Luto: morre paciente com covid que precisava de doações de sangue

Dionato está com anemia e precisa de ajuda

O Blog Waldiney Passos foi procurado por amigos de Dionato Barbosa do Santos, o paciente que foi diagnosticado com covid e precisava de doações de sangue, pois havia desenvolvido uma anemia. Infelizmente Dionato faleceu no final da manhã de quinta-feira (15).

LEIA TAMBÉM

Ajuda: paciente diagnosticado com covid está precisando de doações de sangue

Ele estava internado no Hospital Regional de Juazeiro. O Blog agradece a todos que ajudam doando sangue ou compartilhando a matéria sobre as doações. Prestamos nossas condolências aos familiares e amigos de Dionato, que lutou contra essas duas doenças, mas infelizmente perdeu a batalha.

Ajuda: paciente diagnosticado com covid está precisando de doações de sangue

Dionato está com anemia e precisa de ajuda

Familiares e amigos de Dionato Barbosa dos Santos estão mobilizados, pedindo doações de sangue para ajudá-lo. Ele está internado no Hospital Regional de Juazeiro (BA) desde o último dia 21 de março, após diagnóstico de covid-19 e atualmente está com um quadro de anemia.

Por isso, ele precisa de doações de sangue. Basta comparecer ao Hemoba de Juazeiro e fornecer o nome de Dionato no momento da doação. Qualquer tipo sanguíneo pode ser doado, porque além de ajudar o paciente, outras vidas também serão salvas através desse gesto.

Onde doar

O Hemoba está localizado ao lado do Hospital Regional, no bairro Santo Antônio. O atendimento é da segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 16h30.

Quem pode doar

É necessário pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos. Menores somente podem doar acompanhados dos pais. Recomenda-se ir bem alimentado e sem ingerir alimentos gordurosos. É imprescindível apresentar documentação com foto para doar.

Vice-prefeito de Juazeiro participa da campanha “Doe sangue, doe vida”

(Foto: Luan Medrado/PMJ)

Doador há vários anos, Leonardo Bandeira foi ao Hemocentro de Juazeiro, o Hemoba, nesta quinta-feira (8) e também contribuiu com a campanha organizada pela prefeitura municipal.

“A campanha encerra nesta sexta, mas precisamos doar o ano inteiro. Essa campanha traz esperança para que os estoques de sangue sejam reforçados. Parabenizo a iniciativa da CSTT, Guarda Municipal, Secretaria de Saúde, a prefeita Suzana Ramos. Doar sangue é um ato de amor que salva vidas”, destacou o vice-prefeito de Juazeiro.

LEIA MAIS

Campanha da prefeitura de Juazeiro incentiva doação de sangue para o Hemoba

A Campanha ‘Doe sangue, doe vida’ começa nesta terça-feira (6) e segue até o dia 9 de abril, e terá o envolvimento voluntário dos guardas civis municipais, servidores públicos e colaboradores da prefeitura de Juazeiro. A proposta é melhorar o estoque de sangue na unidade do Hemocentro da Bahia (Hemoba), que atende dez municípios da região.

O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação.

Para realizar a doação de sangue, o voluntário deve comparecer ao Hemoba usando máscara, em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado, ter dormido pelo menos 6h, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h, não fumar por, pelo menos, duas horas, ter entre 18 e 69 anos incompletos e não ter feito tratamento dentário a menos de 7 dias.

Quem teve Covid-19, é preciso esperar 30 dias após a cura clínica e apresentar documento original com foto.

O Hemoba fica localizado ao lado do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), no bairro Santo Antônio, e funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 14h às 16h30. A doação pode ser agendada através do número (74) 3611-7532.

O secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa, destaca que a doação de sangue é um gesto de solidariedade. “Doar sangue é um gesto bonito que pode salvar vidas. É importante lembrar que não há um substituto para o sangue, e a disponibilidade é essencial em diversas situações como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias precisam dos componentes do sangue”, declarou o secretário Fernando.

Vacinados contra a Covid-19 não poderão doar sangue por até 7 dias a depender do tipo de vacina

(Foto: Ilustrativa)

Uma nota técnica, publicada nesta quarta-feira (3), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), chama atenção das pessoas que estão nos grupos de risco e que estão sendo vacinados nesta primeira etapa, para evitar a doação de sangue por um período que varia de 48 horas a 7 dias a depender do tipo de vacina que se imunizar.

LEIA MAIS

Policiais Militares de Juazeiro participam de campanha de doação de sangue

(Foto: Polícia Militar)

Policiais Militares pertencentes ao grupamento do Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN), comandado pelo Coronel PM Nilton Paixão, deram continuidade, de forma voluntária, ao 2º dia de campanha de doação de sangue, nesta manhã de sexta-feira (11), no UTC HEMOBA – Juazeiro.

