Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Compesa responde leitor sobre obra no Portal da Cidade

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

No último final de semana o Blog mostrou a queixa de um leitor a respeito do bairro Portal da Cidade, em Petrolina. A comunidade chamava atenção para uma obra na Rua do Pandeiro que está causando muita dor de cabeça as moradores.

LEIA TAMBÉM:

Obra no Portal da Cidade provoca transtornos a moradores do bairro

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) respondeu através de nota desconhecer qualquer problema de falta d’água na rua. Contudo, uma equipe será enviada ao endereço a fim de apurar possíveis irregularidades na obra. “Caso seja comprovado os danos à rede de distribuição de água, a Compesa adotará as providências para executar os serviços de reparo”, informa a nota.

Confira a seguir a resposta da Companhia:

LEIA MAIS

Leitor critica Compesa por serviço na Monsenhor Ângelo Sampaio; Prefeitura notifica Companhia

Compesa foi multada pela Prefeitura de Petrolina (Foto: Reprodução/WhatsApp)

“As avenidas todas pavimentadas ai a Compesa destrói”. A frase é de um leitor que encaminhou a foto de um buraco aberto na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, em Petrolina durante o final de semana. A faixa da avenida que vai sentido a Orla foi interditada e a Prefeitura de Petrolina notificou a Compesa pelo buraco aberto.

De acordo com o diretor presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (Armup), Rubem Franca, a Companhia tem um prazo de até cinco dias para recuperar os danos causados na via.

“A Armup tem feito fiscalizações constantemente para assegurar que os petrolinenses tenham seus direitos preservados, principalmente, quando se trata de segurança. Por isso, não podemos admitir que a Compesa deixe serviços pela metade ou não recupere as vias públicas danificadas pelos seus serviços”, disse o diretor-presidente.

Nossa produção também procurou a Compesa, que até o momento não se pronunciou a respeito do problema. A Prefeitura ressalta que a população pode denunciar casos como o mostrado na matéria através do número 0800-2812479 (Armup) ou ainda na Ouvidoria Municipal: 156, no site da prefeitura e WhatsApp (87) 99190-7475.

Petrolina: aparição constante de ‘barbeiros’ preocupa moradores da Cohab Massangano

A doença de Chagas é causada pelo protozoário Tripanossoma cruzi, cujo vetor é o triatomíneo, popularmente conhecido como barbeiro (Foto: Internet)

Preocupados com a aparição constante do inseto ‘barbeiro’, no bairro Conhab 5, em Petrolina (PE), os moradores  da comunidade resolveram procurar o Blog Waldiney Passos para denunciar a situação e cobrar providências ao poder público.

O inseto é um dos principais transmissores da doença de Chagas, que é transmitida por um parasita que pode ser encontrado nas fezes de alguns insetos.

LEIA MAIS

Lei do silêncio: Moradores do N-10 reclamam da falta de fiscalização e PM-PE reforça atuação da Polícia

(Foto: Ilustração)

Moradores do Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 10, zona rural de Petrolina, entraram em contato com o Blog Waldiney Passos, para denunciar a falta de fiscalização da PM sobre a Lei do Silêncio nas comunidades do interior do município

De acordo com um morador da localidade, as equipes são acionadas, porém não vêm atendendo as demandas da comunidade. Com a falta de fiscalização, os infratores prosseguem com som alto em bares e residências até o dia amanhecer, prejudicando o repouso dos residentes.

“Passaram a noite com esse som ligado perturbando as pessoas que trabalham. Quando eu ligo só dizem que vão mandar uma viatura, mas essa viatura nunca chega”, relatou o denunciante.

LEIA MAIS

Juazeiro: câmeras flagram agressão de PMs a jovem

Três pessoas teriam sido vítimas de agressões de PMs (Foto: Reprodução/TV São Francisco)

Uma abordagem que culmina em agressões a um jovem. Foram essas imagens que uma câmera de vigilância flagrou na última terça-feira (25), em Juazeiro (BA). Dois policiais militares da Bahia agridem com socos e tapas um rapaz que caminhava pela calçada.

