Juazeiro: Seculte convoca trabalhadores e organizações culturais para inclusão e atualização do Cadastro Cultural do Município

(Foto: ASCOM)

A Secretaria de Cultura Turismo e Esportes (Seculte) convoca a partir desta terça-feira, 23, agentes, coletivos, grupos e organizações para inclusão e atualização do Cadastro Cultural do Município de Juazeiro, com o objetivo de traçar um panorama do setor. As informações colhidas no cadastro irão balizar os critérios para ações de auxílio decorrentes de leis de apoio à cultura.

De acordo com o gerente de cultura, Ramon Raniere, “o cadastro possibilitará a criação de indicadores sobre a cadeia produtiva da cultura no município, contribuindo no planejamento, monitoramento e avaliação das políticas públicas; na otimização dos mecanismos de fomento e no fortalecimento do processo das ações culturais”.

O cadastramento será feito exclusivamente pela internet, nos endereços disponibilizados na página do site oficial da Prefeitura Municipal de Juazeiro. Para os agentes, os candidatos deverão acessar o link: http://bit.ly/2NmqeMa. O cadastramento de espaços, grupos, empresas, microempresas e organizações será feito no link: http://bit.ly/3hTbySI.

Para esclarecer dúvidas, a Seculte disponibilizou o telefone número (74) 3613-0654, disponível de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas.

Câmara de vereadores aprova e prefeito Paulo Bomfim sanciona projeto que irá beneficiar classe artística de Juazeiro

O projeto Arte Contra a Pandemia foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores de Juazeiro e sancionado pelo prefeito paulo Bomfim nesta terça-feira (9). Segundo o texto enviado a imprensa, ele foi criado para fortalecer as categorias que, por força da crise sanitária, estão impossibilitadas de exercer as suas atividades.

As informações recebidas pela imprensa não dar detalhes de como, na prática, os artistas serão beneficiados, fala apenas que eles usarão “a arte e os talentos locais para conscientizar a população sobre medidas preventivas ao contágio pelo novo coronavírus”.

LEIA MAIS

Ex-assessor de Geddel é nomeado para chefiar gabinete no Iphan

(Foto: Internet)

Ex-assessor do ex-ministro Geddel Vieira Lima, Marco Antonio Ferreira Delgado foi nomeado para assumir o cargo de chefe de gabinete, código DAS 101.4, no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A informação consta na edição desta quinta-feira (28) do diário oficial da União. A nomeação foi assinada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, pasta a qual o Iphan está vinculada. A informação foi inicialmente veiculada pelo colunista Bernardo Mello Franco, do jornal O Globo.

Delgado foi nomeado por Geddel como assessor do Gabinete da Secretaria de Governo em maio de 2016. Ele permanceu na pasta com a saída do chefe e a entrada de Carlos Marun, até ser exonerado em maio de 2018. O assessor também atuou no governo de Dilma Roussef (PT), passando pelo Ministério do Turismo e pela secretaria de Aviação Civil.

Em 2016, quando era ministro-chefe da Secretaria de Governo na gestão de Michel Temer (MDB), Geddel tentou interferir numa decisão do Iphan na obra do Edifício La Vue, em Salvador, em 2016. À época, o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, indicou que Geddel tentou pressioná-lo junto ao Iphan para liberar parecer favorável à construção do empreendimento.

Em março deste ano, o ex-ministro foi condenado pela Justiça Federal de Brasília por improbidade administrativa no caso (leia mais aqui). A decisão determinou que ele fique proibido de exercer função pública por cinco anos e pague uma multa de 10 vezes o valor do salário que recebia enquanto ministro da Secretaria de Governo. Atualmente, Geddel cumpre pena 14 anos de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, pelo caso do bunker de R$ 51 milhões, encontrado em um apartamento na Graça, na capital baiana, em 2017.

