Bloco “Quem disse que a gente não vinha?” alerta para violência contra mulher em Petrolina

(Foto: Divulgação/PMP)

O Carnaval é tempo de festa, mas pode ser também, a ocasião perfeita para chamar a atenção da sociedades sobre assuntos importantes, como o combate à violência contra mulher. Há onze anos, o bloco “Quem disse que a gente não vinha?” cumpre esse papel em Petrolina. O evento ocorrerá neste sábado (22) e terá concentração na Praça da Catedral, às 17h.

O bloco será animado pela Orquestra de Frevo do Bolinha, e durante a folia, serão distribuídos materiais educativos sobre os tipos de violência contra mulher e como denunciar. “É um bloco feito por mulheres, para mulheres. Uma união que resulta em força e empoderamento. É uma preocupação da atual gestão municipal desenvolver políticas públicas de enfrentamento a esta problemática, e temos tido êxito”, constata a secretária da Juventude, Direitos Humanos, Mulher e Acessibilidade, Bruna Ruana.

Em Petrolina, os casos de violência contra a mulher podem ser denunciados através dos telefones da Delegacia da Mulher – 3866-6625; Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CEAM) – 3867-3516; Patrulha da Mulher – 153; ou ainda pelo  0800 2818187 e também pelo número 180.

Próximas semanas serão cruciais no combate ao coronavírus, afirma Conselheira da OMS

(Foto: Reuters/Nguyen Huy Kham/direitos reservados)

A conselheira sênior do Departamento de Gestão de Contágios da Organização Mundial da Saúde (OMS), Nahoko Shindo, disse que as próximas semanas serão um período vital nos esforços para conter a propagação do novo coronavírus.

Em entrevista à NHK, na sede da ONU, em Genebra, a conselheira da OMS disse ser extremamente difícil criar uma vacina que possa prevenir completamente uma doença contagiosa do sistema respiratório. Acrescentou que será necessário agregar conhecimentos de todo o mundo para combater o vírus.

LEIA MAIS

Devido às chuvas, prefeitura tem intensificado ações preventivas contra o Aedes Aegypti em Petrolina

Agora o município conta com o reforço de mais 45 agentes de endemias. (Foto: ASCOM)

Após as chuvas durante esta semana em Petrolina (PE), a prefeitura decidiu intensificar as ações em combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

O reforço é para evitar a reprodução do mosquito, já que o primeiro Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) de 2020 apontou índice de 1,0%, ou seja, com médio risco de infestação do Aedes.

“A prevenção deve ser mantida, pois, enquanto agirmos de modo preventivo, a tendência é de que esses casos diminuam ano a ano. Até uma casca de ovo pode ser um local propício para proliferação do mosquito”, disse a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro,

LEIA MAIS

Policiais Militares realizam palestra sobre drogas em escola de Lagoa Grande

Palestra foi realizada para alunos do 4º e 5º ano.

Na manhã dessa quarta-feira (27), por volta das 10h, a equipe do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) da 7ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), com sede em Santa Maria da Boa Vista, ministrou uma palestra com o tema “drogas e suas consequências” em uma escola de Lagoa Grande (PE).

A companhia tem como comandante o Tenente Coronel PM Costa. A palestra foi realizada na Escola Municipal Arco Íris, que funciona na comunidade do Distrito de Vermelhos, zona rural do município.

LEIA MAIS

Carro fumacê realiza trabalho de combate a mosquitos em Juazeiro

Em caso de chuva, a comunidade que receberia o serviço passa para o dia seguinte do cronograma.

A prefeitura de Juazeiro, através da secretaria da Saúde, deu início à realização de um trabalho intenso de combate ao mosquito Cullex, ou muriçoca, comum nos bairros da cidade, com o uso diário do carro fumacê. A medida visa amenizar o incômodo causado pelos insetos.

