Superintendente da Codevasf conversa com prefeito de Petrolina sobre o Velho Chico

Albuquerque e Lossio

Na tarde desta quarta-feira, 20, o superintendente da 3ª SR Codevasf Petrolina, Luciano Albuquerque, foi a prefeitura de Petrolina falar com o prefeito Julio Lossio sobre a revitalização das margens do Rio São Francisco.

De acordo com informações outros assuntos também estiveram em pauta, como os projetos de adutoras para áreas irrigadas e regularização fundiária.

Segundo a prefeitura ambas as ações serão desenvolvidas em uma ação conjunta entre o governo municipal e o governo federal. “Estaremos desenvolvendo ações em conjunto porque entendemos a importância de se somar forças para dar celeridade a processos que são urgentes para nossa cidade“, declarou Lossio.

Agricultores de Sobradinho são contemplados com Kits de irrigação da Codevasf

SONY DSCDe acordo com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) por meio de um convênio com a Prefeitura de Sobradinho (BA) serão adquiridos 170 kits de sistemas simplificados de irrigação, destinados a atender famílias de agricultores em situação de extrema pobreza de comunidades rurais.

Os recursos são originários da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI) e vinculados ao Plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal.

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro (BA), José Hailton Carneiro de Oliveira, disse que o objetivo é dar condições para que famílias de baixa renda tenham inserção socioeconômica e haja desenvolvimento local sustentável.

Para o prefeito Luiz Vicente Berti as “ações como esta mudam a realidade de muitas famílias. O município de Sobradinho agradece o apoio da Codevasf”. Cada kit de irrigação tem capacidade para irrigar 2.000 metros quadrados por meio de sistema de gotejamento.

Codevasf negocia débitos de agricultores do K1 em Petrolina até 20 de março

agricultura-familiar_2-448x300

O Ministro da Integração Nacional, através da Portaria nº 240, autorizou o parcelamento de débitos vencidos de K1(taxa referente ao uso da água) para todos os irrigantes. Desde então, a superintendência da Codevasf em Pernambuco, iniciou o processo de negociação com os irrigantes, que irá até o dia 20 de março de 2016.

Os irrigantes dos perímetros públicos geridos pela Codevasf em Pernambuco, interessados em negociar suas dívidas referentes ao k1, deverão comparecer na sede da 3ª Superintendência Regional da Codevasf, localizada a Rua Presidente Dutra, nº 160 – Centro – Petrolina-PE, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 11h e das 14h às 17h, e procurarem a Comissão de Negociação de Débitos de K1 portando os seguintes documentos:

Pessoa Física deverá levar a original e a cópia da carteira de identidade, do CPF e do titular, e o comprovante de residência. Já pessoa jurídica deverá levar cópia do contrato social, Estatuto, Ata e Eventual Alteração que identifique os atuais representantes legais, original e cópia da carteira de identidade e do CPF do representante legal. No caso de necessidade de procurador, levar procuração legal e documentos pessoais do procurados.

Deputado Federal Adalberto Cavalcanti denuncia Proselitismo Político na Codevasf de Petrolina

Dep. Adalberto denuncia codevasf

Conforme prometido na tarde desta quarta-feira, 06, o Deputado Federal Adalberto Cavalcanti protocolou no Ministério Público Federal / Polo Petrolina – Juazeiro e na Delegacia da Polícia Federal em Juazeiro – BA denúncias em desfavor do Sr. Luciano Fernandes Albuquerque, Superintendente da 3ª Diretoria da CODEVASF – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba, com sede no município de Petrolina – PE.

 O Superintendente é acusado pelo parlamentar de direcionar as ações da CODEVASF em favor do mandato do seu filho, o Deputado Federal Fernando Monteiro, bem como dos dirigentes do PP – PARTIDO PROGRESSISTA, responsáveis diretos por sua indicação, em especial o Deputado Federal Eduardo da Fonte, presidente estadual da legenda, que adquiriu evidência no cenário nacional por estar sobremodo envolvido na famigerada Operação Lava Jato.

As denúncias dizem respeito as seguintes atitudes ilícitas:

  1. Cooptação de lideranças locais e de associações mediante oferta de horas-máquinas e tratores;
  2. Perfuração de poços com notório sobrepreço;
  3. Desvio de finalidade nos Programas RENIVA e REPALMA no âmbito dos programas “Desenvolvimento Regional, Territorial, Sustentável e Economia Solidária” e “Segurança Alimentar e Nutricional”, eixos do Programa “Água Para Todos”.

O deputado Adalberto destinou R$ 5.900.000,00 (cinco milhões e novecentos mil reais) a diversas associações de trabalhadores e produtores rurais, voltados a horas/máquinas, aquisições de tratores de pneus com arado e outras ações, ficando escandalizado ao comparar os preços informados pela CODEVASF e os praticados no mercado.

