Morador do Park Jatobá denuncia que condomínio tem jogado dejetos em avenida do bairro

Um morador do bairro Park Jatobá, em Petrolina (PE), registrou um absurdo que estaria acontecendo na comunidade. Segundo denúncia, dois condomínios de luxo estariam jogando dejetos em uma lagoa do bairro. Ainda de acordo com o morador, os dejetos são bombeados para outra lagoa e despejados sem tratamento no Rio São Francisco.

Além disso, a denúncia mostra uma vala na avenida principal do bairro que teria sido cavada para escoar parte dos dejetos desses condomínios. O mau cheiro estaria incomodando os moradores da localidade.

O blog Waldiney Passos entrou em contato com a secretaria responsável e aguarda resposta.

Reunião discute gestão condominial dos residenciais do Minha Casa Minha Vida

(Foto: ASCOM)

Em reunião realizada nesta quinta-feira (07), no gabinete da secretária de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Cida Gama, entre representantes da prefeitura, Caixa Econômica Federal, empresa Olímpico Condomínio e síndicos dos residenciais do Minha Casa Minha Vida, foram discutidas a gestão condominial nos habitacionais de Juazeiro e a necessidade de adequação às regras dos regimentos internos.

As principais reclamações dos moradores nos residenciais, segundo os próprios síndicos, são relativas à convivência em grupo. “As pessoas, infelizmente, ainda não se acostumaram a conviver em comunidade e isso dificulta um pouco, mas temos trabalhado para que essa realidade mude”, afirmou o síndico do Residencial Juazeiro III, Marcelo Vasconcelos.

Outro ponto abordado na reunião foi a utilização das casas de lixos dos residenciais para uso comercial com a finalidade de obter renda para o condomínio. Para o secretário de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano, Agenor Souza, a organização é fundamental e todas as regras dos residenciais precisam ser seguidas.

“Infelizmente nem todos têm compreensão do que pode ser feito dentro da legalidade. Mas, aos poucos vamos realizando e buscando bons exemplos para serem seguidos. O poder público está aqui para ajudar”, disse.

LEIA MAIS

Agência Municipal do Meio Ambiente multa condomínio por obra de saneamento irregular em Petrolina

(Foto: ASCOM)

A Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) de Petrolina multou um condomínio na rua Pedra do Bode, no bairro Cidade Universitária, na Zona Leste da cidade, por obra de esgotamento sanitário estar diferente do aprovado quando do licenciamento ambiental do empreendimento.

A construção estava sendo realizada em um conjunto habitacional em fase de comercialização e não estava de acordo com o projeto inicial entregue pelo condomínio nos processos de autorização da AMMA.

A multa aplicada é de R$ 10 mil reais, podendo ser acrescida de mil reais por dia, caso a obra seja retomada sem licença devida. O crime fere o artigo 3º, inciso II e artigo 66º do Decreto Federal 6514/2008.

LEIA MAIS

Falsos agentes da Polícia Federal assaltam prédio no Recife

Assaltantes vestiam camisas da PF e portavam suposto mandado de busca e apreensão/Foto: Internet

Um comunicado nos elevadores deu o alerta aos moradores: quatro homens que se passavam por policiais federais conseguiram ter acesso a um dos apartamentos do condomínio de luxo, no bairro do Monteiro, na Zona Norte do Recife, e de lá levaram alguns objetos. O caso ocorreu no último dia 13, às 5h20, mas só ontem a informação chegou à imprensa, envolta em mistério

De acordo com o comunicado, uma caminhonete de cor prata chegou ao local com quatro homens vestindo camisas com a inscrição “Polícia Federal”, munidos de um suposto mandato de busca e apreensão. Eles teriam apresentado o documento ao porteiro, pedindo acesso a um apartamento e o funcionário os acompanhou ao local – como mandam as regras do condomínio, de onde saíram 20 minutos depois com alguns objetos.

O morador do apartamento visitado pelos falsos policiais federais chegou ao edifício às 7h30 e ao ser informado do ocorrido disse que se trataria de furto e teria registrado queixa na polícia. “Esta administração está colaborando com o processo investigativo e espera que os fatos sejam devidamente esclarecidos pelas autoridades competentes”, dizia o comunicado.

LEIA MAIS