Nível do Lago de Sobradinho já preocupa agricultores e piscicultores

(Foto: André Schuler/Chesf)

O nível da barragem de Sobradinho recuou e já preocupa a comunidade ribeirinha que necessita da água do Rio São Francisco para irrigar a plantação. Segundo a Chesf, houve um recuo de 100 metros e atualmente o reservatório está com pouco mais de 62% do volume útil.

Cerca de quatro mil agricultores e 400 piscicultores dependem da água para viver. E eles já estão apreensivos. “O nível ficou muito baixo, tivemos que pegar linha de crédito para dar conta das despesas“, disse Edvânia Limoeiro, piscicultora da região em entrevista à TV São Francisco.

Apesar da situação preocupante para os produtores, o nível baixo ainda não representa risco à produção de energia. Segundo a Chesf, Sobradinho está em situação melhor do que outras localidades.

Chesf eleva vasão da barragem de Sobradinho a partir desta sexta-feira

(Foto: André Schuler/Chesf)

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco – Chesf, informou através de uma carta circular que irá aumentar a vazão da Barragem de Sobradinho, na região norte da Bahia, para 1.300 m³/s a partir desta sexta-feira (02).

Segundo a empresa, a elevação será necessária para à otimização do Sistema Interligado Nacional – SIN e a necessidade de manutenção e armazenamento do reservatório de Itaparica, em no mínimo 30% V.U.

LEIA MAIS

Curaçá também ficou sem energia durante a madrugada, afirma Coelba

(Foto: Internet)

Mais cedo o Blog relatou o apagão registrado em Juazeiro (BA) e Petrolina, na madrugada desta quinta-feira (18). A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), responsável pelo fornecimento de energia elétrica na cidade vizinha deu mais detalhes sobre o caso.

LEIA TAMBÉM

Madrugada de quinta-feira é marcada por apagão em Juazeiro e Petrolina

De acordo com a Coelba, por volta de 3h17  foi registrado um desligamento na subestação Juazeiro II, de responsabilidade da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF). Tal fato “provocou a interrupção das subestações de energia da concessionária que atendem aos municípios de Juazeiro e Curaçá”.

LEIA MAIS

Madrugada de quinta-feira é marcada por apagão em Juazeiro e Petrolina

A madrugada desta quinta-feira (18) em Petrolina e Juazeiro (BA) foi marcada por um apagão. Diversos leitores procuraram o Blog em busca de respostas sobre o que teria provocado a interrupção no fornecimento de energia elétrica nas cidades.

Nossa equipe procurou tanto a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), quanto a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Porém, apenas a Celpe se pronunciou, até o momento, acerca do apagão de hoje.

Segundo a empresa pernambucana, a interrupção geral foi “ocasionada por uma falha na Subestação da Chesf, em Juazeiro”. O Blog também questionou se há algum risco de um novo apagão, entretanto não obtivemos resposta.

Chesf reduz vazão de Sobradinho para 800 m³/s

(Foto: André Schuler/Chesf)

A semana começou com redução na vazão da Usina Hidrelética de Sobradinho (BA). Desde a segunda-feira (8) agora a vazão é de 800 m³/s. A medida foi necessária, segundo a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) por solicitação do Operador Nacional do Sistema (ONS).

“A medida tem por base a previsão de baixa incidência de chuvas na região para o período, e a necessidade de maximização do armazenamento dos reservatórios de Sobradinho e Itaparica. A nova defluência será praticada até nova avaliação”, explica a Chesf.

O cenário do reservatório neste começo de ano é bem diferente do cenário no final de 2020. Naquela época a vazão chegou a casa dos 1.900 m³/s, algo que não acontecia há uma década.

Chesf reduz vazão da barragem de Sobradinho nesta quinta-feira

Nova vazão a partir de amanhã (Foto: André Schuler/Chesf)

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) anunciou uma nova redução na vazão da Usina de Sobradinho. A partir desta quinta-feira (14) o valor empregado será 900m³/s e não mais os 1.100 m³/s praticados até então.

Segundo a Chesf, o volume útil de Sobradinho hoje é de 49%, com afluência de 1.800 m³/s e defluência de 1.103 m³/s. Com a nova redução, haverá também uma diminuição de 40 megawatts na geração de energia.

A decisão de reduzir a vazão foi necessária “em razão da necessidade de manter o volume de espera da Usina de Luiza Gonzaga, e diante do fato de que a Usina de Xingó está com vazão de 1.000 m³/s”, justificou a Chesf.

