Com novos cadastros suspensos, pagamento do Chapéu de Palha deve começar em março

(Foto: Divulgação/Ascom)

Novos cadastros do programa Chapéu de Palha estão suspensos em 2021. O Governo de Pernambuco adotou essa medida para evitar a aglomeração de pessoas e assim diminuir a disseminação do novo coronavírus, já que o Estado está em Situação de Calamidade até 30 de junho desse ano. E os pagamentos devem começar em março.

LEIA TAMBÉM

Pernambuco: Governo cancela cadastramento do Chapéu de Palha 2021

Diante da não realização de novos cadastros, o Estado utilizará o cadastro de 2020 como base para pagamento do benefício. Isso significa que “não será possível o ingresso de novos participantes no Programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada 2021 e da Pesca nos municípios do Sertão”.

LEIA MAIS

Governo de PE cancela novos cadastros para o programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada

(Foto: Internet)

O governo de Pernambuco cancelou o cadastramento para o programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada, para o ano de 2021. O Decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado, da segunda-feira (28), e leva em consideração os decretos que prorrogam o estado de calamidade pública em Pernambuco, em função da pandemia da Covid-19.

Os cadastros para Chapéu de Palha da Fruticultura seriam realizados entre janeiro e fevereiro do próximo ano. Segundo o consta no Diário Oficial, o cancelamento também leve em conta “a necessidade se manter medidas restritivas temporárias voltadas a obstar o crescimento da curva de contaminação novo coronavírus, especialmente quanto à redução na concentração e aglomeração de pessoas”.

LEIA MAIS

Semana de Ação Social do Programa Chapéu de Palha realiza cadastro de trabalhadoras rurais em Petrolina

(Foto: Internet)

A Semana de Ação Social do Programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada está sendo realizada acontece no Centro de Convenções de Petrolina. As trabalhadoras rurais do Vale do São Francisco que se dirigirem ao local poderão realizar o cadastramento no programa e participarem de oficinas, palestras e demais atividades como exposição de artesanatos e comercialização de alimentos. O encerramento do evento ocorre na próxima sexta-feira (7).

O tema “Participação, Poder e Igualdade de Gênero” guiará o ciclo de palestras da ação coordenada pelas secretarias de Planejamento e Gestão (Seplag) e da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE). A importância da inclusão sociocultural das mulheres, como utilizar a Lei Maria da Penha, quais as medidas protetivas de urgência e como acessar a  rede de enfrentamento da violência de gênero do Estado estão entre os assuntos do evento. Durante a programação haverá um momento lúdico com a apresentação do recital de poesia de Milky Guimarães e lançamento do livro Vira – Vira, Violeta.

O programa Chapéu de Palha Mulher promove o fortalecimento sociopolítico e o empoderamento das mulheres, em uma articulação permanente com os movimentos sociais rurais e com organizações sociais de mulheres e feministas. Os cadastramentos vão até sexta-feira (7) e acontecem, das 8h às 17h, no Centro de Convenções de Petrolina.

Chapéu de Palha: cadastramento em Petrolina termina nesta sexta-feira

Os trabalhadores rurais que ainda não fizeram o cadastramento no programa Chapéu de Palha em Petrolina têm até esta sexta-feira (15) para se inscrever. O atendimento iniciado na segunda-feira (11) no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 04 termina amanhã.

Podem fazer o cadastro quem trabalhou entre o segundo semestre de 2018 até fevereiro de 2019 por pelo menos 30 dias. É necessário apresentar CPF, carteira de trabalho, número do PIS ou do Número de Identificação Social (NIS) do Cartão do Bolsa Família ou Cartão Cidadão, rescisão do contrato de trabalho da última safra e comprovante de residência.

O comprovante pode ser emitido no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Assalariados de Petrolina (STTAR), que legitima o beneficiário. “O programa só deixa participar aquele que tiver o comprovante de residência em seu nome e o sindicato entra fazendo essa parte”, destaca Lucilene Lima, a Leninha, presidente do STTAR.

