Secretaria da Saúde de Petrolina confirma mais 25 casos positivos da Covid-19 e mais um óbito

Mais 240 pessoas foram testadas para a covid-19 em Petrolina. Desse total, 23 deram positivos para o novo coronavírus: 14 homens com idades entre 35 e 59 anos, e 9 mulheres entre 19 e 79 anos. Os dados estão no boletim desta sexta-feira (19), que ainda traz 2 resultados positivos de exames analisados pelo Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE). Os pacientes são dois homens de 33 e 64 anos.

Com esses 25 novos positivados, Petrolina chegou ao total de 534 casos do novo coronavírus. São 400 confirmações por testes rápidos da prefeitura e 134 casos diagnosticados através de exames laboratoriais. As curas clínicas somam 182. Petrolina registrou uma morte por Covid-19 nesta sexta-feira, aumentando o total de óbitos para dezesseis. A vítima é uma idosa de 74 anos, que estava internada no Hospital Universitário (HU).

SRAG

Quanto aos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o boletim aponta que são 112 casos em investigação, enquanto 30 já foram descartados. Confirmados somam 9 casos, além de 1 óbito.

Ministério da Saúde esclarece divulgação de dados da covid-19

O secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, apresentou a nova plataforma de consolidação dos dados sobre a covid-19 no país. Uma nova plataforma será criada e disponibilizada e a forma de contabilização das mortes será alterada. As secretarias estaduais enviarão as informações até as 16h e os dados totais nacionais serão divulgados até as 18h.

“Num primeiro momento a gente vinha trabalhando com data de notificação. Ela prejudica uma análise. Nossa intenção é trabalhar com a data de ocorrência e ao momento em que apareceram os sintomas de cada paciente”, afirmou Franco.

O diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis, Eduardo Macário, acrescentou que o objetivo é parar de reunir as planilhas dos estados e que eles possam alimentar os registros diretamente.

LEIA MAIS

Dados sobre despesas da Covid-19 em Pernambuco disponibilizados em formato aberto

Para ampliar ainda mais o acesso dos cidadãos às informações financeiras relacionadas ao combate ao novo coronavírus em Pernambuco, o Governo do Estado está disponibilizando no seu Portal de Dados Abertos os arquivos com o detalhamento de todos os valores referentes às despesas nas compras e contratações emergenciais realizadas desde o mês de março. Os dados apresentados na plataforma foram obtidos a partir de alguns parâmetros, como os empenhos das fichas financeiras relativas à Covid-19; empenhos das fontes de recursos destinados ao tratamento de casos da doença e do fundo estadual de enfrentamento à pandemia; além dos empenhos que tenham no campo ‘Observação’ diferentes termos associados ao vírus. 

“A grande vantagem de publicar os dados na forma bruta é que, a partir deles, qualquer pessoa pode gerar diferentes aplicações para análise e visualização das informações”, explicou a secretária da Controladoria-Geral do Estado, Érika Lacet. O Portal, coordenado pela SCGE, foi lançado no mês de abril. Antes, era uma seção dentro do Portal da Transparência. “Identificamos a necessidade de aprimorar as ferramentas de transparência e controle social e, por isso, resolvemos criar um novo site, em parceria com a Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI)”, disse.

Além dos dados relacionados às despesas, no Portal de Dados Abertos também é possível encontrar uma área onde estão disponíveis as informações sobre todas as doações de equipamentos de proteção individual (EPIs) e outros produtos recebidos pela administração pública para ajudar nas ações de combate ao novo coronavírus. O conteúdo é atualizado semanalmente. 

Dados Abertos

O Portal Dados Abertos (https://dados.pe.gov.br) foi idealizado no contexto da Lei de Acesso à Informação (LAI), funcionando como um catálogo que facilita a busca e uso de dados publicados pelos órgãos do Poder Executivo estadual. Com os recursos oferecidos pela plataforma, é possível desenvolver aplicativos, visualizar dados e obter informações essenciais sobre as políticas públicas e a administração do Estado. O Portal utiliza a maior plataforma em software livre para catalogação de dados, o CKAN. A mesma utilizada por grupos de usuários e governos, tais como: Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Japão, Brasil e outros.

Brasil registra 615 mortes por covid-19 em 24 h e é 6º do ranking mundial

As informações foram atualizadas até as 19h desta quarta-feira (6) e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde todo o país. Do total de casos confirmados, 51.370 estão recuperados e outros 65.312 estão em acompanhamento

O Brasil registrou 125.218 casos de coronavírus e 8.536 mortes provocadas pela doença até as 19h desta quarta-feira (6). As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país. São consideradas recuperadas, após contraírem a doença, 51.370 pessoas, o que representa 41% do total de casos confirmados. Atualmente, estão em acompanhamento outras 65.312 pessoas (52,2%) e 1.643 óbitos permanecem em investigação.

