Promotoria Eleitoral acata pedido e cassa registro de candidatura do ex-vereador Domingos de Cristália

Ele buscava mais um mandato na Câmara de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ex-vereador de Petrolina, Domingos de Cristália (PSD) teve seu registro de candidatura ao pleito de novembro cassado. A decisão da Promotoria Eleitoral de Pernambuco veio no dia 28 de setembro, após um pedido movido pela coligação “Petrolina com Força e União”, formada pelo REPUBLICANOS, PP, PL, PSC, PTB, MDB, DEM, PRTB, PV, PSDB, PATRIOTA, AVANTE e PROS.

Douglas, filho do ex-vereador

Com base no pedido da Coligação, a Promotoria Eleitoral do Estado de Pernambuco acatou o pedido e impugnou a candidatura de Domingos. Em entrevista exclusiva ao Blog Waldiney Passos, o político diz não entender o motivo para tanta perseguição.

Filho será indicado

“Eles entraram com pedido de impugnação tem 12 dias mais ou menos. Saiu o [resultado do] primeiro julgamento cabe recurso ainda. Mas eu não vou tocar pra frente, vou substituir meu nome pelo nome do meu filho. Não sei porque essa perseguição“, disse.

“Lutar até o final”

Domingos afirmou que lutará até o final, mas deixou claro que seu filho Douglas será o substituto. “Vamos lutar até o final e temos o direito de substituir até dia 26 por qualquer pessoa filiada ao meu partido e será meu filho”, conclui.

Impedido pela justiça Domingos de Cristália tenta voltar à Câmara através de mandato coletivo

O ex-vereador Domingos de Cristália (PSD) anunciou, neste domingo (23), que vai disputar o pleito eleitoral deste ano em parceria com o pré-candidato a vereador por Petrolina (PE), Rivaldo Amorim, popular Rivaldo de Rajada.

Domingos destaca que por conta do impedimento de concorrer às eleições deste ano, já que teve seu mandato de vereador cassado pela “justiça eleitoral”, pretende conquistar uma vaga de vereador e retomar as ações do seu mandato de forma compartilhada.

LEIA MAIS

Domingos de Cristália deve ser indenizado por acusações de líder comunitário

Ex-vereador Domingos de Cristália. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O líder comunitário de Izacolândia, Júlio Cesar, foi condenado a pagar uma indenização de danos morais ao ex-vereador Domingos de Cristália após acusações graves, em março de 2018, sobre o desaparecimento do cabo do Exército, Oldemárcio de Souza Pinto, do distrito de Izacolândia. Na oportunidade, Júlio Cesar afirmou que o cabo havia sido ameaçado pelo ex-vereador antes de desaparecer.

A justiça acatou as alegações de Domingos em desfavor do líder comunitário. O ex-parlamentar havia solicitado uma indenização no valor de R$ 30 mil, mas a sentença do juiz de Direito, Vallerie Maia Esmeraldo de Oliveira, fixou o pagamento da indenização por danos morais em R$ 7 mil.

Na decisão, o magistrado afirmou que “os danos à imagem, à honra e à vida privada do autor, que é pessoa pública (vereador), são indissociáveis dos comentários tecidos, eis que tratam de situação grave envolvendo o relato de possível crime de homicídio“.

Autor de homenagem a Domingos de Cristália, Valgueiro afirma que ex-vereador é digno de reconhecimento

Vereador defendeu sua proposta nessa sessão (Foto: Ascom)

Três projetos de Decreto Legislativo foram colocados em pauta nessa terça-feira (18), porém, nenhum deles foi votado. O motivo? Falta de quórum, após a retirada dos membros da Situação. Entre os itens agendados estava a concessão do Título de Cidadão Petrolinense ao ex-vereador Domingos de Cristália.

A honraria foi proposta por Paulo Valgueiro (MDB), líder da Oposição. Segundo o edil, não há motivo para rejeitar o projeto. “O Regimento Interno estabelece o número de Títulos que cada vereador pode apresentar. A questão do Título de Cidadão é de foro íntimo, o vereador apresenta a pessoas importantes, que contribuíram para a nossa cidade. O título apresentado ao amigo Domingos de Cristália é exatamente esse reconhecimento, vejo uma liderança e um homem de bem“, disse.