No vídeo da reunião ministerial realizada no dia 22 de abril, e divulgado na última sexta-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sugere que o Iphan  “para qualquer obra do Brasil”. Ele atacou a atuação do órgão após uma obra do seu amigo pessoal e apoiador, Luciano Hang, dono da Havan, ter sido paralisada. Na última quinta-feira (21), Hang foi alvo de uma operação da Polícia Federal. Ele é investigado no âmbito do inqúerito Supremo Tribunal Federal (STF) que apura um suposto esquema de financiamento de disparo de fake news. Ele também é acusado é investigado por ataques contra a Suprema Corte.

Prefeito de Juazeiro envia à Câmara de Vereadores proposta de criação do projeto arte contra a pandemia

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Juazeiro vai usar a arte e os talentos locais para conscientizar a população sobre medidas preventivas ao contágio pelo novo coronavírus. Nesta quinta-feira (14), o prefeito Paulo Bomfim enviou para a Câmara de Vereadores proposta de criação do “Projeto Arte Contra a Pandemia”, que contemplará produções locais nas mais diversas linguagens.

“Sabemos como a pandemia tem afetado a economia mundial e deixado muitos artistas sem suas fontes de renda. Com este projeto, além de contemplarmos os profissionais deste segmento, vamos usar a arte como fator de convencimento da população sobre importância de adoção de medidas preventivas”, disse o prefeito Paulo Bomfim.

LEIA MAIS

Vereadores autorizam repasse da sobra do FUNDEB a professores de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Principal item na pauta dessa quinta-feira (13), o Projeto de Lei nº 001/2020 de autoria do Poder Executivo pedia autorização da Câmara sobre a concessão do abono salarial aos professores da rede municipal de ensino, no valor de 60% via FUNDEB. Estão contemplados docentes efetivos e contratados, os quais atuaram nas escolas em 2019.

Cada um receberá R$ 801,00, mas apenas terão direito aqueles com vínculo até dezembro passado, encerramento do exercício financeiro. Relatora da Educação, Cultura, Esporte e Juventude, Cristina Costa (PT) destacou que o projeto veio à casa agora, já que em janeiro era mês de recesso.

“O Governo Federal, o Ministério da Educação, foi obrigado a repassar aos municípios do Brasil, em meados de dezembro, a sobra do FUNDEB que não foi feito pelo governo Bolsonaro. Quando sobra é porque o governo não aplica, o Governo Federal não aplicou. O projeto de Lei está chegando agora para ser apreciado e vamos observar, porque muitos contratos já foram rescindidos”, explicou Costa.

Para o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP), Walber Lins, os professores contratados podem requerer o abono. Porém, devem estar atentos. “O direito de requerer é do cidadão, mas [apenas] a esse professor que contribuiu [em todo ano, inclusive aposentados]. Todo ato deve ser formalizado no Portal da Prefeitura“, disse.

Na perspectiva de Walber, se houve sobra do FUNDEB, foi porque o Governo Federal não investiu em educação. “O Tribunal de Contas recomenda que não exista sobra do FUNDEB. Se existe sobra é porque não estão investindo no professor. E estão guardando para quê?“, questionou. O projeto de lei foi aprovado por unanimidade (18×0) e segue para sanção do prefeito Miguel Coelho (MDB).

Sesc Petrolina abre inscrições para cursos de Cultura

(Foto: Internet)

O Sesc Petrolina está com inscrições abertas para cursos regulares de Cultura. Há opções para crianças, jovens, adultos e idosos, iniciantes ou avançados. Os valores são acessíveis e variam de acordo com a linguagem escolhida. As inscrições podem ser realizadas no Ponto de Atendimento da unidade, localizada na  Rua Pacífico da Luz, área central da cidade..

Para a criançada estão sendo oferecidos cursos de dança, teatro e artes. Para jovens e adultos, o Sesc disponibiliza cursos de dança de salão; dança contemporânea; teatro; arte urbana; artes visuais; ballet; produção de vídeo; cinema e linguagem audiovisual. Os idosos também podem se inscrever para aulas de dança e canto coral. Os valores das mensalidades variam de R$ 20 a R$ 70. Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes têm desconto.