O Deputado Adalberto Cavalcanti ofertou às denúncias em questão consciente do seu dever de fiscalizar a efetiva utilização dos recursos que destinara por meio de emendas parlamentares, assim como de garantir que os princípios da impessoalidade e economicidade sejam perquiridos pelos que fazem a CODEVASF, em especial o Superintendente, Sr. Luciano Fernandes.

Foi requerido pelo parlamentar que as autoridades executem todas as medidas reputadas imprescindíveis à rigorosa apuração e responsabilização do denunciado ou de pessoas a ele associados no intuito de aparelhar a máquina pública em benefício de parlamentares e partidos aqui declinados. Por fim, após apuração dos fatos ora noticiados, que o Denunciado fosse responsabilizado civil e criminalmente por eventuais condutas ilícitas adotadas.

Adalberto Cavalcanti vai denunciar Superintendente da Codevasf de Petrolina ao Ministério Público Federal  

Adalberto-Cavalcanti-deputado-federal-450x300 (1)

O deputado federal Adalberto Cavalcanti (PMB/PE) dará entrada nesta quarta-feira às 10h30 no Ministério Público Federal em Petrolina (MPF) em uma ação direta contra a postura do Superintendente da Codevasf em Petrolina (PE), Luciano Albuquerque.

Para o deputado, o Superintende tem usado o órgão federal para fazer ‘Proselitismo Político’.

Ainda de acordo com o parlamentar, Luciano coloca dificuldade para atender políticos de outros partidos que não sejam do Partido Progressista (PP), legenda ao qual seu filho o deputado federal Fernando Monteiro, integra.

Outros detalhes sobre o assunto logo mais aqui em nosso Blog.

Deputado Federal Adalberto Cavalcanti reclama da postura do Superintendente da Codevasf de Petrolina

Dep. Adalberto Cavalcanti

O Deputado Federal Adalberto Cavalcanti (PMB/PE) não está gostando da postura adotada pelo atual Superintendente da Codevasf em Petrolina (PE), para ele, o Alagoano Luciano Albuquerque, tem evitado contato com boa parte dos políticos petrolinenses que buscam alternativas para escassez de água no Sertão de Pernambuco.

Nesta segunda-feira, 21, em entrevista ao radialista Francisco José, da rádio Grande Rio AM em Petrolina, o parlamentar argumentou alguns fatores que contribuíram para o desgaste da sua relação com Albuquerque.

A pedra no caminho da harmonia entre o deputado e o superintendente surge da falta de atenção em receber parlamentares de outros partidos que não sejam do partido progressista, dificuldade para conseguir abrir um poço, autorizar uma cisterna e definir outras ações da companhia também são apontadas pelo deputado como empecilho. Segundo Adalberto Cavalcanti, o Superintendente da Codevasf, atende interesses próprios em detrimento da população.

Outro fato que chamou a atenção de Adalberto Cavalcanti, foi a falta de atenção do Superintendente em não o convidar para participar da solenidade da entrega dos flutuantes em Sobradinho (BA) evento realizado na sexta-feira (18), que teve a presença do Ministro da Integração Gilberto Occhi.

Não posso perdoar essa falta de atenção da Codevasf, porque todos os parlamentares de Petrolina e região, cerraram fileiras para pedir aos ministros a atenção do governo Federal para o problema da escassez de água no lago de sobradinho e que isso não trouxesse nenhum prejuízo aos produtores dos projetos Nilo Coelho e Maria Tereza. Só eu, tive audiências com os Ministros Armando Monteiro, Gilberto Occhi, com o Presidente da Codevasf mais de uma vez em Brasília”, pontuou o deputado federal Adalberto Cavalcanti.

Ele lembrou ainda que participou da audiência pública realizada em Petrolina, com os senadores, e conversou com o Governador Paulo Câmara (PSB) a respeito do problema da falta de água. “Sei que o Senador Fernando Bezerra fez isso [lutou para trazer água], os Deputados Fernando Filho e Gonzaga Patriota e os Prefeitos de Petrolina e Juazeiro, Isaac e Júlio também se engajaram na luta”, disse.

Adalberto complementou seu raciocínio destacando que achou estranho que, “na hora que o Governo Federal banca os flutuantes e vem fazer a entrega da obra em Petrolina, o Superintende da Codevasf traz os parlamentares do PP, que não mexeram um dedo sequer pelo problema de Petrolina e Juazeiro, e descarta a luta que a gente travou e continua travando para que os nossos produtores não sejam prejudicados com a falta de água em sua propriedade”.

O Deputado informou que vai solicitar uma audiência com o Ministro-Chefe da presidência da república, Ricardo Berzoini para relatar os fatos acontecidos na Codevasf de Petrolina.