Trabalhadores rurais de Petrolina devem fazer cadastramento no Chapéu de Palha até este mês

Após Centro de Convenções, cadastramento segue para N-4 (Foto: Divulgação/Ascom)

Iniciado no dia 21 de janeiro o cadastramento no programa Chapéu de Palha em Pernambuco segue até o próximo dia 15. A partir dessa segunda-feira (4) os trabalhadores e trabalhadoras rurais devem comparecer ao Centro de Convenções munidos de documentação pessoal.

O atendimento no Centro de Convenções segue até sexta-feira (8). Na próxima semana, a última para fazer o cadastro, as equipes estarão no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 04. Anteriormente o serviço foi realizado na Agrovila Massangano, Projeto Bebedouro, Tapera, Projeto Maria Tereza e N-10.

LEIA TAMBÉM:

Cadastramento do Chapéu de Palha começa na próxima semana em Petrolina

“Pode fazer o cadastro o trabalhador que trabalhou do segundo semestre de 2018 a fevereiro desse ano”, afirma a presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Assalariados de Petrolina (STTAR), Lucilene Lima, a Leninha.

Além disso os trabalhadores devem apresentar CPF, carteira de trabalho, número do PIS ou do Número de Identificação Social (NIS) do Cartão do Bolsa Família ou Cartão Cidadão, rescisão do contrato de trabalho da última safra e comprovante de residência, que pode ser emitido no STTAR.

Cadastramento do Chapéu de Palha começa pela Agrovila Massangano, em Petrolina

De hoje (21) até o próximo dia os trabalhadores rurais poderão fazer o cadastro no programa Chapéu de Palha em Petrolina. Assim como nas edições anteriores, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Assalariados (STTAR) estará emitindo o comprovante de residência àqueles profissionais que necessitem da documentação.

O comprovante de residência é uma exigência do Governo de Pernambuco, como explica a presidente do STTAR, Lucilene Lima, a Leninha. “O programa só deixa participar aquele que tiver o comprovante de residência em seu nome e o sindicato entra fazendo essa parte. A maioria dos trabalhadores vem no período de safra e os donos de kit net não fornecem o contrato [de aluguel] e o sindicato legitima isso por saber onde o trabalhador está localizado”, destaca.

LEIA TAMBÉM:

Cadastramento do Chapéu de Palha começa na próxima semana em Petrolina

Quem pode se cadastrar

Pode fazer o cadastro o trabalhador que esteve empregado no segundo semestre de 2018 a fevereiro de 2019, por pelo menos 30 dias com registro na Carteira de Trabalho, seja ele atuante na Fruticultura Irrigada e da Pesca Artesanal.

LEIA MAIS

Projeto Chapéu de Palha começa no fim desse mês em Petrolina e Lagoa Grande

As aulas serão realizadas nos finais de semana e funcionará nas escolas públicas municipais e estadual de Petrolina e Lagoa Grande. (Foto: Internet)

O Programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada, coordenado pela Secretaria da Mulher de Pernambuco e, em 2018, com as organizações da sociedade civil – FASE, ASA BRANCA, ASIAVAL, CEMAN, IDGE e RENDEIRAS, começa no próximo dia 30 de junho, às 8h.

Ao todo, 990 mulheres e 330 crianças menores de sete anos de idade, filhas e filhos das participantes, devem fazer parte do programa neste ano, que terá a carga horária de 40h. Em Petrolina participarão 810 mulheres – distribuídas em 27 turmas – e 270 crianças; e no município de Lagoa Grande, 180 mulheres e 60 crianças, distribuídas em 06 turmas.

Segundo a organização, o objetivo do programa é apoiar a superação das desigualdades históricas de gênero, gerando oportunidades de participação de mulheres rurais nos processos decisórios e do desenvolvimento sustentável da região mediante oferta dos Cursos de formação sociopolítica e artesanato e formação sociopolítica e produção e beneficiamento de alimentos.

Durante o programa, serão realizadas atividades lúdicas formativas com a finalidade de introduzir conceitos relativos a gênero, raça e etnia, saúde e direitos das crianças e dos adolescentes, utilizado as diversas formas de linguagens e de brincadeiras.

