Quase metade dos contribuintes não declarou IRPF

Falta menos de um mês e quase metade dos contribuintes brasileiros não acertou as contas com o Leão. De acordo com a Receita Federal, até segunda-feira (3), 17.217.336 contribuintes enviaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), 52,8% do previsto para este ano.

A Receita espera receber até 32.619.749 declarações. Vale lembrar que o prazo para declaração começou em 1º de março e vai até 23h59 do dia 31 de maio, já contando com o adiamento por conta das dificuldades no recolhimento de documentos impostas pela pandemia de covid-19.

Como declarar

O programa para computador está disponível na página da Receita Federal na internet. Quem perder o prazo de envio da declaração terá de pagar multa de R$ 165,74, ou 1% do imposto devido, prevalecendo o maior valor. A entrega é obrigatória para quem recebeu acima de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2020. Isso equivale a um salário acima de R$ 1.903,98, incluído o décimo terceiro.

Doações a Fundação Lar Feliz podem ser feitas através da declaração do Imposto de Renda

A Fundação Lar Feliz precisa da sua colaboração. A instituição que realiza suas atividades de forma voluntária iniciou uma campanha para que as doações cheguem através da declaração do imposto de renda. Essa contribuição será direta ao prestar contas à Receita Federal, equivalente a 3%.

Assim que a doação para o FUNDO especificado for selecionada, o sistema emitirá um Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) para ser pago, precisamos dessa cópia, e que os destinadores preencham o formulário em anexo, nos envie pelo número de WhatsApp (74)9 9113-5986 ou e-mail: [email protected]“, orientação a Fundação.

Contribuinte tem até 23h59 para declarar Imposto de Renda

(Foto: Reprodução/Internet)

Hoje (30) é o último dia para o contribuinte declarar o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2019. Até o final da tarde da segunda-feira (29), 82,7% dos brasileiros já tinham acertado as contas com a Receita Federal. A meta é receber 30,5 milhões de declarações.

O prazo termina às 23h59, exclusivamente via internet. A declaração pode ser feita de três formas: pelo computador, por celular ou tablet ou por meio do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC). Pelo computador, será utilizado o Programa Gerador da Declaração – PGD IRPF2019, disponível no site da Receita Federal.

O contribuinte que tiver apresentado a declaração referente ao exercício de 2018, ano-calendário 2017, poderá acessar a Declaração Pré-Preenchida no e-CAC, por meio de certificado digital. Para isso, é preciso que, no momento da importação do arquivo, a fonte pagadora ou pessoas jurídicas tenham enviado para a Receita informações relativas ao contribuinte referentes ao exercício de 2019, ano-calendário de 2018, por meio da Declaração do Imposto sobre a Rendsobrea Retido na Fonte (Dirf).

Com informações da Agência Brasil

Imposto de Renda: programa será disponibilizado na segunda-feira

(Foto: Reprodução/Internet)

O programa para preenchimento da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) estará disponível a partir das 8h de segunda-feira (25), no site da Receita Federal. Hoje cedo o órgão informou que a declaração deve ser entregue entre 8h do dia 7 de março e 23h59 de 30 de abril via internet.

LEIA TAMBÉM:

Declaração do Imposto de Renda deve ser entregue entre 7 de março e 30 de abril

Também a partir de segunda-feira, os contribuintes poderão preencher a declaração por meio de tablets e smartphones, acessando o aplicativo ‘Meu Imposto de Renda’. Contudo, o aplicativo não pode ser usado em tablets ou smartphones para quem tenha recebido rendimentos superiores a R$ 5 milhões. O serviço estará ainda disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), na página da Receita Federal.

LEIA MAIS