Armando Monteiro Neto comenta eventual adiamento das eleições deste ano.

(Foto: Internet)

Acompanhando do isolamento domiciliar o cenário da crise causada pelo Coronavírus, o ex-senador Armando Monteiro Neto (PTB) comentou nesta segunda-feira (23) a discussão que já acontece no Congresso Nacional sobre o possível adiamento das eleições municipais de outubro próximo. A discussão surgiu por sugestão do Ministro Luiz Henrique Mandetta, da Saúde, em reunião por videoconferência com prefeitos das capitais. Mandetta acredita que as eleições em outubro seriam uma tragédia pois haveria uma politização do combate a doença.

Para Armando Monteiro Neto essa é questão que está colocada no debate e não há como evitá-la. “É muito provável que não consigamos manter o calendário eleitoral porque todas as atividades inerentes ao processo eleitoral ficam, por assim dizer, prejudicadas e devem ser até secundarizadas, diante da crise e da mobilização que a sociedade tem que fazer”.

Mas o ex-senador alerta que é preciso ter muito cuidado para não consagrar algumas teses que são rigorosamente antidemocráticas, como por exemplo a de adiar as eleições de prefeitos e vereadores para coincidir com a de Governador e presidente, em 2022. Para Monteiro Neto prorrogar o mandato dos atuais gestores em dois anos não é razoável de maneira nenhuma.

“Eu acho que essa discussão tem que ser de forma equilibrada para não ferir alguns princípios do processo democrático, como a questão da temporalidade dos mandatos e, portanto, é preciso que o congresso examine isso tudo de forma muito equilibrada. Pode haver eventualmente a necessidade de se fazer um ajuste no calendário, mas não imaginar que se possa adotar essa tese de estender os mandatos atuais até 2022”.

COVID-19 – Na última sexta-feira saiu o resultado da testagem do ex-senador para o coronavírus. O resultado foi positivo para o convid-19. Na segunda-feira (16), Armando Monteiro sentiu sintomas de um resfriado e como havia voltado de Brasília na semana anterior, achou por bem se isolar e procurar atendimento médico. O ex-senador está bem e já assintomático. Segue cumprindo o que preconiza a Organização Mundial de Saúde, sob cuidados médicos e em isolamento social.

Mandetta sugere adiar eleições municipais por causa de pandemia do coronavírus

O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta sugeriu, em videoconferência com prefeitos das capitais neste domingo (22), que as eleições de 2020 sejam adiadas em razão da pandemia do novo coronavírus. Para ele, a disputa poderia comprometer o foco os políticos e causar uma “tragédia”.

Faço aqui até uma sugestão. Está na hora de o Congresso falar: ‘adia’, faz um mandato desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano. uma tragédia, por que vai todo mundo querer fazer ação política“, afirmou o ministro.

O comentário de Mandetta foi feito em resposta a um dos prefeitos, que mencionou as dificuldades políticas para adotar novas medidas de contenção.

TSE rebate Bolsonaro e reafirma que urnas são confiáveis e auditáveis

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral), instância máxima da Justiça Eleitoral, responsável por organizar eleições no país, rebateu a declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que a eleição de 2018 foi fraudada e reafirmou, em nota divulgada nesta terça (10), que o sistema de urnas eletrônicas é confiável e auditável.

“Ante a recente notícia, replicada em diversas mídias e plataformas digitais, quanto a suspeitas sobre a lisura das eleições 2018, em particular o resultado da votação no 1º turno, o Tribunal Superior Eleitoral reafirma a absoluta confiabilidade e segurança do sistema eletrônico de votação e, sobretudo, a sua auditabilidade, a permitir a apuração de eventuais denúncias e suspeitas, sem que jamais tenha sido comprovado um caso de fraude, ao longo de mais de 20 anos de sua utilização”, afirmou o TSE, presidido pela ministra Rosa Weber.

Nesta segunda-feira (9), durante visita aos Estados Unidos, Bolsonaro disse, sem apresentar provas, que houve fraude eleitoral em 2018 e que ele foi eleito no primeiro turno. “Pelas provas que tenho em minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu fui eleito no primeiro turno mas, no meu entender, teve fraude”, declarou Bolsonaro.

