Leitor cobra Codevasf sobre ligação de água no Projeto Pontal, Companhia responde

Permissionários aguardam ligação de água, Codevasf explica

Um leitor do Blog entrou em contato com a nossa equipe via WhatsApp, para chamar atenção da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) sobre o fornecimento de água no Projeto de Irrigação Pontal – Área Sul.

Conforme a foto acima mostra, a energia já foi ligada. Estaria, portanto, faltando o fornecimento de água. “Venho solicitar juntos uma cobrança de ligação da água pressurizada nos lotes do projeto Pontal Sul. Já faz mais de cinco meses que eles nos cobraram o registro da área e a partir do registro o prazo de carência já está contando. Mas a água ainda não foi ligada”, relata o leitor.

Procurada pelo Blog, a Codevasf rebateu a informação e encaminhou o vídeo a seguir, mostrando que já há ligação de água no Pontal Sul. Confira:

Além do vídeo, a Codevasf também encaminhou uma nota à nossa Redação. Leia a íntegra a seguir:

LEIA MAIS

Pai do deputado federal Fernando Monteiro morre aos 69 anos

Morreu na noite de quarta-feira (9) o empresário e engenheiro civil Luciano Fernandes de Albuquerque. Ele era pai do deputado federal pernambucano, Fernando Monteiro (PP). Luciano foi superintendente regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Petrolina.

Vítima da covid-19

O empresário estava internado há 76 dias, por complicações cardíacas. Durante o internamento ele se contaminou com a covid-19. O anúncio da morte foi feito pelo próprio deputado federal, em suas redes sociais. “Hoje tenho a notícia que eu nunca gostaria de dar. Meu amado pai, meu amigo, minha referência desde sempre, nos deixou agora há pouco. Foram 76 longos dias na UTI, primeiro por conta de complicações cardíacas e, em seguida, acometido pela Covid-19″, escreveu no seu Instagram.

Luciano Albuquerque tinha 69 anos e estava internado no Hospital Memorial São José, na capital Recife. Além de Fernando, ele era pai de Juliana e Felipe Monteiro de Albuquerque. Por conta da pandemia e o protocolo da covid-19, o sepultamento será restrito.

Obras de pavimentação avançam na área irrigada de Petrolina

(Foto: Jonas Santos/PMP)

As pavimentações seguem em ritmo acelerado na área irrigada de Petrolina, principalmente nos núcleos do Projeto Maria Tereza e Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho (PISNC). Mais de 60 ruas já estão 100% prontas. Nesta semana, as equipes da engenharia continuam trabalhando no Núcleo 4, onde mais 15 ruas já apresentam um status de conclusão em 50% .

O trabalho faz parte de um convênio no valor de mais de R$ 15 milhões, consolidado entre a Prefeitura de Petrolina e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para melhorar a infraestrutura de diversas áreas do município, tanto na zona urbana quanto na rural.

As comunidades contempladas neste pacote de obras são: Projetos Bebedouro e Maria Tereza, C-1, C-2, C-3, Alto da Bela Vista, e nas vilas novas dos núcleos N-1, N-2, N-3, N-4, N-5, N-6, N-7, N-8, N-9, N-10 e N-11 terão no total mais de 170 ruas pavimentadas.

Já estão concluídas 21 ruas no Projeto Maria Tereza; seis ruas no C2 e 33 ruas no Núcleo 5, ambos localizados no PISNC. As equipes estão concentradas nos serviços de terraplanagem de mais 15 ruas para que possam receber o cascalhamento, compactação da base e logo após lançar as camadas do asfalto TSD.

Os serviços de pavimentação dessas ruas são de responsabilidade da Codevasf com o apoio da Prefeitura de Petrolina.

Prefeito Vilmar Cappellaro solicita parceria da CODEVASF para revitalização de quatro barragens em Lagoa Grande

(Foto: Arquivo)

O prefeito de Lagoa Grande, Vilmar Cappellaro, encaminhou nesta quarta-feira (01), mais um ofício ao diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco – CODEVASF, Sr. Marcelo Moreira, solicitando parceria na manutenção e revitalização dos mananciais hídricos do município. Lagoa Grande conta com dezenas de barragens entre elas: Contendas, Santa Bárbara, Maracujá, Alto da Areia, Santa Bárbara, Bom Conselho e Sossego.