LEIA MAIS

Ninguém melhor do que Regina Duarte para a Cultura, diz Bolsonaro

Regina Duarte passou os últimos dias em Brasília conhecendo a estrutura da pasta.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que “ninguém melhor” do que a atriz Regina Duarte para assumir o cargo de secretária especial de Cultura do governo federal. A declaração foi dada em vídeo gravado pelo presidente e transmitido em sua página no Facebook, na noite dessa quinta-feira (23). Bolsonaro deixou o vídeo gravado porque, no horário da transmissão, ele estaria em viagem para a Índia.

“Ao que tudo indica, ela [Regina] aceitará [o convite]. Ela almoçou comigo ontem (22) juntamente com um dos seus filhos. Regina Duarte, se vier, muito bem-vinda, ninguém melhor do que você para desempenhar essa função”, disse o presidente.

A atriz foi convidada pelo presidente para assumir o cargo de secretária especial da Cultura após a exoneração do dramaturgo Roberto Alvim, na semana passada. A atriz declarou que está “noivando” com o governo, mas ainda não confirmou se aceitará o convite. A resposta deve ser dada na próxima semana.

LEIA MAIS

‘Feira Rebuliço’ movimenta Centro de Petrolina neste sábado

Artistas da região São Franciscana estarão reunidos no Beco da Cultura, neste sábado (7), em Petrolina (PE), divulgando e comercializando seus trabalhos durante a primeira edição da ‘Feira Rebuliço’. Ótima opção para quem curte trabalhos autorais na área das artes visuais.

A Feira Rebuliço surgiu com a proposta de ampliar a divulgação e fomentar a produção de arte impressa ou desenvolvida sobre papel no Vale do São Francisco. A quantidade de artistas visuais espalhados pela região é expressiva.

Os visitantes vão poder conferir pintura, desenhos, gravuras, impressos, escritos, cordéis, zines e livros que estarão expostos na Feira. A visitação ao evento que acontecerá no Beco da Cultura, Centro de Petrolina, será gratuita e deve começar a partir das 15h de hoje. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Petrolina, através da equipe da Secretaria Executiva de Cultura.

Maria Elena levanta bandeira e cobra valorização de artistas locais

Vereadora quer cumprimento de lei já no carnaval 2020 (Foto: ASCOM/Jean Brito)

Depois da rusga com Gilmar Santos (PT) na sessão passada, a vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) apresentou nessa quinta-feira (5) o Requerimento n° 412/2019, no qual solicita à Prefeitura de Petrolina o cumprimento da Lei Municipal n° 2.851/2016.

Conforme Elena lembra, a lei busca valorizar os artistas locais em eventos patrocinados pelo poder público. A edil destacou que já ouviu o grupo e inclusive tem um abaixo-assinado para apresentar ao secretário de Cultura. “Esse abaixo assinado tem assinatura de todos os grandes artistas locais”, destaca.

Ainda segundo Elena, é relevante o cumprimento dessa lei já no carnaval de 2020. “Que a gestão possa realmente cumprir a Lei Municipal que dispõe sobre a contratação e valorização dia artistas locais, em relação a cachês, número de artistas contratados e tratamento que são dado a eles”, conclui.

Audiência pública sobre cultura gera atrito entre Gilmar Santos e Maria Elena

Audiência foi realizada no CEU das Águas, no Rio Corrente (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Câmara de Vereadores de Petrolina promoveu uma audiência pública na segunda-feira (2), no bairro Rio Corrente para debater as políticas públicas da cultura. Contudo, o autor do pedido, Gilmar Santos (PT) se disse triste por não ter a presença dos colegas e de representantes da Prefeitura.

“Lamentamos muito a ausência dos colegas vereadores. Essa Casa aprovou o Requerimento, estava previsto para o dia 29/11 e realizamos ontem [segunda-feira]. Lá registramos a ausência de representantes da Prefeitura Municipal, não teve um representante [do Executivo] para ouvir os artistas”, afirma Gilmar.

Falta de comunicação

Defensora da cultura, Maria Elena de Alencar (PRTB) interferiu na fala e defendeu a Casa. “Os gabinetes não receberam convite oficial sobre essa audiência, eu o vi fazendo o convite aqui. Seria um assunto que não teria o porquê de não participar. Também falei com o secretário Cássio Lucena e ele disse que não foi avisado oficialmente“, pontua.

