradores do Condomínio Vale dos Coqueiros, no Jardim Petrópolis. Miguel Coelho conclamou a população para dar continuidade ao gesto dos moradores do Vale dos Coqueiros.

“Você, sua família e seus amigos também podem fortalecer essa corrente. A coleta é agendada, feita em domicílio e o bem é feito para todos. Transforme o isolamento em união”, escreveu Miguel.

A coleta e o atendimento do Transforma Petrolina é das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Informações: (87) 99634-9252 ou (87) 98848-9592.

Coronavírus: Fundação Lar Feliz, de Juazeiro, faz campanha de arrecadação de alimentos para famílias de baixa renda

Famílias recebendo doações na Fundação Lar Feliz. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Se no dia-a-dia já não é nada fácil conseguir alimentos para 520 crianças, imagine alimentar também os pais delas. Esse é o desafio de Maria da Ressurreição Souza Barbosa, mais conhecida como Ressu, fundadora e coordenadora da Fundação Lar Feliz que fica no bairro Malhada da Areia, em Juazeiro.

A entidade funciona a base de doações e assim atende mais de 500 crianças com idade entre 0 e 13 anos, filhos e filhas de famílias de baixa renda, que vivem em situação de vulnerabilidade social. Todos os meninos e meninas recebem cinco refeições ao dia. Elas tomam café da manhã, almoçam, jantam e fazem dois lanches nos intervalos entre uma refeição e outra. Chegam à Fundação às 7:15 e retornam as residências às 17:00.

Até aí tudo bem. A situação não é completamente confortável, mas Ressu e equipe conseguem atender a todas as crianças. Só que depois da crise causada pelo novo coronavírus, surgiu uma outra demanda. Os pais e mães das crianças atendidas no Lar Feliz, quase em sua totalidade não tem trabalho fixo, vivem da coleta de materiais recicláveis, “bicos” ou de fazer faxinas em casas de outras famílias.

Sem conseguir vender o que coletam ou fazer trabalhos temporários por causa do isolamento social, as famílias estão passando necessidade alimentar e vão a procurar da Fundação Lar Feliz em busca de alimentos.

“Com a proibição de funcionamento do comércio e outras instituições, as famílias estão desesperadas porque a maioria não tem o que dar as crianças para comer. Nós fizemos um movimento dentro da instituição e doamos os alimentos que tínhamos para famílias mais vulneráveis, mas o número dessas famílias tem aumentado a cada dia e nós não temos mais alimentos”, diz Ressurreição Barbosa.

Para tentar aliviar o sofrimento de quem precisa, Maria da Ressurreição resolveu fazer uma campanha para arrecadar alimentos ou dinheiro para essas famílias. Quem puder doar, pode deixar os alimentos nos seguintes pontos de arrecadação:

Petrolina: Nardini Imobiliária e no IPADO

Juazeiro: Nardini Imobiliária – ao lado do Fórum, Endogastro e Rádio Cidade.

Quem preferir depositar dinheiro, as contas são:

Banco do Brasil – AG: 0069-8    CC: 28354-1

Caixa Econômica Federal: AG: 0080-9       OP: 003           CC: 115-6

Bradesco: AG: 3527-0       CC: 1.001.958-3

CNPJ: 02.832.912/0001-55

Bolsonaro teria gasto quase R$ 5 milhões em campanha contra quarentena, afirma revista

(foto: Reprodução/Tv Brasil)

A justiça proibiu a propaganda, mas o dinheiro já havia sido comprometido. Sem consultar o Ministério da Saúde sobre a campanha “O Brasil não pode parar”, o governo federal gastou, segundo a revista Época e Portal R7, R$ 4,9 milhões para convocar os brasileiros a não deixarem o trabalho durante a pandemia de coronavírus, contrariando recomendação de especialistas e a despeito de medidas de restrição adotadas por Estados.

O material foi encomendado e aprovado pelo Palácio do Planalto, sem passar pelo Ministério da Saúde. Segundo fonte com conhecimento no assunto, o ministério não foi consultado e nem sequer avisado de que o material iria para o ar a partir de quarta-feira (25), como ocorreu.

