Morador de Lagoa Grande cobra melhorias na cobertura da TIM em Jutaí

Os moradores do interior de Lagoa Grande (PE) estão sofrendo com o serviço prestado pela operadora de telefonia móvel TIM. Um leitor do Blog denunciou as constantes quedas no sinal durante as ligações, isso quando há a possibilidade de se comunicar via celular.

“Estamos sofrendo com falta do sinal da TIM, não está pegando em Jutaí. Por favor fale pessoal para fazer algo e melhorar a potência do sinal, a gente que mora no interior não consegue ligar“, desabafou o leitor.

O Blog entrou em contato com a TIM, solicitando informações acerca do serviço prestado em Lagoa Grande e quais medidas serão adotadas a fim de melhorar a qualidade das ligações. Até o momento não tivemos retorno. Seguimos aguardando uma resposta.

Dormentes tem quase 100 mm de chuva nas últimas 24h

Interior de Petrolina teve bons índices de chuva (Foto: Blog Waldiney Passos)

A chuva voltou no final da tarde de quarta-feira (5) e continuou durante a madrugada. E os dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) indicam que Dormentes registrou chuva de 96,13 mm nas últimas 24 horas. O município foi o que mais choveu em todo Estado, seguido por Floresta (88,60 mm) e São José do Belmonte (80,28mm).

Em Petrolina onde mais choveu foi no Distrito de Rajada, 73,71 mm. Na região Central a Apac contabilizou 18 mm de chuva. Além desses municípios, a precipitação acumulada também teve destaque em Lagoa Grande, no Distrito de Jutaí (42,75 mm) e Parnamirim (49,69mm).

Por volta de 17h20 de ontem a Apac emitiu alerta de chuva forte para o Sertão do São Francisco, aviso que é válido até hoje. A população deve estar atenta aos riscos de alagamento, deslizamentos e queda de árvores. Em caso de problemas, a recomendação é acionar a Defesa Civil Municipal.

Grupo rouba veículo com 38 toneladas de leite, mas Polícia Civil de Petrolina consegue recuperar carreta e prender criminosos

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Uma carreta que transportava 38 toneladas de leite em pó e leite condensado foi recuperada pela Polícia Civil de Petrolina, durante uma ação na segunda-feira (8). O veículo de carga havia sido roubado por quatro criminosos, na zona rural do município.

Quatro pessoas foram presas em flagrante, quando transportavam a carga roubada para outro veículo.  Segundo a Polícia Civil, o motorista do veículo estava sendo feito refém pelo grupo, que utilizou bloqueadores de sinal a fim de evitar rastreamento da carreta pela seguradora.

A polícia chegou até os criminosos após ouvir denúncias dos constantes roubos registrados nos distritos de Jutaí (Lagoa Grande) e Uruás. A quadrilha planejava mais uma ação no dia em que foi presa pela equipe da 213ª Delegacia de Polícia Civil.

Morador de Lagoa Grande volta a criticar sinal da Vivo na zona rural

A cobertura da empresa Vivo em Lagoa Grande voltou a ser questionada pelos moradores de Lagoa Grande. O Blog Waldiney Passos já mostrou essa situação há algumas semanas e nada mudou desde então. O sinal da rede na zona rural, especialmente nos distritos é ruim e os moradores ficam incomunicáveis, segundo um leitor.

LEIA TAMBÉM:

Morador reclama do sinal da Vivo na zona rural de Lagoa Grande

“A Vivo não dá resposta se vai aumentar potência do sinal para gente que mora no interior. Se não fizer nada, a gente continuará sem conseguir fazer ligações, passou de Jutaí o sinal é ruim”, disse um morador do Assentamento Panelas, interior da cidade.

Outro lado

Nossa produção voltou a entrar em contato com o setor de Comunicação da Vivo, que solicitou o endereço do problema para apurar o que está acontecendo na zona rural. Todavia, até o momento não obtivemos resposta da empresa sobre o que pode ser feito na localidade.

Zona rural tem bom índice de chuva; leitores registram sangria da barragem do Capim

População aproveitou para brincar na barragem (Foto: Reprodução/Facebook)

Mais cedo o Blog mostrou a previsão do tempo e as médias registradas de chuva nas últimas 24 horas aqui na região. Nas redes sociais moradores do Capim, zona rural de Petrolina registraram a sangria da barragem. Há relatos de que no local choveu aproximadamente 50 mm em apenas uma hora no último sábado (23).

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a zona rural concentrou o maior índice de chuvas. Em Rajada, interior de Petrolina choveu 37,85m ontem, no distrito de Jutaí o acumulado foi de 9,87 mm.

Jutaí, em Lagoa Grande contabilizou 5,37mm. Dormentes foi outro município do Sertão pernambucano a registrar um bom índice de chuva, 38,86mm apenas em Lagoas.

Morador reclama do sinal da Vivo na zona rural de Lagoa Grande

Ter o celular e não poder usá-lo para fazer ou receber ligações. Essa é a rotina dos moradores da zona rural de Lagoa Grande, município do Sertão pernambucano. Segundo um leitor do Blog Waldiney Passos, no assentamento Panelas e no Distrito de Jutaí é impossível se comunicar via celular.

“O sinal é muito fraco, as operadoras de telefonia celular não dar muito valor povo que mora interior. Na minha casa é muito ruim achar sinal e a gente pensava que com a instalação da antena a situação ia melhorar, mas ficou pior”, disse a nossa produção.

O Blog procurou a empresa Vivo para saber se a cobertura do sinal de telefonia nos locais citados será ampliado, contudo até o encerramento dessa matéria não obtivemos retorno.

Terça-feira de carnaval deve ter mais chuva em Petrolina e cidades vizinhas

Deve chover pelo terceiro dia consecutivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Conforme a previsão do tempo previa, a noite de segunda-feira (4) foi marcada por chuva em Petrolina e municípios vizinhos. Para hoje (5), o último dia de carnaval, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) prevê clima chuvoso durante a noite.

Em Petrolina a previsão é de pancadas de chuva pela tarde e chuva isolada à noite. A máxima é de 35º e a mínima de 23°. Na cidade de Belém do São Francisco (PE), onde também há folia pela tarde a chuva deve vir acompanhada de trovões, estimativa similar a de Salgueiro (PE).

Índice pluviométrico

Nas últimas 12 horas Jutaí, distrito de Lagoa Grande (PE) registrou o maior índice pluviométrico, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Foram registrados 34,25 mm de chuva na zona rural. Em Petrolina os maiores índices também foram nos distritos de Rajada (10,90 mm) e Uruás (8,29 mm).

Na sede, a média de chuva foi de 6,20 mm no bairro José e Maria. Nas demais cidades da região Parnamirim teve acumulado de chuva em 31,92 mm e Ipubi, 17,50 mm.