Codevasf envia nota sobre ocupação da sede do órgão por agricultores

A Codevasf diz que encarou com surpresa a invasão ocorrida na manhã desta segunda-feira, 21. No último dia 25 de novembro, em reunião realizada entre representantes da Codevasf, da Operação e Manutenção (O&M) do Projeto Pontal e das barragens Mandim, Cumprida, Poço do Canto, Gavião e Amargosa, segundo a nota do órgão, ficou acordado que:

  1.  A Codevasf atenderia ao pedido de aumento de duas horas diárias do bombeamento de água até janeiro, o que já está ocorrendo desde então.
  2. As próprias comunidades se comprometeram a assumir os custos de energia elétrica já a partir de primeiro de janeiro de 2016.
  3. Hoje, o riacho está com água e, desde novembro, com duas horas a mais de bombeamento.
  4. Todas as áreas de Pulmão Verde de Sequeiro estão em pleno funcionamento e, assim como os lotes, estão concedidas para produção.
  5. A Codevasf está realizando estudos para verificar a viabilidade da obra solicitada pelas comunidades que captam água dos reservatórios junto as barragens do riacho do Pontal.

Informamos, finalmente, que a CODEVASF já havia agendado uma reunião para amanhã, terça-feira, dia 22, com os representantes em questão, sendo surpreendida com a invasão ocorrida nesta manhã, exigindo uma reunião que esta já estava marcada previamente. Ainda assim, às 14 horas, o superintendente irá receber os manifestantes para ouvir suas reivindicações e dar os devidos encaminhamentos.

Dentre os participantes da reunião estavam Davi Coelho dos Anjos Junior, Gilmar Ferreira, vereador Geraldo da Acerola, José Elson de Souza Jorge Nunes de Souza, Luzimar de Amorim Gomes, Josi Souza e Zildemar Alencar.

Sistema de flutuantes do Perímetro Nilo Coelho será inaugurado na sexta

FLUTUANTES

Na sexta-feira, 18, às 9h30, na barragem de Sobradinho (BA), Dique B, localizada na estrada que liga Petrolina a Casa Nova (BA), serão acionadas as cinco moto-bombas flutuantes que irão garantir a continuidade do abastecimento hídrico aos produtores do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho.

De acordo com a Codevasf, no ato de inauguração do sistema de flutuantes, estarão presentes o Ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, o presidente da Codevasf, Felipe Mendes, o Superintendente da Codevasf Regional em Pernambuco, Luciano Albuquerque, além de lideranças políticas locais.

A obra é uma ação do Ministério da Integração Nacional, realizada através da Codevasf e conta com investimento de R$ 27 milhões.

Codevasf de Juazeiro é contemplada com título de Amiga da Marinha

SONY DSC

Na sexta-feira (11), durante solenidade na sede da Agência Fluvial da marinha em Juazeiro (BA) o superintendente regional da Codevasf Juazeiro, José Hailton Carneiro de Oliveira, recebeu das mãos do capitão-tenente Rafael Sanctos Paulucci, o título de instituição Amiga da Marinha.

O evento contou com a participação de autoridades civis e militares da região, de integrantes da Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR – Juazeiro) entre outros convidados.

A homenagem prestada à Codevasf teve como motivação a entrega de um projeto básico para a construção do prédio da futura Capitania dos Portos em Juazeiro. O projeto, realizado pelos profissionais da companhia, contempla a reforma das instalações da atual agência fluvial, que possui uma área de aproximadamente 260 m², e a construção de um prédio com dois pavimentos no terreno ao lado da agência, já doado pela prefeitura municipal.

A Codevasf e a Marinha do Brasil, por meio da Agência Fluvial de Juazeiro, já realizaram em conjunto algumas ações para a conscientização sobre a importância de preservação do rio São Francisco. Em 2011, foi realizada a campanha “Legal no Rio”, que, além de chamar a atenção para a necessidade de regularização das embarcações que navegam por esse trecho do São Francisco, também levou uma comitiva de voluntários até algumas ilhas da região para desenvolver um trabalho voltado à correta destinação do lixo.

Em 2012, as duas instituições participaram do Circuito Juazeiro de Canoagem “Ventos do Angarys”, organizado pela SOAMAR na orla de Juazeiro, com o apoio da Colônia de Pescadores, e que também chamou a atenção da população ribeirinha para a necessidade de preservação do São Francisco.

Amigo da Marinha

A medalha de Amigo da Marinha foi instituída em agosto de 1966 para distinguir personalidades civis, sem vínculo funcional com a Marinha do Brasil, militares de outras forças, bem como instituições que tenham se empenhado no trabalho de divulgar a mentalidade marítima, no relacionamento com a Marinha do Brasil, na defesa dos interesses atinentes à Marinha do Brasil e na divulgação da importância do mar e dos rios para o país.