Nas últimas 24 horas foram registrados 10.503 casos novos e 615 novos óbitos, sendo que a maior parte é referente a outros períodos, mas foi inscrita de ontem para hoje. Das 615 mortes, 140 ocorreram nos últimos três dias. Os números de casos e óbitos representam, respectivamente, um aumento de 9% e 8% em relação à útlima atualização.

Apesar de muitos municípios do país ainda não registrarem casos da doença, de forma geral, o coronavírus está presente em todos os estados do país. Atualmente, São Paulo concentra a maior parte das notificações, com 37.853 casos e 3.045 mortes. Rio de Janeiro aparece em segundo lugar, com 13.295 casos e 1.205 óbitos. O estado que registra menos notificações é Mato Grosso do Sul, com 288 confirmações de casos e dez mortes. Tocantins aparece em penúltimo lugar, com 351 casos e nove óbitos.

O ministro da Saúde, Nelson Teich, avaliou que os números, que apontam recorde diário de registros de mortes e de casos, sinalizam que o Brasil ainda não está em uma curva descendente e que os cuidados precisam ser mantidos.

Teich disse que não é “contra ou a favor” a adoção de bloqueios totais (lockdown), e admitiu que eles podem ser necessários em algumas situações. “Vai ter lugar em que o lockdown é necessário, vai ter lugar em que eu vou poder pensar em flexibilização. O que eu preciso é que a gente pare de tratar isso de uma forma radical”, disse.

Pernambuco continua batendo recordes negativos em relação a Covid-19

(Foto: Imagem: INA FASSBENDER/AFP)

Pernambuco confirmou nesta terça-feira (5) mais 58 mortes por Covid-19 e chegou a 749 óbitos no total. Pela segunda vez o Estado registrou essa quantidade de óbitos. A primeira foi no dia 28 de abril, quando o balanço saltou de 450 para 508 mortos.

O boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) contabiliza 462 novos casos da doença provocada pelo novo coronavírus, o que eleva o total de infectados no Estado a 9.325 – sendo 5.741 graves e 3.584 leves.

Entre os casos confirmados nesta terça-feira, 271 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 191 são casos leves, de acordo com a secretaria.

Índices de homicídios em Pernambuco voltam a subir

No Sertão do estado a redução nos números desses crimes foi mínima.

Dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) nesta segunda-feira (15) mostram que os índices da taxa de homicídios voltaram a subir no estado nesse mês de setembro, saindo de 287 em agosto, para 320. Desde o início do ano, já foram registrados 3.232 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

Segundo balanço da secretaria, 72,5% dos crimes foram motivados por tráfico de drogas, acerto de contas e outras atividades criminais. Em relação ao mesmo período do ano passado, o levantamento mostra uma diminuição de 22% desse tipo de crime, quando foram contabilizadas 4.143 ocorrências.

No Sertão do estado a redução nos números desses crimes foi mínima. Os municípios sertanejos somaram, em setembro de 2018, 51 ocorrências, apenas três a menos que no mesmo período de 2017.

Prefeitura divulga dados de vacinação de pólio e sarampo da primeira semana de campanha

No próximo sábado (18), será o dia D da campanha contra pólio e sarampo. (Foto: ASCOM)

Em Petrolina, a prefeitura tem intensificado as ações de conscientização sobre a importância da vacina contra pólio e sarampo. O esforço da Secretaria de Saúde é porque apenas 10% do público-alvo procurou a imunização na primeira semana da campanha que começou no último dia 6 de agosto. Até 31 de agosto, último dia da campanha, o município precisa imunizar 22.550 crianças entre 1 ano e menores de 5 anos.

O balanço feito pelo Programa Municipal de Imunização de Petrolina na tarde de sexta-feira (10) registrou 2.349 doses para a vacina contra pólio e 2.268 para a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba.

Vale lembrar que a campanha é indiscriminada, ou seja: toda criança inserida no público-alvo deverá ser imunizada. É importante levar o cartão de vacinação para que seja analisada a situação vacinal de cada uma.

A campanha iniciada pelo Ministério da Saúde visa imunizar contra duas doenças que já estavam erradicadas do país, e, infelizmente, voltaram a apresentar registros de casos em alguns locais do Brasil.

