PT de Petrolina bate o martelo e confirma Odacy como pré-candidato à Prefeitura de Petrolina

Odacy foi o escolhido do PT, Cristina buscará reeleição na Câmara

Prego batido e ponta virada. O Partido dos Trabalhadores definiu quem será o pré-candidato do partido nas eleições de Petrolina. Odacy Amorim, ex-deputado estadual e hoje presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) foi o escolhido pelo Diretório Municipal.

Ele superou o nome da vereadora Cristina Costa. De acordo com o PT, a decisão foi tomada em conjunto, em uma videoconferência com o também vereador Gilmar Santos, a deputada estadual Dulcicleide Amorim – esposa de Odacy – e os integrantes do GTE.

“Em resolução referendada pelo  diretório municipal, apresentamos o Companheiro Odacy Amorim para representar o projeto do Partido dos Trabalhadores como candidato a Prefeito de Petrolina nas eleições municipais de 2020”, comunicou o PT.

LEIA MAIS

Em meio à pandemia, Bancada de Oposição de Petrolina quer suspensão de benefícios para ajudar saúde municipal

Bancada de Oposição quer destinar recursos à saúde (Foto: Ascom)

Os vereadores da Bancada de Oposição de Petrolina apresentaram uma proposta ao presidente da Casa Plínio Amorim. O grupo solicitou a suspensão temporária dos contratos de locação, devolução de veículos alugados e a suspensão da cota de combustível desses carros, enquanto todos cumprem a quarentena por conta da pandemia do coronavírus.

Assinam a proposta Cristina Costa (PT), Elismar Gonçalves (MDB), Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (sem partido). Eles pedem que os recursos os quais custeiam esses benefícios sejam direcionados à saúde de Petrolina.

O pedido foi entregue formalmente à Presidência, na terça-feira (24). “Ao avaliar o Decreto municipal N.º 019/2020, que adota medidas temporárias para o controle de despesas no âmbito da administração pública e redirecionamentos de ações voltadas ao combate do vírus, nós vereadores da Bancada de Oposição decidimos que também é obrigação do Poder Legislativo Municipal contribuir para a eficácia das medidas de proteção e cuidado com a saúde e bem estar da população de Petrolina”, explicou Valgueiro, líder da Oposição.

Cuidado com as fake news

Após os edis anunciarem a medida, surgiu no WhatsApp e redes sociais um vídeo afirmando que a Oposição queria na verdade encerrar o contrato dos professores da rede pública, o que não procede. No ofício protocolado ontem na Casa Plínio Amorim a bancada menciona a suspensão temporária dos benefícios listados no começo do texto.

Pré-candidato do PT à Prefeitura de Petrolina será anunciado no dia 22 de março

Membros do GTE farão mais um encontro (Foto: Ascom/Cristina Costa)

O Grupo de Trabalho Eleitoral do Partido dos Trabalhadores no Estado (GTE) deu mais um passo para definir quem será o candidato da sigla nas eleições municipais de Petrolina. No domingo (15) os integrantes do GTE se reuniram com presidente estadual, Doriel Barros para debater o futuro do PT.

Odacy Amorim e Cristina Costa são os nomes mais prováveis para representar o partido no pleito e estiveram presentes na reunião. A deputada estadual Dulcicleide Amorim e o vereador Gilmar Santos também marcaram presença no encontro.

“Viemos discutir as estratégias, para que possamos fazer uma chapa bastante forte do PT, ampliar o número de vereadores, e ter uma candidatura majoritária para ganhar a Prefeitura, trazer o presidente Lula à Petrolina, entre outras questões“, explicou Doriel Barros.

No próximo dia 18 o GTE volta a se reunir para a última discussão antes do anúncio do pré-candidato do PT na cidade, marcado para 22 desse mês. Diferentemente de 2018, o partido optou por lançar candidatos próprios, rompendo a aliança com o PSB.

Odacy Amorim confiante em ser o nome escolhido pelo PT para disputar a eleição em Petrolina

Na última sexta-feira (13), o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, participou de entrevista na Rádio Jornal, oportunidade em que reafirmou a confiança em ser o nome escolhido pelo  Partido dos Trabalhados (PT), para disputar a eleição deste ano em Petrolina como candidato a prefeito.