LEIA MAIS

Prazo para vereador mudar de partido antes das eleições encerra em abril

(Foto: Internet)

A janela partida já está aberta. O vereador que quiser mudar de partido para se candidatar à reeleição ou a prefeito nas eleições municipais deste ano tem de hoje (5) até o dia 3 de abril para realizar a troca.

A janela antes de eleições, inserida na legislação pela minirreforma eleitoral de 2015, é a única oportunidade em que o detentor de cargo eletivo proporcional, como o de vereador, pode mudar de partido livremente, sem risco de perder o mandato.

O prazo para a janela partidária sempre se encerra seis meses antes do pleito. Neste ano, o primeiro turno está marcado para 4 de outubro, e o segundo turno, no dia 25 do mesmo mês.

Janela partidária para quem vai disputar eleições começa nesta quinta-feira

(Foto: Lalo de Almeida/Folhapress)

A partir de amanhã (5), os vereadores que pretendem disputar a reeleição ou a prefeitura de sua cidade podem mudar de partido sem sofrerem nenhuma punição da legenda. O prazo da chamada janela partidária termina no dia 3 de abril, seis meses antes do pleito.

LEIA MAIS

Bolsonaro cresce em pesquisa eleitoral e venceria até Lula em possível segundo turno

(Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

De acordo com uma pesquisa eleitoral realizada pela VEJA/FSB, o presidente Jair Bolsonaro aumentou sua vantagem sobre os seus prováveis rivais no primeiro turno da eleição presidencial de 2022. Enquanto os virtuais adversários ficaram estagnados, Bolsonaro subiu de 33% para 37%.

Para se ter ideia do que o número representa, o segundo colocado é Fernando Haddad (PT) que aparece com somente 13%. Em seguida vem o apresentador Luciano Huck, com 12%, e o ex-governador Ciro Gomes,(PDT), com 11%. Bem abaixo dos demais, estão o empresário João Amoêdo (Novo), com 4%, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 3%. Todos abaixo da opção “nenhum”, que tem 16% das preferências.

Cenário com Lula

O ex-presidente Lula seria o único candidato que poderia ameaçar a vantagem de Bolsonaro. O líder petista aparece com 28%, enquanto o atual presidente cai para 31%, o que representa um empate técnico. No entanto, ainda assim, no segundo turno Bolsonaro teria hoje 45% das preferências contra 40% do ex-presidente.

LEIA MAIS

Aprovação de Bolsonaro cresce e chega a 47,8%

Desaprovação fica próxima da aprovação (Foto: Carl de Souza/AFP)

A aprovação do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) subiu pela primeira vez em cinco meses, de 41% para 47,8%. O número foi apresentado nessa quarta-feira (22), pela CNT Opinião. A pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 18 de janeiro, com 2.002 entrevistados em 137 municípios de 25 estados.

A desaprovação de Bolsonaro, no entanto é de 47%. 5,2% não quiseram opinar. Os eleitores foram convidados a avaliar a gestão por setores. O pior foi a saúde, com 36,1%, educação, 22,9%, e meio ambiente (18,5%). Os setores avaliados com melhor desempenho são combate à corrupção (30,1%), economia (22,1%) e segurança (22%).

Outro cenário analisado foi uma eventual eleição. No caso de pleito hoje, as intenções de votos são lideradas por Bolsonaro, com 29,1%. O ex-presidente Lula teria 17% das intenções, Ciro Gomes, 3,5% e Sergio Moro 2,4%. Fernando Haddad teria 2,3%. Outros 5%, brancos e nulos 10,5% e indecisos 30,2%.

Candidato da oposição em Pilão Arcado lamenta violência em campanha eleitoral

Mundoca prega Paz e propõe debate público em Pilão Arcado.

Pilão Arcado (BA) tem vivido dias sombrios durante a campanha eleitoral. O grupo de oposição que deve participar das novas eleições, convocadas para o dia 02 de fevereiro deste ano, foi alvo, recentemente, de disparos de arma de fogo durante gravação de programa eleitoral.