LEIA MAIS

Inscrições para programa ‘Chapéu de Palha’ podem ser feitas até amanhã (23)

(Foto; Divulgação/Ascom)

Trabalhadores rurais assalariados de Belém do São Francisco, Cabrobó, Lagoa Grande, Petrolina, Petrolândia, Orocó e Santa Maria da Boa Vista, têm até esta sexta-feira (23), para efetuar o cadastramento no programa ‘Chapéu de Palha’.

O benefício, fornecido pelo Governo de Pernambuco, contempla trabalhadores rurais da fruticultura irrigada, auxiliares de câmara fria e de casa de embalagem, embaladores ou tratoristas. Para fazer o cadastro é necessário ter mais de 18 anos e ter trabalhado por no mínimo 30 dias no período de safra, em 2017.

LEIA MAIS

Chapéu de Palha: capacitações para beneficiários acontecem até sexta-feira (23)

(Foto; Divulgação/Ascom)

Desde a manhã dessa segunda-feira (19) equipes do programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada estão oferecendo capacitações aos beneficiários. Em Petrolina, a secretaria da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação (Sempetq) está com vagas abertas até a sexta-feira (23).

A participação nos cursos de capacitação é um pré-requisito aos beneficiários do programa estadual. Se o beneficiário não puder participar, pode indicar alguém da família para fazê-lo e ao fim do curso, o participante será certificado e dispensado de fazer nova capacitação.

LEIA MAIS

Programa ‘Chapéu de Palha Mulher da Fruticultura’ atende 70 mulheres em Petrolina

O programa ‘Chapéu de Palha Mulher da Fruticultura’ iniciou, neste sábado (8) a capacitação de 3 mil mulheres em Petrolina, Lagos Grande e Santa Maria da Boa Vista. Cada trabalhadora que participar da formação recebe uma bolsa de R$ 246,45 durante quatro meses.

A iniciativa conta com 100 turmas, 70 em Petrolina, 29 em Lagoa Grande e uma em Santa Maria da Boa Vista. Cada turma atende 30 mulheres. O curso é formado por dois módulos. O primeiro deles é de ‘Formação Sociopolítica e Produção de Alimentos’. Enquanto que o segundo é de ‘Formação Sociopolítica e Artesanato’.

As aulas seguem até 6 de agosto e acontecem em escolas municipais, estaduais e associações definidas pela Secretaria Estadual de Planejamento. Os horários variam de acordo com cada localidade. Durante a capacitação, as mães vão contar com uma turma de recreação e poderão levar os filhos para o curso.

Com informações do G1

Governador de Pernambuco visita Petrolina para entregar obras e lançar o programa Chapéu de Palha 2017

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta segunda-feira (23), o governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara, cumpriu agenda em Petrolina e Afrânio. A primeira pauta do chefe do Executivo Estadual foi a participação no lançamento do Programa Chapéu de Palha 2017 e a assinatura da ordem de serviço para a construção de oito pequenas barragens na região.

O evento aconteceu pela manhã, no Centro de Convenções de Petrolina, e contou com a presença do prefeito Miguel Coelho e dos deputados Guilherme Coelho, Lucas Ramos e Gonzaga Patriota e outras figuras importantes para o contexto político da região, além dos trabalhadores rurais.

Em seguida, o governador partiu para o bairro João de Deus, onde fez a entrega de quadras do programa “Quadra Viva” e anunciou a mudança de quatro escolas para o sistema integral. Durante a passagem pelo bairro, o governador fez a entrega de um caminhão frigorífico para a prefeitura de Petrolina, no valor de R$ 165 mil, além da inauguração de quatro Sistemas Simplificados de Abastecimento que custaram R$ 2,6 milhões, em recursos do Ministério da Integração Nacional.