Ex-colegas de bancada, Valgueiro elogiou a atuação de Domingos, alegando que o ex-vereador tem serviço prestado mesmo antes de ser vereador de Petrolina. “É uma questão de foro íntimo, uma homenagem que a gente presta. Ele é merecedor dessa honraria, toda e qualquer que for que receba. Hoje deram entrada mais de 10. A gente entende que quando o vereador apresenta [a homenagem] é porque essa pessoa merece“, afirmou.

Filha de Domingos de Cristália deve ser oficializada pré-candidata a vereadora neste sábado

Com poucas esperanças de voltar a assumir o mandato na Câmara Municipal de Petrolina, o ex-vereador Domingos de Cristália, que teve o mandato cassado em 2019 por decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), tem como estratégia agora, para não ficar fora da política, lançar o nome da filha Rariele Alencar. Tudo indica que ela será oficializada como pré-candidata a vereadora em uma confraternização que está sendo organizada pelo seu pai, neste sábado (11) , com a finalidade de reunir amigos e diversas lideranças políticas.

Domingos de Cristália continua afirmando ter sido vítima de perseguição pelo grupo liderado por Julio César, autor de denúncia que culminou na cassação do mandato. Mas ele está confiante que o povo vai saber julgar nas próximas eleições municipais e eleger sua filha para sucedê-lo na Casa Plínio Amorim.

Segundo comentários de bastidores, a decisão de Domingos conta com o apoio do ex-prefeito Julio Lossio.

Alvorlande Cruz celebra volta a Câmara e defende aprovação do Plano Diretor 

Vereador assumiu cadeira após celeuma com Domingos (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano de 2019 foi de reviravoltas na vida do vereador Alvorlande Cruz (PSL). Suplente na eleição de 2016, o edil assumiu a cadeira após a cassação do mandato de Domingos de Cristália (PSL). Pouco depois, Domingos conseguiu reverter e novamente foi derrotado.

Se o começo do mandato, já em meados de 2019, foi tumultuado, Alvorlande celebrou a paz no final desse ano. “Deus me oportunizou [estar na Câmara], é a terceira vez que venho a essa Casa, fiz um trabalho anteriormente derrubamos a cobrança de estacionamento do Shopping, fui criticado por algumas coisas, mas ação, nós trouxemos as pessoas para dentro do empreendimento”, disse durante coletiva de imprensa.

Aliado de Miguel Coelho (MDB), Alvorlande já deixou claro. Para 2020 há um objetivo principal, a aprovação do Plano Diretor Municipal. “Com fé em Deus no próximo ano iremos aprovar o Plano Diretor para que a gente tenha condições de ampliar a questão do zoneamento”, afirmou.

Pedro Caldas alfineta ex-vereador Domingos de Cristália a diz que ele burlou mesmo eleição

Pedro Caldas, presidente da Central Única dos Bairros de Petrolina (CUBAPE)

O presidente da Central Única dos Bairros de Petrolina (CUBAPE), Pedro Caldas, não poupou críticas ao ex-vereador Domingos de Cristália que afirma ter sido injustiçado com a cassação do seu mandato pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TJPE).

Pedro Caldas disse achar que justiça foi feita e que realmente ficou comprovado que ele (Domingos) burlou a eleição ao sair de 600 para mais de 3 mil votos na última eleição. “Na verdade toda Petrolina é conhecedora que ele burlou a eleição, ele assegurou por diversas vezes no programa de Chico José (Rádio Grande Rio AM), dizendo que tinha uma equipe de máquinas da prefeitura e ele fazia justamente esse trabalho aí de troca de voto. Então, infelizmente ele agora quer se fazer de vítima mas a justiça se fez e eu acredito que será um exemplo para a nova eleição”, avaliou.

Pedro Caldas afirmou ainda que Domingos tem que reconhecer que a justiça fez o seu papel. “Então Domingos você tem que baixar a sua cabeça reconhecer o seu erro, procurar trabalhar para no futuro você voltar a ser candidato a vereador de Petrolina.