Inconformado com a ação criminosa, o candidato a prefeito pela Coligação “Pilão Quer Mudança”, Raimundo Nonato Dias dos Santos, conhecido como Mundoca, lamentou o atentado contra seu grupo. O candidato convocou o candidato adversário a realizar um debate para falar sobre as necessidades do município.

“Eles querem se manter no Poder a todo custo e a fórmula é aterrorizar. Porque ao invés de atirar, Orgeto não se dispõe a fazer um debate público? Na praça, onde ele quiser. Vamos falar sobre Pilão. Sobre a necessidade de fazer desta cidade um lugar onde nos orgulhamos de ter nascido. Pilão não merece que a campanha seja apenas mais um assunto policial”, disse Mundoca.

LEIA MAIS

Após disparos de arma de fogo devido à campanha eleitoral, TRE-BA pede intensificação de segurança em Pilão Arcado

As denúncias envolvem as duas chapas, do PSDB e do Patriota, em disputa no pleito suplementar.

Após um dos grupos que disputará as eleições de Pilão Arcado (BA) denunciar uma ação violenta durante gravação de programa para campanha eleitoral, quando houve disparos de arma de fogo e roubo de material, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) solicitou intensificação da segurança na cidade.

Os autores dos disparos de arma de fogo teriam utilizado o nome do candidato opositor durante a ação criminosa. Por isso, o presidente do TER-BA solicitou ao juiz e ao promotor da 195ª Zona Eleitoral, responsável pela cidade, “absoluta prioridade às providências pertinentes à realização da predita eleição”.

As denúncias envolvem as duas chapas, do PSDB e do Patriota, em disputa no pleito suplementar. O Patriota tem como candidato o presidente da Câmara, Orgeto Bastos, que assumiu a prefeitura interinamente após decisão que afastou o prefeito eleito em 2016. Já a chapa de oposição é encabeçada por Raimundo Nonato (PSDB).

LEIA MAIS

Nova eleição para prefeito de Pilão Arcado ocorrerá em fevereiro de 2020

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia publicou, no Diário da Justiça Eleitoral (DJE) dessa quinta-feira (19), as instruções e o calendário para a realização da eleição suplementar do município de Pilão Arcado. A nova eleição para os cargos de prefeito e vice-prefeito será realizada no dia 2 de fevereiro de 2020, das 8h às 17h.

O novo pleito na cidade ocorre após os mandatos do prefeito do município de Pilão Arcado, Manoel Afonso Mangueira, e de seu vice, Daltro Silva Melo, terem sido cassados pela Justiça Eleitoral por se beneficiarem da prática de abuso de poder político e econômico, caracterizado na contratação massiva de servidores em período vedado pela legislação eleitoral.

O prefeito anterior da cidade contratou mais de 500 servidores, sem concurso público, entre junho e agosto de 2016 – período proibido pela legislação eleitoral – com o intuito de favorecer a candidatura de Manoel Afonso, o que resultou em grave desequilíbrio entre os candidatos na eleição daquele ano.

LEIA MAIS

Eleições 2020: título de eleitor pode ser emitido até maio do próximo ano

(Foto: Internet)

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) encerrou a Semana do Jovem Eleitor, campanha que teve o objetivo de incentivar o alistamento eleitoral de adolescentes de 16 e 17 anos para que participem das Eleições 2020.

A iniciativa teve início na segunda-feira (25) e terminou nesta sexta (29), no entanto, aqueles que desejarem votar no próximo pleito ainda podem tirar o título de eleitor até maio, quando o cadastro eleitoral será fechado.

LEIA MAIS

Miguel Coelho comemora 65% de aprovação e fala em reeleição

Miguel em entrevista para a imprensa local.

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, falou, durante o evento de sua filiação ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), sobre as eleições municipais do próximo ano. Em seu discurso, o gestor do Executivo municipal ressaltou a força do seu novo partido e o os avanços do município durante seu governo.

LEIA TAMBÉM:

Miguel Coelho comemora 65% de aprovação e fala em reeleição

“Petrolina quer continuar avançando, seguir em frente ou quer voltar ao passado? Precisamos projetar e continuar a fazer Petrolina crescer. Vamos disputar a reeleição ano que vem e vamos ganhar junto com o MDB para fazer Petrolina avançar”, disse.

