Apac emite alerta de chuva para todas as regiões de Pernambuco

Afogados foi uma das cidades afetadas na semana passada (Foto: Alisson Nascimento/Cortesia)

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu na tarde de domingo (29) mais um alerta de forte chuva no Estado. Dessa vez todas as regiões estão listadas e a população deve seguir as orientações da Defesa Civil, especialmente onde já houve problemas causados pela água acumulada na semana passada.

De acordo com a Apac, pode chover de forma moderada a forte no Agreste, Sertão de Pernambuco, Sertão do São Francisco, Mata Norte, Região Metropolitana do Recife e Mata Sul.

Na última semana houve chuva e alagamentos em Arcoverde, Afogados, Sertânia, Serra Talhada e em Petrolina, mas na zona rural, onde foi registrado mais de 100 mm.

Solidariedade: afetada por forte chuva, população de Afogados recebe doações

O município de Afogados da Ingazeira registrou uma forte chuva nessa semana. A força da água acumulada deixou um rastro de destruição e pelo menos 20 famílias ficaram desabrigadas. Em meio ao momento de tristeza, uma corrente do bem tem aliviado a dor dos afogadenses.

LEIA TAMBÉM

Afogados da Ingazeira registra quase 130 mm de chuva e cidade contabiliza prejuízos

Um grupo se reuniu nas redes sociais para juntar mantimentos. O material foi entregue à população atingida na tarde da última sexta-feira (27). A mobilização foi feita pelos moradores da cidade de Santa Terezinha, também em Pernambuco.

Diariamente a Defesa Civil está monitorando o nível da barragem local e emitido informativos nas redes oficiais da Prefeitura. Quem precisar acionar as equipes pode ligar para: 99629-5758 ou 98811-1395.

Sertão: chuvas continuam e Parnamirim registra mais de 55 mm nas últimas 24 horas

Desde o começo da semana tem chovido muito no Sertão de Pernambuco, concretizando as previsões da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Depois de Afogados da Ingazeira, Terra Nova e Serra Talhada foi a vez de Parnamirim contabilizar um bom volume pluviométrico.

Nas últimas 24 horas, de acordo com a Apac, choveu 55,28 mm no município. Parnamirim tem registrado chuva desde a madrugada de quinta-feira (26), contudo até o momento a Prefeitura não informou números de afetados e como está a situação da cidade hoje (27).

A previsão do tempo para essa sexta-feira é de mais chuva durante a noite, com possibilidade de chover também durante o final de semana.

Municípios do Sertão registram forte chuva e somam prejuízos

Ruas de Serra Talhada ficaram alagadas (Foto: Reprodução/Farol de Notícias)

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) alertou sobre a possibilidade de forte chuva no Sertão Pernambucano e isso se concretizou em vários municípios da região em Lagoa Grande e Serra Talhada.

Somente no Distrito de Jutaí, zona rural de Lagoa Grande choveu nas últimas 24 horas 136,78 mm. Em Serra Talhada, onde houve alagamento do Centro da cidade. Mesmo com o alerta da Defesa Civil, comerciantes tiveram prejuízos por conta da água acumulada nas ruas.

Nessa semana outra cidade da região, Afogados da Ingazeira, teve chuva de 128 mm, registrando destruição de pontes e 20 famílias ficaram desabrigadas. Para hoje (26) a Apac renovou o alerta de chuvas tanto no Sertão do São Francisco, quanto no Sertão de Pernambuco.

Governo garante infraestrutura para municípios atingidos pelas chuvas

Ação busca garantir acesso a serviços essenciais para a população.

As fortes chuvas que atingem o interior do estado fizeram o governo estadual determinar uma série de ações emergenciais voltadas para o restabelecimento da infraestrutura viária e hídrica nos municípios afetados.

O objetivo é garantir o acesso da população aos serviços essenciais, a partir da desobstrução de vias e do reparo nos sistemas de abastecimento de água afetados. A iniciativa conta com investimento de R$ 4,2 milhões, já autorizados pelo governador Paulo Câmara, e envolve cerca de 100 profissionais.

As maiores precipitações acumuladas durante o mês de março até essa quarta-feira (25), de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), foram concentradas nas regiões Agreste e Sertão do Estado.