LEIA MAIS

Exposição traz mistura de estilos e reforça laços de amizade entre artistas

Evento acontece de 10 de outubro a 10 de novembro no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro-Ba. Momento homenageia Wellington Monteclaro, artista Juazeirense falecido em 2015

Uma mistura de cores, traços, significados e laços – e estamos falando de formas e também de amizade. Tudo isso retratado em cerca de 30 pinturas que serão apresentadas durante a Exposição ‘Três Laços’, que acontecerá de 10 de outubro a 10 de novembro, no Centro do Cultura João Gilberto, em Juazeiro, na Bahia.

A ideia, de acordo com Luis Carlos, um dos artistas que terá obras em exposição, é reforçar o laço de amizade com a artista Alinne França, ambos naturais da cidade ribeirinha e amigos de longas datas.

LEIA MAIS

Paulo Afonso: Governo da Bahia promove oficina a produtores culturais nesta segunda-feira

(Foto: Secom/Divulgação)

Produtores culturais e artistas de Paulo Afonso (BA) poderão tirar dúvidas sobre a elaboração de projetos culturais e para editais do Governo da Bahia. Uma oficina será realizada na tarde desta segunda-feira (16), no Auditório Edson Teixeira.

A ação é promovida pela Secretaria de Cultura da Bahia (Secult) em parceria com a Prefeitura da cidade, das 14h às 18h. “Os editais são ferramentas muito importantes no financiamento de projetos e nós sabemos as dificuldades que os artistas têm em obter recursos para as suas atividades e mostrar o seu trabalho. Vamos ter pessoas habilitadas para orientar, tirar dúvidas e inserir esses artistas nesse contexto“, destaca o diretor municipal de Cultura, José Renato

Serviço
Oficina para elaboração de projetos culturais para editais setoriais da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult)
Local: Auditório Edson Teixeira
Data: 16/09/2019
Horário: 14h às 18h

Aldeia do Velho Chico celebra 15 anos com grande programação em Petrolina, Juazeiro e Lagoa Grande

(Foto: Ascom)

Durante o mês de agosto Petrolina vai se tornar a capital cultural do Sertão pernambucano.  De 16 a 31 o Sesc, em parceria com a Prefeitura Municipal, movimentará a cidade com a realização da 15ª edição da Aldeia do Velho Chico – Festival de Artes do Vale do São Francisco. A programação comemorativa de 15 anos do festival, que acontecerá em Petrolina, Juazeiro (BA) e Lagoa Grande (PE), foi lançada na manhã desta quinta-feira (8)  no Teatro Dona Amélia. Consolidado como importante projeto multicultural do Vale do São Francisco, a Aldeia é um desdobramento do Palco Giratório, maior projeto de artes cênicas em circulação no país, e contará com a participação de mais de cem artistas regionais e nacionais.

O homenageado desta edição será o Grupo TPA (Teatro Popular de Arte) de Petrolina, companhia que contribuiu para a construção do movimento teatral na região, com uma trajetória de mais de 30 anos. O tema escolhido para a edição é a hashtag  #SOMOSALDEIA. “O projeto solidificou uma política de cultura. Desde 2005, se a gente for fazer uma avaliação, a quantidade de grupos que surgiu a partir da expectativa do festival, para acolher suas produções, é muito grande. Percebemos ao longo dos anos o crescimento das linguagens artísticas, mostrando que é possível profissionalizar a arte. É o festival que tem trazido espetáculos atuais, contemporâneos, artistas que trazem outros modos de produzir. É um festival atento ao tempo, as discussões atuais, como: racismo, intolerância, violência contra a mulher, homofobia. Pensar isso dentro dos recortes curadoriais também são demandas deste festival, que acaba sendo também um lugar de educação através da arte”, destaca o supervisor de cultura do Sesc Petrolina, Jailson Lima.