LEIA MAIS

Prefeito de Milão admite que errou ao apoiar campanha para cidade não parar no início da pandemia de coronavírus na Itália

Giuseppe Sala, prefeito de Milão, admite erro por ter apoiado que a cidade não parasse em meio a surto de coronavírus. (Foto: Reprodução/YouTube)

O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, reconheceu que errou ao ter divulgado o vídeo de uma campanha que dizia que a cidade “não para”, no fim de fevereiro.

Depois de quase um mês, Milão é a terceira província mais atingida na Itália pela pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), com 5.096 contágios, de acordo com a Defesa Civil.

“Muitos se referem àquele vídeo que circulava com o título ‘Milão não para’. Era 27 de fevereiro, o vídeo estava explodindo nas redes, e todos o divulgaram, inclusive eu. Certo ou errado? Provavelmente, errado”, disse Sala à emissora Rai, no último domingo (22).

O vídeo viralizou na web em meio à escalada dos casos na Itália e após o governo ter decidido confinar as 11 cidades do norte do país que haviam registrado os primeiros contágios por transmissão interna. A peça exalta os “milagres” feitos “todos os dias” pelos habitantes de Milão e seus “ritmos impensáveis” e “resultados importantes”. “Porque, a cada dia, não temos medo. Milão não para”, diz o vídeo.

“Ninguém ainda havia entendido a virulência do vírus , e aquele era o espírito. Trabalho sete dias por semana para fazer minha parte, e aceito as críticas”, reforçou o prefeito.

Em 27 de fevereiro, a Itália contabilizava 650 casos do novo coronavírus . Agora são mais de 80 mil. Na época, o primeiro-ministro Giuseppe Conte também chegou a dizer que a vida devia “continuar”.

Programa Transforma Petrolina mobiliza população para doação de sangue

(Foto: iStock/Thinkstock)

Seguindo o exemplo da campanha realizada durante o carnaval, o Programa Transforma Petrolina, coordenado pela Primeira Dama Lara Secchi Coelho, mobiliza novamente a população em uma nova campanha para repor o estoque de sangue do Hemocentro da cidade.

Dessa vez, a ação se deve a pandemia do novo Coronavírus que se espalhou por todo o país. O objetivo é conscientizar as pessoas para que continuem doando sangue nesse momento de crise na saúde pública. Segundo a coordenadora do Programa Transforma Petrolina, Lara Secchi Coelho, “é preciso lembrar que as outras doenças continuam existindo e que a demanda de sangue no sistema de saúde só deve aumentar”.

Apesar das orientações para que as pessoas evitem sair de casa, os hemocentros garantem que a doação é feita em locais seguros. Para isso, a higienização vem sendo reforçada, fazendo o uso constante do álcool em gel para desinfetar o ambiente, além do uso contínuo dos equipamentos de segurança necessários, inclusive máscaras, por parte dos funcionários.

Onde doar?

Voluntários podem comparecer ao Hemope Petrolina que fica localizado na Rua Pacífico da Luz, s/n – Centro, no horário de 7h30 ao meio dia. Para evitar aglomerações e risco de contágio, é preferível que as pessoas façam o agendamento através do telefone (87) 3866-6601.

Veja os principais requisitos para a doação:

– Idade entre 16 e 69 anos;

– Peso mínimo 50kg;

– Bom estado de saúde;

– Não ter feito tatuagem ou piercing nos últimos 6 meses;

– Além disso, critérios adicionais de triagem clínica também estão sendo adotados devido a pandemia do coronavírus.

OBS: Não deve doar quem ingeriu bebida alcoólica nas 12 horas antecedentes a doação do sangue. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriada, não deve doar temporariamente.

Covid-19: Transforma Petrolina inicia campanha de arrecadação em domicílio de alimentos e kits de higiene

(Foto: Jonas Campos/ASCOM)

Além dos riscos à saúde, a pandemia do coronavírus trará efeitos graves às finanças dos brasileiros, principalmente, os mais pobres. Para minimizar o impacto social da crise, a Prefeitura de Petrolina iniciou uma série de medidas.