LEIA MAIS

Espaço do Leitor: moradores do Dom Avelar aguardam drenagem de água acumulada na última chuva

A chuva do final de semana em Petrolina causou problemas aos moradores do bairro Dom Avelar, que até hoje (25) aguardam a água empoçada ser drenada em quatro ruas da comunidade. Angustiados com as muriçocas e o fato de não conseguirem sair de casa para comprar o essencial à sobrevivência, eles entraram em contato com o Blog.

“Essa água da última chuva que deu no sábado, a gente acionou a Prefeitura e ficaram de mandar uma bomba [pra drenar]. Já foi prometida a drenagem e nós estamos pedindo ajuda pra imprensa“, comentou o leitor. Isso está acontecendo nas ruas Sensações, Oração, Prudência e Crença.

Nossa Produção procurou a Prefeitura de Petrolina, que até o momento não se pronunciou sobre a demanda apresentada nessa matéria. Seguimos aguardando uma resposta.

Juazeiro registra vários pontos de alagamento após chuva dessa manhã

Leitores flagraram vários problemas

Chuva é sempre bem-vinda no Sertão, contudo, em alguns pontos sem a infraestrutura adequada a água acumulada acaba causando transtornos aos moradores. É o caso de Juazeiro (BA). Após a chuva dessa quarta-feira (18), diversos bairros tiveram problemas.

No Centro, várias ruas ficaram submersas e há inclusive registros de carros que não conseguiram continuar a travessia por debaixo da Ponte. Nos bairros periféricos, a exemplo do Quidé moradores chamam atenção para o lixo, lamaçal e cobram mais atenção do poder público.

O Blog Waldiney Passos procurou a Prefeitura de Juazeiro para saber quais medidas estão sendo adotas de forma emergencial, contudo até o momento não recebemos uma resposta.

Apac emite novo alerta de chuva para Sertão de Pernambuco

Alerta foi renovado nessa terça-feira (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) renovou o alerta de forte chuva para três regiões do estado: Agreste, Sertão de Pernambuco e Sertão do São Francisco. Nessa terça-feira (17) a Apac prevê precipitação com intensidade moderada e aconselhou a população desses locais a seguirem a recomendação da Defesa Civil.

Em Pernambuco hoje o local com maior índice de chuva é Caruaru, 83,11 mm acumulados. Em Petrolina o dia começou com uma garoa que voltou a aparecer por volta de 10h. Também teve chuva em Floresta, de forma rápida e leve.

A previsão do tempo para essa terça-feira é de dia parcialmente nublado, com chuva isolada durante a tarde. Pela noite deve chover com intensidade moderada a forte. A máxima no Sertão do São Francisco é de 33°C e a mínima de 22°C.

MPPE convoca municípios pernambucanos para se prepararem para período de chuvas

(Foto: Internet)

A fim de agir de forma preventiva, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do Centro Operacional de Apoio às Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania (CAOP Cidadania), publicou no Diário Oficial de hoje, 9 de março, a Nota Técnica n.º 01/2020 em que convoca os municípios pernambucanos a apresentarem plano de contingência e prevenção de acidentes que possam vir a ser provocados por chuvas fortes, enchentes, transposição de barragens, inundações, entre outros.

“É sabido que moradores de regiões fisicamente mais castigadas sofrem com intempéries desencadeadas por chuvas e enchentes e estamos nos aproximando do quadrimestre crítico, que abrange os meses de abril, maio, junho e julho. Por isso, estamos iniciando esse monitoramento”, disse a promotora de Justiça e coordenadora do CAOP Cidadania, Dalva Cabral.

LEIA MAIS

Inmet alerta para chuvas intensas de até 50 milímetros em Petrolina e Juazeiro

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Um novo Alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitido na manhã desta terça-feira (10), aponta ocorrência de chuvas intensas nas regiões do Sertão Pernambucano, incluindo o Sertão do São Francisco. Dentre os municípios que podem ser afetados estão Petrolina (PE) e Juazeiro (BA).

O aviso do Inmet alerta para chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, com ventos intensos  de 40 a 60 km/h. A advertência é válida até às 10h de amanhã (11).

“Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada”, diz o Inmet ressalta que em casos de urgência a população deve acionar a defesa civil.

População contabiliza prejuízos após chuvas em Remanso

A primeira semana de março tem sido marcada por chuva em Remanso, na Bahia. Na terça-feira (3) ruas ficaram alagadas e o céu não deu trégua. De ontem para hoje os moradores voltaram a registrar transtornos causados pela falta de estrutura na cidade.

