Coelba oferece troca de lâmpadas em Curaçá

(Imagem ilustrativa)

Até esta sexta-feira (26), a Coelba, em parceria com a Prefeitura de Curaçá, está oferecendo a troca de lâmpadas gratuitas. Os moradores podem trocar as fluorescentes, halógenas ou incandescentes por LED. A ação faz parte do Projeto Energia com Cidadania.

A unidade móvel da Coelba está estacionada na Avenida Doutor Pedro Santos, no Centro da cidade, com atendimento ao público das 8h às 17h. No local, além da troca de lâmpadas, os moradores da cidade terão acesso a alguns serviços de atendimento, como o pagamento da fatura de energia no cartão de crédito e débito.

Segundo a Companhia, o cliente precisa obedecer ao limite de cinco unidades de lâmpadas na troca da velha pela nova. E o benefício é destinado a moradores de comunidades populares ou que estão cadastrados na Tarifa Social de Energia Elétrica. A Coelba lembra que é obrigatório apresentar a fatura do mês anterior paga e não ter débitos com a Companhia.

Coelba lamenta morte de adolescente em acidente elétrico em Juazeiro

Após a morte de um menino de 13 anos provocada por uma descarga elétrica, nesta sexta-feira (19), no NH1, no distrito de Maniçoba, em Juazeiro, norte da Bahia, a Coelba lamentou o acidente.

 

LEIA TAMBÉM 

Adolescente de 13 anos morre eletrocutado na Maniçoba, em Juazeiro

 

Em nota, a Neoenergia Coelba destacou que logo após ter ciência da situação, técnicos da concessionária foram encaminhados ao local, verificando que a vítima entrou em contato com a rede de alta tensão portando uma ferramenta metálica.

 

A distribuidora esclareceu ainda que os cabos não possuem avarias e estão de acordo com os padrões técnicos de segurança exigidos.

CPI da Coelba tem parecer favorável e será instalada na próxima semana

A CPI da Coelba vai ser instalada na próxima semana. É o que afirma o deputado estadual Tum (PSC), autor do requerimento. Nesta quinta-feira, 18, a Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) publicou parecer favorável à instalação da comissão que vai investigar ações e omissões da concessionária de energia elétrica do estado. Com base no aval jurídico, a presidência da Casa já deferiu o pedido, cabendo à Mesa Diretora tomar as providências para instalação.

Com a informação, parlamentares se articulam para definir a composição da CPI. Por telefone, o deputado Tum tratou com o presidente da Alba, deputado Adolfo Menezes, sobre a formatação do colegiado. “Também já mantive contato com os líderes da oposição, Sandro Régis (DEM), e da situação, Rosemberg Pinto (PT), para tratarmos dos nomes que farão parte da CPI e do meu pleito, que considero natural, pela relatoria da comissão”, frisou Tum.

O deputado argumenta que acompanha o descaso da Coelba há 2 anos e tem estudado a situação da empresa a fundo, além de ser o autor do pedido de investigação, podendo dar contribuição significativa à CPI. Protocolada com o apoio de 39 parlamentares, 18 a mais que o mínimo necessário, a Comissão Parlamentar de Inquérito poderá funcionar por até 180 dias e será composta por 8 membros, sendo 5 titulares e 3 suplentes.

LEIA MAIS

Alvo de CPI, Coelba afirma que faz “investimentos na ampliação, modernização e automação do sistema elétrico baiano”

Ontem (11) o Blog publicou uma matéria sobre os argumentos que levaram o deputado estadual Tum (PSC) a solicitar a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a atuação da Coelba. O grupo Neoenergia enviou uma nota, solicitando espaço para esclarecer alguns dos pontos citados.

LEIA TAMBÉM

“Empresa lidera o ranking de reclamações”, afirma Tum sobre CPI da Coelba

O principal ponto abordado é o fato de, segundo Tum, a Coelba ser líder no ranking de reclamações no Procon. “A Neoenergia Coelba esclarece que o ranking divulgado pelo Procon Bahia tem como referência números absolutos, sem considerar a quantidade de clientes atendidos e a procedência das reclamações. A companhia destaca que o volume de reclamações registradas pelo órgão em 2021 é 43% menor na comparação com 2019 (período pré-pandemia) e representa 0,026% do universo de mais de 6 milhões de consumidores. A Neoenergia Coelba se coloca à disposição”, diz a nota.

LEIA MAIS

“Empresa lidera o ranking de reclamações”, afirma Tum sobre CPI da Coelba

Deputado estadual, Tum (PSC)

Desde o início da abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Coelba, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), informações de bastidores indicam que a Companhia teria procurado deputados estaduais para reuniões paralelas. O que gerou críticas do deputado Tum (PSC).