Quatro delas precisam urgentemente de revitalização sendo: Santa Marta: reparos na parede e vertedouro. Bom Conselho: reparos na parede, construção de vertedouro com passagem molhada. Alto da Areia: reparos nas paredes, construção do vertedouro com passagem molhada e a Barragem do Sossego também precisando de manutenção.

Segundo o prefeito, “a manutenção e a revitalização das barragens se fazem necessárias para melhorar a contenção, armazenamento e distribuição das águas pluviais que no período de longa estiagem ajudam os produtores rurais tanto na produção agrícola quanto na própria sobrevivência dos rebanhos, pastagens e plantações. Acreditamos muito na sensibilidade do nosso presidente da CODEVASF, inclusive porque Lagoa Grande é um dos mais importantes municípios do Vale, na produção do agronegócio, maior fonte de economia da região”, acrescentou Vilmar Cappellaro.

Requalificação do Bodódromo entra na segunda fase

Obra entrou em nova fase (Foto: Ascom/PMP)

A obra de revitalização do Bodódromo, um dos principais pontos turísticos de Petrolina, foi retomada. O centro gastronômico situado no bairro Areia Branca recebeu um novo investimento de R$ 1,7 milhão e as obras já foram iniciadas.

A segunda etapa da obra prevê melhorias na entrada, com instalação de letreiro indicativo e revitalização do canteiro central de acesso. Na Avenida São Francisco também será colocado um food park com quiosques. O projeto prevê ainda a implantação de um espaço dedicado ao artesanato e bicicletário.

Obra conjunta

A Prefeitura estima que essa parte da obra seja concluída em até sete meses. O serviço é executado pela Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra) e o Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio da Codevasf.

Codevasf lança 50 mil alevinos de piau e curimatã no rio São Francisco

A Codevasf realizou nesta quinta-feira (4) um peixamento com 50 mil alevinos das espécies piau e curimatã, na orla do Rio São Francisco em Petrolina (PE). O diretor-presidente da Companhia, Marcelo Moreira, participou do peixamento, um ato simbólico em celebração à Semana do Meio Ambiente. As espécies usadas no evento são nativas do São Francisco e foram produzidas no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Bebedouro, da Codevasf.
“Participar desse ato de soltura de peixes no Rio São Francisco não é só um gesto simbólico nesse período, mas a confirmação do nosso compromisso com a revitalização e o cuidado com esse importante manancial”, afirmou Moreira. “A Codevasf continuará cumprindo sua missão institucional de desenvolver bacias hidrográficas de forma sustentável, com ações como as de oferta de alevinos, de equipamentos e de orientação técnica, para que o meio ambiente seja sempre compreendido como um ativo renovável que merece sempre nossa atenção”, acrescentou.
O Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Bebedouro tem capacidade de produção anual de oito milhões de alevinos de diversas espécies. De acordo com o superintendente regional da Codevasf em Pernambuco, Aurivalter Cordeiro, a expectativa para 2020 é de que sejam produzidos no centro cerca de quatro milhões de alevinos.
“No primeiro semestre deste ano nós entregamos algo em torno de dois milhões de alevinos para povoamento de diversos corpos d’água, como açudes, barreiros e barragens nos municípios pernambucanos da nossa área de atuação no estado”, informou Cordeiro.
Produção rural
Após o peixamento, diretor-presidente e superintendente seguiram para o setor 15 do Projeto de Irrigação Pontal – primeiro setor do empreendimento a ser ocupado por produtores. Na ocasião houve acionamento da bomba que leva água aos lotes familiares da área sul do projeto. Atualmente os agricultores estão preparando suas áreas para produção. São 77 lotes individuais, cada um de seis hectares.
Ainda no Pontal, Marcelo Moreira participou da entrega de equipamentos que devem fortalecer a agricultura familiar em seis municípios pernambucanos. No ato foram entregues cinco retroescavadeiras, quatro tratores agrícolas, três grades aradoras, três arados reversíveis e quatro sulcadores, distribuídos aos municípios de Bodocó, Parnamirim, Carnaubeira da Penha, Belém de São Francisco, Barra de Guabiraba e Orocó,  investimento de mais de R$ 1,3 milhão.

Leitor cobra resposta da Codevasf sobre pavimentação iniciada e não concluída no Dom Avelar

Serviço foi iniciado e deixado pela metade, afirma morador

Equipes contratadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) estiveram na Rua da Oração, no bairro Dom Avelar, em Petrolina para executar o serviço de pavimentação através de um convênio firmado com a Prefeitura.