Vazão do Reservatório de Sobradinho passa a ser de 2.300 m³/s a partir de hoje

Chesf orienta população ribeirinha para não ocupar margens do rio (Foto: André Schuler/Chesf)

A partir dessa terça-feira (15) a vazão de Sobradinho (BA) passa a ser de 2.300 m³/s. A elevação foi autorizada pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) desde o final de semana. Inicialmente o volume de saída que estava vigorando desde sábado (12) era de 1.100 m³/s.

Segundo a Chesf, o Reservatório de Sobradinho seguirá operando com vazão de 2.300 m³/s até nova avaliação. Tal medida se fez necessária para a manter o nível do reservatório de Itaparica (BA) num valor mínimo de 30% de seu volume útil.

Nesse meio tempo a Companhia alerta as comunidades ribeirinhas, para que não ocupem as margens do rio São Francisco. “Em situação de emergência, as Usinas de Sobradinho e Xingó poderiam praticar vazões na ordem de 4.200 m³/s e 3.000 m³/s, respectivamente“, alerta a Chesf.

Chesf volta a elevar vazão da barragem de Sobradinho a partir deste sábado

(Foto: André Schuler/Chesf)

Os ribeirinhos precisam ficar em alerta. O nível da água no Rio São Francisco, abaixo da barragem de Sobradinho volta a aumentar a partir deste sábado (12). Segundo a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), o motivo do aumento da vazão na barragem é a necessidade de manutenção do nível do reservatório de Itaparica (BA) num mínimo de 30% de seu volume útil.

Por conta disso, a Chesf vai praticar, a partir de hoje, aumento gradativo da vazão de Sobradinho, passando dos atuais 1.100 m³/s até chegar a 2.300 m³/s na terça-feira, dia 15. Essa defluência média diária irá permanecer até nova avaliação.

LEIA MAIS

Vazão do Reservatório de Sobradinho será novamente reduzida

(Foto: Reprodução/Internet)

A partir dessa quarta-feira (2) o Reservatório de Sobradinho (BA) está operando com nova vazão. A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) passou a trabalhar com 1.400 m³/s e a previsão é chegar a 1.100 m³/s amanhã (3).

O anúncio foi feito pelo diretor de Operação da Companhia, João Henrique Franklin, durante entrevista a Rádio Jornal Petrolina. Ele ressaltou que até ontem (1°) o Reservatório tinha 51% da sua capacidade, volume considerado bom. “É um cenário diferente daquele que atravessamos em 2015, quando chegamos a 1% à época”, disse no programa Super Manhã com Waldiney Passos.

As constantes reduções, no entanto, não impedem a Chesf de aumentar as vazões. Tudo vai depender do nível de chuvas em 2021. “Passamos muitos anos com o rio seco, agora o Rio São Francisco está reocupando sua calha”, finalizou.

Chesf promove Simulado de Abandono no Reservatório de Sobradinho

Simulado foi realizado na semana passada (Foto: Carlos José/Chesf)

Ao longo dessa semana alguns áudios circularam no WhatsApp informando que supostamente o Reservatório de Sobradinho (BA) estava próximo de se romper. Contudo, o Blog mostrou que não passava de fake news. Posteriormente pessoas começaram a afirmar que a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) estava tentando esconder o rompimento.

Mas na verdade, o que a Chesf fez foi promover um Simulado de Abandono. A medida é uma prática de prevenção realizada em outras usinas e no último dia 19 chegou a Sobradinho. Cerca de 100 pessoas participaram do treinamento, entre empregados, trabalhadores de empresas contratadas e aquelas que atuam como acessantes na subestação local.

“Todos os que atuam nas áreas da Chesf passam por treinamentos de segurança e é fundamental que estejamos todos atentos, mesmo para os cenários mais improváveis. Trabalhamos com segurança e buscando sempre a excelência”, explica o gerente do Departamento de Operação Regional de Sobradinho, Raniere Farias.

Depois de concluir o treinamento em Sobradinho, a Chesf fará o simulado em Boa Esperança (PI), Funil (BA) e Pedra (BA), todas ainda em novembro.

Vídeo que mostra Reservatório de Sobradinho praticamente cheio é antigo

Vídeo foi gravado quando barragem estava cheia (Foto: Reprodução)

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a barragem de Sobradinho (BA) próxima de atingir sua capacidade máxima. Contudo, as imagens não são atuais, informou uma fonte ligada a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

Quando o vídeo foi gravado a barragem estava com aproximadamente 80%. Algo bem diferente do cenário bem atual. Segundo dados fornecidos pela Chesf, nessa sexta-feira (20), a capacidade da barragem é de 58%.