Uma delas é a campanha de arrecadação de alimentos e material de limpeza para o público mais vulnerável. A mobilização será feita pelo programa Transforma Petrolina com uma coleta dos donativos em domicílio para evitar aglomerações.

 Para doar, a população deve entrar em contato pelo Instagram @transformapetrolina ou nos telefones: (87) 9.9634-9252; (87) 9.9639-3890; (87) 9.8875-1175; ou (74) 9.8814-1112. Deve  ser fornecido o endereço do doador para a equipe da Prefeitura agendar a coleta dos mantimentos.

Os funcionários envolvidos no recolhimento dos donativos estão orientados a evitar contato físico com os doadores, prevenindo assim, a possibilidade de contágio. O serviço estará disponível ao público, tanto para a coleta quanto o atendimento, no horário das 8h às 18h.

A prioridade é que a população doe alimentos não-perecíveis, tais como, feijão, arroz, macarrão, fubá, leite em pó entre outros. Já os materiais de higiene solicitados são desinfetantes, detergentes, creme dental e sabão. Tudo o que for arrecadado será destinado a comunidades pobres da cidade, organizações sociais e pessoas em situação de rua.

Outra medida prevista para o enfrentamento ao coronavírus é uma campanha para trabalho voluntário de profissionais da área de saúde. O Transforma Petrolina deve anunciar ainda esta semana os critérios e vagas necessárias para os interessados a atuar na linha de combate à Covid-19.

Campanha propõe doação do Imposto de Renda em prol dos idosos do Lar de São Vicente de Paulo de Salgueiro

(Foto: Reprodução/Site do Lar São Vicente de Paulo)

A atual legislação brasileira possibilita cidadãos e empresas a destinar parte de seu Imposto de Renda (IR) a projetos sociais de Entidades. Assim, através do Fundo Municipal de Direito do Idoso (FMDI), este ano, é possível ajudar a transformar a vida dos idosos do Lar de São Vicente de Paulo de Salgueiro  (PE), por meio de deduções fiscais.

O Lar de São Vicente de Paulo oferta serviço de acolhimento institucional para idosos em Salgueiro. É uma entidade sem fins lucrativos, que atua há mais de 100 anos na região. Possui um relevante papel na rede de garantia à direitos da pessoa idosa, pois afiança o acolhimento de idosos em situação de violação a seus direitos fundamentais. Atualmente, é a única entidade a ofertar o serviço no Sertão Central, sendo assim referência na prestação do serviço.

LEIA MAIS

Juazeiro: mulher morre, deixa filho recém-nascido e família faz campanha em prol da criança

(Foto: Ilustração)

Uma mulher identificada apenas como Sayane, faleceu na última quarta-feira (19), deixando um filho recém-nascido, o pequeno Nicolas. Ela morava em Juazeiro (BA), e sua família preferiu não revelar a causa da morte.

O fato é que o bebê está aos cuidados de familiares maternos, que agora, contam com a solidariedade das pessoas. A família de Sayane lançou uma campanha nas redes sociais, para arrecadar donativos.

O pequeno Nicolas está precisando de fraldas, tamanhos M e G, além de Leite Ninho Fase 1. Quem tiver interesse em doar, basta entrar em contato com a família, através do número (74) 988258875.

HRJ e Hemoba realizam campanha para incentivar doação de sangue

É necessário estar descansado  e bem alimentado para realizar doação. (Foto: Internet)

Profissionais da Comissão de Humanização, Serviço Social e Hemoba deram início, nessa sexta-feira (14), a uma campanha de incentivo à doação de sangue onde convoca os doadores da região para doar sangue e ajudar a reforçar os estoques para o atendimento de possíveis demandas transfusionais de emergência.

A campanha tem o objetivo de aumentar o estoque de bolsas de sangue da unidade para atender à demanda transfusional dos hospitais públicos de Juazeiro e de outros municípios, além de estimular a reflexão para a importância da doação voluntária, altruísta, espontânea e habitual.

Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal.