Odacy acredita na união de forças da esquerda para tentar vencer o trabalho que o prefeito Miguel Coelho vem realizando em Petrolina.

Ontem (15), Doriel Barros, presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) em Pernambuco, esteve em Petrolina  participando de uma reunião com o Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) discutindo o processo eleitoral municipal, com representantes das pré candidaturas de Odacy Amorim e Cristina Costa. A deputada estadual Dulcicleide Amorim e o vereador Gilmar Santos estiverem presentes.

“Viemos discutir as estratégias, para que possamos fazer uma chapa bastante forte do PT,  ampliar o número de vereadores e ter uma candidatura majoritária para ganhar a prefeitura,  trazer o presidente Lula a Petrolina, entre outras questões”, comentou Doriel.

Devido a agenda de trabalho ele ressaltou ainda que desta vez não foi possível ouvir os filiados, mas que uma nova data será marcada para outro encontro do GTE.

Humberto Costa deixa liderança do PT no Senado; Cristina Costa comenta decisão do petista

O senador Humberto Costa (PT) não é mais o líder do partido no Senado Federal. Integrante da sigla, Cristina Costa comentou a decisão do companheiro e disse acreditar que agora Humberto terá mais tempo para se dedicar ao fortalecimento do PT em Pernambuco.

“Não conversei com meu companheiro, mas eu sei que dentro do Partido dos Trabalhadores estatutariamente é um rodízio a exemplo aqui da Câmara de Vereadores. Eu fui, dois anos líder do PT, nesses dois anos é Gilmar [Santos] que está concluindo em dezembro“, justificou na sessão dessa quinta-feira (12).

O próximo passo dentro do PT é definir, pelo rodízio, o ou a nova líder no Senado. “Se ele está cumprindo o rodízio, ele vai ter mais tempo e disponibilidade para organizar o Partido dos Trabalhadores a nível de Pernambuco. Ele é a nossa liderança maior pela sua experiência. A bancada do Senado vai discutir entre eles mesmos e vai ver quem vai ser indicado à liderança“, concluiu.

“Quem vai me julgar é o povo e Deus”, afirma Cancão em resposta à Lucinha Mota

Ronaldo Cancão comentou fala de Lucinha Mota (Foto: Jean Brito/CMP)

Ronaldo Cancão se disse surpreso com a afirmação de Lucinha Mota (PSOL), pré-candidata a vereadora de Petrolina nas eleições desse ano. Na segunda-feira (9) ela participou do programa Ponte e Vírgula, na Ponte FM e afirmou que tiraria Cancão e Cristina Costa (PT) da Casa Plínio Amorim.

“Minha lista é enorme, mas vou dizer dois nomes, que são dois que eu realmente tiraria da Câmara: Ronaldo Cancão e Cristina Costa“, destacou Lucinha. Durante a entrevista ela ainda elogiou Gabriel Menezes (PSL) e a política de Odacy Amorim (PT).

LEIA MAIS

Cristina Costa pede limpeza do Terras do Sul e questiona recapeamento em vias sem necessidade

Vereadora destacou seus pedidos na sessão de hoje (Foto: Blog Waldiney Passos)

Entre as 19 Indicações colocadas em pauta nessa terça-feira (3), na Câmara de Vereadores de Petrolina, a vereadora Cristina Costa (PT) apresentou dois pedidos à Prefeitura. No primeiro, a Indicação n° 139/2020, foi direcionado ao bairro Terras do Sul, comunidade visitada por ela no final de semana.

“Pedimos com urgência urgentíssima a limpeza geral da Avenida Principal e ruas do bairro Terras do Sul. Visitamos no final de semana aquela comunidade, não tem saneamento. Ali são moradores, parece que não mora gente, parece que mora bicho“, afirmou Costa.