Codevasf realiza testes para inauguração dos flutuantes

FLUTUANTES

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE), Evandro Alencar, comemora os testes na próxima semana para a inauguração do Projeto Flutuantes, entre os dias 19 e 20 de dezembro. Trata-se de um sistema de captação flutuante no perímetro de irrigação Senador Nilo Coelho, localizado no município de Petrolina. A iniciativa faz parte das ações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) para enfrentamento da diminuição do nível de água na Barragem de Sobradinho.

Convidado pela Codevasf para prestigiar a cerimônia de inauguração, Evandro Alencar destacou a satisfação com a concretização do projeto. “O Povo do Vale do São Francisco está de parabéns, pela agilidade com que conseguiu convencer os entes públicos da urgência e importância dessa obra. E aos engenheiros que participaram direta, ou indiretamente, os parabéns do Crea-PE”, afirmou Alencar.

Em nome da Codevasf, o engenheiro da 3ª Superintendência Regional do órgão, Leonardo Cruz, agradeceu ao empenho e a sensibilidade de Evandro frente às questões de engenharia, sobretudo, em relação à região do Semiárido.

Por conta do déficit hídrico provocado pela estiagem nos últimos três anos e o maior consumo registrado, o Ministério da Integração Nacional, através da Codevasf, investiu mais de R$ 32 milhões no Projeto Flutuantes, voltado ao Vale do São Francisco.

“Solo e Água” no Contexto do Desenvolvimento em Bacias Hidrográficas será debatido amanhã em Brasília

Àguas na cachoeira

Segundo a Codevasf o objetivo do seminário é divulgar pesquisas e socializar metodologias e tecnologias sustentáveis de manejo e conservação da água e do solo em bacias hidrográficas. Além da apresentação de pôsteres, a programação contará com mesas redondas sobre diversos temas entre eles:  O “Plano Nascentes”, publicação elaborada por técnicos da Codevasf que apresenta a experiência da empresa na execução das ações de recuperação hidroambiental desenvolvidas nos últimos 10 anos.

O evento vai acontecer nesta sexta-feira (4), na sede da Codevasf, em Brasília e conta com a parceria do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf).

Os trabalhos serão apresentados em forma de pôsteres. Eles foram selecionados por uma comissão científica irão abordar desde economia e reuso de água até identificação de solos, revegetação, recomposição de nascentes, entre outras vertentes.

Mais de 1 bilhão de reais devem ser investidos na Revitalização do Rio São Francisco

FBC

Em audiência realizada na Comissão de Meio Ambiente do Senado nesta terça-feira (17), o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), defendeu a inclusão de R$ 1 bilhão no Plano Plurianual (PPA) para o período de 2016/2019 e R$ 250 milhões no Orçamento Federal para 2016 em obras para revitalização do Rio São Francisco,

Na reunião presidida pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), convocada para analisar políticas públicas no âmbito do Poder Executivo sobre a revitalização do Rio São Francisco, Fernando Bezerra propôs “medidas práticas” como resultado da audiência. Afirmou que os números apontados por especialistas do Governo Federal indicam que a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vem sendo “muito desprestigiada e que não é possível, no quadro atual de crise que o rio está, não merecer o tratamento adequado”.

Após a apresentação de Felipe Mendes de Oliveira, presidente da Codevasf, o senador Fernando Bezerra frisou que “O Congresso Nacional e o Governo Federal precisam reconhecer que a Codevasf é uma das instituições federais que mais reúne conhecimento sobre o São Francisco e tem um corpo técnico de excelência”, conforme experiência de convivência que teve no período que era ministro da Integração Nacional, declarou.

RECURSOS ADICIONAIS – O senador declarou que, contando com o apoio do colegiado e do presidente Otto Alencar, pedirá ao presidente Renan Calheiros para incluir o PLS 429/2015, de autoria do senador Raimundo Lira, na pauta da Agenda Brasil (CEDN, Comissão Especial de Desenvolvimento Nacional), e se dispôs a assumir a relatoria desse projeto. A proposição consiste em aumentar em três pontos percentuais a compensação financeira pela exploração de recursos hídricos de aproveitamentos hidroelétricos localizados na Bacia do Rio São Francisco, e destina esse aumento à revitalização do Rio.

Participaram também da audiência Robson Rafael Andrade, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Jequitaí e Pacuí (CBH); Márcio Pedrosa, engenheiro da Área Ambiental da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa); Marley Caetano de Mendonça, diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Monitoramento das Águas do Instituto Mineiro de Gestão de Águas (Igam), também representante de: Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad); eBruno Jardim,  diretor de Águas do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), representante da Secretaria Estadual do Meio Ambiente da Bahia (Sema). (fonte: Ascom Senado)

 

101112