LEIA MAIS

Gonzaga reafirma apoio a Lucas Ramos, mas não descarta aproximação com Miguel

(Foto: Arquivo)

O apoio do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) à pré-candidatura de Lucas Ramos à Prefeitura de Petrolina, nas eleições do próximo ano, não é novidade para ninguém. De acordo com o socialista, o PSB tem o direito e o dever de encabeçar uma chapa própria para a Prefeitura e ressalta que o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) reúne todas as qualidades necessárias para isso.

Como disse em entrevista a uma rádio de Petrolina, sobre sua postura de oposição ao prefeito Miguel Coelho (MDB) Patriota deixa claro, que apoiará o nome do seu companheiro de partido, Lucas Ramos. No entanto, o parlamentar não exclui a possibilidade de uma futura aproximação com o prefeito Miguel Coelho.

“Meu candidato é Lucas Ramos, vou brigar por ele. Vamos trabalhar pra ganhar essas eleições, se Deus quiser. Quanto a uma aproximação com Miguel Coelho, lá na frente, quem sabe, a gente pode estar juntos.  Isso já ocorrera com o seu pai, Fernando Bezerra Coelho”, disse Gonzaga relembrando que isso já aconteceu com o senador Fernando Bezerra Coelho.

As afirmações de Patriota sobre o pleito municipal de 2020 em Petrolina, se baseiam na possibilidade de um segundo turno histórico no município sertanejo. Fato que o referido parlamentar acredita ser possível.

Confira o resultado das eleições para conselheiros tutelares de Petrolina

(Foto: Ilustração)

A eleição para conselheiros tutelares ocorreu no último domingo (6), em todo o Brasil. Em Petrolina (PE), o resultado do pleito só foi divulgado no início da tarde desta quarta-feira (9). De acordo com a Comissão Eleitoral, a demora se deu por conta dos moldes da eleição na cidade, que seguiu padrões antigos, utilizando urna de lona e cédula de papel, dificultando assim, a apuração dos votos.

A apuração foi realizada no Fórum Manoel Francisco de Souza Filho e contabilizou 19.561 votos. No processo eleitoral, 58 candidatos concorreram a dez vagas. Candidatos eleitos e suplentes serão empossados no dia 10 de janeiro de 2020.

Candidatos eleitos em Petrolina

1) Mirela Cavalcanti Alencar (1.760 votos)
2) Rozinete do B. C. Ferreira (1.295 votos)
3) Hiago Rodrigo C. de Macedo (757 votos)
4) Rosângela Silva (705 votos)
5) Rodrigo Nunes Andrade (656 votos)
6) Evaldo Francisco de Souza (648 votos)
7) Gabriel Bandeira ( 592 votos)
8) Lourdes Cordeiro ( 569 votos)
9) Gilearde Azevedo ( 544 votos)
10) Regislane Silva ( 526 votos)

Suplentes

11 ) Yasmim Soares de Araújo ( 523 votos)
12) Williana Alves de Brito (518 votos)
13) Silvana B. de O. Silva ( 517 votos)
14) Francinete Maria Panta Nery (508 votos)
15) Rosiane Coelho Diniz ( 500 votos)
16) Vera Lúcia Maria ( 471 votos)
17) Jaime Medeiros (467 votos)
18) Regicleide Ribeiro do Bonfim (446 votos)
19) Antonia Guacira Sena (413 votos)
20) Ana Paula Guimarães (400 votos)

Apuração das eleições para conselheiros tutelares será concluída hoje em Petrolina, confira resultado parcial

Em entrevista ao programa Revista da Tarde, apresentado pelo radialista Marco Aurélio, na Rádio Jornal Petrolina, no final da tarde desta terça-feira (8), Dr. Carlos Eduardo Mendes, membro da comissão organizadora da eleição para o Conselho Tutelar de Petrolina, informou que do total de 66 urnas colocadas no pleito, 58 já foram apuradas e 40 contabilizadas, totalizando o número de 13.196 votos, devendo, portanto, o resultado final ser divulgado apenas nesta quarta-feira (9).

Dr. Carlos, adiantou quais seriam os 10 primeiros colocados da apuração parcial:

LEIA MAIS
123