LEIA MAIS

Números de assaltos caem em Pernambuco, segundo governo

Houve uma diminuição de 31,8% no número de registros de roubos de celulares. (Foto: Ilustração)

De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) nesta terça-feira (14), foi registrada uma queda de 28,3% nos números de Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), que englobam assaltos a ônibus, a bancos, a transeuntes e roubos de carros e bens.

Segundo os dados, em julho de 2018 foram registrados 7.742 crimes do tipo. No mesmo mês em 2017 aconteceram 10.807 ocorrências. Além disso, houve redução no acumulado do ano. Nos sete primeiros meses deste ano, foram registradas 57.864 CVPs, o que representa 22,4% a menos do que o mesmo período de 2017, quando foram registrados 74.642 crimes.

Assalto a carros-fortes e bancos

Entre os meses de janeiro e julho de 2018, Pernambuco registrou 46 ocorrências criminosas contra agências bancárias, carros-fortes e caixas eletrônicos, 25% a menos em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 61 casos.

LEIA MAIS

Compesa realiza recadastramento de usuários em Petrolina

Funcionários da Compesa comparecem devidamente uniformizados às residências. (Foto: ASCOM)

Equipes da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) estão nas ruas de Petrolina (PE) para atualizar os cadastros dos seus usuários. A Compesa esclarece que durante a visita do profissional habilitado e devidamente uniformizado – que está  utilizando o crachá de identificação do recadastramento – estão sendo solicitados os documentos pessoais do proprietário do imóvel, bem como informações sobre a ligação de água e esgoto e do imóvel objeto da atualização cadastral.

O trabalho está sendo feito por uma equipe de cadastradores, que atua permitindo que o serviço seja realizado com mais agilidade. Além de atualizar o cadastro de clientes, a companhia também tem feito o levantamento de informações para o censo comercial e base de dados cartográficos – que facilitam a leitura e entrega das contas de água. Trata-se de uma ação permanente e cíclica que precisa ser realizada nas cidades que a Compesa presta serviços de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto a cada três anos.

Ainda segundo a Compesa, o cliente também pode atualizar o castrado pela Agência Virtual da Compesa acessando o site da companhia. Além disso, quaisquer dúvidas quanto à realização do trabalho de atualização cadastral e georreferenciamento do imóvel, a Compesa pede que os usuários entrem em contato através do número 08000810195.

Garantia Safra: famílias são convocadas para atualização de dados em Petrolina

A ação é para que os dados sejam atualizados junto à Coordenação Estadual e ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, em Brasília. (Foto: Internet)

A Prefeitura de Petrolina está convocando os beneficiários do Programa Garantia-Safra 2016/2017, que ainda não receberam o pagamento, para fazer a atualização de seus cadastros. Em Petrolina, 3.400 famílias estão inscritas no programa. Os beneficiários devem comparecer à sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, até o dia 30 de maio, das 7h às 13h e das 15h às 17h, munidos do cartão cidadão ou o cartão do bolsa família.

De acordo com o diretor de Agricultura Familiar, Erisvaldo Lima, essa atualização é necessária em virtude do conflito de dados no sistema do governo os quais necessitam ser atualizados para efetuação dos pagamentos das parcelas aos agricultores. “Temos uma média de 200 agricultores que estão com alguma pendência cadastral. Portanto, convocamos a estas pessoas as nos procurar para que possamos identificar o problema e resolver o quanto antes”, alertou Erisvaldo.

O Garantia-Safra visa auxiliar agricultores familiares que se encontram em municípios do Nordeste e do Semiárido sujeitos a perdas de safra, devido à seca ou ao excesso de chuva. O benefício é pago em cinco parcelas de R$ 170 cada, totalizando R$ 850 por agricultor. Os pagamentos seguem as mesmas datas definidas pelo calendário de benefícios sociais da Caixa Econômica Federal.

LEIA MAIS

Secretário rebate crítica sobre “censura” e afirma que proibição da divulgação sobre crimes busca preservar o inquérito policial

(Foto: Reprodução/Governo de PE)

A decisão da Secretaria de Defesa Social (SDS) de não divulgar informações sobre crimes registrados em Pernambuco levantou críticas de boa parte da população. O secretário Antônio de Pádua rebateu as queixas e afirmou que a decisão foi tomada para preservar familiares e o andamento do inquérito policial.

Segundo Pádua, o inquérito precisa ser sigiloso e a família da vítima precisa ser preservada de algumas informações. A decisão está em vigor desde o mês de março, quando funcionários do Instituto de Medicina Legal (IML) deixaram de passar informações sobre os homicídios registrados no Estado.