Recapeamento asfáltico

Em seguida a edil cobrou o recapeamento da Avenida Coelho, através da Indicação n° 143/2020. Costa questionou o porquê de a Prefeitura estar recapeando vias como a Avenida Cardoso de Sá e esquece de outras mais necessitadas, como a Avenida Nilo Coelho.

“Quem vem daquele trecho na rodoviária para pegar a Honorato Viana é horrível. A Cardoso de Sá que não tem buraqueira já estão pavimentando de novo. Por que que onde não precisa, não tá pavimentando?”, afirmou. Os pedidos foram aprovados por 17 votos a zero.

Ronaldo Silva critica passagem de José Dirceu por Petrolina: “Qual a história que esse marginal tem para contar ao nosso país?”

Ronaldo Silva não gostou da presença de petista em Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

Ronaldo Silva (PSDB) é um crítico ferrenho ao Partido dos Trabalhadores (PT) e ontem (20), na sessão da Câmara de Vereadores ele deixou claro que não estava contente com a passagem de José Dirceu pelo município. Na véspera, Dirceu lançou um livro na própria Casa Plínio Amorim, com solicitação e autorização prévia da Presidência.

“Não poderia deixar de usar os microfones dessa Casa. Como se diz o ditado popular: não existe nada tão ruim que não possa ficar pior. Veja só o que a Câmara de Vereadores de Petrolina, na noite de ontem [quarta], traz a essa Casa um chefe de quadrilha”, disparou Silva.

Corrupção

A revolta, segundo o vereador, é o conteúdo do que o petista falaria. “Ontem estava presente aqui lançando livro e dando palestra. Palestra de quê? Livro de quê? Vai ensinar o quê? É um bandido que vem para essa Casa, é uma falta de respeito com o nosso povo. É um homem que foi condenado“, disse.

LEIA MAIS

Autora da lei que institui a Patrulha da Mulher, Cristina Costa quer fortalecimento das políticas públicas de enfrentamento à violência

A Oposição estava afiada na sessão dessa terça-feira (18), na Casa Plínio Amorim. Depois de Elismar Gonçalves (MDB), a vereadora Cristina Costa (PT) colocou em discussão o Requerimento n° 026/2020. Autora do projeto de Lei que instituiu a Patrulha da Mulher, Costa solicitou a participação da Guarda Civil nas reuniões da Rede de Mulheres.

LEIA TAMBÉM

“A gente está às cegas”, afirma Elismar Gonçalves sobre Adutora de Nova Descoberta

“A Patrulha vem fazendo um excelente trabalho, é uma lei do legislativo de autoria nossa. A gente vê a importância desse trabalho para a segurança daquelas mulheres que sofrem violência. Nós temos a Rede de Mulheres que mensalmente se reúnem uma vez por mês. Nesse último mês pude observar a presença da Ronda Maria da Penha, que é introduzida pelo Governo do Estado e vi a importância da Patrulha da Mulher se fazer presente“, justificou.

Para Costa, a integração da Patrulha na Rede vem agregar valor ao trabalho de enfrentamento à violência. “Estou mandando o calendário até dezembro para que eles participem e apresentem como isso está conseguindo fortalecer as mulheres. A gente precisa desenvolver mais políticas públicas de fortalecimento de defesa da mulher. A Patrulha da Mulher é importante e nós estamos solicitando que mensalmente elas participem dessa reunião“, destacou.

Vereadores autorizam repasse da sobra do FUNDEB a professores de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Principal item na pauta dessa quinta-feira (13), o Projeto de Lei nº 001/2020 de autoria do Poder Executivo pedia autorização da Câmara sobre a concessão do abono salarial aos professores da rede municipal de ensino, no valor de 60% via FUNDEB. Estão contemplados docentes efetivos e contratados, os quais atuaram nas escolas em 2019.

Cada um receberá R$ 801,00, mas apenas terão direito aqueles com vínculo até dezembro passado, encerramento do exercício financeiro. Relatora da Educação, Cultura, Esporte e Juventude, Cristina Costa (PT) destacou que o projeto veio à casa agora, já que em janeiro era mês de recesso.

