Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Casa Nova: Distrito de Pau a Pique celebra Sete de Setembro com desfile

(Foto: Ascom)

Alunos da Escola Sólon Xavier, localizada no Distrito de Pau a Pique, zona rural de Casa Nova (BA) celebram o Dia da Independência com um desfile pelas ruas centrais do município, na quinta-feira (6). A comemoração antecipada foi uma decisão tomada em conjunto com a Secretaria de Educação e direção da unidade.

A fanfarra do Projeto Mais Educação animou os alunos que desfilaram pela cidade.  O prefeito Wilker Torres acompanhou a celebração e parabenizou o distrito.

“Pau a Pique está de parabéns pelo início do asfalto na BA 722. É uma obra que vai mudar a história do distrito, merece nossas homenagens”, afirmou o gestor que celebrou o Sete de Setembro no local.

Pela primeira vez, mulher comanda efetivo da PMBA no desfile, em Juazeiro 

Major Raquel Reis Soares de Souza no comando do efetivo. (Foto: ASCOM)

O tradicional desfile pelo 7 de setembro é uma data especial, e em mais uma edição, milhares de pessoas foram as ruas de Juazeiro (BA), nesta sexta-feira (7) para celebrar os 196 anos da Independência do Brasil. As comemorações tiveram início com o Hasteamento das Bandeiras no Paço Municipal com a presença do prefeito Paulo Bomfim e de várias autoridades civis e militares.

No Desfile Cívico-militar mais de trezentos homens e mulheres integraram a Guarda de honra da Policia Militar da Bahia (PMBA), em Juazeiro. E pela primeira vez, uma mulher comandou todo o efetivo, a major Raquel Reis Soares de Souza, que desfilou com garbo e beleza homenageando mais uma vez a Pátria Amada.

No militarismo se diz que: “a tropa é o espelho do comandante” e hoje não foi diferente, espelhados na comandante, os integrantes da PMBA empenharam todos seus esforços e galhardia para se apresentarem diante da população com sua melhor performance.

O desfile contou com a participação de diversos segmentos da Policia Militar da Região Norte, como o Terceiro Batalhão de Ensino e Capacitação, a Companhia Independente de Policiamento Tático, mais conhecida como RONDESP, a Operação Ronda Maria da Penha, a Companhia Independente de Policiamento Especializado Caatinga, também conhecida por CPAC, e o Grupamento Carcará, dentre tantos outros que lutam diariamente para manter a segurança pública da cidade.

Hasteamento das bandeiras dá início ao desfile de Sete de Setembro em Petrolina

(Foto: Thamires Santos/Rádio Jornal)

O tradicional desfile de Sete de Setembro em Petrolina começou em novo horário nesse ano, às 9h com hasteamento das bandeiras em frente à Prefeitura Municipal. O prefeito Miguel Coelho comandou a solenidade e foi acompanhado pelo público que prestigia o evento na Avenida Guararapes.

Em seguida, Miguel conversou com a Rádio Jornal de Petrolina e ressaltou a importância desse momento. “É um dia de bastante reflexão, dia que serve para a gente comemorar a Independência do nosso país e também refletir sobre toda história, das lutas que foram travadas para que hoje pudesse ser comemorada a Independência de tantos guerreiros e heróis dessa nação”, afirmou.

População acompanha início do desfile (Foto: Thamires Santos/Rádio Jornal)

LEIA MAIS

Saiba quais ruas e avenidas estarão interditadas durante o desfile de 7 de setembro, em Petrolina e Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Para garantir a segurança das pessoas que vão assistir ou participar do desfile, em comemoração ao Dia da Independência do Brasil, na próxima sexta-feira (07), a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla) fará interdição nas Avenidas Guararapes, Souza Filho e nas ruas adjacentes.  As vias serão liberadas após o término do evento.

Sobre as linhas de ônibus que circulam nas Avenidas Guararapes e Souza Filho, o trajeto também será modificado por conta do desfile. As linhas que transitam pela Av. Fernando Góes irão seguir pela Av. das Laranjeiras, em direção à rua Dom Vital e passando pela Av. das Nações até a Orla e de lá seguem o trajeto normal.

Em Juazeiro a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) informa aos condutores que, a partir das 21h desta quinta-feira (06), o trecho que compreende da Orla I (cruzamento com a Avenida Adolfo Viana) até a Orla Nova estará interditado.