De acordo com a secretaria, o serviço está sendo realizado durante toda a semana, das 18h às 20h30. Nesta quarta-feira (27), as equipes estarão nos bairros Vila Tiradentes e Tabuleiro.  Serão beneficiados ainda esta semana, os bairros Jardim São Paulo, Novo Encontro, Park Centenário, Lomanto Jr./Eldorado, Tancredo Neves, Castelo Branco e Dom Tomaz.

Ainda segundo a secretaria, é importante que a população abra as portas e janelas de suas residências durante a passagem do carro fumacê. Outros cuidados podem ajudar a combater o mosquito, como retirar dos quintais todos os recipientes que acumulam água e manter terrenos baldios sempre limpos.

LEIA MAIS

Petrolina e Caruaru vão ganhar delegacias de combate à corrupção

Alepe recebe projeto de lei do Executivo que cria mais duas Delegacias de Combate à corrupção (DECCOR), em Caruaru e Petrolina.

Pernambuco deve ganhar, até o final deste ano, mais duas delegacias de combate à corrupção, vinculadas ao Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO). Esta semana, a Assembleia Legislativa deverá votar projeto de lei do Poder Executivo Estadual que cria duas novas unidades: uma em Caruaru, cobrindo o Agreste, e outra em Petrolina, com abrangência para o Sertão. O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antonio de Pádua, acompanhado do chefe da Polícia Civil, delegado Joselito Kehrle, apresentou o projeto aos deputados estaduais nesta segunda-feira (30/09).

Na prática, a 3ª e a 4ª DECCOR vão levar aos municípios do Agreste e do Sertão ações estratégicas e operações da Polícia Civil de Pernambuco que visam a prevenir e reprimir a corrupção, o desvio de recursos públicos e outros crimes correlatos. “Pernambuco terá, com essas novas estruturas, investigações especializadas e combate aos crimes de colarinho branco em todo o seu território. Além de reprimir as ações, identificar prejuízos, recuperar ativos e desbaratar quadrilhas que se infiltram na administração pública para obter vantagens ou enriquecer de forma ilícita. Afinal, policiais compromissados e capacitados, com suporte de núcleos de inteligência, apoio do laboratório de lavagem de dinheiro e integrados a outros órgãos de fiscalização estarão mais perto e vigilantes”, diz o secretário Defesa Social, Antonio de Pádua.

Mesmo antes da implantação das delegacias do Interior, o DRACCO já vem desarticulando quadrilhas que atuam fora da Região Metropolitana do Recife. Uma das operações mais recentes cumpriu cinco mandados de prisão em Ibimirim, Sertão do Estado. A Operação Centenário prendeu suspeitos de integrarem organizações criminosas com foco de atuação nos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no município.

LEIA MAIS

Governos de Pernambuco e da Bahia unificam ações para combater a Mosca das Frutas

(Foto: Divulgação)

Os Governos de Pernambuco e da Bahia vão unificar as ações de controle da Mosca das Frutas no Vale do São Francisco. A decisão foi formalizada na última sexta-feira (30), com a assinatura de um protocolo de intenções entre a Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco (SDA), Secretaria de Agricultura da Bahia (Seagri) e Agências Estaduais de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) e da Bahia (Adab). Também subscreveram o protocolo a Embrapa, o Sebrae, as Federações de Agricultura dos dois Estados, Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas (Abrafrutas), Valexport, Codevasf e a Biofábrica Moscamed Brasil.

A iniciativa tem como meta atender às exigências do mercado europeu, que passou a exigir ações de controle e monitoramento da Mosca das Frutas para a entrada de produtos na Europa. Até então, para exportar frutas para os países da Zona do Euro bastava a adoção de procedimentos para a eliminação de larvas, como o processo hidrotérmico para as mangas ou o tratamento a frio para as uvas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, a unificação das ações tem grande importância para a competitividade da fruticultura do Vale do São Francisco e a manutenção dos mercados para os produtores dos dois Estados. “Não adianta um produtor de Pernambuco ou da Bahia realizar o controle e o monitoramento da Mosca das Frutas se o seu vizinho não implantar essas ações. A mosca não reconhece limite de propriedades nem divisas entre os Estados”, destacou.