“É normal o direito de espernear”, diz Alvorlande sobre declarações de Domingos de Cristália após cassação

Durante a sessão ordinária desta quinta-feira (22) na Câmara Municipal de Petrolina, o vereador Alvorlande Cruz (PSL) – que voltou à Casa Legislativa após Domingos de Cristália ter seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) – falou sobre suas expectativas para a legislatura.

O parlamentar disse estar cumprindo, como suplente, uma determinação da justiça, e criticou algumas declarações de Domingos, que classifica sua cassação como perseguição política. “É normal o direito de espernear. Ele pode fazer esse questionamento e aceito com naturalidade as colocações dele, que tem o direito de recorrer. O que a justiça determinar a gente está aqui para cumprir”.

LEIA MAIS

Alvorlande é reempossado vereador de Petrolina após cassação de Domingos de Cristália

Alvorlande assina termo de posse na presença do presidente da Casa Osório Siqueira. (Foto: Jean Britto)

Alvorlando Cruz (PSL) foi reempossado como vereador, na manhã desta quarta-feira (21), na Câmara Municipal de Petrolina. O parlamentar é o primeiro suplente do partido e assume a vaga deixada pelo ex-vereador Domingos de Cristália (PSL), que teve seu mandato cassado após decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE).

LEIA TAMBÉM

TRE-PE nega recursos e mandato de Domingos de Cristália deve ser cassado

“Independente de ser vereador ou não, continuo dizendo que sou inocente”, afirma Domingos de Cristália

Domingos já havia perdido o cargo, mas conseguiu retornar à Casa Legislativa depois de impetrar um mandado de segurança no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No entanto, na última segunda-feira (19), o TRE-PE analisou os recursos pendentes do ex-vereador e decidiu, novamente, pela cassação do mandato.

Domingos é acusado de cometer irregularidades durante a campanha de 2016, quando foi eleito vereador por Petrolina com 2.056 votos, sendo o 14º mais votado. A ação do TRE-PE alega que o parlamentar fez abuso de poder econômico, cometeu fraude e corrupção no pleito passado.

“Independente de ser vereador ou não, continuo dizendo que sou inocente”, afirma Domingos de Cristália

Domingos é acusado de cometer abuso de poder econômico, fraude e corrupção (Foto: Blog Waldiney Passos)

Após o julgamento do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), que por unanimidade, decidiu negar os recursos do vereador Domingos de Cristália. O Blog Waldiney Passos entrou em contato com o parlamentar, para saber seu posicionamento diante da decisão do Tribunal.

LEIA TAMBÉM:

TRE-PE nega recursos e mandato de Domingos de Cristália deve ser cassado

Sem aparentar surpresa, Domingos de Cristália disse ao Blog que recebeu a notícia com naturalidade, e afirma ser inocente.

“Já esperava por essa decisão, mas tenho certeza que vamos continuar nossa caminhada, se Deus quiser. Independe de ser vereador ou não, continuo dizendo que sou inocente, e na hora certa tudo vai esclarecer. Confio na justiça, e principalmente na justiça divina”, ressaltou.

Acusação

Acusado de cometer abuso de poder econômico, fraude e corrupção nas eleições de 2016, quando foi eleito vereador, Domingos de Cristália foi condenado à perda do cargo de vereador em julho este ano, mas retornou no dia 5 deste mês, após decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A expectativa é de que Domingos possa continuar com seu mandato, afirma Paulo Valgueiro sobre julgamento do TRE-PE

(Foto: Ilustração)

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) deve julgar, nesta segunda (19), os recursos do vereador Domingos de Cristália (PSL), que é processado por irregularidades durante a campanha de 2016, quando foi eleito vereador em Petrolina (PE).

LEIA TAMBÉM

TRE julga nesta segunda recursos do vereador Domingos de Cristália

Domingos perdeu o cargo de vereador no início de julho deste ano, após ser condenado por unanimidade. O parlamentar foi destituído do cargo, mas retornou, no dia 5 deste mês, após uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a manutenção do edil na Câmara Municipal até o julgamento e publicação de recursos pendentes no TRE-PE.