A interdição será das 6h30 às 14h, ao longo de todo percurso do desfile, que começa na Orla I, segue pela Avenida Adolfo Viana e entra na Avenida Oscar Ribeiro. Além do percurso do desfile, outras vias do entorno também estarão interditadas: Av. Santos Dumont (das 6h30 às 10h), Travessa Edson Ribeiro (das 6h30 às 10h).

A CSTT alerta aos condutores para não estacionarem nessas áreas durante os horários citados, caso haja descumprimento os veículos serão guinchados e encaminhados ao pátio da Companhia.

“Desigualdade gera violência”: Paróquias e Pastorais de Juazeiro promovem Grito dos Excluídos no desfile de 7 de setembro

(Foto: ASCOM)

Para defender a “democratização da comunicação”, a “garantia dos direitos básicos: à vida, à dignidade, a ter direitos”, “a construção de um Estado soberano, e não a serviço das elites e dos interesses estrangeiros” e uma “ecologia integral”, Pastorais Sociais e representantes das Paróquias da cidade de Juazeiro (BA) sairão no desfile do Dia da Independência, nesta sexta-feira (07).

Esta É a 24ª edição do Grito dos Excluídos, um momento de se fazer ouvir um forte apelo pelos excluídos e excluídas da sociedade. Neste ano o tema será “Desigualdade gera violência. Basta de privilégios”.

“Convocamos todos e todas a estarem conosco nesse momento importante para a defesa e luta dos nossos direitos. A organização será similar ao ano de 2017, em formato de pelotões, onde cada paróquia trará uma temática simbolizada através de uma faixa”, explica Elio Batista, um dos organizadores e representantes do Regional Juazeiro, conselho que reúne as paróquias e pastorais da cidade.

A concentração do Grito dos Excluídos 2018 será às 7h, na Orla Nova, próximo ao vaporzinho. “Cada paróquia deverá se organizar e mobilizar um número expressivo de fiéis para a devida participação em seus pelotões”, disse Elio Batista.

Horário do desfile de 7 de setembro em Petrolina é alterado

O desfile se inicia na Praça do Bambuzinho e deve percorrer a Avenida Guararapes até a Praça das Algarobas. (Foto: Marco Aurélio)

O tradicional desfile cívico e militar pela Independência do Brasil teve seu horário alterado em Petrolina. Antes marcado para as 8h, o desfile de 7 de setembro foi adiado para iniciar às 9h com hasteamento das bandeiras em frente à prefeitura municipal.

Após hasteamento das bandeiras, o prefeito Miguel Coelho irá recepcionar os militares e as autoridades e depois fazer a revista às tropas. Em seguida, as tropas militares vão desfilar pelas avenidas Souza Filho e Guararapes. O desfile terá início na Praça do Bambuzinho, que fica no centro da cidade, e deve seguir pela Avenida Guararapes até a Praça das Algarobas.

As comemorações contarão com desfile do Colégio da Polícia Militar; Marinha; Exército; Aeronáutica; Polícia Militar; 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp); 4º Grupamento de Bombeiros; Policia Rodoviária Federal; Guarda Municipal; Militares da Reserva; Desbravadores e Clube de Aventureiros.

Juazeiro: trecho da Orla 1 a Orla nova será interdita para desfile de 7 de setembro

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) informou que, em decorrência do desfile cívico de 07 de setembro, haverá interdição em alguns trechos da cidade.

A partir das 21h desta quinta-feira (06), o espaço que compreende da Orla I (cruzamento com a Avenida Adolfo Viana) até a Orla Nova estará interditado.

Na sexta-feira (07), a interdição será das 6h30 às 14h, ao longo de todo percurso do desfile, que começa na Orla I, segue pela Avenida Adolfo Viana e entra na Avenida Oscar Ribeiro.

Além do percurso do desfile, outras vias do entorno também estarão interditadas como a Av. Santos Dumont, das 6h30 às 10h, e a Travessa Edson Ribeiro, das 6h30 às 10h.

A CSTT alerta aos condutores para não estacionarem nessas áreas durante os horários citados. Caso haja descumprimento, os veículos serão guinchados e encaminhados ao pátio da Companhia.

Inscrições abertas para entidades e escolas que desejam participar de desfile alegórico dos 123 anos de Petrolina

Desfile 21 de Setembro 2017. (Foto: ASCOM)

Estão abertas até o dia 21 de agosto as inscrições para as escolas estaduais, privadas e entidades da sociedade civil que queiram participar do desfile alegórico em comemoração ao aniversário de 123 anos de Petrolina, no dia 21 de setembro.