“O Governo Federal, o Ministério da Educação, foi obrigado a repassar aos municípios do Brasil, em meados de dezembro, a sobra do FUNDEB que não foi feito pelo governo Bolsonaro. Quando sobra é porque o governo não aplica, o Governo Federal não aplicou. O projeto de Lei está chegando agora para ser apreciado e vamos observar, porque muitos contratos já foram rescindidos”, explicou Costa.

Para o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP), Walber Lins, os professores contratados podem requerer o abono. Porém, devem estar atentos. “O direito de requerer é do cidadão, mas [apenas] a esse professor que contribuiu [em todo ano, inclusive aposentados]. Todo ato deve ser formalizado no Portal da Prefeitura“, disse.

Na perspectiva de Walber, se houve sobra do FUNDEB, foi porque o Governo Federal não investiu em educação. “O Tribunal de Contas recomenda que não exista sobra do FUNDEB. Se existe sobra é porque não estão investindo no professor. E estão guardando para quê?“, questionou. O projeto de lei foi aprovado por unanimidade (18×0) e segue para sanção do prefeito Miguel Coelho (MDB).

Requerimentos da Oposição esquentam debate na Câmara de Petrolina

(Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

A sessão dessa quinta-feira (13) na Casa Plínio Amorim promete ser quente. Isso porque entre as Indicações e Requerimentos, a Bancada da Oposição apresentou uma série de pedidos de informação à Prefeitura de Petrolina.

A primeira delas é de autoria de Cristina Costa (PT), o Requerimento n° 008/2020, no qual ela pede informações sobre os contratos de professores que foram rescindidos antes do término do prazo. Segundo Costa, o pedido está “zelando pela transparência e pela lisura do processo”.

Em seguida o líder da Oposição, Paulo Valgueiro (MDB) cobra informações acerca dos contratos de locação dos veículos utilizados pela gestão municipal. Segundo o edil, o “Portal da Transparência não apresenta informações”.

Outro ponto que deve esquentar o debate é o Projeto de Lei n° 001/2020 para debater a concessão do abono salarial por parte do Poder Executivo.

Cristina Costa reivindica presença do superintendente da Codevasf para debater problemas na Adutora do Caititu

(Foto: CODEVASF)

A vereadora Cristina Costa (PT) voltou a chamar atenção para a zona rural de Petrolina. Na sessão de terça-feira (11), a edil apresentou o Requerimento n° 007/2020, no qual solicita o uso da Tribuna Livre ao superintendente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Aurivalter Cordeiro.

Cristina Costa, do PT (Foto: ASCOM)

O Requerimento foi aprovado por 17×0, mas a participação ainda não tem data definida. Segundo Costa, o momento será destinado à discussão com a Câmara acerca dos problemas enfrentados na Adutora de Caititu.

Estamos encaminhando convite ao superintendente da Codevasf, o senhor Aurivalter Cordeiro para participar da Tribuna Livre dessa Casa, para discutir o fornecimento de água feita pela adutora do Caititu que é para o consumo humano e não está atendendo à demanda a qual foi destinada“, disse.

Segundo Costa, a Adutora não está dando conta da demanda humana e animal. Por isso cabe aos poderes encontrarem uma solução.

Em visita ao interior ouvimos a demanda de vários moradores da comunidade. A Adutora de Caititu tem um objetivo e é nesse sentido que nós estamos convocando o superintendente da Codevasf para que possa nos esclarecer o que está acontecendo e o que nós podemos fazer”, justificou.

Com direito a discussão, Câmara de Petrolina aprova Moção de Aplauso ao PT pelos 40 anos de fundação

Vereadores aprovaram Moção (Foto: Blog Waldiney Passos)

O que parecia ser uma sessão tranquila, em poucos minutos se transformou numa confusão. Instantes antes de colocarem em votação as Indicações e Requerimentos desse terça-feira (11), o vereador Elias Jardim (PHS) pediu destaque no Requerimento n° 024/2020.

De autoria de Cristina Costa (PT), o Requerimento solicitava Moção de Aplauso ao Partido dos Trabalhadores, pelo seus 40 anos. Contudo, para Elias, o pedido não deveria ser votado. Ele foi acompanhado por Osinaldo Souza (PTB) – que afirmou ter sido “traído” pelo PT – e Ronaldo Silva (PSDB) pelo “Não”.