As imagens foram divulgadas na sexta-feira (28), dia no qual a vítima procurou a polícia para registrar um Boletim de Ocorrência. “Eles já chegaram me batendo. O primeiro já me deu um murro no peito. Aí o outro começou a bater do outro lado. Eu fiquei praticamente sem reação”, contou.

O caso será encaminhado para a Corregedoria da Polícia Militar da Bahia. Além dele, outros dois adolescentes, de 13 e 16 anos também narraram ter sido vítimas de agressões na semana passada. “O policial puxou meu cabelo e me deu um tapa no rosto“, conta a garota.

LEIA MAIS

Juazeiro: Ministério Público Federal denuncia servidoras envolvidas em fraude milionária contra o INSS

A ação penal é decorrente da Operação Ameaça Fantasma, deflagrada em Juazeiro (Foto: Internet)

Na última quinta-feira (27), o Ministério Público Federal (MPF) tornou pública a denúncia oferecida à Justiça Federal, em Juazeiro (BA), contra dez envolvidos em fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que causaram prejuízo aos cofres públicos de quase R$ 1,4 milhão. A ação penal, ajuizada pelo procurador da República Filipe Albernaz Pires, que atua em Petrolina/Juazeiro, é decorrente da Operação Ameaça Fantasma, deflagrada pela Polícia Federal em 2016, no município de Juazeiro.

De acordo com informações do MPF, as investigações apontaram que duas servidoras do INSS, lotadas na agência de Juazeiro, cooptaram diversos particulares para a obtenção indevida de pensão por morte de segurados especiais, entre 2012 e 2013. Além das servidoras, o MPF também denunciou oito pessoas envolvidas nas fraudes.

Segundo a denúncia, a prática consistia na inserção de dados falsos no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), com cadastro de segurados e beneficiários fictícios ou inclusão de informações falsas em cadastros verdadeiros. Após o cadastro no CNIS, as servidoras utilizavam matrícula e senha de outros servidores, de forma não autorizada, ou mesmo falsificavam assinaturas, para inserir os dados no sistema do INSS e liberar a concessão dos benefícios indevidos. Além disso, também cadastravam os particulares cooptados como representantes legais dos beneficiários fictícios, para possibilitar o saque das parcelas dos benefícios.

LEIA MAIS

“É uma coisa que não passa por mim”, diz Odacy Amorim sobre demissão de vigilantes

(Foto: Arquivo)

Em entrevista a Waldiney Passos, no Programa “Super Manhã”, da Rádio Jornal, nesta terça-feira (18), o diretor-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, comentou a denúncia de perseguição política, feita por vigilantes do IPA, na última sexta-feira (14).

LEIA TAMBÉM

IPA afirma que Odacy Amorim está isento em demissão de vigilantes

Segundo o ex-deputado, Odacy Amorim (PT), as demissões e consequentemente, a mudança no quadro de profissionais da segurança, foram provocadas pela mudança da empresa  terceirizada, responsável pelos vigilantes. “Houve uma mudança de empresa e nessa mudança, a direção que é ligada a Daniel Saboia, que é diretor financeiro que cuida dessa área, que comunicou que haveriam essas mudanças, dada a alguma questão da empresa nova que chegava, alguma coisa assim”, explicou Odacy.

“Essa questão que eu mandei ele trocar, primeiro que eu nem entendi por que eles fizeram isso por que eles tinham estado comigo, a gente teve uma conversa tão boa. Eu lutei até o fim para poder manter a maioria desses vigilantes, inclusive, um que a mãe ou é o pai que está com câncer, eu disse que não abria mão por que era uma pessoa que tinha alguém na família com caso de enfermidade grave”, completou.

LEIA MAIS

Compesa rebate versão do morador da Vila dos Imbiras sobre problemas da comunidade

(Foto: Ilustração)

O Blog Waldiney Passos publicou nesta terça-feira (11), uma matéria sobre a denúncia de um morador da Vila dos Imbiras, em Petrolina (PE), dando conta de diversos transtornos enfrentados pela comunidade, que segundo ele, foram provocados por ações da Compesa.

