Continuidade da chuva dificulta escoamento de água em Coronel João Sá

(Foto: Secom/BA)

Deve continuar chovendo em Coronel João Sá, cidade baiana atingida pelo rompimento de uma barragem na última quinta-feira (11). A previsão do tempo para esse domingo (14) é de chuva até hoje, o que dificulta o escoamento das águas.

LEIA TAMBÉM:

Técnicos atestam rompimento na estrutura de barragem na Bahia

Barragem se rompe em Pedro Alexandre, na Bahia, e afeta cidade vizinha

500 famílias estão desabrigadas desde o rompimento da barragem do Quati, que fica localizada na cidade vizinha. “O problema é o transtorno que causa. A chuva não para. Fica difícil o trabalho dos bombeiros e da Defesa Civil”, afirma o secretário de Defesa Civil, Valdomiro da Conceição Jr.

Técnicos atestam rompimento na estrutura de barragem na Bahia

(Foto: Secom/BA)

O Governo da Bahia confirmou hoje (12) o rompimento da barragem do Quati, localizada na cidade de Pedro Alexandre. Técnicos estiveram no local durante a manhã dessa sexta-feira e constataram uma ruptura na estrutura.

Isso provocou o transbordamento da barragem, com rachadura nas laterais. No entanto, a pressão da água acabou provocando rompimento parcial do equipamento. Uma nova vistoria será realizada durante a tarde para verificar a extensão dos danos.

LEIA TAMBÉM:

Barragem se rompe em Pedro Alexandre, na Bahia, e afeta cidade vizinha

Vizinha a Pedro Alexandre, Coronel João Sá foi a cidade mais afetada. Um dia após o rompimento os moradores de puderam voltar às suas casas. Apesar do susto que os moradores levaram ontem, até o momento não há registro de mortos ou feridos.

A Defesa Civil atua em conjunto com a polícia e bombeiros, levantando informações sobre atingidos e os prejuízos causados com o rompimento. Cerca de 48 bombeiros estão nas duas cidades e outros militares estão de prontidão para seguirem para as cidades atingidas em caso de necessidade. (Com informações de A Tarde e G1).