No Dia do Doador Voluntário, Guarda Civil de Juazeiro colabora com doação de sangue

 

Através do ato de doar sangue, um único voluntário pode salvar a vida de até quatro pessoas. Uma importante ação que em períodos de festividades e baixo estoque dos hemocentros, ajuda muito a quem precisa. E nesta quinta-feira (25), o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, a Guarda Civil Municipal (GCM) deu mais uma vez a sua contribuição.

Dezenas de guardas civis doaram sangue na unidade do Hemocentro da Bahia (Hemoba), em Juazeiro. “Nós enquanto servidores públicos estamos aqui para servir a população. Por esse motivo, sempre que possível, realizamos esses tipos de ações para também incentivar a população a doar e salvar vidas”, destacou o inspetor-chefe da GCM, Gilson Santos.

LEIA MAIS

Guarda Civil de Juazeiro realizará campanha em prol do Dia Nacional do Doador de Sangue

Doações ajudam a manter estoque de urgência (Foto: Divulgação)

Com o tema ‘Seja um herói você também!’, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Juazeiro realizará na próxima quinta-feira (25), uma campanha em prol do Dia Nacional dos Doadores de Sangue, na unidade do Hemocentro da Bahia (Hemoba). A ação será das 08h30 às 12h. A proposta da corporação é de contribuir com o estoque da unidade que atende dez municípios da região.

Além da colaboração do seu efetivo, a Guarda Civil também acredita no poder da mobilização e convida a população para contribuir. “Realizamos doações de sangue frequentes por entendermos a importância de ajudar ao próximo. E reforçamos essa ação com campanhas que envolvam a comunidade. Então, participe e seja um herói você também”, disse o inspetor-chefe da GCM, Gilson Santos.

LEIA MAIS

Ajuda: paciente internada no HU precisa de doação de sangue

(Foto: iStock/Thinkstock)

A família de Maria Isabel Duarte entrou em contato com o Blog, pedindo ajuda para divulgar uma campanha. Dona Isabel está internada no Hospital Universitário de Petrolina e precisa de doações de sangue.

Ela foi submetida a uma cirurgia no fêmur, mas perdeu muito sangue. E agora está precisando de doações do tipo O+. Os leitores podem ajudar comparecendo ao Hemope, na Rua Pacífico da Luz, Centro da cidade e fazer doações no nome de Isabel.

Grupo de corrida se une para desafio e doação de sangue coletiva para o Hemope de Petrolina

Grupo vai promover doação coletiva no próximo dia 20/10 (Foto: Cortesia)

No dia 20 de agosto um grupo de Petrolina se reuniu para praticar esporte e ajudar os outros. Através do Desafio Meta 100 km, os participantes tinham 50 dias para concluir a meta do projeto, feito este que acontece no último dia 8 de outubro.

Agora, os envolvidos terão mais duas missões: se unir para fazer uma doação de sangue coletiva, para ajudar o estoque do Hemope de Petrolina. Entre os envolvidos no desafio estão pessoas com mais de 100 kg e idosos.

E por fim, o “Desafio Meta 100” será encerrado com um Corridão em tropa, com todos os participantes, no próximo dia 17 de outubro, na Orla de Petrolina.

O negativo: Petrolinense faz apelo por doação de sangue

Familiares e amigos da petrolinense Antonia Alves da Silva bandeira, de 60 anos, iniciaram uma campanha nas redes sociais para pedir doação de sangue, tipo ‘O Negativo’, para ajudar no seu tratamento de câncer. Segundo a família, em entrevista ao blog Carlos Britto, Antonia está com anemia em estado avançado e precisa de sangue para seguir com a quimioterapia.

Após a quimioterapia, ela fará a radioterapia, e só depois poderá realizar a cirurgia de retirada da mama. O sangue ‘O negativo’ é muito raro, por isso pedimos que, quem puder, doe”, explicou uma familiar, ressaltando que qualquer tipo de sangue já ajuda no estoque dos hospitais.

Sindvig promove ação solidária para celebrar Dia do Vigilante em Petrolina

(Foto: Ilustrativa)

Junho é o mês dedicado à doação de sangue. E os profissionais ligados ao Sindicato dos Vigilantes de Petrolina (Sindvig) estão promovendo uma ação nesta sexta-feira (18), para uma celebração dupla. Além de comemorar o Dia do Vigilante, eles também vão promover uma boa ação.