LEIA TAMBÉM

Coelba vira alvo de CPI na Assembleia Legislativa da Bahia

Ele é autor do pedido para instauração da CPI. “Vamos ouvir o Procon, já que a empresa lidera o ranking de reclamações; vamos ouvir grandes empresas, que são obrigadas a comprar postes e fiação para ter energia e passar a operar; vamos realizar audiências públicas nos territórios, para levantar as queixas e demandas e, só depois, questionaremos os representantes da Coelba“, disse o deputado estadual.

LEIA MAIS

Coelba vira alvo de CPI na Assembleia Legislativa da Bahia

Uma iniciativa do deputado estadual Tum (PSC) permitirá que a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) investigue as ações e omissões da Coelba, empresa privada controlada pelo grupo espanhol Neoenergia/Iberdrola e que é responsável pelo fornecimento de energia a todo o estado da Bahia. A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi proposta por Tum e apoiada por outros 31 deputados, 10 a mais que o mínimo necessário. O colegiado será composto por oito membros titulares e 4 suplentes.

A autorização para o funcionamento do colegiado deve ser publicada no diário oficial da Alba até sexta-feira, dia 5 de novembro. Nas justificativas, o autor questiona a pouca transparência na composição dos preços cobrados aos baianos, além dos “prazos e custos nas solicitações de ligação, exigindo, sobretudo dos grandes
consumidores, valores milionários para viabilizar o fornecimento de energia”.

LEIA MAIS

Coelba identifica furto de energia em fazenda de Casa Nova

Foto: Divulgação/Coelba

A Polícia Civil da Bahia e a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) se uniram para combater o furto de energia, em uma fazenda de Casa Nova, região Norte do Estado. A ação de quarta-feira (15) removeu uma ligação clandestina, que era utilizada para irrigar uma plantação de manga.

De acordo com a Coelba, o “gato” seria capaz de abastecer 4.500 residências durante um mês ou todo o município de Sobradinho por 10 dias. O proprietário da fazenda foi enquadrado no crime de furto qualificado e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

A ligação colocava duas bombas em funcionamento, para irrigar a fazenda. Mais de 400 metros de fios e dois transformadores foram removidos na ação de ontem. Ainda segundo a Coelba, além da propriedade, nove residências se beneficiavam da ligação clandestina.

ALBA: Tum reclama de serviços prestados pela Coelba em Curaçá, Casa Nova e Juazeiro

(Foto: Ascom)

O deputado Tum (PSC) protestou, na Assembleia Legislativa, contra a “negligência, descaso, desrespeito e péssimos serviços e atendimento prestados” pela Coelba à população de Curaçá, Casa Nova e Juazeiro, “bem como a toda região Norte do Estado baiano”. Em moção protocolada na Casa Legislativa, o parlamentar disse que, com dados de lucro líquido “consideráveis” no 1º semestre deste ano, a Neoenergia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, controlador da Companhia, “tem se tornado a cada dia um exemplo negativo de empresa privatizada na Bahia”, principalmente por esse ser um serviço essencial à população: o fornecimento de energia elétrica.

LEIA MAIS

Empresário é preso por furto de energia da Coelba em Campo Formoso 

(Imagem ilustrativa)

Um empresário do ramo de distribuição de cimento foi preso nesta terça-feira (03),  por furto de emergia da Coelba em Campo Formoso, região norte da Bahia.

A prisão foi realizada em uma operação conjunta entre a Polícia Civil (19ª COORPIN), o DPT e a COELBA, no intuito de combater furto de energia praticado por grandes empresários da região.

Ainda não há estimativas dos valores subtraídos, mas, segundo a polícia, há aproximadamente um ano que o preso praticava o crime. O material utilizado para o crime foi retirado da rede da companhia.

O empresário pagou uma fiança no valor de R$ 30.000,00 e foi liberado em seguida.

Subestação de energia da Coelba é inaugurada em Juazeiro, beneficiando 64 mil consumidores

O sistema de distribuição de energia elétrica do município de Juazeiro ganhou um importante reforço neste mês. A nova Subestação Juazeiro IV,  irá beneficiar mais de 64 mil habitantes de 13 bairros do município. O empreendimento contou com investimento de R$ 29 milhões, sendo considerado um dos maiores realizados pela distribuidora na cidade.

Localizada no bairro do Tabuleiro, a nova subestação é a quarta inaugurada pela Coelba na região e conta com capacidade instalada de 25MVA e seis alimentadores de distribuição com tensão de 13,8 kV. O empreendimento irá contribuir para o crescimento econômico e social de Juazeiro, pois se antecipa à demanda energética crescente na região, ampliando a oferta de energia elétrica e possibilitando a atração de novas empresas.