Maioria é a favor

Líder da Bancada da Situação, Aero Cruz (PSB) deixou os membros livres para votarem como desejavam. Alguns se abstiveram e outros foram no “Sim”. Em sua fala, Ruy Wanderley (PSC) fez questão de ressaltar que o PT tem dois bons nomes aqui na cidade: Costa e Gilmar Santos.

Autora do pedido, Costa agradeceu o apoio dos colegas os quais apoiaram a Moção – aprovada por 12 votos a favor e 3 contra. Ela aproveitou para alfinetar Elias: “Quem destrói o país, não presta serviço”. Gilmar Santos discursou em seguida e disse que todos reconhecem o legado do PT, em todo Brasil.

Liderança do PT afirma que “ninguém toma essa eleição de Miguel”

Com a presença das principais lideranças do Partido dos Trabalhadores, teve início ontem (07), no Rio de Janeiro, o Festival PT 40 anos. Nesta sexta-feira, primeiro dia do evento, que seque até este domingo (09), quando haverá uma puxada com o bloco “Vai dar PT”,  nossa reportagem conversou com uma liderança de Pernambuco, que ao avaliar o cenário eleitoral em Petrolina afirmou que “ninguém tira essa eleição de Miguel”, em alusão a reeleição de Miguel Coelho, que é bem avaliado pela população e pelas pesquisas.

Ainda de acordo com esta liderança, com este cenário fica difícil até mesmo levar a vereadora Cristina Costa a cometer o erro de sair candidata a prefeita e ficar sem mandato, o que seria muito ruim para ela, pois isso poderia prejudicar uma futura eleição da vereadora para deputada em 2022.

“Talvez ela (Cristina Costa), sair candidata seria importante para consolidar o nome para 2022, mas ficar sem mandato também seria um risco muito grande”, afirmou a fonte.

Diante deste cenário, a leitura que nós fazemos é que, com Cristina Costa fora do páreo, o PT só teria dois caminhos a seguir em Petrolina: lançar mesmo o nome de Odacy Amorim, que perdendo a terceira eleição seguida sairia enfraquecido do processo, ou coligar com outro partido, compondo a chapa majoritária com um candidato a vice.

Gabriel Menezes desmente aproximação com PT e confirma presença no pleito de outubro

Vereador desmente aproximação com PT (Foto: Blog Waldiney Passos)

Por um tempo especulou-se a saída de Gabriel Menezes do PSL, ex-partido de Jair Bolsonaro. Hoje (7) durante uma entrevista no programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal Petrolina, o vereador confirmou que continua no partido e foi além: confirmou que estará na disputa pela Prefeitura em outubro.

“Continuo no PSL, nos próximos dias teremos a nomeação da nova Diretoria no âmbito local. O PSL defende candidatura própria e estamos trabalhando no nosso grupo para elegermos três ou quatro vereadores, renovando as cadeiras do Legislativo Municipal a partir de 2021“, afirmou.

Respeito por Cristina, mas sem aliança

Na noite de quinta-feira (6) o edil esteve com a colega da Oposição, Cristina Costa (PT) cumprindo agenda na Casa Plínio Amorim. Isso deu início a um ruído, acerca de uma possível aliança entre PSL e PT, fato desmentido por ele. “Não existe qualquer conversa nesse sentido, o que houve ontem foi o entendimento entre dois bons amigos, colegas de legislatura, onde há um respeito mútuo muito grande. Torço para que Cristina sempre tenha êxito, Petrolina conhece o seu trabalho. A gente democraticamente também vai oferecer o nosso nome no pleito de 2020″, ressaltou.

Eleições 2020

Para quem não se recorda, Gabriel está em seu primeiro mandato na Câmara de Vereadores e é contrário à reeleição. Sendo assim, não estando na disputa por uma vaga no Legislativo, ele seguirá rumo à Prefeitura de Petrolina. Em 2018 ele tentou uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco, sem sucesso.

123