LEIA TAMBÉM

Chuva alaga ruas de Remanso e INMET renova alerta para cidade

Há vias que não aguentaram a força da água e buracos surgiram. De acordo com o portal Remanso Notícias, há uma parte da cidade onde a água invadiu residências. A a situação fica preocupante, já que a Secretaria de Agricultura da Bahia (Seagri) prevê chuva até a próxima semana.

Hoje (6) pode chover até 12mm, no sábado (8), 49 mm e no domingo mais 36 mm. A partir de segunda a previsão é mais amena, com pouca chuva, mas em todos os dias.

Feriado pode ter pancadas de chuva a qualquer hora do dia no Sertão do São Francisco

Pode chover no feriado pernambucano (Foto: Blog Waldiney Passos)

O sol timidamente quer aparecer hoje (6), feriado da Data Magna em Pernambuco. Mas segundo previsão da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a sexta-feira no Sertão do São Francisco deve ser nublada, com possibilidade de pancadas de chuva a qualquer hora do dia.

A probabilidade maior de chover é à noite, mas com intensidade moderada. Dormentes, Lagoa Grande, Petrolina e Parnamirim já registraram rápida chuva para alegria dos sertanejos.

É importante lembrar que até às 10h de hoje há um alerta amarelo emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) para toda região, incluindo a Bahia. O aviso chama atenção para a possibilidade de forte chuva em poucas horas.

Chuva chega a Petrolina e Apac emite alerta ao Sertão

Algumas ruas já registram problemas (Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de muitos dias pedindo chuva, São Pedro resolveu atender o clamor dos petrolinenses. Por volta de 17h dessa quarta-feira (4) Petrolina voltou a registrar a bênção dos céus. No mesmo horário a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta ao Sertão do São Francisco e de Pernambuco.

Segundo a Apac, pode chover há possibilidade de chuvas com intensidade moderada a forte nas duas regiões. O alerta é válido até quinta-feira (5).

Em Petrolina, até às 16h50 a Apac já havia registrado 5,14 mm de chuva no Distrito de Rajada. Em alguns bairros da cidade algumas ruas já acumulavam água, a exemplo do Jardim Maravilha. Contudo, não há até o momento, registro de danos mais graves.

Chuvas aumentam nível da água do Rio São Francisco

(Foto: Divulgação/CBHSF)

O nível de água do Rio São Francisco tem aumentado consideravelmente em decorrência das fortes chuvas que atingem Minas Gerais, desde o último dia 24 de janeiro. A maior parte da água que aumenta a vazão do São Francisco vem da cheia do Rio das Velhas. O curso d’água que nasce no município de Ouro Preto é o principal vetor e escoamento de Belo Horizonte e de quase toda a região central do estado. Segundo dados do Instituto de Meteorologia do Brasil (INMET), o acumulado das chuvas do mês de janeiro na capital mineira chegou a 960 mm.

O aumento do volume da água do São Francisco e percebido desde a região da nascente, no Norte de Minas, em São Roque de Minas até municípios baianos como Bom Jesus da Lapa. A principal nascente do Velho Chico que se encontra no Parque Nacional da Serra da Canastra, voltou a jorrar água com um volume expressivo.

De acordo com dados da Agência Nacional de Águas (ANA), a vazão do Velho Chico saiu de 615 m³/s registrados no dia 20 de janeiro para 5.670 m³/s no dia 28 de janeiro, em São Roque de Minas. No mesmo período, o nível do rio passou de 217 cm para atuais 776 cm.

LEIA MAIS

Apac emite novo alerta de chuva para Sertão do São Francisco

Apesar do sol que timidamente aparece nos municípios do Sertão do São Francisco, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um novo alerta para a região. O aviso é válido até essa quarta-feira (5) e foi emitido no final da tarde da última terça-feira (4).

De acordo com a Apac, há possibilidade de chuva com intensidade forte também no Sertão e Agreste do Estado. Alguns municípios já registraram um bom volume acumulado. No Distrito de Rajada, interior de Petrolina, choveu 16,94 mm.

Também teve chuva em Ipubi, Parnamirim e Cabrobó, onde um canal chegou a sangrar. Até o momento o município com maior volume acumulado no ano é Lagoa Grande.

123