Cantora petrolinense Fabiana Santiago lança nova música autoral

Depois de 20 anos de carreira, a cantora e agora também se revelando compositora, petrolinense Fabiana Santiago está lançando o primeiro trabalho autoral. Em fevereiro ela lançou a primeiro música do seu trabalho. A música ‘Deixa’ viralizou nos serviços de streaming Spotify, Deezer, Apple Music e foi uma mostra do que pode vir por aí.

Nesta sexta-feira (5), Fabiana lança a segunda das quarto canções que estarão em seu EP. ‘Palavra de Mulher’, composição feita em parceria com Zebeto Correia e Caio Junqueira Maciel, fala de uma mulher que é protagonista da sua história.

LEIA MAIS

Morre em São Paulo, aos 89 anos, a cantora Angela Maria

Angela Maria (Foto: Jair de Assis/Divulgação)

A cantora Angela Maria, uma das rainhas do rádio, morreu aos 89 anos na noite deste sábado (29), no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo. Após 34 dias de internação, ela não resistiu a uma infecção generalizada.

O marido dela, o empresário Daniel D’Angelo, divulgou um vídeo emocionado no Facebook falando sobre a morte da cantora, que fez um grandioso sucesso entre as décadas de 1950 e 1960. “É com meu coração partido que eu comunico a vocês que a minha Abelim Maria da Cunha, e a nossa Angela Maria, partiu, foi morar com Jesus”, disse emocionado.

O corpo da cantora está sendo velado e será sepultado neste domingo (30) no Cemitério Congonhas, na zona sul da capital paulista.

Carreira

LEIA MAIS

Carmen Silva, cantora de ‘Adeus solidão’, morre aos 71 anos em SP

oie_27113750x8p5zh3d

Cantora mineira teve hit em 1969 com ‘Adeus solidão’, e outros sucessos. Últimos discos foram de música gospel; ela teve insuficiência cardíaca

A cantora Carmen Silva morreu aos 71 anos, nesta segunda-feira (26), em São Paulo, informou a assessoria de imprensa do Hospital Presidente. Ela teve insuficiência cardíaca por conta de uma embolia pulmonar e estava internada desde o dia 14 de setembro, disse a assessoria.

Carmen Silva ficou conhecida pelo hit “Adeus solidão” de 1969. Este foi seu primeiro e maior sucesso, mas ela também teve mais canções populares nos anos 70 e 80, como “Meu velho pai”, “Fofurinha”, “Ser sua namorada” e “Sapequinha”, “Espinho na cama”, entre outras.

Carmen Sebastiana de Jesus (seu nome de batismo) nasceu em Veríssimo (MG). Ela lançou 17 álbuns pela gravadora RCA Victor, e depois pela RGE, entre as décadas de 70 e 90, segundo o dicionário musical Cravo Albin.

A partir de 2001, Carmen Silva três álbuns evangélicos pelo selo Graça Music. O úlitmo foi “Minhas canções na voz de Carmen SIlva”, de 2008.

A Graça Music lamentou a morte da cantora em um comunicado na página da gravadora no Twitter: “Com pesar, comunicamos o falecimento da cantora Carmen Silva. Por anos, ela fez parte do nosso casting. Que o Senhor console a família. A filha da cantora está vindo dos Estados Unidos para o enterro da mãe.”

Com informações do G1

Morre ex-cantora das Frenéticas Lidoka

frenetikas

Nos últimos meses, a doença se espalhou por alguns órgãos e ela teve metástase no cérebro./ Foto: Internet

A cantora Lidoka Matuscelli, ex-integrante das Frenéticas, morreu na noite desta sexta-feira (22), aos 66 anos, em sua casa em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro. Ela lutava há 10 anos contra um melanoma, tipo mais grave de câncer de pele. Nos últimos meses, a doença se espalhou por alguns órgãos e ela teve metástase no cérebro. O filho dela, Igor Bandoca, deu a notícia em seu perfil do Facebook.

“Informo a todos que minha mãe, a eterna Frenética, voou há duas horas. Agora irá curtir as energias do céu! Que sorte tive em poder me despedir, aceitar e entender sua ida. Agradeço muto a todos, vocês ajudaram muito a seu espírito subir com paz. Foi super tranquilo, em paz. Como um passarinho, palavras do enfermeiro que estava acompanhando ela”, escreveu ele.

O velório acontece neste domingo, a partir das 10 horas no Memorial do Carmo, no Caju, Rio de Janeiro. O corpo será cremado às 15 horas.