Os participantes da campanha, mais uma vez, deram um show de solidariedade. No segundo dia, foi a vez dos Militares da 4ª Companhia, pertencente ao Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE)/Caatinga, além das Unidades Operacionais de Juazeiro, Curaçá, Casa Nova e CPRN.

Doze doadores foram ao Hemoba de Juazeiro contribuir com a campanha. O Coronel PM Nilton Paixão agradeceu aos voluntários pelo ato de amor, comprometimento com a campanha da PMBA e com a sociedade norte-baiana.

Alunos do Curso de Formação da Guarda Civil Municipal de Petrolina fazem doação de sangue

(Foto: Ascom/PMP)

Com as aulas suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus, alunos do Curso de Formação da Guarda Civil Municipal de Petrolina encararam uma nova missão nesta quarta-feira (15). Eles foram ao Hemocentro do Município (Hemope) realizar um ato de solidariedade, doar sangue para quem precisa.

O desafio foi lançado pelo inspetor chefe da Polícia Rodoviária Federal, Paulo Lima, que também é instrutor no Curso de Formação. A adesão foi geral, até daqueles que estão nas suas cidades de origem durante o período de distanciamento social. Além do Hemope de Petrolina, os hemocentros de Caruaru e Feira de Santana também receberam doações.

LEIA MAIS

Programa Transforma Petrolina mobiliza população para doação de sangue

(Foto: iStock/Thinkstock)

Seguindo o exemplo da campanha realizada durante o carnaval, o Programa Transforma Petrolina, coordenado pela Primeira Dama Lara Secchi Coelho, mobiliza novamente a população em uma nova campanha para repor o estoque de sangue do Hemocentro da cidade.

Dessa vez, a ação se deve a pandemia do novo Coronavírus que se espalhou por todo o país. O objetivo é conscientizar as pessoas para que continuem doando sangue nesse momento de crise na saúde pública. Segundo a coordenadora do Programa Transforma Petrolina, Lara Secchi Coelho, “é preciso lembrar que as outras doenças continuam existindo e que a demanda de sangue no sistema de saúde só deve aumentar”.

Apesar das orientações para que as pessoas evitem sair de casa, os hemocentros garantem que a doação é feita em locais seguros. Para isso, a higienização vem sendo reforçada, fazendo o uso constante do álcool em gel para desinfetar o ambiente, além do uso contínuo dos equipamentos de segurança necessários, inclusive máscaras, por parte dos funcionários.

Onde doar?

Voluntários podem comparecer ao Hemope Petrolina que fica localizado na Rua Pacífico da Luz, s/n – Centro, no horário de 7h30 ao meio dia. Para evitar aglomerações e risco de contágio, é preferível que as pessoas façam o agendamento através do telefone (87) 3866-6601.

Veja os principais requisitos para a doação:

– Idade entre 16 e 69 anos;

– Peso mínimo 50kg;

– Bom estado de saúde;

– Não ter feito tatuagem ou piercing nos últimos 6 meses;

– Além disso, critérios adicionais de triagem clínica também estão sendo adotados devido a pandemia do coronavírus.

OBS: Não deve doar quem ingeriu bebida alcoólica nas 12 horas antecedentes a doação do sangue. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriada, não deve doar temporariamente.

Coronavírus: Brasil atualiza critérios de doação nos bancos de sangue

(Foto: Ilustrativa)

Com o surgimento do novo coronavírus, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Ministério da Saúde atualizaram os critérios de doação nos bancos de sangue como uma ação preventiva em todo país.

A triagem clínica já incluía a verificação de dengue, chikungunya e zika. A atualização deste ano incluiu o Covid-19 e outras variações como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

Pessoas que estiveram em regiões com casos confirmados de coronavírus não poderão doar sangue pelo prazo de 30 dias, a contar do retorno das áreas afetadas pela epidemia. O prazo também será aplicado a quem teve contato com paciente infectado ou com suspeita da doença. Aqueles pacientes que tiveram a doença, só poderão doar sangue 90 dias depois da completa recuperação.

LEIA MAIS

Hospital Regional de Juazeiro reforça campanha de doação de sangue visando aumentar estoque do Hemoba

(Foto: iStock/Thinkstock)

Uma campanha de incentivo à doação de sangue, foi iniciada, nesta sexta-feira (14), por profissionais da Comissão de Humanização, Serviço Social do Hospital Regional de Juazeiro (BA) e Hemoba. Durante o lançamento da ação, os realizadores convocaram doadores da região para doar sangue, e assim, ajudar a reforçar os estoques do hemocentro da cidade.

A campanha tem por objetivo aumentar o estoque de bolsas de sangue da unidade para atender à demanda transfusional dos hospitais públicos de Juazeiro e de outros municípios, além de estimular a reflexão para a importância da doação voluntária, altruísta, espontânea e habitual.

De acordo com Nilson Santos, assistente social do HRJ, durante a ação foram abordados os critérios para doação de sangue, quais fatores que influenciam a inaptidão temporária e inaptidão definitiva. Além disso foi feito o convite para a multiplicação das informações e a altruísmo na doação de sangue. 