LEIA MAIS

Hospital Regional de Juazeiro reforça campanha de doação de sangue visando aumentar estoque do Hemoba

(Foto: iStock/Thinkstock)

Uma campanha de incentivo à doação de sangue, foi iniciada, nesta sexta-feira (14), por profissionais da Comissão de Humanização, Serviço Social do Hospital Regional de Juazeiro (BA) e Hemoba. Durante o lançamento da ação, os realizadores convocaram doadores da região para doar sangue, e assim, ajudar a reforçar os estoques do hemocentro da cidade.

A campanha tem por objetivo aumentar o estoque de bolsas de sangue da unidade para atender à demanda transfusional dos hospitais públicos de Juazeiro e de outros municípios, além de estimular a reflexão para a importância da doação voluntária, altruísta, espontânea e habitual.

De acordo com Nilson Santos, assistente social do HRJ, durante a ação foram abordados os critérios para doação de sangue, quais fatores que influenciam a inaptidão temporária e inaptidão definitiva. Além disso foi feito o convite para a multiplicação das informações e a altruísmo na doação de sangue. 

LEIA MAIS

Eleições suplementares: campanha em Pilão Arcado começa com violência e disparos de arma de fogo

(Foto: Ilustração)

No dia 2 de fevereiro, o município de Pilão Arcado (BA) passará pelo processo de eleições suplementares. O novo pleito para escolha de um novo prefeito foi definida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em novembro do ano passado, que cassou os diplomas do prefeito de Pilão Arcado, Manoel Afonso Mangueira, e de seu vice, Daltro Silva Melo, por terem se beneficiado da prática de abuso de poder político e econômico.

Após a determinação do TSE, quem assumiu a Prefeitura foi o Presidente da Câmara, Orgeto Bastos dos Santos, do mesmo grupo político do prefeito cassado e que é o candidato indicado para as novas eleições. A oposição apresentou Raimundo Nonato Dias dos Santos, o ‘Mundoca’.

A campanha para as eleições suplementares em Pilão Arcado mal começou, e na manhã do último sábado (11), a Coligação, encabeçada pelo atual prefeito aterrorizou e ameaçou seus adversários. O ataque foi contra o operador de drone e proprietário de uma produtora de vídeo, Anderson Cleyton de Freitas Rodrigues, contratado pela Coligação “Pilão Quer Mudança”.

Conforme Boletim de Ocorrência, registrado na Delegacia Regional em Juazeiro, 17ª COORPIN, Andreson Cleyton relatou que durante a produção de imagens aéreas de casas na cidade de Pilão Arcado, foi surpreendido por veículos de onde desceram diversas pessoas e o abordaram violentamente.

LEIA MAIS

Miguel começa último ano do seu mandato com 70% das promessas de campanha cumpridas

Miguel tem apresentado bons números à frente da prefeitura.

Entrando no último ano do seu mandato, o prefeito Miguel Coelho (MDB) tem cumprindo o que prometeu durante sua campanha nas eleições de 2016. Bem acima do percentual nacional, o emedebista já realizou ou está realizando 73,6% de seus compromissos.

Algumas promessas estão acima do que era esperado. Por exemplo, Miguel havia se comprometido a asfaltar 200 ruas, mas esse número já pode ultrapassar 400 vias. Outro compromisso aguardado pelos petrolinenses eram os novos ônibus, que estão rodando desde o mês passado.

Segundo Miguel, o desempenho em Petrolina é ainda melhor considerando uma grande quantidade de ações que não foram postas no programa de governo e foram implementadas nos últimos três anos.

LEIA MAIS

Equipe do Serviço Social reforça campanha ‘Dezembro Vermelho’ na UPAE Petrolina

(Foto: Ascom)

A equipe do Serviço Social da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) está trabalhando este mês o ‘Dezembro Vermelho’ – uma campanha criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para lembrar a luta contra a AIDS e fortalecer a compreensão, solidariedade e apoio aos portadores do vírus.

A escolha dessa data seguiu critérios próprios das Nações Unidas. No Brasil, a data passou a ser adotada a partir de 1988, por meio de uma portaria assinada pelo Ministério da Saúde. O laço vermelho (utilizado na campanha) é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a AIDS.

As ações do Dezembro Vermelho buscam sensibilizar a população quanto à importância do acesso à informação adequada sobre o HIV, sobre a evolução dos métodos de prevenção e de tratamento.

LEIA MAIS
123