Contudo, segundo um leitor, o serviço foi paralisado há três semanas e a pavimentação ficou pela metade. A empresa teria feito apenas uma camada do asfalto e abandonaram a obra. Outra queixa é que os meios fios também ficaram pela metade. “Estamos sem saber o fazer. A empresa fala que vem termina o serviço e não aparece ninguém. Você pode olhar na foto que só colocaram uma camada e foram embora“, contou o leitor que mora na rua.

Outro lado

Nossa equipe procurou a Codevasf na terça-feira (26) para solicitar uma resposta da Companhia acerca da denúncia apresentada na matéria, mas não obtivemos resposta. Deixamos o espaço do Blog aberto aos esclarecimentos.

Codevasf investe mais de R$ 31 milhões no projeto de irrigação Pontal

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está investindo mais de R$ 31 milhões em obras e serviços de engenharia para concluir a implantação dos setores de colonização da Área Sul do Projeto Público de Irrigação Pontal, localizado em Petrolina (PE).

“A infraestrutura de uso comum da Área Sul do Pontal já está concluída. Esses investimentos  vão viabilizar a ocupação dos 3,5 mil hectares irrigáveis dessa etapa do projeto. Somente nessa área do empreendimento devem ser gerados mais de 3 mil empregos diretos e 5 mil empregos indiretos”, afirma Sérgio Costa, diretor de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf.

LEIA MAIS

Codevasf inicia entrega de lotes familiares do projeto Pontal, em Pernambuco

Agricultores de Pernambuco vão receber as primeiras unidades parcelares familiares do Projeto Público de Irrigação Pontal, um dos maiores empreendimentos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em implantação no município de Petrolina (PE).

Com uma área irrigada de 7,7 mil hectares e perspectiva de geração de mais de 22 mil empregos diretos e indiretos, a ocupação dos lotes deve impulsionar o desenvolvimento da região por meio da expansão da agricultura irrigada.

“O Governo Federal, por meio da Codevasf, investiu cerca de R$ 380 milhões para expandir a agricultura irrigada em Pernambuco. O resultado final desse investimento será a geração de 7,6 mil empregos diretos e mais de 15 mil empregos indiretos. Com isso vamos contribuir para a transformação social e econômica dessa região semiárida, como fizemos no Projeto Senador Nilo Coelho”, destacou o presidente da Codevasf, Marcelo Moreira.

LEIA MAIS

Moradora cobra resposta sobre obra paralisada no São Jorge; Codevasf emite nota

Uma obra iniciada e paralisada sem conclusão, deixando a rua praticamente intransitável. Esse é o cenário da Rua 10, no bairro São Jorge, em Petrolina. As fotos foram enviadas por uma leitora do Blog Waldiney Passos numa tentativa de descobrir o que houve no local.

Ela relatou a nossa equipe que há mais de uma semana os funcionários recolheram o material da obra e nunca mais voltaram. Com a chuva dos últimos dias, o que já era ruim ficou pior. “Eles foram colocar uma terra onde fizeram um buraco, a terra está muito frouxa e o vizinho já atolou o carro. Na minha casa e em outra, não entra carro na garagem“, contou.

Respostas

O Blog procurou inicialmente a Prefeitura de Petrolina para qual serviço estava sendo executado no bairro. A Rua 10 está contemplada no convênio de pavimentação com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que enviou uma nota.

“A Codevasf informa que a rua citada no bairro São Jorge está contemplada no convênio de pavimentação entre Codevasf e Prefeitura Municipal de Petrolina. Ela teve a obra paralisada por conta das chuvas que têm atingido o município de Petrolina nas últimas semanas. Entretanto, tão logo as condições climáticas fiquem mais favoráveis, a obra retomará o curso normal“, explica a Companhia.

Moradores do Jardim Guararapes voltam a cobrar pavimentação na Rua 4

Com chuva do final de semana, problema se agravou

Semana passada o Blog Waldiney Passos mostrou a situação da Rua 4 do bairro Jardim Guararapes, em Petrolina. Sem pavimentação, toda vez que chove a via alaga e a terra se transforma em lama. Além da falta de infraestrutura, um problema no esgotamento sanitário transforma o espaço em uma lagoa de esgoto.