A redução da capacidade incidiu diretamente na vazão. Conforme o Blog Waldiney Passos mostrou ontem, a Chesf vai operar com a vazão abaixo de 2.900 m³/s a partir deste sábado (21).

Barragem de Sobradinho atinge maior vazão em sete anos

Essa é a maior vazão em sete anos (Foto: André Schuler)

A partir dessa quarta-feira, 4 de novembro, a Barragem de Sobradinho (BA) vai operar com a maior vazão liberada em sete anos. Isso representa 2.600 m³/s. O aumento da vazão já vinha acontecendo desde o dia 30 de outubro e agora atinge a maior marca.

Ademais, nesta quinta-feira (5), a vazão será novamente ampliada de 2.600 m³/s para 2.900 m³/s. A decisão da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) se deu por conta da chegada do período chuvoso, cujo início é em novembro e tem término previsto em abril de 2021.

“A Chesf destaca a importância de a população não ocupar as áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, entre o trecho de Sobradinho até a foz, com o objetivo de garantir a segurança de todos“, orienta a Companhia. O reflexo disso já é visto na Orla de Juazeiro e também em Petrolina.

Aumento na vazão de Sobradinho faz água do Velho Chico encobrir áreas ribeirinhas e parte das Ilhas do São Francisco

Em atendimento às diretrizes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) desde a última sexta-feira, 30 de outubro, vem aumentando gradativamente a vazão do Rio São Francisco, a partir do Reservatório de Sobradinho (BA).

O volume liberado que era de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) passou  1.100 m³/s e até amanhã, 4 de novembro deve chegar a 2.600 m³/s.

LEIA TAMBÉM

Sobradinho terá maior vazão em 7 anos

Será a maior vazão liberada por Sobradinho em sete anos, período em que a Bacia do Rio São Francisco enfrentou escassez hídrica. A ação vem provocando enchente abaixo da barragem de Sobradinho. Vejam a cima as fotos que circulam nas redes sociais.

A areia que fica em frente as barracas da Ilha do Rodeadouro, já está submersa. A faixa de areia da Ilha do Fogo, entre Juazeiro e Petrolina, também já está encoberta, a pista para caminhada na parte de baixo da orla de Juazeiro também já está embaixo de água e a estátua do Nego D´água que até outro dia estava sem um pingo de água ao redor, já está se “banhando” nas águas do Velho Chico.

A Chesf destaca a importância de a população não ocupar as áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, entre o trecho de Sobradinho até a foz, com o objetivo de garantir a segurança de todos.

Sobradinho terá maior vazão em 7 anos

(Foto: André Schuler)

Em atendimento às diretrizes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que, a partir da próxima sexta-feira, 30 de outubro de 2020, a vazão do Rio São Francisco, a partir do Reservatório de Sobradinho (BA) passará de 800 metros cúbicos por segundo (m³/s) para  1.100 m³/s e será gradualmente elevada até chegar a 2.600 m³/s no dia 4 de novembro de 2020.

Essa será a maior vazão liberada por Sobradinho em sete anos, período em que a Bacia do Rio São Francisco enfrentou escassez hídrica. O próximo período chuvoso começa em novembro deste ano e termina em abril de 2021.

O Reservatório de Itaparica, da Usina de Luiz Gonzaga (PE), está sendo monitorado para manter seu volume útil no patamar de 30%. A vazão de Xingó (SE) será mantida em 2.300 m³/s, podendo chegar a 3.000 m³/s, a depender da necessidade de atendimento ao Sistema Interligado Nacional – SIN.

A Chesf destaca a importância de a população não ocupar as áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, entre o trecho de Sobradinho até a foz, com o objetivo de garantir a segurança de todos.

Com apenas 60% do volume útil, Chesf reduz vazão na barragem de Sobradinho

Vazão foi reduzida desde a quarta-feira passada (Foto: Internet)

Quem passa pela Orla de Juazeiro ou Petrolina já percebeu que o rio São Francisco está mais baixo. Isso é reflexo da redução na vazão da barragem de Sobradinho. Desde a quarta-feira (21) a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) está operando com 800 m³ por segundo.

Até poucos meses, a barragem havia atingido 90% de sua capacidade máxima, algo que não acontecia há 10 anos. Contudo, hoje opera com 60% do nível. Segundo o G1 Bahia, entre 18 e 20 de outubro, a vazão oscilou entre 1708 m3/s e 1344 m3/s. Com isso busca-se poupar água no reservatório.

A Chesf tem um serviço de SMS (as mensagens de texto) onde é possível cadastrar seu número de celular e ficar informado sobre as mudanças na vazão. Basta entrar em contato com o seguinte número: 27569.

12345