Lojistas pedem reabertura gradual do comércio em Petrolina

Comércio esta fechado em Petrolina.

Desde o último dia (22), o comércio de Petrolina segue fechado devido às medidas para evitar a proliferação do novo coronavírus. As medidas de combate têm o pleno reconhecimento da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Petrolina (CDL) e do Sindicato do Comércio Varejista (SINDILOJAS), contudo, as instituições, mais uma vez, solicitam a reabertura gradual e organizada do comércio com prazos estabelecidos.

As entidades não estão alheias ao contexto socioeconômico pelo qual atravessa o mundo, o país, e, de maneira particular, o estado de Pernambuco e o município de Petrolina, com medidas restritivas visando o combate ao COVID- 19. Através de nota, CDL e o SINDILOJAS ressaltaram a importância do comércio voltar a funcionar, mas com responsabilidade com a manutenção da saúde pública.

LEIA MAIS

Novo decreto de Miguel Coelho libera funcionamento de feiras livres, mas renova prazo de quarentena em Petrolina

(Foto: Jonas Santos/PMP)

Após reunião com o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, o prefeito Miguel Coelho assinou, nesta segunda-feira (30), novo decreto para estender por 15 dias medidas de isolamento social e prevenção da saúde em Petrolina. Com isso, diversos serviços públicos e atividades econômicas seguem suspensas na cidade como forma de evitar a propagação da Covid-19.

O documento traz uma alteração para reforçar o abastecimento no município, a liberação do funcionamento, a partir de quarta (1°), de feiras livres com restrições e fiscalização redobrada.

LEIA MAIS

Com um caso da gripe H1N1 confirmado, Prefeitura de Remanso também decreta fechamento do comércio

(Foto: Alex Gonçalves)

Com 12 casos suspeitos do Novo Coronavírus e um caso confirmado da gripe H1N1, a prefeitura de Remanso, na Bahia, publicou um novo decreto determinando a suspensão do funcionamento do comércio. A medida preventiva tem o intuito de combater uma possível disseminação das doenças no município.

Segundo a Secretaria de Saúde do Município, até o final da tarde desta terça-feira (24), todos os 12 casos suspeitos do Coronavírus estão em investigação. Já o único caso notificado da gripe H1N1, foi confirmado.

LEIA MAIS

MPPE notifica administração pública e comerciantes por preços excessivos de itens procurados durante pandemia do covid-19

Municípios já foram notificados sobre preços abusivos (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) está atento ao comércio de álcool em gel e demais itens de proteção individual durante a pandemia do novo coronavírus. O órgão tem emitido recomendações a diversos municípios, entre eles, Trindade no Sertão, para que os comerciantes não imponham preços excessivos.

Já foram notificados os comércios e administrações públicas de Belo Jardim, Gravatá, Garanhuns, São Bento do Una, São Joaquim do Monte, Itaquitinga, Jurema, além de Trindade. A prática, alerta do MPPE, se configura como crime.

“Os aumentos arbitrários ocorrem, principalmente, sobre o álcool em gel, máscaras cirúrgicas, máscaras elásticas descartáveis e luvas. Caso os comerciantes já tenham elevado arbitrariamente os preços, o MPPE alerta para que retornem imediatamente aos valores anteriores“, salientou o órgão.

Uma terça-feira com cara de domingo em Juazeiro

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O decreto do prefeito Paulo Afonso que implementou medidas para conter a proliferação do novo Coronavírus e a gripe H1N1 deixou as ruas de Juazeiro praticamente desertas.

Com as medidas anunciadas no último sábado (21) e ampliadas na manhã desta segunda-feira (23), os comerciantes fecharam as lojas hoje (24) e os órgãos públicos e privados suspenderam o expediente pelos próximos sete dias. Quem teimou em funcionar teve o estabelecimento fechado por fiscais da prefeitura e pela Guarda Municipal.

LEIA TAMBÉM

Juazeiro confirma segundo caso de coronavírus

Apenas lojas como mercadinhos, farmácias, açougues, padarias, borracharias lojas de ração animal e de defensivos agrícolas, consideradas essenciais, puderam manter as portas abertas. Mas o atendimento é limitado. O número de clientes dentro do estabelecimento está sendo controlado.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro decreta fechamento de comércio na próxima terça

Uma semana após Petrolina, o comércio de Juazeiro também deve ser fechado. A determinação foi divulgada pela prefeitura municipal neste sábado, após reunião do Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 e ao H1N1. Inicialmente, a orientação segue por sete dias, a partir da próxima terça-feira (24).