O governador encerra as atividades de hoje (23) em Afrânio, onde algumas obras serão inauguradas, entre elas a Escola Estadual Antônio Cavancanti Filho, que atende 643 estudantes e contou com um investimento de R$ 2,4 milhões. Ainda em Afrânio, o governador inaugura o Sistema de Abastecimento Curral Velho I e II, que contou com um investimento de R$465 mil e beneficiará 64 famílias na localidade

Odacy Amorim cobra retorno das capacitações do programa ‘Chapéu de Palha Mulher’ em Petrolina

(Foto: Giomara Damasceno/blog Waldiney Passos)

Odacy Amorim cobrou retomada do programa “Chapéu de Palha Mulher” (Foto: Giomara Damasceno/blog Waldiney Passos)

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) cobrou, em reunião plenária nesta terça-feira (22), o retorno da capacitação para mulheres no programa “Chapéu de Palha Mulher da Fruticultura Irrigada”.  Representantes da Rede de Mulheres da Fruticultura Irrigada foram recebidas pelo parlamentar na sexta-feira (18) em seu gabinete na cidade de Petrolina (PE).

Durante o encontro foi solicitado apoio do deputado para o retorno do programa, que esse ano não chegou para o sertão, apenas para o agreste e zona da mata. As representantes cobraram tratamento isonômico para o sertão. De acordo com Odacy, o programa “Chapéu de Palha Mulher – Fruticultura Irrigada”, é coordenado pela Secretaria da Mulher, mas está suspenso. 

LEIA MAIS

Governador libera R$ 9,82 milhões para pagamento das bolsas do Chapéu de Palha

chapéu de palha

Os valores liberados ficarão disponíveis até dia 30/06 e deverá obedecer o calendário do Programa Bolsa Família.Foto: Douglas Fagner/Seplag

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), liberou, nesta segunda-feira (20), R$ 9,82 milhões para pagamento dos beneficiários dos três segmentos do programa Chapéu de Palha. Os valores, repassados pela Caixa Econômica Federal, ficarão disponíveis até o próximo dia 30, seguindo o calendário de pagamento do Bolsa Família. Criado para garantir a subsistência do trabalhador durante a entressafra, a iniciativa atende, em 2016, quase 50 mil pessoas em todo o Estado.

O Chapéu de Palha é dividido em três segmentos: Cana de Açúcar, Pesca Artesanal e Fruticultura Irrigada. O pagamento liberado em junho vai pagar a quarta e última parcela dos trabalhadores da Fruticultura Irrigada. Serão R$ 1.917.320,25 que beneficiarão os quase 10 mil inscritos nesta modalidade, com bolsas de R$ 246,45. Já para as modalidades da Cana e da Pesca, o valor repassado pelo governo vai possibilitar o início do pagamento das parcelas dentro do prazo estipulado pelo Programa.

O Chapéu de Palha da Cana inscreveu mais de 32 mil trabalhadores em 2016. Para pagar a primeira parcela aos trabalhadores da Cana, o Governo do Estado liberou R$ 6.657.476,30. Os valores da bolsa, complementares ao Bolsa Família, são de até R$ 246,45. Para os beneficiários da Pesca, cerca de sete mil pescadores e marisqueiros, o valor destinado para a primeira parcela é de R$ 1.245.579,64.

Humberto Viana, coordenador do programa Chapéu de Palha, ressalta a importância do Governo do Estado honrar o compromisso e as datas de pagamento das bolsas. “Mesmo em um momento difícil de restrição fiscal, o Governo Estadual confirma que o Chapéu de Palha é uma prioridade. Os valores são muito importantes para os beneficiários e nos esforçamos para manter as datas e não atrasar nada”, explicou Humberto.

Chapéu de Palha da fruticultura irrigada será lançado nesta segunda-feira em Petrolina

DANILO CABRAL

Os trabalhadores da fruticultura irrigada do Vale do São Francisco estarão recebendo nesta segunda-feira, 18, a visita do secretário de Planejamento do Estado de Pernambuco Danilo Cabral, durante o lançamento do Programa Chapéu de Palha, às 11h, no Centro de Convenções de Petrolina-PE. Havia a expectativa do próprio governador Paulo Câmara vir fazer o lançamento, mas essa possibilidade já foi descartada.

Além de Petrolina, trabalhadores de mais seis municípios dos Sertões do São Francisco e Itaparica serão contemplados com o cadastramento que acontece de 18 a 22 de janeiro. São eles: Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco e Petrolândia. Não serão admitidos trabalhadores que residam em outras cidades.