LEIA MAIS

Agentes comunitários de saúde serão capacitados para atuar no combate à violência contra mulher em Petrolina

Com o intuito de conduzir a discussão de combate à violência contra a mulher para os mais diversos locais de Petrolina (PE), a prefeitura promove o I Fórum Intersetorial de Enfrentamento à Violência contra a mulher para agentes comunitários de saúde. O evento acontecerá entre os dias 16 e 19 de julho, no auditório da Secretaria de Saúde a partir das 8h30.

Cerca de 500 profissionais participarão do fórum durante os quatro dias de evento, que contará com rodas de conversas mediadas por técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH) e convidados. O objetivo é orientar os agentes de saúde, que estão em contato direto com a população, sobre tipos de violência contra a mulher e onde elas podem procurar auxílio nestes casos.

LEIA MAIS

Prefeitura intensifica combate à dengue em Petrolina com mutirões

A próxima comunidade que receberá o mutirão da Secretaria de Saúde é a comunidade do Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, N-1.

Com o objetivo de evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika, a Prefeitura de Petrolina, tem intensificado o trabalho em diversas áreas do município.

A população atendida pelos mutirões promovidos pela prefeitura tem recebido orientações educativas. Além disso, os agentes estão realizando a eliminação de possíveis criadouros, bem como tratamento focal nos criadouros de larvas encontrados, e, nas áreas com casos suspeitos notificados realizando o bloqueio transmissão.

De acordo com a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, a força-tarefa seguirá, principalmente, durante os finais de semana na zona rural.  “As localidades foram selecionadas considerando os critérios epidemiológicos (Índice de infestação predial e casos suspeitos notificados). Com isso, faremos um trabalho mais focado e detalhado”, destaca.

Prefeitura de Juazeiro promove passeio ciclístico em combate ao trabalho infantil

(Foto: Ilustração)

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) realiza no próximo sábado (6), o I Passeio Ciclístico Pelo Fim do Trabalho Infantil, encerrando a campanha anual de combate ao trabalho infantil que este ano trouxe como tema: ‘Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar’. A concentração do evento, que também integra a programação de aniversário da cidade, acontece no estacionamento do Juá Garden Shopping às 7h com um café da manhã servido para os participantes.

O objetivo do passeio é chamar atenção para o problema que ainda existe em todo o país. “A questão do trabalho infantil ainda é uma realidade em várias localidades e precisamos continuar chamando a atenção das pessoas e enfatizando que lugar de criança é na escola, é brincando e se divertindo. O município atua durante todo o ano, mas precisamos do apoio de toda a população para continuarmos combatendo este problema”, destacou a secretária Cida Gama.

LEIA MAIS

Mercado do Produtor de Juazeiro recebe campanha de Combate ao Trabalho Infantil

(Foto: Ascom)

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) em parceria com a Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), realizou campanha de Combate ao Trabalho Infantil no Mercado do Produtor de Juazeiro, na manhã desta terça-feira (18). A campanha deste ano traz o tema: ‘Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar’.

A ação foi realizada pela equipe da SEDES com panfletagem e distribuição de adesivos com o objetivo de conscientizar comerciantes, permissionários, funcionários e frequentadores do mercado, sobre a necessidade de mobilização para que seja evitado e denunciado todo e qualquer tipo de exploração sexual e trabalho infantil nas instalações do entreposto e também em todo o seu entorno.

LEIA MAIS

Projeto de Extensão de Serviço Social utiliza educação como ferramenta de prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes

(Foto: Divulgação)

51% das crianças abusadas sexualmente no Brasil têm de 1 a 5 anos de idade, segundo dados de Boletim Epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde em junho de 2018. Ainda de acordo com a mesma pesquisa, foi constatado que cerca de 76,5% dos casos notificados de violência sexual são contra crianças e adolescentes.