“Ao longo desta semana decretamos diversas medidas para prevenção e combate ao contágio tanto da Covid-19 quanto do H1N1.  Mediante conversas permanentes com o Comitê de Saúde e profissionais que estão no dia a dia no enfrentamento dessa doença viral, temos trabalhado para evitar uma propagação de grandes proporções em Juazeiro”, disse o prefeito Paulo Bonfim.

Segundo o decreto, só funcionarão supermercados, mercadinhos, padarias, açougues, casas de rações, farmácias e defensivos agrícolas, preservando o distanciamento e limite máximo de pessoas em cada ambiente. Confira o que deve fechar clicando aqui.

Impacto negativo no setor de comércio e serviços pode ultrapassar R$ 100 bilhões, diz CNDL

Comércio na Rua Dom Vital. (Foto: ASCOM/ prefeitura de Petrolina)

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), representante de mais de 500 mil empresas em todo o País, vem buscando junto ao Ministério da Economia medidas emergenciais que possam, de alguma maneira, amenizar os impactos da pandemia do coronavírus no setor.

De acordo com a CNDL, a estimativa é que o setor de comércio e serviços seja impactado negativamente em mais de R$ 100 bilhões nos próximos meses. A projeção tem como premissa a normalização das atividades a partir de maio. Caso os efeitos da pandemia avancem além desse período, o impacto poderá ser ainda maior.

O pacote de medidas anunciado pelo governo federal no dia 18 de março traz importantes avanços para que os empresários mantenham a viabilidade das suas empresas. A CNDL trabalha junto ao governo federal nos ajustes necessários que devem ser feitos para que não ocorra o fechamento de milhares de postos de trabalho.

LEIA MAIS

Cartão de crédito passa a usar cotação do dólar do dia da compra

(Foto: Marcos Santos/USP)

Quem usa o cartão de crédito no exterior vai poder calcular com mais precisão o custo das compras internacionais. Entra em vigor hoje (1º) determinação do Banco Central (Circular nº 3918) que obriga as operadoras de cartão a usar a cotação do dólar do dia da compra – e não mais a do dia de vencimento da fatura – para conversão do valor em real.

A mudança pretende dar mais previsibilidade aos consumidores que usam o cartão no exterior ou que fazem compras em sites estrangeiros.

Antes dessa mudança, a cotação da moeda americana usada era aquela do dia do fechamento da fatura. Quando anunciou a mudança na regra, em novembro de 2018, o Banco Central (BC) argumentou que o cliente ficava vulnerável às variações do dólar no mercado financeiro desde a data em que o gasto foi feito até o momento do pagamento da fatura mensal do cartão de crédito.

LEIA MAIS

Procon-PE constata aumento de preços de produtos nas farmácias por causa do coronavírus

(Foto: Internet)

Diante do cenário de temor que as pessoas estão tendo, contra o coronavírus, o Procon-PE fez uma pesquisa, e constatou que o álcool em gel aumentou 53% e máscaras aumentaram 100,80%. Na última quinta-feira (27), a fiscalização passou por oito estabelecimentos, da Região Metropolitana do Recife, a partir da demanda de denúncias feitas por consumidores.

Nas farmácias e distribuidoras que o Procon-PE passou no Centro do Recife o menor preço do álcool em gel foi de R$10, já o maior, custava R$15. Em alguns estabelecimentos está sendo limitada a compra de duas unidades por cada Cadastro Nacional de Pessoa Física (CPF).

“Quem regula o preço dos produtos é o mercado. Estamos aqui para fazer o levantamento de preço e dar possibilidades aos consumidores”, disse Jonas Souza, Chefe de Fiscalização do Procon-PE. Ele ainda recomendou que os consumidores façam pesquisas antes de adquirir os produtos.

LEIA MAIS

Lojas do comércio de Petrolina devem ficar fechadas na próxima sexta, feriado da Data Magna

Comércio na Rua Dom Vital. (Foto: ASCOM/ prefeitura de Petrolina)

O dia 6 de março é um marco na história de Pernambuco, A data instituída pela lei 16.059/2017, faz alusão à Revolução de 1817, quando o estado nordestino declarou sua independência com relação à Coroa Portuguesa.

Por conta da Data Magna, será feriado em todo o estado pernambucano na próxima sexta-feira (6). Neste dia, o comércio de Petrolina deve fechar as portas.