Para se cadastrar é preciso apresentar a seguinte documentação (original e cópia): CPF, identidade, número do PIS ou do NIS, carteira de trabalho e o contrato de rescisão. O endereço do cadastrado a ser considerado será aquele que está registrado no contrato de rescisão.

Chapéu de Palha define pontos de cadastramento nos Sertões do São Francisco e Itaparica

chapeu de palha

Os locais para o cadastramento dos trabalhadores da fruticultura irrigada no Chapéu de Palha 2016 foram definidos pela Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco, coordenadora do programa. As inscrições ocorrerão entre os dias 18 e 22 de janeiro nos municípios de Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó (todos no Sertão do São Francisco); e em Belém de São Francisco e Petrolândia (no Sertão de Itaparica).

Em Petrolina, maior município da região, serão sete pontos de cadastramento. Em Lagoa Grande, dois, e nos demais municípios as inscrições serão realizadas nas sedes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Para se cadastrar, é necessário ser trabalhador (a) rural da fruticultura irrigada, auxiliar de câmara fria e de casa de embalagem, embalador (a) ou tratorista e ter mais de 18 anos – além de ser morador de um dos sete municípios contemplados pelo Chapéu de Palha. Não serão admitidos trabalhadores que residam em outras cidades. Também está entre os critérios para o cadastramento que o agricultor tenha trabalhado com registro em carteira pelo período mínimo de 30 dias corridos entre 1º de junho e 31 de dezembro de 2015, e ter sido dispensado entre 1º de junho do ano passado e o último dia das inscrições, 22 de janeiro.

Cadastramento: No ato do cadastramento, os agricultores devem apresentar originais e cópias do NIS/PIS do participante e/ou do representante legal, CPF, Carteira de Identidade, comprovante da demissão – CTPS (folha de rosto e folha que comprova a data de demissão) -, contrato de trabalho rescindido do participante e comprovante de endereço. Além de um auxílio financeiro no valor de R$ 246,45, complementar ao Bolsa Família, os beneficiários participam de cursos de qualificação profissional.

Os locais de inscrição para o Chapéu de Palha são os seguintes:

Petrolina           

* Escola Municipal Irmã Luíza Gomes – Avenida Principal, s/nº, Agrovila Massangano;

* Escola Estadual Antonio Nunes dos Santos – Avenida Principal, s/nº, NS 01, Bebedouro;

* Centro  Centro de Convenções (João de Deus, José e Maria, São Gonçalo e STR) – Avenida 31 de março, s/nº, Centro;

* Escola Estadual Nossa Senhora Aparecida – Rua B, s/nº, NM – 04, Projeto Senador Nilo Coelho;

* Escola Estadual Poeta Carlos Drumond de Andrade – Avenida Principal, s/nº, NM – 10, Projeto Senador Nilo Coelho;

* Escola Municipal José Esmerindo Ribeiro – Avenida Principal, s/nº, Vila do Km 25, Maria Tereza;

* Escola Municipal Félix Manoel dos Santos – Avenida Principal, s/nº, Estrada de Tapera.

Lagoa Grande  

* Escola Estadual Santa Maria -Rua dos Estudantes, 188, Centro;

* Escola de Referência em Ensino Médio Dom Helder Câmara- Avenida Principal, s/nº, Vermelhos.

Santa Maria da Boa Vista           

* Sindicato dos Trabalhadores Rurais – Rua Joaquim Nabuco, 229, Centro.

Orocó  

* Sindicato dos Trabalhadores Rurais – Avenida Prefeito Ulisses de Novaes, 56, Centro.

Cabrobó

* Sindicato dos Trabalhadores Rurais – Avenida Presidente Castelo Branco, nº 588, Centro.

Belém do São Francisco

* Sindicato dos Trabalhadores Rurais – Avenida Coronel Gerônimo Pires, nº 124, Centro.

Petrolândia

* Sindicato dos Trabalhadores Rurais – Rua Dantas Barreto, nº 109, Centro.

12