Assim como os funcionários do IML, delegados também estão seguindo essa norma da SDS. Para o secretário, qualquer comentário na cena do crime é apenas hipótese e pode vir a atrapalhar os trabalhos. “A investigação policial é um processo muito completo. O que se fala no momento do crime é tudo hipótese, suposição. A gente sabe que o inquérito tem natureza sigilosa, não só para preservar a família das vítimas como a própria investigação. Quando você antecipa informações, elas podem ser mal interpretadas. O melhor momento de falar é na conclusão”,
disse.

Estatísticas

O secretário também falou sobre a divulgação dos números da violência que, há um ano, deixaram de ser divulgados diariamente. “Os dados divulgados diariamente podem ser equivocados, porque um corpo que pode ser tido como suicídio ou morte a esclarecer, na semana que vem pode se descobrir que é uma morte violenta. Por isso a publicação dos números deve acontecer até o dia 15 do mês seguinte, para evitar dados equivocados”, finalizou.

Com a medida da SDS, os dados de violência em Pernambuco são publicados quinzenalmente, divididos entre Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), Crimes Violentos Letais Intencionais (CLVIs), estupros e violência contra a mulher.

Prefeitura comemora o número de investimentos no micro e pequeno empreendedor em Petrolina

(Foto: Arquivo)

Segundo dados divulgados pela prefeitura de Petrolina, a gestão teve pontuação máxima em quatro eixos de política de desenvolvimento do índice do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A avaliação é realizada todos os anos pelo Sebrae em todo o país, através do Monitoramento da Implementação da Lei Geral nos municípios brasileiros. Os eixos analisados foram o de atores do desenvolvimento, compras públicas, rede simples e sala do empreendedor. E o município sertanejo conseguiu aprovação total em 100% das perguntas chaves, segundo a Agência do Empreendedor de Petrolina (AGE).

Brasil registra o maior número de assassinatos da história

(Foto: Ilustração)

Segundo dados inéditos do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgados nesta segunda-feira (30), o Brasil registrou 61.619 o número de mortes violentas intencionais em 2016.

Os números revelam um crescimento de 3,8% em relação ao ano anterior. Significa sete pessoas assassinadas por hora. A taxa de mortes violentas foi de 29,9 assassinatos por 100 mil habitantes. No Nordeste, ainda maior. Os três estados com maiores taxas são Sergipe (64), Rio Grande do Norte (56,9) e Alagoas (55,9). As taxas têm aumentado desde 2014.

Além de homicídios dolosos, foram 2.703 mortos em latrocínios. As maiores taxas são em Goiás (2,8 por 100 mil habitantes), Pará (2,7) e Amapá (2,4). Outros 4.224 foram mortos em ocorrências policiais. No mesmo período, foram assassinados 437 policiais.

Com informações do FolhaPE

Taxa de desemprego fica em 12,6% no trimestre encerrado em agosto

(Foto: Internet)

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto deste ano. No trimestre encerrado em maio, a taxa havia ficado em 13,3%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em agosto de 2016, a taxa havia sido de 11,8%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada hoje (29) pelo IBGE.

A população desocupada caiu 4,8% em relação ao trimestre encerrado em maio e chegou a 13,1 milhões de pessoas. Na comparação com o trimestre encerrado em agosto de 2016, no entanto, houve alta de 9,1%, já que na época havia apenas 12 milhões de desempregados.

A população ocupada chegou a 91,1 milhões de pessoas no país, um crescimento de 1,5% (1,4 milhão de pessoas) na comparação com maio e de 1% na comparação com agosto do ano passado.

LEIA MAIS

Ação em Petrolina vai atualizar dados de idosos para assegurar Benefício de Prestação Continuada

(Foto: Internet)

Os idosos de Petrolina que já recebem ou pretendem solicitar o Benefício de Prestação Continuada (BPC) terão uma boa oportunidade para se inscrever ou atualizar seus dados junto ao Cadastro Único (Cadúnico).

É que para ter acesso ao BPC as pessoas com idade a partir de 65 anos precisam atualizar os dados no Cadúnico e com este objetivo uma ação será realizada nesta sexta-feira (15) no Centro de Atenção à Pessoa Idosa.

A ação realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e acontecerá das 8h às 17h quando serão feitos novos cadastros, atualização, além de agendamento para visita domiciliar e orientações sobre o benefício que é a garantia de um salário mínimo ao idoso de baixa renda.

LEIA MAIS
12