Os responsáveis pelas instituições e escolas interessadas devem efetuar a inscrição, presencialmente, na sede da Secretaria de Educação (Sedu), localizada no 2º andar do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, das 9h às 16h. Na oportunidade, os inscritos receberão o regulamento, as datas de reunião e o portfólio artístico e logístico do evento.

Com o tema: ‘Petrolina – Monumental: Pertencer é uma Arte’, o desfile vai abordar a história e a identidade da cidade através de seus monumentos históricos e artísticos.

Para Sônia Passos, secretária executiva de Rede, “o desfile vai valorizar as manifestações culturais e educacionais, por meio do respeito e compreensão da história da cidade”. A expectativa da organização é levar para Avenida Guararapes mais de 3.500 componentes.

Protestos são destaque no desfile das escolas de samba campeãs no Rio

‘Vampirão’ da Tuiuti: com faixa no desfile oficial, sem faixa no desfile das campeãs. (Fotos: Internet)

Os protestos políticos que marcaram o Carnaval de 2018 voltaram à Sapucaí na noite deste sábado (17), no desfile das escolas campeãs, e se espalharam pelas arquibancadas. No entanto, uma ausência chamou a atenção: no desfile da Paraíso de Tuiuti, vice-campeã, o destaque que representava o presidente Michel Temer (MDB) como vampiro desfilou sem a faixa presidencial na fantasia.

A escola de São Cristóvão foi a grande surpresa deste Carnaval e provocou muitas discussões em redes sociais com um enredo que questionava até que ponto a escravidão foi, de fato, extinta, e trazia referências à reforma trabalhista do governo Temer, os manifestantes que foram às ruas clamar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e ao próprio Temer, retratado como vampiro.

Ao ser questionado sobre o motivo do desfalque na fantasia do personagem, o presidente da escola, Renato Thor, disse que não sabia. Pressionado, disse que a reportagem estava sendo inconveniente e que procurasse a assessoria de imprensa. A equipe de comunicação não se manifestou até a publicação deste texto.

O homem que representou Temer disse, no final do desfile, que havia perdido a faixa. Logo que desceu do carro alegórico, teve fantasia e maquiagem retirados às pressas e foi escoltado por membros da escola para fora da avenida. Antes do início do desfile, Thor disse, ao microfone, que a escola é “apartidária”. O público pareceu não notar a ausência da faixa e aplaudiu a escola do início ao fim, aos gritos de “é campeã”.

Num desfile alegre, a Mangueira trouxe de volta para a avenida o prefeito Marcelo Crivella (PRB) vestido de Judas. Acrescentou uma novidade. Em carro alegórico que juntou representantes de todos os blocos de rua atuais do Rio, um integrante segurava um boneco embalado em saco plástico preto, simulando o Cristo coberto com os dizeres “Olhai por nós, o prefeito não sabe o que faz”.

Era uma referência à alegoria que Joãosinho Trinta tentou levar para a Sapucaí, em 1989, do Cristo Redentor. A igreja católica proibiu a homenagem e o carnavalesco cobriu a estátua com saco preto, e desfilou no sambódromo com os dizeres: mesmo proibido olhai por nós. No desfile competitivo, o boneco só final erguido no final, ao chegar à Praça da Apoteose.

Um dos expoentes da Mangueira, Beth Carvalho, 71, a “madrinha do samba”, não pôde participar do desfile principal da escola por questões de saúde, mas foi ao das campeãs. Ela foi destaque num carro que representava a igreja da Candelária, na avenida Presidente Vargas, no centro do Rio, onde aconteciam os antigos desfiles de Carnaval. Passou a maior parte do tempo sentada, mas provocou alvoroço na plateia quando ficou de pé.

Protestos
Três das seis que desfilaram tinham enredos críticos: Mangueira, Beija-Flor e Paraíso de Tuiuti. Nas arquibancadas, via-se, ao longo dos seis desfiles, surgiram cartazes e faixas com mensagens políticas. Também houve manifestações entre componentes das escolas. Sem a obrigação cumprir o roteiro do desfile para os jurados, ergueram placas com críticas ao Presidente Michel Temer (MDB) ao Prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus e tido como “inimigo” do Carnaval.

Com o Rio sob intervenção federal na segurança pública, um grupo tentou invadir a pista após o último desfile, da Beija-Flor, com uma faixa que dizia “intervenção é golpe”, mas foi contido por seguranças.