LEIA MAIS

Deputado Tum quer abertura de CPI para investigar descaso da Coelba com as comunidade interioranas

Deputado TUM, no programa Alerta Geral da rádio Grande Rio AM

Ao participar na manhã deste domingo (25), do programa Alerta Geral, na rádio Grande Rio AM, com os apresentadores Waldiney Passos e Teones Batista, o deputado estadual da Bahia Walisson Torres (TUM) externou sua insatisfação e de alguns parlamentares baianos, com a falta de atenção que a Coelba está dando as comunidades, deixando de cumprir com uma de suas principais obrigações que é a interiorização do acesso à energia elétrica.

“É um absurdo, em pleno 2021 existir casa na Zona Rural sem energia. Eu não aceito isso, vou lutar cada dia que eu tiver na Assembleia Legislativa e quando eu estiver na Câmara dos Deputados, mais ostensivamente para poder lutar para que a Coelba cumpra com o papel dela que é o de levar energia para o povo do interior”, disse.

Constantemente o deputado é cobrado para levar mais energia às localidades do interior da Bahia e tem se esforçado ao máximo na formulação dos pedidos junto a empresa, ele afirmou ser insistente na cobrança do pleito junto à empresa, mas lamenta a falta de interesse do grupo em atender essas demandas, portanto está articulando a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), devido a inércia da Coelba em levar energia a quem mais precisa.

LEIA MAIS

Moradora de Juazeiro fica na “bronca” com a Coelba

(Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu já estou cansada de esperar”. O desabafo é de Cícera Furtado, moradora da Rua João Gilberto, no bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA). Há mais de um mês ela está aguardando uma equipe da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) “dar as caras” para fazer uma nova ligação de energia no seu imóvel.

Sem respostas da Coelba, ela acionou os veículos de comunicação da região, para ver se assim a Companhia cumpre com sua obrigação. Cícera já fez diversas solicitações do serviço, porém, até hoje segue sem ter energia na sua própria casa.

Descaso

“Estou há quase trinta dias usando energia do vizinho e correndo risco de algum acidente, pois a fiação está espalhada pelo chão e eu tenho um filho especial”, relata. Ela contatou a Coelba por todos os canais possíveis (telefone, WhatsApp e site oficial) e nada.

Outro lado

O Blog também entrou em contato com a Companhia, contudo, até a conclusão dessa matéria não obtivemos resposta. O espaço segue aberto aos esclarecimentos.

Curaçá também ficou sem energia durante a madrugada, afirma Coelba

(Foto: Internet)

Mais cedo o Blog relatou o apagão registrado em Juazeiro (BA) e Petrolina, na madrugada desta quinta-feira (18). A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), responsável pelo fornecimento de energia elétrica na cidade vizinha deu mais detalhes sobre o caso.

LEIA TAMBÉM

Madrugada de quinta-feira é marcada por apagão em Juazeiro e Petrolina

De acordo com a Coelba, por volta de 3h17  foi registrado um desligamento na subestação Juazeiro II, de responsabilidade da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF). Tal fato “provocou a interrupção das subestações de energia da concessionária que atendem aos municípios de Juazeiro e Curaçá”.

LEIA MAIS

Madrugada de quinta-feira é marcada por apagão em Juazeiro e Petrolina

A madrugada desta quinta-feira (18) em Petrolina e Juazeiro (BA) foi marcada por um apagão. Diversos leitores procuraram o Blog em busca de respostas sobre o que teria provocado a interrupção no fornecimento de energia elétrica nas cidades.

Nossa equipe procurou tanto a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), quanto a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Porém, apenas a Celpe se pronunciou, até o momento, acerca do apagão de hoje.

Segundo a empresa pernambucana, a interrupção geral foi “ocasionada por uma falha na Subestação da Chesf, em Juazeiro”. O Blog também questionou se há algum risco de um novo apagão, entretanto não obtivemos resposta.

Queda de energia deixa comunidades rurais sem água no interior de Juazeiro

(Foto: Ascom/PMJ)

Está faltando água em Carnaíba do Sertão e Juremal, zona rural de Juazeiro (BA). De acordo com o Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) o problema na abastecimento é resultado de uma queda de energia, registrada na tarde de ontem (16).

O SAAE relatou que a queda na energia danificou um transformador na captação de água. “As equipes da autarquia municipal, juntamente com a Coelba, estão trabalhando para solucionar o problema o quanto antes”, diz a nota do SAAE. Mais informações sobre o serviço podem ser obtidos através do número (74) 3614-9800.

1234