Sobre o feriado, o Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina faz uma ressalva: “Quem desejar abrir deve ficar atento à legislação prevista em Acordo Coletivo. A lei que institui a celebração da Data Magna prevê que instituições públicas e particulares realizem atividades de conscientização sobre o marco histórico que foi a Revolução Pernambucana”, disse em nota.

Comércio de Juazeiro será aberto durante o carnaval oficial

Em Juazeiro (BA) não será feriado na próxima terça-feira (25) de Carnaval. Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o feriado foi dado pelo prefeito no carnaval antecipado do município, portanto, o funcionamento no comércio será normal em todos os dias da folia.

“Apesar disso, na terça-feira, pode ser que alguns comerciantes escolham fechar, mas depende de cada loja”, ressalta a CDL.

LEIA MAIS

Comércio de Juazeiro funciona normalmente durante o Carnaval

De acordo com o Sindicato dos Comerciários de Juazeiro (Sindicom), o comércio da cidade vai funcionar normalmente na próxima semana, quando será comemorado o Carnaval Oficial no restante do Brasil.

Ainda segundo a entidade, Juazeiro já teve o seu carnaval antecipado e com feriado através de decreto municipal na segunda-feira, dia 10 de fevereiro. “Os lojistas poderão abrir normalmente o seu comércio, mas não há impedimento para aqueles que não queiram abrir suas lojas”, assegurou o presidente do Sindicom, Fábio César.

LEIA MAIS

Carnaval aquece comércio de Petrolina; vendas devem ter aumento de 10%

(Foto: Ascom/PMP)

Para entrar no clima da festa de Momo, os foliões petrolinenses já estão lotando o comércio popular da cidade em busca de fantasias e acessórios que compõem o look de carnaval.

De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrolina (CDL), a expectativa do setor é de um aumento de 10% nas vendas. Tem produto para agradar todos os públicos, nas lojas, é possível encontrar inúmeras opções com preços variados.

O folião atrasado, que gosta de deixar tudo para o último minuto, tem o Mercado Turístico Municipal como opção. O centro comercial fica na Rua Dom Vital, área central do município. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h e aos sábados das 7h às 14h30.

Calçadão da Travessa Padre Fraga deve ser inaugurado em abril

(Foto: Ascom/PMP)

As obras do calçadão da Travessa Padre Fraga, no Centro de Petrolina, estão avançadas. O local servirá para atuação de comerciantes informais previamente cadastrados. A obra está avançada e a previsão é que seja concluída até o fim de abril.

“O principal objetivo é organizar nosso centro comercial, com a relocação dos comerciantes informais cadastrados pelo município e que, atualmente, ocupam as calçadas da região, para o novo polo”, destaca o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Giovanni Costa.

O recurso investido pelo município é de mais de R$ 185 mil.  O piso intertravado já foi colocado e anova iluminação já foi implantada, a próxima etapa consiste nos detalhes finais da obra e no paisagismo. O espaço contará com rampas de acesso, pisos táteis direcional e alerta. Além disso, também foi instalada a cobertura, feita em parceria com a iniciativa privada.

Paulo Câmara discute ações com setor varejista para fortalecer o comércio 

(Foto: Heudes Regis/SEI)

Em reunião com representantes das entidades do comércio varejista do Estado, realizada nesta segunda-feira (20), no Palácio do Campo das Princesas, o governador Paulo Câmara falou sobre as expectativas positivas e as iniciativas de sua gestão para 2020, como o reforço na segurança, os investimentos em abastecimento de água e saneamento, além do foco na recuperação das estradas e da geração de empregos, tanto na capital como nas demais regiões. Além das demandas do setor econômico.

“Temos muito que fazer. Vamos ver as questões emergenciais, pensar em uma agenda para ir conversando ao longo deste primeiro trimestre e ver também as questões que estão afligindo o setor. Continuando assim esse processo de discussão junto com as secretarias aqui presentes e envolvendo outras. A gente pode ajudar 2020 a ser um ano positivo”, comentou Paulo Câmara.

O encontro foi articulado pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação, comandada pelo secretário Albéres Lopes, que avaliou positivamente a reunião, já que as demandas do setor coincidem com os investimentos governamentais. “Nós já estamos fazendo um trabalho pela secretaria, junto com a secretaria de Desenvolvimento Econômico, atuando em relação aos aeroportos (no interior do Estado), por exemplo, que foi um dos pontos citados. O governador está de acordo com as reformas propostas pelos empresários e presidentes de entidades empresariais do Estado”, concluiu.

12345