LEIA TAMBÉM

Morador da Vila dos Imbiras, em Petrolina, cobra resposta da Compesa para serviços no bairro

De acordo com o relato do morador, um serviço executado pela Companhia, na Rua Estrela Fênix, destruiu o calçamento. A outra situação é um esgoto a céu aberto que tem deixado a população local preocupada. Em nota, enviada ao Blog, a Compesa rebateu a versão do morador. Confira a íntegra da nota:

“A Compesa informa que a foto enviada não condiz com a realidade, pois a vala já se encontra aterrada desde o dia 4 quando o reparo foi feito. O transtorno no terreno foi fruto desse conserto para reparar um estouramento da rede de água. Na próxima sexta-feira, 14, conforme a programação da Companhia, será feita a reposição do piso com tijolo intertravado, como estava antes do estouramento.”

Conselho denuncia falta de estrutura na Escola Nossa Senhora Das Grotas; prefeitura de Juazeiro afirma que o problema já está sendo resolvido

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

O Conselho Escolar da Escola Nossa Senhora das Grotas, localizada no bairro Alagadiço, em Juazeiro (BA), divulgou uma nota cobrando o melhoramento da infraestrutura da unidade de ensino, que segundo o grupo, “encontra-se desmoronando.”

De acordo com o texto produzido pelo Conselho Escolar, formado por pais de alunos, a infraestrutura da escola está precária. “Várias salas estão com o forro caindo e crianças em salas inadequadas e o pior correndo risco de vida, pois um aparelho de ar condicionado pegou fogo. Estamos preocupados com os nossos filhos”, diz um trecho da nota.

LEIA MAIS

“O que vai ser preciso?”, questiona morador que flagrou atropelamento de estudante no Centro de Petrolina

Aluna foi atropelada mesmo atravessando na faixa (Foto: Blog Waldiney Passos)

Semana passada o Blog mostrou o flagra de um atropelamento na Rua Joaquim André, Centro de Petrolina. Uma estudante de um colégio particular estava na faixa de pedestres quando foi atingida por um veículo que fugiu sem prestar socorro. De acordo com moradores da região, a rotina de acidentes é constante.

Nessa semana nossa produção visitou a rua e conversou com um morador. Segundo Jadir Carvalho, que cresceu na localidade e forneceu a imagem do acidente ao Blog, é difícil lembrar quando não há alguma ocorrência de trânsito na rua citada.

LEIA TAMBÉM:

Flagrante de atropelamento no Centro de Petrolina deixa população em alerta; moradores da região cobram providências

“Nos cruzamentos há sete postes que causam pontos cegos aos motoristas e pedestres. Do lado da casa da minha mãe eu instalei câmeras e temos flagrados acidentes de atropelamento, batida de carro e queda de motos. A rua proporciona uma alta velocidade, podendo causar acidente a todo momento”, contou Jadir.

LEIA MAIS

Justiça do Paraná denuncia Romero Jucá por corrupção na Transpetro

(Foto: internet)

Ex-senador e atual presidente do MDB, Romero Jucá foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná. Ele é acusado de envolvimento em um esquema de corrupção mantido em uma subsidiária da Petrobras. Além de Jucá, também foi acusado o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

Segundo a denúncia apresentada, Jucá recebeu pagamentos ilícitos de pelo menos R$ 1 milhão em 2010 em razão de quatro contratos e sete aditivos celebrados entre a Galvão Engenharia e a Transpetro. A empresa efetuava pagamento de propinas no valor de 5% para continuar participando de licitações.

Machado foi indicado e mantido no cargo por Romero Jucá e integrantes do MDB e tinha “a função de arrecadar propinas para seus padrinhos políticos”. Segundo o MPF em contrapartida ao pagamento de propinas pelas empresas, Sérgio Machado, “garantiria às empreiteiras a continuidade dos contratos e a expedição de futuros convites para licitações”.

A defesa de Jucá afirmou não ter tido acesso à denúncia e somente irá se manifestar após o conhecimento dos fatos. O advogado Antonio Sérgio Pitombo, responsável pela defesa de Sérgio Machado,  alega que a ação penal faz parte do processo de colaboração de seu cliente e que a denúncia não surpreende os advogados. (Com informações do Diário de Pernambuco).