Políticos
Na ausência do atual prefeito, o ex, Eduardo Paes (MDB), deu as caras no desfile da Portela, escola pela qual ele torce. Animado, desfilou em frente à bateria, e não quis falar com a imprensa. Fã de Carnaval, principalmente da Portela, Paes sempre marcou presença na Sapucaí. Em 2017, quando já não era mais prefeito, ele veio de Nova York, onde estava morando, para assistir ao desfile da Portela. Além dele, o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) também assistiu aos desfiles de um camarote.

Último dia para inscrições da seleção de modelos negros e negras em Juazeiro

(Foto: Divulgação)

Encerra-se hoje (14) o prazo para inscrição da seleção de modelos negros e negras para o desfile em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado no próximo dia 20, em Juazeiro (BA). O desfile acontecerá dentro da programação do Novembro Negro que segue durante todo o mês.

As inscrições podem ser feitas nas sedes dos 5 CRAS da cidade que ficam localizados nos bairros Itaberaba, Tabuleiro, João Paulo II, Malhada da Areia e Quidé, das 7h às 17h. Podem se inscrever adolescentes a partir de 14 anos e não é necessário ter experiência.

O desfile acontece no dia 20 de Novembro a partir das 15h, na Rua da 28, logo após a Marcha do Povo Negro de Juazeiro. Outras informações podem ser obtidas através do telefone 3612-3056.

Vias serão interditadas para desfile dos 122 anos de Petrolina

(Foto: Internet/Ilustração)

Algumas ruas e avenidas principais da área central de Petrolina serão interditadas nesta quinta-feira (21) em decorrência do desfile em homenagem ao aniversário de 122 anos da cidade.

Segundo a Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla), toda a área da Avenida Guararapes, do trecho entre a rotatória do Viaduto dos Barranqueiros até o Monumento da Integração, será interditada a partir das 14h. A alteração inclui as vias do entorno do local do desfile, onde ficarão concentrados os grupos que vão participar da solenidade.

Por este motivo, a Ammpla orienta os motoristas a utilizarem as ruas paralelas, como as ruas São José e Antônio Santana Filho para o acesso ao Centro. Já quem vier da zona oeste ou da cidade de Juazeiro deverá transitar pelas Avenidas Cardoso de Sá e das Nações, e Rua Eraldo Gueiros.

Prefeitura realiza reunião para definir detalhes para o desfile cívico de 122 anos de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Em reunião realizada nesta segunda-feira (11), secretarias e órgãos municipais e de segurança definiram detalhes para a realização do desfile cívico ‘Petrolina 122 Anos – Uma História em Verso e Prosa’, em comemoração ao aniversário da cidade. O evento vai acontecer no dia 21 de setembro, a partir das 18h, com inicio na Praça Presidente Kenedy (Praça das Algarobas) até a Avenida Guararapes, passando pelo prédio da Prefeitura e Praça Dom Malan.

À frente da organização do desfile, Laila Melo, gerente de planejamento e eventos da Secretaria de Educação (Seduc), ressaltou a importância da reunião.  “O encontro hoje foi para afinar os detalhes do desfile, a fim de que obtenhamos um resultado positivo, com segurança, logística e apresentações em harmonia, pois teremos muitas crianças envolvidas. O desfile está vindo muito bonito, inovador e com muitas surpresas”, garantiu.

Participaram da reunião a Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, parceira da organização, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Secretaria de Saúde, Assessoria de Comunicação, Guarda Municipal, AMMPLA, 5º BPM e 4º GB. 

LEIA MAIS

Com grande público, militares e estudantes celebram o Dia da Independência do Brasil em Juazeiro

Segundo a prefeitura, o evento contou com a participação de cerca de 10 mil pessoas (Foto: Divulgação)

Com o tema “A Sustentabilidade em Defesa da Caatinga”, estudantes e militares percorreram a Orla e a Avenida Adolfo Viana, durante o desfile de 7 de Setembro em Juazeiro.

Após o hasteamento das bandeiras, com a execução do Hino Nacional e de Juazeiro, pela Banda da Polícia Militar, às 8h, no Paço Municipal, o prefeito Paulo Bomfim (PC do B), o Tenente Coronel Welton Gomes Maia, Comandante do 72 BI MTZ e o Coronel Anselmo Bispo, Comandante do CPRN (Comando de Policiamento Regional Norte) se dirigiram para a revista das tropas, na Avenida Santos Dumont.

“Estou feliz e emocionado por estar reunido com o povo de Juazeiro, familiares, autoridades e amigos para comemorar os 195 anos da Independência da nossa Pátria. Quero parabenizar os militares, as escolas, as entidades pelo belíssimo desfile, e dizer à população que o nosso Governo vai continuar trabalhando para melhorar cada dia mais a vida das pessoas”, ressaltou o prefeito Paulo Bomfim.