LEIA TAMBÉM

Petrolina: moradores do bairro Jardim Guararapes reclamam de lama e água empossada nas ruas em época de chuva

Com as chuvas do final de semana o problema se agravou. “Diga se tem uma condição dessa? Sem contar que quando passa um carro, o esgoto que está misturado com a água da chuva e entra para as garagens de nossas casas“, disse uma leitora que preferiu não ser identificada.

Outro lado

Procurada pela nossa equipe na semana passada, a Prefeitura de Petrolina disse ontem (20) que a pavimentação do Jardim Guararapes será feita através do convênio com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Em nota, a Codevasf informou que de fato a via está incluída no convênio de pavimentação. Segundo a Companhia, o serviço foi paralisado “por conta das chuvas que têm atingido o município de Petrolina nas últimas semanas. Entretanto, tão logo as condições climáticas fiquem mais favoráveis, as obras retomarão o curso normal”.

Famílias de baixa renda de Petrolina recebem pescados doados pela Codevasf

(Foto: Alexandre Justino)

Uma parceria da Codevasf e o Programa Transforma Petrolina garantiu a doação de 1.500 kg de tilápias e tambaquis à famílias de comunidades vulneráveis do município, nesta quinta-feira (09). O gesto solidário da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba, garantiu a tradição cristã de comer peixes na Semana Santa, para centenas de pessoas de baixa renda.

Os pescados são oriundos de criatórios da Codevasf, em Petrolina. Por conta, do momento de calamidade de saúde e econômica vivida no País, a instituição procurou o Transforma Petrolina para mobilizar a doação de forma organizada em localidades com famílias de baixa renda.

LEIA MAIS

Manutenção em canal da Codevasf vai deixar comunidades do interior de Juazeiro sem água

(Foto: Ilustração)

Por causa de um serviço de manutenção para a retirada de um vazamento no sistema de abastecimento que leva água para localidades da zona rural de Juazeiro, as comunidades de Carnaíba, Juremal, Lagoa do Boi, Tomé, Juá, Jardim primavera, Fazendinha e Itamaraty ficarão sem água nas torneiras durante dois dias.

Associação dos Usuários do Perímetro Irrigado de Tourão informou ao Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro que irá suspender o fornecimento de água do Canal Principal e Estações de Bombeamento nessa quinta-feira (02) e sexta-feira (03).

Para que os moradores destas localidades não fiquem sem água, o SAAE disponibilizará carros pipa para atender as necessidades básicas.

Projetos de irrigação da Codevasf produziram mais de 3,7 milhões de toneladas de itens agrícolas em 2019

(Foto: Ilustração)

Mais de R$ 3 bilhões em valor bruto de produção (VBP) – isto é, a estimativa do valor total obtido pelos agricultores com a venda da produção agrícola – e cerca de 249 mil empregos diretos e indiretos. Esse foi o saldo alcançado, em 2019, pelos projetos públicos de irrigação implantados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) na bacia do rio São Francisco. Aproximadamente 3,7 milhões de toneladas de itens agrícolas, sobretudo frutas, foram produzidos nesses projetos. Os dados foram divulgados pela Área de Gestão de Empreendimentos de Irrigação da Companhia.

“Temos observado, anualmente, um investimento em tecnologia por parte dos agricultores, o que proporciona melhoria na qualidade dos produtos oriundos dos projetos da Codevasf, trazendo, como consequência, agregação de valor”, destaca o diretor da Área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação da Companhia, Luís Napoleão Casado.

A área cultivada em 2019 foi de 99,6 mil hectares, favorecendo 11,4 mil famílias, a maioria produtores familiares, que representam mais de 10 mil. No período, o carro-chefe da produção agrícola continuou sendo a fruticultura irrigada, com destaque para uva, manga e banana, principais culturas do Vale do São Francisco, de acordo com o valor bruto de produção.

LEIA MAIS

Codevasf suspende atendimento presencial em Petrolina até 31 de março

(Foto: CODEVASF)

Seguindo a recomendação dos Decretos Estadual nº 48.809/2020 e Municipal nº 012/2020, para minimizar os riscos de proliferação do novo coronavírus, a 3ª Superintendência Regional da CODEVASF, sediada em Petrolina (PE), suspenderá a parTir de amanhã (18), o atendimento presencial ao público em sua sede.

A suspensão durará 14 dias. Quem precisar dos serviços da Codevasf deve buscar atendimento por telefone, através dos números (87) 3866-7700 ou (61) 99163-8394.

123