Os dados são assustadores, e no anseio de agir sobre esse problema, a professora e coordenadora do curso de Serviço Social da Facape, Maria Lúcia da Souza, promoveu um projeto de extensão a ser trabalhado juntamente com os estudantes do curso: “Violência sexual contra criança e adolescente: a educação como ferramenta no processo de prevenção”, que teve início em 2017 e hoje conta com 17 integrantes.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina alerta para responsabilidade conjunta no combate ao Aedes aegypti

(Foto: Jonas Santos)

O apoio da população no combate ao mosquito Aedes aegypti é essencial para manter Petrolina longe de doenças como Dengue, Zyka e Chikungunya. Os mutirões da prefeitura estão sendo intensificados, mas são hábitos diários de cada morador dentro das casas que fazem a maior diferença para que não haja criadouros e consequentemente a proliferação do mosquito transmissor das doenças.

A Vigilância em Saúde, vinculado à Secretaria de Saúde, destaca também a importância da notificação de casos suspeitos. Se a pessoa está com sintomas que podem ser indicativo das doenças, deve ir à unidade de saúde mais próxima para fazer a notificação. É através dela que os agentes de combate às endemias são sinalizados sobre os locais que devem passar pela intensificação das ações, busca ativa de focos do Aedes bem com a realização do bloqueio de transmissão com inseticidas.

Com a consolidação de dados do 3° Levantamento de Índice de infestação predial (LIRAa), feito  no início do mês de maio,  Petrolina apresenta índice geral de 2,1 %, que coloca a cidade em situação de médio risco para surto. O LIRAa, realizado a cada dois meses, serve como instrumento de monitoramento para os locais com maiores infestações dos ovos e larvas do mosquito.

LEIA MAIS

Ronaldo Silva apresenta projeto de lei em combate ao bullying e à obesidade em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta quinta-feira (23), o vereador Ronaldo Silva (PSDB) vai apresentar o Projeto de Lei nº. 037/2019, que prevê a instituição de política de combate ao bullying, obesidade e ao sobrepeso de adultos e crianças em Petrolina (PE).

Segundo o parlamentar, “a obesidade e o bullying já são considerados epidemia mundial independente de condições econômicas e sociais”. Além disso, ainda de acordo com Ronaldo, “o risco de mortalidade [devido à obesidade e à prática do bullying] vem aumentando consideravelmente”.

O Projeto de Lei prevê a criação da “Rede de Apoio pela Saúde”, que, dentre outras atribuições, disponibilizará informações relacionadas à obesidade, bem como ao combate ao bullying.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina orienta população sobre combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

A Banda Marcial Irmã Dourado, do Petrape, se apresentou durante a mobilização.

Quem passou pela praça do Bambuzinho, no centro de Petrolina, neste sábado (18), percebeu uma mobilização fora do comum. Uma equipe da prefeitura e de representantes de entidades parceiras estavam no local, entregando panfletos e orientado a população sobre o combate aos abusos e à exploração sexual sofridos por crianças e adolescentes.

O material distribuído para a população explicou os conceitos desses crimes, como identificá-los e denunciar. “Bom receber esse tipo de informação para reduzir a criminalidade e proteger nossas crianças”, disse Diógenes Alencar ao receber o material educativo.

Segundo a psicóloga da Vara da Infância, Andréa Gois Alcântra, as crianças e os adolescentes apresentam sinais quando há algo de errado acontecendo e é preciso ficar atento. “As escolas podem ser grandes aliadas no processo de identificação, principalmente pelo vínculo diário com os alunos. Além disso, é uma ferramenta de denúncia, por isso é importante que gestores e professores sejam orientados a como lidar com essas situações”, afirma.

LEIA MAIS
123