Em seguida foi dado início ao desfile da Marinha, Exército, Aeronáutica, Corpo de Bombeiro, Policia Militar e do Colégio Policia Militar, que abrilhantaram mais um ano, as comemorações da Independência do Brasil. Na sequência desfilaram a Guarda Municipal, Soapom, Bombeiro Civil, Unep, Clube de Desbravadores, Lojas Maçônicas Harmonia e Amor, Segredo Força e União e o Grito dos Excluídos.

Segundo a prefeitura, o evento contou com a participação de cerca de 10 mil pessoas, entre militares, estudantes de 12 escolas municipais e estaduais. As unidades escolares trouxeram para o desfile muitas novidades, destacando a importância da preservação da Caatinga.

Cabrobó comemora 89 anos com a presença do ministro da Integração Nacional

Um desfile cívico pelas principais avenidas da cidade, às 16h, ampliará as comemorações dos 89 anos de Cabrobó. (Foto: ASCOM)

Em meio às festividades do aniversário de 89 anos de emancipação política de Cabrobó, na próxima segunda-feira (11), a cidade do Sertão pernambucano vai comemorar a data com inauguração de obra, desfile, shows, homenagens e a presença do ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho.

A programação começa às 9h com a inauguração do Canteiro de Jardim da BR 428, em parceria com o posto Limarques. Depois, às 10h, o prefeito do município, Marcílio Cavalcanti, segue com o ministro da Integração Nacional para a Barragem do Tucutu, onde religam a primeira estação de bombeamento (EBI-1) para abertura das comportas e visita as obras da Meta 1N do Eixo Norte do projeto de Integração do Rio São Francisco.

“A abertura das comportas da Barragem de Tucutu vai permitir a perenização do Riacho Grande, possibilitando o abastecimento de água para o homem do campo e o incremento da produção agrícola de 2 mil famílias que ocupam uma área de 10.200 hectares”, comemora o chefe do executivo municipal.

LEIA MAIS

Cristina Costa afirma que Secretário Municipal de Segurança jogou spray em sindicalista sem motivo

Confusão aconteceu após o desfile de 7 de setembro. (Foto: Marco Aurélio)

A vereadora Cristina Costa (PT) afirmou, em nota, que o secretário de Segurança de Petrolina, José Silvestre, deu início à confusão durante o desfile do “grito dos excluídos”, que começou após o desfile cívico em homenagem ao 7 de setembro.

Segundo a nota, Silvestre ” jogava um spray, aparentemente de pimenta, no chão, incomodando as pessoas”. Ainda de acordo com a nota, um sindicalista “se dirigiu ao secretário para perguntar a razão daquela atitude, e foi recebido com spray no rosto”. A vereadora também foi atingida.

De acordo com a vereadora, ela e seu companheiro de partido chegaram a falar com o prefeito Miguel Coelho, que condenou a atitude do secretário.

Confira a íntegra da nota

Durante o Grito dos Excluídos neste dia 7 de setembro, participantes pararam em frente ao prédio da Prefeitura de Petrolina, em pacífica e democrática manifestação, como cabe nesta data em que se celebra a independência da nossa nação.

No entanto, um sindicalista percebeu que o Secretário Municipal de Segurança, José Silvestre, e somente ele, jogava um spray, aparentemente de pimenta, no chão, incomodando as pessoas. Robson, sindicalista do Sintepe – sindicato dos trabalhadores em educação de Pernambuco, regional Petrolina, se dirigiu ao secretário para perguntar a razão daquela atitude, e foi recebido com spray no rosto. A Vereadora Cristina Costa percebeu a agressão ao companheiro, e saiu em sua defesa.

Depois do lamentável episódio, em que em nenhum momento teve o envolvimento da Guarda municipal, e sim de forma isolada do seu chefe, a Vereadora Cristina Costa, o Vereador Gilmar Santos e o deputado estadual Odacy Amorim, ambos do PT, se dirigiram ao gabinete do prefeito e foram recebidos por Miguel Coelho. Miguel ouviu o relato de Cristina e companheiros, e disse não concordar com a atitude do seu secretário Silvestre.

Em toda a história do Grito dos Excluídos em Petrolina, nunca se viu atitude tão truculenta e autoritária, como a praticada exclusivamente pelo secretário José Silvestre. A Vereadora Cristina Costa espera que o governo novo tempo troque o autoritarismo pelo diálogo, e a truculência pela serenidade”.

12