Programação

A abertura acontece no dia 16 de agosto, a partir das 15h, no Sesc Petrolina, com a Mostra Pedagógica das Oficinas que terão início no dia 12, seguida pelo Painel de Visualidades da Aldeia, apresentação do Reisado da Comunidade Quilombola Mata de São José (Orocó-PE) e Maracatu Beira-rio (Petrolina). Logo depois, às 17h, o tradicional cortejo Abre Alas pro Velho Chico parte do Sesc e vai percorrer as principais ruas do centro comercial da cidade com a Frevuca, até a Orla. A partir das 18h, a programação acontecerá no palco montado na Orla de Petrolina, com apresentações do Reisado da Comunidade Quilombola do Lambedor (Lagoa Grande-PE), São Gonçalo de Amarante de Zezinho do Vira Beiju (Petrolina), Quadrilha Explode Coração (Petrolina) e Quadrilha Buscapé (Juazeiro-BA). Os shows musicais serão abertos às 19h30 com a cantora caruaruense Gabi da Pele Preta e logo depois o grupo Mande in Quebrada (Juazeiro-BA). A noite de abertura será encerrada com o show Tecnomacumba, da cantora maranhense Rita Beneditto.

LEIA MAIS

Palco de Cultura Popular estreia no FIG mostrando a riqueza das tradições pernambucanas

(Foto: Divulgação)

O público do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) deu início ontem (20) a um dos pontos altos de sua programação. A inauguração do Palco de Cultura Popular trouxe representantes das mais diversas expressões culturais pernambucanas, com direito à presença do mais novo Patrimônio Vivo de Pernambuco, o Caboclinho Carijó. A inauguração contou com a presença do governador Paulo Câmara, do secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto, e do presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto. No Palco Dominguinhos, o Barão Vermelho apresentou clássicos que empolgaram o público, encerrando a noite que teve ainda Amanda Back, Banda de Pau e Corda, Mariana Aydar, Veia Nordestina e Zélia Duncan. Enquanto isso,  no Som na Rural, Devotos executou um show que matou as saudades de muitos dos fãs da banda.

Para os entusiastas da cultura popular, o dia foi empolgante. Além do caboclinho, houve os maracatus Nação Raízes de Pai Adão e Piaba de Ouro, Coco das Estrelas, Boi Faceiro, Afoxé Omim Sabá, Samba de Coco Irmãs Lopes, Maestro Fábio César e Banda Raízes Pernambucanas. No Som na Rural, ainda houve o Coco de Tebei e o DJ Evandro Q? nos intervalos.

Outro ícone da cultura pernambucana, Antônio Nóbrega fez uma apresentação marcante na Catedral de Santo Antônio com Sagrama à tarde. O público pode ter uma experiência diferenciada dos artistas, contando com a acústica da igreja. À noite, foi  vez de Alexandre Caldi e Quarteto Encore apresentarem o espetáculo Buarqueanas na catedral.

LEIA MAIS

MP mantém proibição de Guerra de Espadas; suspensão chega ao 3º ano em Senhor do Bonfim

(Foto: Reprodução/G1 Bahia)

Pelo terceiro ano seguido a “brincadeira” com uso de fogos de artifício conhecida popularmente como “Guerra de Espadas”, está proibida em Senhor do Bonfim, no norte da Bahia. A “Guerra” acontece tradicionalmente durante as festas juninas, com um artefato que é uma variação mais potente dos tradicionais buscapés, feitos de bambu, pólvora e limalha de ferro.

Em Senhor do Bonfim, a cultura do São João é tão latente que a cidade é conhecida como a capital baiana do forró. Além da festa, a tradição marcante do lugar é a guerra de espadas, que mais uma vez está no centro da polêmica, já que Ministério Público da Bahia (MP-BA) aponta que a ação é ilegal. No entanto, alguns moradores do município são contra a suspensão da atividade.

Neste mês de junho, inclusive, o MP-BA lançou uma campanha para alertar os baianos sobre a ilegalidade da guerra de espadas. De acordo com o órgão, fabricar, possuir e soltar espadas é crime cuja pena pode chegar até seis anos de prisão.

LEIA MAIS
123