LEIA MAIS

TRE-PE julga nesta segunda recursos do vereador Domingos de Cristália

Vereador Domingos de Cristália – PSL (Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta segunda-feira (19) o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) deve julgar os recursos do vereador Domingos de Cristália (PSL), que é processado por irregularidades durante a campanha de 2016, quando foi eleito vereador por Petrolina (PE). A sessão do tribunal está marcada para começar às 14h, conforme pauta de julgamento.

LEIA TAMBÉM

Por unanimidade, TRE-PE decide cassar mandato do vereador Domingos de Cristália

Liminar suspende cassação do vereador Domingos de Cristália

Domingos foi condenado, no início de julho deste ano, por unanimidade, à perda do cargo de vereador. O parlamentar foi destituído do cargo, mas retornou, no dia 05 deste mês, após uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a manutenção do edil na Câmara Municipal até o julgamento e publicação de recursos pendentes no TRE-PE.

LEIA MAIS

Liminar suspende cassação do vereador Domingos de Cristália

Vereador Domingos de Cristália.

Uma liminar publicada nessa segunda-feira (05) suspendeu a cassação do vereador Domingos de Cristália (PSL). A decisão partiu do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), através do ministro relator Jorge Mussi.

“Ante o exposto, defiro a liminar para manter Domingos Sálvio Coelho de Alencar no cargo de vereador de Petrolina/PE até a publicação do aresto a ser proferido pelo TRE/PE nos aclaratórios opostos na AIME 1-54 e na AIJE 443-65”.

Segundo informações, o vereador já se encontra na Câmara de Vereadores de Petrolina. Em breve mais informações.

Aliado de Domingos, Julio Lóssio classifica cassação de mandato como “farsa judicial”

(Foto: Arquivo)

O ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio participou do programa Repercutindo com Daniel Campo, na Rádio Jornal dessa terça-feira (23) e comentou a decisão da Justiça Eleitoral de cassar o mandato do vereador Domingos de Cristália (PSL), seu aliado desde os tempos de Prefeitura.

Para Lóssio, a cassação do mandato é resultado de uma farsa jurídica. “Domingos é um homem que está sendo muito injustiçado, ele vinha fazendo trabalho junto com a Oposição, quando ela coloca algumas coisas ela exagera um pouco em muitos aspectos. Mas ela alerta e Domingos, por ter feito posição foi engembrado em uma grande farsa judicial“, afirmou.

LEIA TAMBÉM:

Por unanimidade, TRE-PE decide cassar mandato do vereador Domingos de Cristália

Na visão do ex-prefeito e candidato a Governador em 2018, seu aliado político foi acusado com base em depoimentos montados. “Criaram uma grande história que Domingos dava barro às pessoas, com depoimentos que apareceram e mostram que foram comprados”, destacou.

Apesar da decisão unânime do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Lóssio acredita na reversão da cassação. “Espero que isso seja revertido no TSE“, finalizou.

Mesmo após decisão unânime do TRE, Domingos de Cristália acredita na reversão do resultado

Domingos acredita em reversão do resultado (Foto: Blog Waldiney Passos)

Domingos de Cristália (PSL) teve seu mandato como vereador cassado há uma semana. Nessa quarta-feira (17) ele participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina e comentou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE).

LEIA TAMBÉM:

Por unanimidade, TRE-PE decide cassar mandato do vereador Domingos de Cristália

Afastado da Câmara, ele atuará ao lado do deputado federal Fernando Monteiro como assessor, mas acredita e torce na reversão da decisão da Justiça Eleitoral. “Eu acredito que esse resultado pode ser revertido. Tenho certeza que aquelas sete pessoas que me julgaram foram induzidas ao erro“, afirmou.

A defesa do ex-vereador já deu entrada no pedido de um efeito suspensivo no TRE de Pernambuco. Ainda não se cogita ir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Domingos afirmou ter recebido apoio da comunidade e está confiante. “Respeito a decisão da Justiça, mas continuo dizendo que eles erraram e erraram feio”.

1234