Combate ao racismo institucional é tema de encontro em Petrolina

(Foto: ASCOM)

O enceramento das atividades do Mês da Consciência Negra em Petrolina (PE) evidenciou o interesse da prefeitura em combater o racismo e qualquer tipo de preconceito em suas repartições. Através de uma oficina promovida pelo projeto ‘Prefeitura sem Preconceito’, o racismo institucional e seus efeitos na gestão municipal foram debatidos, na última sexta-feira (23), em um encontro coordenado pela Secretaria Executiva de Juventude e Direitos Humanos, com a presença de servidores de diversas secretarias.

O evento, mediado pela advogada Ariana Andrade, provocou diversas reflexões sobre como o racismo é observado dentro do ambiente de trabalho e na sociedade como um todo. De forma construtiva, a roda de conversa possibilitou aos participantes expressar suas opiniões sobre o tema e através do diálogo, os servidores tiveram a oportunidade de conhecerem um pouco das situações de racismo e injúria racial vividas por alguns colegas ao longo de suas vidas.

Para a secretária executiva de Juventude e Direitos Humanos, Bruna Ruana, ações em alusão ao Mês da Consciência Negra em Petrolina não poderiam ser concluídas com outro público. “Precisamos cuidar também do nosso quadro de colaboradores, com o intuito de combater qualquer tipo de preconceito e/ou discriminação nos espaços institucionais, mas também no atendimento à população, além de fortalecer a educação permanente no âmbito da prefeitura”, pontua.

Prefeitura sem Preconceito

LEIA MAIS

Atividades sociais dão continuidade às ações do mês da Consciência Negra em Petrolina

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Petrolina (PE) segue com as atividades em alusão ao mês da Consciência Negra. Na segunda-feira (19), foi iniciada uma série de ações coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH), voltadas para jovens; idosos; profissionais da prefeitura e com programação também para o público em geral. As atividades contam com o apoio de instituições parceiras e convidados.

A primeira comunidade visitada foi o Residencial Vivendas. No local, uma roda de conversa com crianças e adolescentes sobre a capoeira reuniu uma centena de jovens. O convidado da noite foi o fotógrafo Jonas Santos. O profissional, junto com o Mestre de capoeira Pachelli e a secretária executiva de Juventude e Direitos Humanos, Bruna Ruana, abordaram temas como a importância da data; preconceito nas escolas; aceitação da identidade negra e sobre o papel transformador da capoeira dentro da sociedade.

Nesta terça-feira (20), será a vez do Centro de Atenção à Pessoa Idosa (CAPI) integrar às atividades. Na quarta-feira (21) será o momento dos idosos do Centro de Convivência de Idosos – Rio Jordão. Nos dois equipamentos serão promovidas oficinas sobre Consciência Negra e Envelhecimento. A programação segue na quinta-feira (22), durante todo o dia, com o encontro “Juventude Negra: Desafios e Perspectivas”. O evento acontecerá no Auditório da Secretaria Executiva de Juventude e Direitos Humanos. No mesmo dia, a partir das 18h30, acontece no auditório da UNINASSAU o debate: “O racismo e seus efeitos no cotidiano da população negra”. O encontro reunirá artistas e profissionais da região. A programação é aberta ao público e dispõe de certificado.

LEIA MAIS

No mês da Consciência Negra, Gilmar Santos cobra cumprimento de lei municipal

Edil citou necessidade de debater temáticas e valorizar cultura negra (Foto: Blog Waldiney Passos)

Novembro é dedicado não apenas à conscientização sobre a prevenção ao câncer de próstata como também à valorização da cultura afro. Justamente por isso o vereador Gilmar Santos (PT) reivindicou o cumprimento de uma lei criada em 2004 pela Câmara de Vereadores, sobre o ensino da temática na rede municipal de Petrolina.

A Lei nº 1.445/2004 foi proposta pelo então vereador Padre Antônio (PT), instituindo a Semana de Estudos da Consciência Negra, entre os dias 14 e 20 de novembro de cada ano. “Fomos fazer uma visita [à secretaria de Educação] para cobrar o cumprimento de uma lei do Padre Antônio, essa leia trata da instituição da Semana de Estudos da Consciência Negra no município de Petrolina. É uma lei que vem dar cumprimento à uma lei federal e chama atenção para as nossas escolas que aprofundem os estudos sobre a história do povo negro, sobre as contribuições das populações negras que vieram da África e se afirmaram contribuindo para o fortalecimento dessa nação”, destaca o edil.

Combate ao racismo 

Citando a discriminação e falta de direitos aos negros, Gilmar ressaltou a necessidade de promover essa discussão nas escolas municipais, para valorizar a identidade negra. “Nós sabemos que o racismo existe na sociedade, ele existe constrangendo as comunidades de terreiro, as comunidades religiosas de matriz africana, muitas crianças são excluídas pelos professores“, afirmou. Membro da Comissão de Direitos Humanos, Gilmar reafirmou o compromisso do setor em buscar essas demandas.

Oitava Semana da Consciência Negra será realizada em Floresta

cartaz-viii-semana-da-consciencia-negra-2016

De 20 a 27 deste mês o Instituto Raízes realizará a “8ª Semana da Consciência Negra” na cidade de Floresta (PE). O evento é realizado desde 2009 e já faz parte do calendário cultural do município.

A programação inclui palestras, rodas de diálogo, oficinas de percussão e danças, além de apresentações dos grupos de maracatu e afoxé, que serão realizadas em escolas municipais e estaduais.

LEIA MAIS

Governo do Estado realiza ato em favor da população negra

O Governo do Estado promove ações afirmativas para o negro em solenidade que acontece nesta quinta-feira (10), às 17h, no Palácio do Campo das Princesas. O momento será marcado por atos realizados pelo governador Paulo Câmara (PSB) com o lançamento do 1º Plano Estadual de Promoção da Igualdade Racial de Pernambuco;

Na oportunidade acontecerá a posse dos membros do Fórum Gestor de Promoção da Igualdade Racial (Fogepir) como também: a assinatura do decreto que institui o Grupo de Trabalho para construção do Programa de Combate ao Racismo Institucional (PCRI); a assinatura do decreto que institui a Medalha Solano Trindade; e a assinatura do decreto que institui a Caminhada de Terreiros como a abertura oficial do Mês da Consciência Negra.

O dia 10 de dezembro foi escolhido por se tratar do Dia Internacional dos Direitos Humanos, instituído dois anos após a Organização das Nações Unidas (ONU) adotar a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

 

Câmara realiza sessão solene em alusão ao Dia da Consciência Negra

GEDSC DIGITAL CAMERA

A Semana da Consciência Negra foi celebrada em sessão solene na Câmara Municipal de Petrolina na noite desta quinta-feira (19) com diversas apresentações culturais e discursos  ressaltando a importância da ampliação do debate contra o preconceito e a intolerância, sobretudo, religiosa.

A sessão foi requerida pela vereadora Cristina Costa (PT)  e contou com a participação da ex-deputada Isabel Cristina (PT), do Professor da Facape/Uneb Juracy Marque, da Professora do IF/Sertão Edivânia Granja, da Professora da UPE Thatiana Lima, do Presidente de Cultos Afros Jorge Rodrigues Barbosa, do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Juazeiro-BA  vereador Thiago Felix, da representante das Mulheres Rendeiras  Senhora Santinha e diversos representantes da cultura afro descendente.

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído oficialmente pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares, situado entre os Estados de Alagoas e Pernambuco, na Região Nordeste do Brasil.