Através do “Vigilante Sangue Bom”, os trabalhadores que são vinculados se reunirão no Hemope de Petrolina, para doar sangues e ajudar quem precisa. Todos os protocolos sanitários serão levados em conta, para evitar aglomerações na unidade.

Como ajudar

Caso você, leitor, também deseje fazer o bem o caminho é simples. Basta estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar no mínimo 50kg. No momento da doação, é obrigatório apresentar documentação pessoal e quem for menor de idade precisa da autorização dos pais ou responsáveis.

Internado com covid, padre José Barros precisa de doações de sangue

O padre José Barros, internado há mais de 40 dias por conta da covid-19, está precisando de ajuda. O pároco está internado no Hospital e Maternidade Santa Maria (HMSM), em Araripina (PE) e necessita de doações de sangue. Basta comparecer a qualquer unidade do Hemope na região e citar que a doação é ao padre.

Em seguida, é preciso enviar comprovante para o seguinte número: (87) 98829-1206 (Raquel Barros). Segundo o boletim médico de domingo (23), padre José Barros está com níveis tensionais estáveis sem necessidade de drogas vasoativas.

Ele foi submetido a uma hemotransfusão e segue sob cuidados intesivos. Os petrolinenses que desejarem ajudar podem ir ao Hemope, situado na Rua Pacífico da Luz, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30.

Solidariedade: garota petrolinense de 6 anos precisa de doações de sangue

Doar sangue salva vidas. Essa frase é muito conhecida e agora os leitores do Blog podem contribuir com a pequena Maria Elisa Carvalho. Ela tem apenas seis anos e reside em Petrolina.

Elisa tem anemia falciforme e precisa ser submetida a uma cirurgia de emergência, para retirada do baço. Contudo, não há o tipo sanguíneo A+ disponível aqui na região ou na capital Recife.

A menina até chegou a ser internada, contudo, sem estoque de sangue, recebeu alta. Agora a família da garota corre contra o tempo e está pedindo ajuda da população local. Basta comparecer ao Hemope ou ao Hemoba de Juazeiro, doar sangue e dizer que a doação é para ajudar Elisa.

Quem mora em Juazeiro pode comparecer ao Hemoba, que fica localizado na Rua Alto Cheiroso, 236 – Santo Antônio. Já em Petrolina, o Hemope está situado na Rua Pacífico da Luz, s/n – Centro.

Pandemia agrava situação do Hemope de Petrolina, que precisa de mais doadores

(Foto: Divulgação)

A pandemia da covid-19 agravou a situação do Hemocentro Regional de Petrolina (HEMOPE). Atualmente, a unidade, que fica localizada no Centro da cidade, encontra-se com estoque baixo e precisa da ajuda dos doadores.

“A gente faz um apelo à população. Dentro dos protocolos nós estamos atendendo e agora nós estamos precisando de todos os tipos de sangue. Eu sei que as pessoas se afastaram do Hemocentro, mas nós estamos precisando de todos os tipos“, diz a assistente social do Hemope, Cássia Menezes em entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos.

Quem pode doar?

Pessoas entre 16 e 59 anos, saudáveis, podem doar. Basta ter no mínimo 50 kg e ter se alimentado bem no dia anterior à doação (sem ingestão de bebidas alcoólicas, comidas gordurosas). O Hemope de Petrolina está localizado próximo ao Sesc e ao Hospital Dom Malan/IMIP e funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 12h.

Luto: morre paciente com covid que precisava de doações de sangue

Dionato está com anemia e precisa de ajuda

O Blog Waldiney Passos foi procurado por amigos de Dionato Barbosa do Santos, o paciente que foi diagnosticado com covid e precisava de doações de sangue, pois havia desenvolvido uma anemia. Infelizmente Dionato faleceu no final da manhã de quinta-feira (15).

LEIA TAMBÉM

Ajuda: paciente diagnosticado com covid está precisando de doações de sangue

Ele estava internado no Hospital Regional de Juazeiro. O Blog agradece a todos que ajudam doando sangue ou compartilhando a matéria sobre as doações. Prestamos nossas condolências aos familiares e amigos de Dionato, que lutou contra essas duas doenças, mas infelizmente perdeu a batalha.