LEIA MAIS

Grupo organiza ação para conseguir doadores ao Hemoba de Juazeiro

Nesta quarta e quinta-feira, 15 e 16, respectivamente um grupo estará no Hemoba de Juazeiro para a Missão Calebe. Inspirados na bíblia os integrantes buscam ajudar ao próximo doando sangue a quem necessita. O gesto é simples e toda comunidade está convidada a comparecer na unidade a partir de 8h às 11h30 e das 14h às 16h.

A Missão Calebe engloba jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia, de Juazeiro e Petrolina. Eles estão aproveitando o tempo de férias para propagar o bem através dos ensinamentos religiosos. O Hemoba fica localizado na Rua Santo Antônio, bairro Santo Antônio e funciona nos horários citados acima.

Para doar sangue é necessário estar em boas condições de saúde e pesar acima de 50 kg; ter entre 16 e 69 anos (menores precisam a autorização dos pais ou responsáveis); estar bem alimentado e descansado. A Missão Calebe será encerrada no dia 30, com um evento às 19h na Orla Nova de Juazeiro.

Família de garotinho diagnosticado com leucemia lança campanha de doação de sangue

José Ricardo está internado no Hospital Dom Malan/IMIP. (Foto: Arquivo da família)

Uma família do Residencial Nova Petrolina vive uma situação dramática, e conta exclusivamente com a solidadriedade de todos, em prol da saúde de José Ricardo de Souza Bezerra, de 3 anos. O garotinho foi diagnosticado com um tipo raro de leucemia e está precisando de sangue.

José Carlos está internado no Hospital Dom Malan/IMIP em Petrolina, aguardando as doações. De acordo com Rosilene, mãe do pequeno José, as doações devem ser feitas no Hemope, e os doadores precisam informar o nome do paciente que será beneficiado. Pode ser doado qualquer tipo sanguíneo.

O Hemope de Petrolina está localizado na Rua Pacífico da Luz, Centro da cidade. No hemocentro, as doações podem ser feitas das 7h às 11h30.

Atriz Luana Piovani grava vídeo e pede doações para juazeirense Taccio Douglas

A campanha de doação de sangue a Taccio Douglas Cruz, juazeirense que está em tratamento de leucemia ganhou apoio da atriz e apresentadora Luana Piovani. Ela utilizou as redes sociais para pedir apoio a essa corrente do bem e destacou a importância de ser um doador não apenas de sangue, mas de medula óssea.

As doações para Taccio podem ser feitas no Hemoba de Juazeiro, no bairro Santo Antônio, de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 16h30. Basta fornecer o nome completo de Taccio e ajudá-lo. Quem quiser, também pode ingressar no Cadastro de Doadores de Medula Óssea.

Requisitos

Para ser um doador de sangue basta ter entre  16 e 69 anos, estar pesando mais de 50kg e levar um documento com foto. Evite alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação ou bebida alcoólica e tenha uma boa noite de sono.

Confira o vídeo gravado por Luana:

LEIA MAIS

Família pede doações de sangue para paciente internado no HU de Petrolina

A família de Antônio Rodrigues de Oliveira está pedindo ajuda nas redes sociais. ele está internado no Hospital Universitário de Petrolina e precisa de doações de sangue. Quem puder ajudar nessa corrente solidária deve ir à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) de Petrolina e contribuir com Antônio.

Não há exigência de um tipo sanguíneo específico. Basta, no momento da doação, fornecer o nome do paciente a receber as bolsas de sangue. O Hemope de Petrolina funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 113h0.

A campanha está sendo organizada pelo sobrinho do paciente, Wilson Alencar, diretor-presidente da Associação dos Fibromiálgicos do Vale do São Francisco (Afibrovasf). Mais informações podem ser obtidas através do número: (87) 98853-1629.

Boa ação: alunos da UNINASSAU participam de campanha para ajudar Hemope de Petrolina

(Foto: Ascom)

Doar sangue salva vidas, isso é fato. E para ajudar a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope), em Petrolina, estudantes e funcionários da Faculdade UNINASSAU participaram de uma campanha, entre 28 de junho e hoje (1°).

Para quem não sabe, junho tem a cor vermelha para conscientizar os brasileiros da necessidade de doar sangue. Foi justamente por isso que a instituição abraçou a causa, como explica a diretora da UNINASSAU, Anna Cristina.

“O nosso intuito é colaborar com o estoque de sangue da unidade e incentivar a população a doar, principalmente nessa época do ano que a demanda aumenta e as doações caem. Outro ponto importante é sanar com o medo de doar sangue”, disse.

Quem quiser contribuir pode comparecer ao Hemope, das 7h30 às 11h30, de segunda à sexta-feira. Basta ser maior de 18 anos e ter mais de 50 kg.

123