Flagrante de atropelamento no Centro de Petrolina deixa população em alerta; moradores da região cobram providências

De acordo com moradores da Avenida Joaquim André, no Centro de Petrolina, nos últimos meses a ocorrência de acidentes na via tem crescido desenfreadamente. Segundo Jadir Carvalho Costa, que enviou para o Blog Waldiney Passos o flagrante de um atropelamento ocorrido ontem (30), a população corre risco ao trafegar pela referida Avenida.

“A Avenida Joaquim André está um perigo. Semana passada aconteceu uma batida de carro. Ontem [30] aconteceu um atropelamento de uma criança na faixa de pedestre. Ela quebrou o pé. E hoje [31] um rapaz caiu de moto que quase bate em uma carro”, relatou Jadir Carvalho.

LEIA MAIS

Lixo toma conta de terreno baldio no bairro Jatobá e moradores cobram providências

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um terreno baldio localizado na Avenida Maria Coelho Cavalcante Rodrigues, no bairro Jatobá, em Petrolina (PE), tem tirado o sossego dos moradores da localidade. De acordo com os moradores, o lixo tomou conta do espaço, e a aparição de animais peçonhentos tem preocupado a população.

“Eu não sei se esse terreno é da prefeitura, mas as pessoas estão começando a jogar sofá. Esse terreno baldio está trazendo cobra, rato, escorpião para as residências das pessoas. É muito mato. Eu gostaria que a prefeitura viesse limpar esse terreno por que está um absurdo”, disse uma moradora.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a prefeitura de Petrolina, para saber quais providências serão tomadas, diante da reclamação dos moradores do Jatobá. Até o momento não obtivemos resposta da gestão municipal.

Morador do Loteamento Eduardo reclama de falta de estrutura e cobra pavimentação e limpeza de ruas

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Por meio do WhatsApp, um morador do Loteamento Eduardo, zona leste de Petrolina (PE), entrou em contato com o Blog Waldiney Passos para denunciar a falta de limpeza no bairro e cobrar a pavimentação de ruas da localidade, na esperança de que esses problemas sejam resolvidos.

De acordo com o morador os serviços foram solicitados, através da Ouvidoria do Município há mais de 40 dias, e até o momento nada foi feito. Ainda de acordo com ele, a situação das Ruas José Fernandes Teixeira e Chico Mendes é crítica.

LEIA MAIS

Dezenove policiais são denunciados por envolvimento na morte de reféns durante assalto a banco no Ceará

Carro em que vítima estava junto com criminosos foi atingido por diversos tiros em Milagres, no Ceará. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na última segunda-feira (20), a Justiça do Ceará aceitou a denúncia do Ministério Público que aponta 19 policiais militares envolvidos no massacre em Milagres, que matou 14 pessoas em dezembro do ano passado. O vice-prefeito de Milagres, Abraão Sampaio, é acusado de fraude processual por “alterar a cena do crime e induzir em erro a conclusão da perícia forense”.

LEIA TAMBÉM:

Família de Serra Talhada é morta durante tentativa de assalto a banco no Ceará

“Com o objetivo de alterar a cena do crime e induzir em erro a conclusão da perícia forense, passaram os três [o vice-prefeito de Milagres e dois policiais], com a ajuda de outros policiais não identificados, a retirar os corpos das vítimas João Batista Campos de Magalhães, Gustavo Tenório dos Santos, Cícero Tenório dos Santos, Claudineide Campos de Souza e Vinícius de Souza Magalhães, alvejados e mortos ao lado do Banco Bradesco”, afirma o MP. 

Conforme a denúncia, os policiais dispararam contra um grupo criminoso que tentava assaltar duas agências bancárias no Centro de Milagres, no interior do Ceará, matando oito assaltantes e seis pessoas que eram mantidas reféns. Dos seis reféns mortos, cinco eram da mesma família. Segundo a investigação, as lesões que causaram as mortes de cinco reféns foram provocadas por disparos de fuzil efetuados por policiais.

LEIA MAIS
123