Ajuda: paciente diagnosticado com covid está precisando de doações de sangue

Dionato está com anemia e precisa de ajuda

Familiares e amigos de Dionato Barbosa dos Santos estão mobilizados, pedindo doações de sangue para ajudá-lo. Ele está internado no Hospital Regional de Juazeiro (BA) desde o último dia 21 de março, após diagnóstico de covid-19 e atualmente está com um quadro de anemia.

Por isso, ele precisa de doações de sangue. Basta comparecer ao Hemoba de Juazeiro e fornecer o nome de Dionato no momento da doação. Qualquer tipo sanguíneo pode ser doado, porque além de ajudar o paciente, outras vidas também serão salvas através desse gesto.

Onde doar

O Hemoba está localizado ao lado do Hospital Regional, no bairro Santo Antônio. O atendimento é da segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 16h30.

Quem pode doar

É necessário pesar acima de 50 quilos e ter idade entre 16 e 69 anos. Menores somente podem doar acompanhados dos pais. Recomenda-se ir bem alimentado e sem ingerir alimentos gordurosos. É imprescindível apresentar documentação com foto para doar.

Vice-prefeito de Juazeiro participa da campanha “Doe sangue, doe vida”

(Foto: Luan Medrado/PMJ)

Doador há vários anos, Leonardo Bandeira foi ao Hemocentro de Juazeiro, o Hemoba, nesta quinta-feira (8) e também contribuiu com a campanha organizada pela prefeitura municipal.

“A campanha encerra nesta sexta, mas precisamos doar o ano inteiro. Essa campanha traz esperança para que os estoques de sangue sejam reforçados. Parabenizo a iniciativa da CSTT, Guarda Municipal, Secretaria de Saúde, a prefeita Suzana Ramos. Doar sangue é um ato de amor que salva vidas”, destacou o vice-prefeito de Juazeiro.

LEIA MAIS

Campanha da prefeitura de Juazeiro incentiva doação de sangue para o Hemoba

A Campanha ‘Doe sangue, doe vida’ começa nesta terça-feira (6) e segue até o dia 9 de abril, e terá o envolvimento voluntário dos guardas civis municipais, servidores públicos e colaboradores da prefeitura de Juazeiro. A proposta é melhorar o estoque de sangue na unidade do Hemocentro da Bahia (Hemoba), que atende dez municípios da região.

O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação.

Para realizar a doação de sangue, o voluntário deve comparecer ao Hemoba usando máscara, em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado, ter dormido pelo menos 6h, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h, não fumar por, pelo menos, duas horas, ter entre 18 e 69 anos incompletos e não ter feito tratamento dentário a menos de 7 dias.

Quem teve Covid-19, é preciso esperar 30 dias após a cura clínica e apresentar documento original com foto.

O Hemoba fica localizado ao lado do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), no bairro Santo Antônio, e funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 14h às 16h30. A doação pode ser agendada através do número (74) 3611-7532.

O secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa, destaca que a doação de sangue é um gesto de solidariedade. “Doar sangue é um gesto bonito que pode salvar vidas. É importante lembrar que não há um substituto para o sangue, e a disponibilidade é essencial em diversas situações como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias precisam dos componentes do sangue”, declarou o secretário Fernando.

Vacinados contra a Covid-19 não poderão doar sangue por até 7 dias a depender do tipo de vacina

(Foto: Ilustrativa)

Uma nota técnica, publicada nesta quarta-feira (3), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), chama atenção das pessoas que estão nos grupos de risco e que estão sendo vacinados nesta primeira etapa, para evitar a doação de sangue por um período que varia de 48 horas a 7 dias a depender do tipo de vacina que se imunizar.

LEIA MAIS

Policiais Militares de Juazeiro participam de campanha de doação de sangue

(Foto: Polícia Militar)

Policiais Militares pertencentes ao grupamento do Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN), comandado pelo Coronel PM Nilton Paixão, deram continuidade, de forma voluntária, ao 2º dia de campanha de doação de sangue, nesta manhã de sexta-feira (11), no UTC HEMOBA – Juazeiro.

Os participantes da campanha, mais uma vez, deram um show de solidariedade. No segundo dia, foi a vez dos Militares da 4ª Companhia, pertencente ao Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE)/Caatinga, além das Unidades Operacionais de Juazeiro, Curaçá, Casa Nova e CPRN.

Doze doadores foram ao Hemoba de Juazeiro contribuir com a campanha. O Coronel PM Nilton Paixão agradeceu aos voluntários pelo ato de amor, comprometimento com a campanha da PMBA e com a sociedade norte-baiana.

123