Parceria entre Facape e Univasf reforça chegada de curso de medicina que deve potencializar serviços do Hospital Universitário

(Foto: Ascom)

O presidente da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina, Professor Antônio Habib se encontrou com o reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Professor Julianeli Tolentino, na última semana, para tratar de uma parceria entre as instituições que beneficiará a população do Vale do São Francisco

Com os preparativos para a instalação do curso de medicina na Facape, a pauta da reunião tratou da assinatura do Protocolo de Intenções referente ao uso de estruturas e equipamentos, mas, principalmente, para a implementação de projetos de ampliação do Hospital Universitário e do quadro de pessoal, através de estratégias para obtenção de investimentos, que favoreçam os cursos, tanto da Facape, quanto da Univasf.

LEIA MAIS

Presidente da Facape recebe deputado Antonio Coelho e aproveita ocasião para tratar sobre o curso de Medicina

(Foto: Ascom/Facape)

O presidente da Facape, Antonio Habib, recebeu nesta quinta-feira (17) a visita do deputado estadual de Pernambuco, Antonio Coelho (DEM), que esteve na Autarquia em uma visita de cortesia para parabenizar o professor pela recondução ao cargo de presidente, após eleições realizadas no mês de dezembro do ano passado. A reunião também tratou sobre assuntos pertinentes à nova gestão de Habib, que tem como um dos principais projetos a implantação do curso de medicina na Autarquia.

Na ocasião, o presidente da Facape apresentou para o parlamentar o estágio em que o processo de implantação do curso se encontra. Habib reforçou também a necessidade de apoio para dar continuidade aos trâmites para abertura da graduação, que segundo projeções, deve iniciar a primeira turma em 2020.

LEIA MAIS

MEC autoriza implantação de curso de Medicina em Araripina e Arcoverde

(Foto: Internet)

A Portaria nº 924/2018, publicada no Diário Oficial da União em 27 de dezembro autorizou a implantação de três cursos de Medicina em Pernambuco. Araripina, no Sertão do Estado poderá ofertar o curso com 50 vagas, cuja mantenedora é a Faculdade Paraíso do Ceará.

De acordo com a Portaria há um prazo de implantação de até 18 meses, pois há necessidade de construção de um campus. Além de Araripina, o Ministério da Educação (MEC) liberou o curso em outro município sertanejo. Em Arcoverde o tempo deverá ser menor, tendo em vista que já existe um campus da Universidade de Pernambuco (UPE) no município.

O curso será ofertado pela Faculdade Leopoldo Mandic, como explica a prefeita Madalena Brito. “A UPE possui uma estrutura grande e poderia ser feita essa parceria. Também estive em reunião com os investidores do Shopping de Arcoverde, que tiveram interesse em abrigar a instituição. O mais importante é que a faculdade de medicina é uma grande conquista e que mudará o perfil da cidade”, disse.

Outra cidade a ser contemplada pelo MEC é Goiana, cuja mantenedora do curso será a Faculdade Tiradentes. As instituições selecionadas têm um prazo de 21 de janeiro até 8 de fevereiro para entregarem ao órgão federal a Garantia de Execução dos termos previsto no edital e a assinatura do Termo de Compromisso.

Com informações da Folha de Pernambuco